Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Fotos da Família Ferrez na Casa Romário Martins



 

Exposição na Casa Romário Martins mostra fotos inéditas da primeira metade do século XX que reescrevem a história da fotografia no Brasil

Imagens do Rio de Janeiro, de cidades européias e do Senegal datadas da primeira metade do século passado, assinadas por Julio, Luciano e Gilberto Ferrez formam um extenso painel fotográfico da primeira metade do século passado que estará em cartaz em Curitiba a partir de 21 de novembro na Casa Romário Martins, no Largo da Ordem.

A exposição Família Ferrez: novas revelações compõe-se de cerca de 170 imagens extraídas de um total de 8 mil negativos do acervo documental de Gilberto Ferrez. Esse montante incluía álbuns e arquivos pessoais de Gilberto, de seu pai Julio, de seu tio Luciano e do avô Marc Ferrez, pioneiro da fotografia no Brasil considerado o maior fotógrafo oitocentista do país.

Portanto, o que se verá na Casa Romário Martins é a herança deixada por Marc a seus descendentes – filhos e neto. A valiosa descoberta foi encontrada entre os documentos da família na época da organização do acervo documental dos Ferrez, que fora doado para o Arquivo Nacional pelas filhas de Gilberto, em outubro do ano passado.

A exposição chega a Curitiba patrocinada pelo Banco do Brasil, com apoio da Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba. Tem curadoria de Júlia Peregrino e Pedro Vasquez.

Ela estará dividida em módulos dedicados ao Brasil, a países estrangeiros como Senegal, França, Portugal, Inglaterra, Suíça, e traz também diversos retratos de conteúdo social.

Julio e Luciano – Os irmãos Julio e Luciano Ferrez tiveram papel pioneiro na difusão do cinema no Rio de Janeiro. Gilberto Ferrez, por sua vez, além de dar continuidade ao negócio familiar, em associação com os primos, foi pioneiro entre os historiadores da fotografia no Brasil. É de sua autoria o primeiro estudo sobre o assunto, A fotografia no Brasil e um dos mais dedicados servidores: Marc Ferrez, 1843-1923, publicado na Revista do Patrimônio Histórico, em 1953.

Meio século antes, em 1905, Julio publicara O amador photógrapho. O que se ignorava até agora era que os três homens também foram exímios fotógrafos, legando à posteridade um acervo de negativos que, no conjunto, excede 8 mil itens.

A curadora Julia Peregrino afirma que “essa exposição é um marco na história da fotografia brasileira”. E enfatiza: “Esse precioso acervo inédito engloba as cidades históricas mineiras, monumentos e marcos arquitetônicos goianos, paraibanos e pernambucanos, além de uma instigante amostra dos costumes e do comportamento da sociedade brasileira na primeira metade do século XX”.

“No âmbito internacional – continua ela – registram capitais européias e algumas vistas e retratos da África francesa, de grande interesse etnográfico. Além disso, retratos do pioneiro Marc Ferrez na velhice, em sua derradeira viagem à Europa, feitos por seus filhos Júlio e Luciano”.

Pedro Vasquez salienta o fato de que “essa exposição tem um valor todo especial por enfocar um período ainda não muito estudado da história de nossa fotografia divulgando imagens de regiões que haviam sido pouco fotografadas quando os integrantes da Família Ferrez as visitaram pela primeira vez”.

SERVIÇO: Família Ferrez: novas revelações. Exposição de fotos de Julio, Luciano e Gilberto Ferrez, respectivamente filhos e neto de Marc Ferrez, o maior fotógrafo oitocentista. Data: 21 de novembro a 21 de dezembro de 2008 De terça a sexta feira das 9h às 12h e das 13h às 18h Sábados e domingos 9h às 14h Local: Casa Romário Martins Largo Coronel Enéas, 30 (Largo da Ordem) Entrada franca Informações: 3321-3255

publicado por o editor às 16:32
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds