Terça-feira, 4 de Novembro de 2008

LOST E A FILOSOFIA





CLIQUE AMPLIAR (ctrl+S) salvar para wallpaper

A SÉRIE

Lost é uma série de televisão norte-americana de drama que segue a vida dos sobreviventes de um acidente aéreo numa misteriosa ilha tropical, após o avião que viajava de Sydney, Austrália para Los Angeles, Estados Unidos cair em algum lugar do Oceano Pacífico. A série tem um estilo único que segue dois tipos de histórias não ligadas entre si: primeiro, a luta dos 48 sobreviventes do desastre para sobreviver e viver juntos na ilha, e segundo, a vida das personagens principais, antes do desastre, através de retrospectivas pessoais, os flashbacks. Lost foi criada por Jeffrey Lieber, J. J. Abrams e Damon Lindelof, que é agora o escritor principal, e é filmada em Oahu, Havaí. O episódio piloto foi ao ar nos EUA em 22 de setembro de 2004 . Lost é produzida por ABC Studios, Bad Robot Productions e Grass Skirt Productions e é exibida pela Rede ABC em seu país de origem. A música incidental é produzida por Michael Giacchino. Os produtores executivos são Abrams, Lindelof, Carlton Cuse, Jack Bender, Jeff Pinkner e Bryan Burk . Por conta de seu vasto elenco e os custos de se filmar no Havaí, a série é uma das mais caras produzidas até hoje.

Sucesso de crítica e público, a série teve uma média 15,5 milhões de espectadores por episódio durante todo o seu primeiro ano de exibição, garantindo vários prêmios da indústria audiovisual, incluindo o Award Emmy para melhor série televisiva na categoria drama em 2005, melhor série americana importada na Academia Britânica de Prêmios Televisivos também em 2005 e o Globo de Ouro por melhor drama em 2006.

A série foi logo agregada à cultura pop americana, por ser um fenômeno que encanta cada vez mais espectadores e mídias externas, como comerciais revistas em quadrinhos, webcomics, revistas de humor e canções populares. O universo fictional da série foi explorado também através de novelas e de jogos de realidade alternativa, com o Lost Experience e o Find 815.

Em maio de 2007 foi anunciado que Lost continuará com a quarta, quinta e sexta temporadas, concluindo com o 117º episódio produzido em Maio de 2010. As três próximas temporadas consistirão-se de apenas 16 episódios, exibidos semanalmente sem interrupções ou reprises. No entanto, devido à Greve dos roteiristas dos EUA, a quarta temporada foi encurtada para 14 episódios, incluindo o episódio final de três horas (exibido em diferentes noites para não colidir com os términos de temporadas de Ugly Betty e Grey's Anatomy). A quarta temporada estreou no dia 31 de janeiro de 2008 nos Estados Unidos e terminou no dia 29 de Maio de 2008. Uma outra consequência da greve foi a decisão da ABC de prolongar o final duas temporadas de Lost, adicionando um décimo sétimo episódio de cada época restante. Já circula na internet o trailer da próxima temporada.



O LIVRO

LOST E A FILOSOFIA
Coordenação de Willian Irwin
Coletânea de Sharan M. Kaye

260 páginas


"Mas a ilha também possui muitos segredos, como o constante barulho das misteriosas criaturas na floresta, o que os aterroriza. Felizmente, graças à calma e à inteligência do líder Jack, eles têm esperança de sobreviverem na ilha.


Sucesso de crítica e público, Lost teve uma média 15,5 milhões de espectadores por episódio durante todo o seu primeiro ano de exibição, garantindo vários prêmios da indústria audiovisual, incluindo o "Award Emmy" para melhor série televisiva na categoria drama em 2005, melhor série americana importada na Academia Britânica de Prêmios Televisivos, também em 2005, e o "Globo de Ouro" por melhor drama em 2006. A série foi logo agregada à cultura pop americana, por ser um fenômeno que encanta cada vez mais espectadores e mídias externas, como comerciais, revistas em quadrinhos, webcomics, revistas de humor e canções populares. O universo fictional da série foi explorado também por meio de novelas e de jogos de realidade alternativa, com o Lost Experience e o Find 815.


Em maio de 2007, foi anunciado que Lost continuará com a quarta, quinta e sexta temporadas, concluindo com o 117º episódio produzido em maio de 2010. As três próximas temporadas se consistirão de apenas 16 episódios, exibidos semanalmente sem interrupções ou reprises. A quarta temporada estreou no dia 31 de janeiro de 2008 nos Estados Unidos e Canadá, movida das quartas para as quintas-feiras, às 21 horas. Bem, mas vamos imaginar que você estava naquele avião? O que você faria? Será que você é a pessoa que afirma ser? Como você lidaria com situações diferentes, alteradas, quem você seria agora? Apague a luz, agora. O que você vê?


O que estou tentando fazer é trazer à tona o seu caráter, pois as situações colocadas nos seriados são exatamente essas, porque a todos os instantes elas nos convidam a refletir sobre o que faríamos se estivéssemos separados de nosso ambiente cultural. Considerando duas narrativas antigas, cujo cenário é uma ilha, que têm certa relação com Lost: O épico homérico de Odisseu, na ilha de Calipso, e a famosa história do século XVIII de daniel Defoe, sobre um marinheiro sobrevivente de um naufrágio, Robinson Crusoé, e outro sucesso, só que esse bem mais atual, Naufrago, com Tom Hanks, nesse filme uma das cenas que mais me chamam a atenção é a que mostra como ele trata sua inseparável bola, "Wilson"; é simplesmente fantástico quando "Wilson" se solta da embarcação...


No poema de Homero, Odisséia, Odisseu está voltando das ruínas de Tróia em uma viagem que durou dez anos, à sua terra natal, Ítaca, onde sua esposa e seu filho o aguardam. No início da jornada para casa, Odisseu vai para na ilha de Ogígia, onde Calipso, uma linda ninfa divina, o aprisiona. Sob o encantamento de Calipso, Odisseu torna-se seu amante e escravo por sete anos. Ele é seduzido por sua beleza e promessa de imortalidade (juventude eterna), sendo tentado a esquecer sua família; mas, por fim, acaba convencendo Calipso a libertá-lo e ajudá-lo em sua viagem de volta.


Essa história é usada para ilustrar uma escolha que algumas pessoas têm de fazer: ir atrás do sonho do eterno, prazer juvenil (com Eros), ou optar pela domesticidade, ou seja, ter um lar e uma família, aceitar o avanço da idade. Quando Odisseu chega em casa, há uma cena de alegria doméstica, invejável (depois que ele expulsa os rivais e inimigos). Odisseu e sua esposa Penélope passam a primeira noite juntos fazendo três coisas: contando suas histórias nesse tempo em que ficaram separados, fazendo amor e dormindo. O épico de Homero usa eficientemente a narrativa da vida na ilha para que seu principal personagem descubra quem ele ama de verdade (Penélope, não Calipso) e tome a decisão de negar a gratificação imediata e o deslumbramento das aparências para estar ao lado da pessoa amada...


A vida na ilha oferece um contexto ímpar para o autoconhecimento e autotransformação...


Quantas vezes ficamos perdidos? Pois, com certeza, você já ficou perdido. O seriado Lost aborda o medo mais profundo: o de ser isolado de tudo o que você conhece e ama, deixado à própria sorte em uma terra estranha. Esse é um medo filosófico porque fala da condição humana. Ele nos compele a confrontar aquelas perguntas profundas acerca de nós mesmos e do mundo.


E é esse o papel desse livro Lost e a Filosofia, ou seja, fazer com que você se aprofunde em você mesmo..."
por Wagner Veneziani Costa

UM LANÇAMENTO







publicado por o editor às 13:12
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds