Quarta-feira, 26 de Março de 2008

O ARRANHA-NUVENS




um lançamento da

publicado por o editor às 12:45
link do post | comentar | favorito

A CAIXA DE GRANADILHO




um lançamento da

publicado por o editor às 12:44
link do post | comentar | favorito

MORTE E JULGAMENTO


MORTE E JULGAMENTO

de Donna Leon

Tradução Luiz Antônio de Araújo
Páginas 272

O comissário Guido Brunetti, da polícia de Veneza, tem estado um pouco estranho ultimamente, enojado com a infiltração generalizada de criminosos na sociedade italiana; mesmo assim segue investigando seus casos e tentando criar os filhos da melhor forma possível. E a vítima da vez é Carlo Trevisan, eminente advogado local, com clientes entre os ricos e poderosos.
O que a investigação revela, entretanto, é uma rede de corrupção complexa e perigosa, cujas raízes se estendem para além do que o comissário havia imaginado. Como os canais de Veneza, cenário da trama, que escondem uma teia de conexões ocultas e freqüentemente malcheirosas, as relações entre os mortos - plural, porque rapidamente aparecem mais cadáveres - apontam para um imbróglio de violência, crimes e crueldade muito mais amplo e aterrador do que o assassinato inicial podia indicar.
Se, mesmo embotado pelos escândalos do governo, Brunetti se mantinha um policial dedicado, quando o horror que investiga atinge sua própria família, ele toma como questão pessoal esclarecer o crime.

um lançamento da


publicado por o editor às 12:33
link do post | comentar | favorito

NO INFERNO


NO INFERNO de George Pelecanos

Tradução
Beth Vieira

Páginas
360



"No inferno coloca Pelecanos no time dos grandes escritores policiais. Um thriller de tirar o fôlego, com ritmo de cinema." - The New York Times


A agência de investigação do detetive Derek Strange é contratada para encontrar uma garota de catorze anos que fugiu da casa dos pais, nos subúrbios de Washington. O parceiro de Strange, Terry Quinn, assume a tarefa, enquanto o detetive se ocupa de perscrutar o passado de um jovem negro, suspeitamente bem-sucedido, que pretende se casar com a filha de um velho amigo do detetive.
As investigações conduzem a dupla por um caminho que eles conhecem bem: o labirinto da prostituição, da exploração de adolescentes, das drogas e da violência racial que ainda se esconde entre os conjuntos habitacionais da periferia de Washington. Mas ambos são surpreendidos pelo assassinato brutal de um garoto do time de futebol americano organizado por Strange. O crime desperta no detetive um sentimento de culpa e o desejo obsessivo de vingança. Strange sai na frente da polícia na caça aos assassinos, enquanto Quinn busca resgatar da prostituição a garota fugitiva.
Nessa jornada marcada pela violência, os protagonistas de Revolução difícil e Preto no branco ainda têm de acertar contas com o passado e enfrentar seus próprios demônios.

um lançamento da

publicado por o editor às 12:32
link do post | comentar | favorito

DE VOLTA PARA CASA

DE VOLTA PARA CASA

de Susan Wiggs

Páginas : 392

De Volta para Casa, o novo romance de Susan Wiggs após o sucesso de Mesa para Cinco, apresenta uma comovente trama sobre a vida em família, que faz com que o leitor reflita sobre os recomeços que a vida oferece e o imenso poder curativo do amor.
Como um tornado irrompendo na vida supostamente perfeita da irmã, Jessie volta à sua cidade natal, no Texas, com um pedido avassalador: quer contar a verdade à filha. Ao mesmo tempo em que Luz e o marido se esforçam para lidar com os efeitos que o retorno de Jessie possa surtir na rebelde Lila, seu casamento, aparentemente sólido, vacila. Antigos segredos são expostos. Então, exatamente quando Jessie acerta as contas com o passado, a ironia agridoce do destino entra em ação. Jessie encontra Dusty Matlock, um jovem pai que sobreviveu a uma perda devastadora, e começa a ver surgir as possibilidades de esperança que se escondem nas mais terríveis tragédias.

um lançamento da

publicado por o editor às 12:30
link do post | comentar | favorito

NAS PRATELEIRAS - JORGE AMADO

Confira no site especial os lançamentos deste mês de Março.










lançamentos da

publicado por o editor às 12:27
link do post | comentar | favorito

Fabrizio Andriani expõe pinturas no Centro de Criatividade


As obras de Fabrizio Andriani estão relacionadas ao universo da pintura, dos videogames e das HQs de ficção científica


O Centro de Criatividade de Curitiba, espaço da Prefeitura administrado pela Fundação Cultural de Curitiba, abre nesta quinta-feira (27), às 19h, a exposição de pinturas do artista plástico Fabrizio Andriani. Suas obras estão relacionadas ao universo da televisão, dos videogames e das histórias em quadrinhos de ficção científica. Seus retratos de figuras humanas remetem ao fantástico e ao grotesco, formando uma galeria de personagens mutantes, estranhos e surreais.

Influenciado pelo grafismo, texturas e temas da Graphic Novel de vanguarda, o artista imprime em seus trabalhos traços vigorosos e cromáticos. Grandes mestres da pintura, como Giotto, Brueghel, Bosch e Goya, estão entre suas preferências. Para Andriani, a sua geração sofreu na pele a influência da linguagem televisiva. “É impossível que alguém, que tenha sido exposto desde criança à luz catódica, possa interpretar a realidade sem esse condicionamento. Quantas horas ficamos diante da TV, do computador ou de um videogame? A televisão e o computador me contaminaram. Nada é tão atual quanto esta cicatriz que está em nossos cérebros”, diz o artista.

Em seus trabalhos, Andriani aproveita as novas tecnologias das tintas para explorar cores cada vez mais parecidas com as que se percebe nos monitores, em tons metálicos e fluorescentes. A mostra reúne uma variedade de figuras humanas, criaturas inventadas e um auto-retrato do autor. Andriani expõe também pela primeira vez o quadro Trânsito Canibal, um dos trabalhos contemplados pelo edital Arte Urbana no Transporte Coletivo 2007, do Fundo Municipal da Cultura da Prefeitura de Curitiba.



O artista - Fabrizio Andriani nasceu em São Paulo em 1971, filho de pai italiano e mãe brasileira. Ainda menino, em 1980, foi morar na Itália. Estudou na Accademia Ligustica di Belle Arti, em Gênova, onde tomou contato com o muralismo e realizou obras em espaços urbanos. Expôs também no Teatro Politeama Genovese. Na Inglaterra, fez durante seis meses cursos de ilustração e fotografia.

Em 2001, de volta ao Brasil, trabalhou em agências de publicidade de Curitiba. Em 2002 foi para Belém do Pará, para trabalhar com projetos de inclusão social por meio das artes. Criou e coordenou o projeto Celpa em Grafite para a empresa de energia elétrica do Pará e para a ONG Urbanarte, levando a arte do grafite e da pintura mural aos jovens da periferia.

Atualmente, é professor de arte no Colégio Anjo da Guarda e na Escola Palmares em Curitiba, além de ser sócio do escritório de ilustrações e design, a ZnorT! Foi também curador da exposição Originais de Joe Bennett, em comemoração aos 25 anos da Gibiteca de Curitiba.




Serviço:

Exposição de pinturas de Fabrízio Andriani

Data: de 27 de março (abertura às 19h) a 4 de maio de 2008.

Local: Centro de Criatividade de Curitiba – Rua Mateus Leme, 4.700 – Parque São Lourenço

Horário: diariamente, das 9h às 12h e das 14h às 18h

Entrada franca.

publicado por o editor às 12:17
link do post | comentar | favorito

APENAS UM HERÓI



APENAS UM HERÓI

de Daniel Frazão

Páginas:208

"Daniel Frazão é um dos mais instigantes escritores da geração que se tornou adulta nesta virada de século e milênio."

Antonio Cícero




Plínio Sandoval é tudo, menos o herói que o título deste segundo romance do escritor carioca Daniel Frazão sugere. Desempregado, passa os dias observando as moscas de seu decadente apartamento em Copacabana morrerem dilaceradas pelo ventilador de teto enquanto cultiva pensamentos homicidas em relação a seus vizinhos de prédio – o síndico boçal e o casal que transa enquanto ouve sinfonias de Wagner – e toda a humanidade. Isso quando não pensa em
dar cabo da própria vida. Sandoval só consegue esboçar um sorriso solitário quando lembra de Julia Monerat, seu amor platônico da adolescência, que ficou para trás na cidade natal, no interior do estado.

Sem nenhum amigo além dos colegas de trabalho e uma velha prostituta, Plínio tenta sobreviver numa cidade voraz, lidando com as desilusões, injustiças e desigualdades cotidianas. Sua trajetória muda, mas ainda assim sem nenhum ato heróico, quando recebe um telefonema do irmão, que ainda mora no interior, informando da morte de um tio do qual ele nem se lembra e da possibilidade de uma polpuda herança. Era a chance que ele tanto esperava para finalmente mudar de vida. Com seus últimos trocados, Plínio compra um terno barato para o enterro, a passagem de ônibus, e retorna à cidade de sua infância para encarar seus fantasmas.

Mas a papelada se atrasa e, para sobreviver enquanto espera a leitura do inventário, o trágico anti-herói resolve arrumar um emprego. O único adequado para suas qualificações – ele cursara apenas um período de faculdade para em seguida abandonar tudo – é o de ajudante de
médico-legista no Instituto Médico Legal. Enquanto esquarteja corpos em decomposição, Sandoval reflete sobre a própria existência e fantasia sobre o seu amor perdido de juventude. Quando o testamento finalmente é aberto, seu conteúdo é inesperado.

Um relato original e tragicamente divertido sobre a efemeridade da existência humana, protagonizado por um herói relutante e de caráter duvidoso, criado pela prosa fluida e gótica deste novo e promissor talento da literatura nacional.


Um lançamento da




publicado por o editor às 12:06
link do post | comentar | favorito

TEMPO QUENTE


TEMPO QUENTE
de Sandra Brown

Páginas:432

Uma família cercada por corrupção e poder é o centro do livro Tempo quente, de Sandra Brown. Tendo como cenário a fictícia Destiny, uma pequena cidade da Louisiana, a autora constrói uma trama recheada de mistério e conflitos, que prende a atenção até a última página. A história gira em torno dos Hoyle, cujo patriarca, Huff, ergueu seu império ao administrar com pulso firme a fundição que pertencia ao sogro, ignorando medidas de segurança no ambiente de trabalho em função do lucro. A morte do caçula de Huff, Danny, faz com que as coisas comecem a mudar em Destiny. Sayre, a filha rebelde que estava longe há dez anos e havia adotado o sobrenome de solteira da mãe para se livrar de qualquer ligação com os Hoyle, quebra a promessa feita a si mesma e volta à cidade natal para o enterro. Ao chegar, ela conhece Beck Merchant, advogado da Hoyle Enterprises e assessor direto de seu pai, que lhe dá uma notícia chocante: a polícia desconfia que o suicídio de Danny tenha sido, na verdade, um caso de assassinato. Decidida a não ir embora sem descobrir a verdade sobre o irmão mais novo, Sayre começa a investigar por conta própria. Para ela, o culpado pelo que aconteceu a Danny pode ser alguém muito próximo: Chris, o primogênito de Huff e o mais parecido com o pai, de quem é braço direito na empresa. A suspeita de Sayre é reforçada por uma história antiga: a morte de Gene Iverson, empregado da fundição, que levou o filho mais velho de Huff ao banco dos réus, anos antes. Mesmo absolvido no tribunal, Chris não consegue convencer a irmã de sua inocência. Paralelamente, crescem as pressões do governo e de entidades de defesa dos trabalhadores por melhores condições para os funcionários da Hoyle Enterprises. Charles Nielson, um advogado trabalhista, está de olho nas atividades da empresa e disposto a ser uma pedra no sapato de Huff e Chris. Quando um acidente grave faz com que Billy Paulik perca um braço durante o serviço, o cerco começa a se fechar: a mulher da vítima se recusa a ficar de boca fechada e pretende levar o caso à Justiça, enquanto alguns empregados pensam em fazer greve. Tempo quente ainda tem uma pitada de romance, com a atração crescente entre Sayre e Beck. Conseguirá ela abrir mão de suas convicções e levar essa história adiante, se envolvendo com alguém tão próximo ao universo que tanto despreza? É possível deixar o passado para trás, com todos os segredos que ele guarda? Sandra Brown responde a essas perguntas com um desfecho surpreendente.

um lançamento da Editora Rocco
publicado por o editor às 12:02
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Março de 2008

A ESTRADA DA NOITE

A ESTRADA DA NOITE

RESENHA EXTRA DA ZPTV





Um lançamento da Editora Sextante

publicado por o editor às 21:18
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds