Sábado, 3 de Janeiro de 2009

Site inglês disponibiliza iPoemas

Um site agora lançado permite descarregar poesia em MP3 para ouvir em leitores de áudio digitais.

A 57 Productions, uma empresa de entretenimento britânica, lançou recentemente um site onde é possível fazer o download e ouvir poesia, depois de descarregada, em leitores de MP3 e iPods, revela a imprensa inglesa.

Com um acervo de poesia moderna, o site, chamado iPoems, foi inaugurado na passada quarta-feira, conforme anunciou o porta-voz da empresa responsável, Philip Abraham.

Desde então, foram já disponibilizados cerca de mil poemas escritos em inglês, que podem ser descarregados a um preço de 75 cêntimos por cada ficheiro áudio e 1,4 euros por cada ficheiro de vídeo.
A empresa está a oferecer uma mensalidade gratuita, sendo que, após a oferta, a subscrição do serviço custa cerca de 14 euros por ano.

Entre os autores aí disponibilizados está Ian McMillan, poeta que acredita que o futuro da poesia passa por esta nova forma de difusão, a par da tradicional versão impressa.

"Isto é um passo em frente. Os poemas falados irão oferecer uma interpretação diferente e mais profunda, remetendo-nos para a tradição oral de onde a poesia emergiu", afirmou em declarações ao Daily Telegraph.

Também o premiado Andrew Motion se mostrou entusiasmado com a ideia. "Esta é uma área com um potencial enorme. Se podemos ter uma sinfonia ou um sermão religioso no iPod, porque não poemas?", comentou a propósito.

O lançamento do iPoems é um bom indicador de como a Internet e as novas tecnologias podem transformar o cenário da poesia.

No final do ano passado foi igualmente lançado o The Poetry Archive, através do qual é possível ouvir vários poetas a recitarem os seus trabalhos.

Apesar de não permitir o download do material, recebeu já a visita de 250 mil pessoas.

No site podem pesquisar-se obras por título, tema ou nome do autor, contando este com poemas que datam do século XVII até à actualidade.

Este 'arquivo poético' lançou entretanto uma compilação de 60 minutos, em CD, com alguns dos trabalhos mais significativos, à venda na loja virtual Poetry Bookshop Online.

tags:
publicado por o editor às 08:08
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds