Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008

Programação de Cinema - Curitiba


De 19 a 25 de dezembro de 2008

Domingo, dia 21 de dezembro – ingresso a R$1,00
 

CINEMATECA - Sala Groff Rua Carlos Cavalcanti nº 1.174 / fone (41) 3321-3270 (De segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h30) e (41) 3321-3252 (diariamente, das 14h30 às 21h) – Ingressos a R$ 5 e R$ 2,50 (estudantes). Gratuito para pessoas com idade a partir de 60 anos. www.fccdigital.com.br
 

DOMÉSTICAS (BR/2001). Direção de Fernando Meirelles e Nando Olival. Com Claudia Missura, Graziella Moretto, Lena Roque. No meio da nossa sociedade existe um Brasil notado por poucos. Um Brasil formado por pessoas que, apesar de morar dentro de sua casa e fazer parte de seu dia-a-dia, é como se não estivessem lá. Cinco das integrantes deste Brasil são mostradas em "Domésticas": Cida, Roxane, Quitéria, Raimunda e Créo. Uma quer se casar, a outra é casada, mas sonha com um marido melhor. Uma sonha em ser artista de novela e outra acredita que tem por missão na Terra servir a Deus e à sua patroa. Todas têm sonhos distintos, mas vivem a mesma realidade: trabalhar com empregada doméstica. Este filme, pouco conhecido, marcou a estréia do hoje internacional, Fernando Meirelles no longa-metragem – 90’ Classificação 14 anos

Dia 20, sessão às 15h30

De 21 a 23, sessões às 15h30 e 20h

Dias 24 e 25 de dezembro, não haverá sessão

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Comemorativo Dezenove de Dezembro

Dia 19 (programação anexa) – Entrada franca
 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Lançamento:

ANTIHORARIO (BR/SP-2008), direção de Renato Custódio. – Documentário sobre skate com imagens captadas nas principais cidades brasileiras, e também em Buenos Aires, Los Angeles e Barcelona. O filme traz performances de importantes representantes da arte deste esporte, como o carioca Willians Rogério, o paulistano Rodrigo Leal, o gaúcho Juan de Oliveira, dentre outros. – 35’. – Classificação livre.

Dia 20, às 20h - Entrada franca









 

PROGRAMAÇÃO

De 19 a 25 de dezembro de 2008

Domingo, dia 21 de dezembro – ingresso a R$1,00
 

CINE LUZ Rua XV de Novembro nº 822 / fone (41) 3321-3270 (De segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h30) e (41) 3321-3261 (diariamente, das 14h30 às 21h). Ingressos a R$ 5 e R$ 2,50 (estudantes). Gratuito para pessoas com idade a partir de 60 anos. www.fccdigital.com.br

EM PARIS (Dans Paris – França/Portugal, 2006). Direção de Christophe Honoré, com Romain Duris, Louis Garrel, Joana Preiss. Mirko tem dois filhos: os jovens Paul e Jonathan. O primeiro é confuso e o segundo, irresponsável. Paul sofre do mesmo tipo de depressão que levou sua irmã ao suicídio alguns anos antes. Ele vive com a namorada Anna, mas a relação está desgastada. Quando volta a morar com o pai, atinge o fundo do poço. Enquanto Jonathan vive aventuras românticas pela cidade, Paul se recusa a sair da cama e do quarto. Nem mesmo a insistência do pai e a visita da mãe o convencem. Mas uma noite ele finalmente sai e parte em direção a uma ponte sobre o rio Sena. – 93’. Classificação 14 anos

Dias 19, 20, 22 e 23, sessão às 15h30

Domingo - dia 21, sessão às 17h30

Dias 24 e 25 de dezembro, não haverá sessão

ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA (Bilndness – Brasil/Canadá/Japão, 2008). Direção de Fernando Meirelles. Com Julianne Moore, Mark Ruffalo, Alice Braga. Adaptação cinematográfica do livro homônimo do escritor português José Saramago. O filme conta a história de uma inédita epidemia de cegueira, inexplicável, que se abate sobre uma cidade não identificada. Tal "cegueira branca" - assim chamada, pois as pessoas infectadas passam a ver apenas uma superfície leitosa - manifesta-se primeiramente em um homem no trânsito e, lentamente, espalha-se pelo país. Aos poucos, todos acabam cegos e reduzidos a meros seres lutando por suas necessidades básicas, expondo seus instintos primários. À medida que os afetados pela epidemia são colocados em quarentena e os serviços do Estado começam a falhar, a trama segue a mulher de um médico, a única pessoa que não é afetada pela doença. – 120’ Classificação 16 anos

Dias 19, 20, 22 e 23, sessões às 17h30 e 20h

Domingo – dia 21, sessão somente às 20h

Dias 24 e 25 de dezembro, não haverá sessão

KIRIKOU – OS ANIMAIS SELVAGENS (Kirikou et les bêtes sauvages – França/2005). Animação dublada. Direção de Bénédicte Galup e Michel Ocelot. Kirikou é menino muito pequenino, nascido em uma aldeia da África Ocidental. O garotinho não alcança nem o joelho de um adulto, mas terá de enfrentar a poderosa e malvada Karabá, feiticeira que secou a fonte d’água da aldeia de Kirikou, engoliu todos os homens que foram enfrentá-la e ainda pegou todo o ouro que tinham. Nessa aventura, o garotinho enfrenta muitos perigos e percorre lugares que somente pessoas pequeninas poderiam entrar. – 75’ Classificação livre

Domingo, dia 21 – sessões às 10h30 e 15h30


 

COMEMORATIVO DEZENOVE DE DEZEMBRO

Na Cinemateca de Curitiba

Dia 19 de dezembro – Entrada franca

Classificação livre para os dois programas

Em 19 de dezembro de 1853, o Paraná conseguiu desmembrar-se da então Província de São Paulo, passando a ter vida política e institucional próprias. Para marcar a data, a Cinemateca de Curitiba organiza uma mostra, com dois programas, formada de documentários sobre a história e sobre cidadãos que se destacaram em variadas atividades no Paraná.

Programa I , às 16h:

DE BONNA CARO NOME (BR/PR/1991), direção de Werner e Willy Schumann. Documentário sobre o pintor paranaense Theodoro De Bonna (1904 – 1990), sua vida, sua formação, viagem para estudos na Itália, e sua obra, incluindo a famosa Via-Sacra, que realizou para a Igreja de Morretes, no litoral do Paraná, sua cidade natal. – 40’.

MICHAUD (BR/RJ/1991), direção de Roberto D’Avila. - Documentário sobre

o desenhista, escritor, humanista e educador suíço William Michaud (1829-1902), que veio para o Brasil em 1849 e que se apaixonando pela exuberância da Ilha de Superagüi, no litoral do Paraná, aí se radicou. Nascido de rica família da cidade de Vervey, possuidor de sólido conhecimento e cultura, teve bom trânsito com altas esferas do poder do Segundo Império brasileiro, com as quais trocava correspondências. Michaud deixou suas impressões sobre a região em diversos desenhos, hoje expostos em museus do Brasil e da Suíça, e em diversos escritos posteriormente publicados. – 16’.

LÁPIS, DE COR E SALTEADO (BR/PR 1989), direção de Nivaldo Lopes. Documentário. A vida e a obra do cantor e compositor paranaense Palminor Rodrigues Ferreira (1942-1978), mais conhecido por Lápis. Foi um dos mais populares da noite curitibana, cantando em bares e teatros. Autor de músicas celebrizadas na voz de notórios cantores da MPB. - 15’.

BABEL DA LUZ (BR/PR 1992), direção de Sylvio Back. Documentário. Sobre Helena Kolody (1912-2004), e sua obra poética, uma das principais do Paraná. Nascida em Cruz Machado, no interior do Paraná, seus pais eram imigrantes ucranianos. Foi também renomada educadora. – 10’.
 

Programa II , às 20h:

VIAGEM RUMO AO NORTE DO PARANÁ (BR/PR/1934), direção de João Baptista Groff. Documentário sobre a Estrada do Cerne ainda em construção, ligando a capital, Curitiba, ao norte do Estado, região que experimentava grande surto de desenvolvimento. Durante três décadas, esta rodovia foi decisiva para o pleno escoamento das safras agrícolas da região. O filme traz também imagens raras da cidade de Curitiba na época, e de vilarejos ao longo da estrada, como ainda imagens de cidades que começavam a se formar no norte do Paraná, a partir da década de 1930, e que se desenvolveram rapidamente, por conta da economia cafeeira. – 10’.

CENTENÁRIO DO PARANÁ (BR/PR/1953), direção de Renato Melito. Documentário, à guisa de cinejornal, sobre os eventos, exposições, atos cívicos, realizados no mês de dezembro de 1953 no Paraná, quando o Estado festejava os cem anos de sua emancipação política. Coube à capital Curitiba sediar os principais eventos, também recebendo renomadas personalidades da época. – 10’.

MEMÓRIA DE DAVID (BR/PR/1988), direção de Berenice Mendes. Documentário sobre a trajetória de David Carneiro (1904-1990), importante historiador e museólogo paranaense, autor do livro O Cerco da Lapa, sobre a Revolução Federalista no Paraná(1893/94). Humanista de vasta cultura, foi um pesquisador e estudioso inveterado das origens e da vida paranaense de modo geral. – 20’.

A HISTÓRIA DE DAILZA DAMAS (BR/PR/1997), direção de Marcos Freitas, produção de Mauricio Appel. Documentário sobre Dailza Damas, a principal nadadora paranaense, atleta conhecida internacionalmente, consolidando sua carreira na década de 1990. Além do Paraná e do Brasil, competiu em difíceis provas em países em vários continentes, como na do Canal da Mancha, na Europa. Jovem ainda, Dailza veio a falecer subitamente agora em outubro de 2008. – 20’.

1924: BENDITA REVOLUÇÃO (BR/PR/1987), direção de Sérgio Sanderson. Documentários sobre os vestígios que restaram da passagem deste levante pelo oeste do Paraná. Eclodido e derrotado em 1924 em São Paulo, seus líderes militares, descendo o Rio Paraná, embrenharam-se, numa tentativa de resistência, naquele sertão de mata densa e raros povoados. Dá-se que Carlos Prestes, nesse ínterim, ao rebelar-se de Quartel do RS, e dirigindo-se com seus soldados para o norte, chega ao oeste paranaense, encontrando-se com os líderes paulistas. Daí a formação da famosa Coluna que leva seu nome e que sob seu comando, penetrando imbatível todo o território nacional, veio revelar o atraso e o descaso social a que muitas regiões interioranas estavam relegadas, e chamando atenção para os riscos a que estas estavam correndo, principalmente as fronteiriças, como a do oeste paranaense. – 15’.

publicado por o editor às 11:24
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds