Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

BOM FERIADO PROLONGADO



ATÉ TERÇA-FEIRA

BOAS LEITURAS !


publicado por o editor às 13:39
link do post | comentar | favorito

O paciente número um



O paciente número um
Uma corrida contra o tempo para salvar o homem mais poderoso do mundo.
de Michael Palmer

Selo: Prumo Leia

Nº de páginas: 496

 

"Um thriller emocionante... cheio de surpresas; reproduz a atmosfera intensa da Casa Branca." Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos da América


Gabe Singleton e Andrew Stoddard foram colegas de quarto na Academia Naval de Anápolis, nos Estados Unidos. Gabe passa a exercer a profissão de médico em Wyoming e seu amigo, Andrew, ascendeu de herói de guerra a governador e em seguida a presidente dos Estados Unidos. Em meio a uma acirrada campanha visando a reeleição presidencial, o Marine One, helicóptero particular do presidente, pousa no rancho de Gabe em Wyoming. Então, o Presidente Stoddard faz uma revelação perturbadora e um pedido surpreendente: seu médico pessoal desapareceu de maneira súbita e misteriosa, e ele precisa desesperadamente que Gabe assuma o lugar desse profissional. Apesar de alguns receios, Gabe concorda em ir para Washington.

Após instalar-se confortavelmente no consultório da Casa Branca, Gabe percebe haver fortes indícios de que o presidente está enlouquecendo. Enfrentando uma crise de consciência - como médico do Presidente Stoddard, ele tem o poder de invocar a Vigésima Quinta Emenda para transferir a autoridade presidencial para o vice-presidente -, Gabe suspeita de que o estado de seu amigo talvez não seja provocado por causas naturais.

UM LANÇAMENTO DA

publicado por o editor às 13:26
link do post | comentar | favorito

CAIXA Cultural Curitiba apresenta Raduan Nassar e Maria Esther Maciel



 


Textos dos autores na edição de novembro do Projeto Brasis Leituras Plurais
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, na próxima quarta (04), leituras dos textos de Raduan Nassar e Maria Esther Maciel, na edição de novembro do projeto Brasis Leituras Plurais. O músico Fabio Mazzon e os atores Eduardo Giacomini Martins, Fernando Eugênio de Proença e Elenize Meiry Dezgeniski atuam sob a mediação de Paulo Soethe e a direção de Olga Everan Carvalho Nenevê.
Brasis Leituras Plurais

O projeto Brasis Leituras Plurais é uma proposta de leituras mensais de textos de dois autores brasileiros por evento, contando para cada noite com a participação de um grupo de interpretes, um músico e um mediador, sob a coordenação de um diretor teatral. Coordenado por Mauro Zanatta e Flávio Stein, o projeto pretende atingir o público a partir de um conjunto de combinações de textos e autores, promovendo o convívio do antigo com o novo, da prosa com a poesia. A cada noite acontece o encontro de um autor renomado com novos nomes da literatura.

Neste ciclo de leituras o foco é a palavra, a vocalização do texto à época em que foi escrito, inclusive com sotaques regionais, melodias e ritmos próprios. Para valorizar ainda mais a função auditiva todas as noites serão acompanhadas por um músico, um diretor teatral como maestro e um mediador para amealhar informações.

A literatura, como qualquer outra arte, deve e pode provocar o espectador no sentido emocional, lúdico e crítico. O objetivo do ciclo é formar e estimular leitores, além de divulgar a cultura brasileira, sua história e seus criadores, permitindo ao público um contato mais próximo com autores consagrados, bem como, revelando jovens escritores e, até mesmo, recuperando nomes esquecidos.

Raduan Nassar – O filósofo nasceu em Pindorama/SP, em 1935. “Menina a Caminho” (1960) foi sua estreia na literatura. Lançou o romance “Lavoura Arcaica” (1975). A novela “Um Copo de Cólera” (1970) só apareceria em 1978, quando o escritor já havia abandonado a literatura. Em 1984, depois de ter exercido diversas atividades, Raduan comprou a fazenda Lagoa do Sino e passou a se dedicar integralmente à produção rural, atividade que exerce até hoje.

Maria Esther Maciel – Poeta, ensaísta e ficcionista, vive em Belo Horizonte. Compõe o corpo docente da UFMG e ocupou o cargo de pesquisador visitante na Universidade de Londres. Dentre suas obras estão: “Dos haveres do corpo” (1985), “As vertigens da lucidez: poesia e crítica em Octavio Paz” (1995), “A dupla chama: amor e erotismo em Octavio Paz” (1998), “Triz (1999), “Vôo Transverso: poesia, modernidade e fim do século XX” (1999), “A memória das coisas” (2004) e “O livro de Zenóbia” (2004).

Ficha Técnica

Direção Artística: Olga Nenevê

Atores: Eduardo Giacomini, Elenize Dezgeniski e Fernando de Proença.

Músico Convidado: Fábio Mazzon (percussão)

Mediador: Paulo Soethe


Serviço: Projeto Brasis Leituras Plurais: Textos de Raduan Nassar e Maria Esther Maciel Local: Teatro da CAIXA Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro – Curitiba Data: 04 de novembro de 2009 Horários: quarta 20h Ingressos: 01 (um) livro não didático Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta, das 12 às 19h, sábado e domingo, das 16 às 19h) Classificação etária: Não recomendado para menores de 14 anos Lotação máxima do teatro: 125 lugares (02 para cadeirantes) www.caixa.gov.br/caixacultural

publicado por o editor às 13:25
link do post | comentar | favorito

O JARDIM SECRETO DE ELIZA



O JARDIM SECRETO DE ELIZA
de Kate Morton


Páginas:560


 

Em 1913, um navio chega à Austrália direto de Londres, trazendo com ele uma menina de quatro anos, absolutamente sozinha, sem um acompanhante adulto sequer. Com ela, apenas uma pequena mala com um livro de contos de fadas. O mistério de quem era a bela garota, que dizia não lembrar seu nome, e de como chegou ao porto, jamais foi desvendado. Em suas memórias ela trazia apenas a imagem de uma mulher que ela chamava de a dama ou a Autora e que dizia que viria buscá-la. Muitos anos depois, em 2005, na cidade australiana de Brisbane, a doce e reservada Cassandra herda de sua avó Nell uma casa na Inglaterra. Surpresa, ela descobre que a casa esconde as origens de sua avó, que foi uma vez a bela menina sem nome perdida no porto.

O jardim secreto de Eliza, da escritora australiana Kate Morton, foi um sucesso em seu lançamento, fazendo parte da concorrida lista de livros mais vendidos do The New York Times. A autora, que estreou na literatura com o best-seller A casa das lembranças perdidas, também publicado no Brasil pela Rocco, conta uma saga que se desenrola por diferentes gerações de mulheres, cada uma guardando segredos, sentimentos e memórias reprimidas.

Enquanto acompanha a viagem de Cassandra para a Inglaterra em busca de suas origens, a autora revela uma trama paralela que se desenrola muitos anos antes do nascimento da menina, quando Nell vê seu mundo cair depois que seu pai revela, às vésperas de seu noivado, que ela não é sua filha verdadeira. A notícia a transforma numa mulher estranha, colecionadora de artigos antigos e raros e que vive numa casa em uma região afastada da Austrália. Seu exílio auto imposto, no entanto, é quebrado quando sua filha deixa a pequena Cassandra a seus cuidados. Revoltada com a filha por ter abandonado a menina, assim como aconteceu com ela quando criança, Nell acaba estreitando laços com a neta.

Um dia, porém, nos idos dos anos 1970, Nell, resolve finalmente reconstituir o caminho de volta a terra de onde veio: Londres. Lá, descobre muitas coisas sobre seu passado, incluindo as lembranças da moça que chamava de A Autora: Eliza Makepeace, uma travessa menina contadora de histórias que tinha sua própria cota de tragédias para viver na Inglaterra da virada do século XIX para o XX. Seria Eliza mãe de Nell? E por que ela a abandonou? Agora, é a vez de Cassandra revirar a pequena mala de segredos da avó e saber o que Nell conseguiu descobrir, se é que ela obteve sucesso em sua busca.

Em seu livro, Kate Morton mostra como o senso de identidade de uma pessoa pode ser frágil, caindo diante de uma revelação, mudando vidas para sempre. Atraída pela Inglaterra Vitoriana e Edwardiana, a autora situa parte da história na Inglaterra do início do século XX, um período de transformações sociais, políticas e econômicas radicais, que põem em xeque a conservadora aristocracia inglesa. No meio de tantas mudanças, cresce a rebelde Eliza, que luta contra a repressão de seus sentimentos e dá vazão à sua imaginação por meio de contos de fadas e de terror. O jardim secreto de Eliza, conta Kate Morton, foi inspirado em uma história de família: quando tinha 21 anos, sua avó soube que não era filha biológica de seu suposto pai. Ela foi tão profundamente afetada por essa notícia que jamais contou isso a ninguém até chegar à velhice, quando revelou tudo para as três filhas. A escritora prometeu criar uma história inspirada no caso da avó.

UM LANÇAMENTO



 

publicado por o editor às 13:23
link do post | comentar | favorito

I Mostra Juliette de Cinema


I Mostra Juliette de Cinema

-- 1 noite, 2 sessões, 9 prêmios --


No dia 12 de dezembro, às 18h, na Cinemateca de Curitiba, acontecerá a I Mostra Juliette de Cinema, com organização de Josiane Orvatich e Murilo Wesolowicz, editora e produtor de arte, respectivamente, de Juliette Revista de Cinema.

Serão exibidos e receberão os prêmios, na mesma noite, os filmes selecionados.

Podem ser inscritos curtas—metragens brasileiros (até 20 min), com ano de produção 2008—2009, de qualquer gênero e formato de captação. Veja regulamento no site www.julietteeditora.com.br para enviar seu filme.

A comissão julgadora será formada por Ana Lesnovski, editora, Mestre em Comunicação e Linguagens pela Universidade Tuiuti do Paraná, Mariana Sanchez, especialista em cinema e apresentadora do programa “Orelha do Livro”, na rádio Lumen FM—Curitiba, e Monica Rischbieter, cineasta, que concederá aos ganhadores, o Prêmio Pauline Kael, uma homenagem à crítica de cinema estadunidense.

As categorias de premiação são: Melhor Filme, Melhor Cena, Melhor Atuação, Melhor Frame/ Quadro, Melhor Corte, Melhor Diálogo, Melhor Objeto de Cena, Melhor Cenário e Melhor Trilha Sonora.

As inscrições vão até 30 de novembro.

Os selecionados e a programação completa serão divulgados no dia 08 de dezembro.

Serviço:

I Mostra Juliette de Cinema

Data: 12 de dezembro de 2009, a partir das 18h

Local: Cinemateca de Curitiba

Inscrições até: 30 de novembro de 2009



www.julietteeditora.com.br | revista@julietteeditora.com.br

(41) 3252-8554 | Curitiba | PR


publicado por o editor às 13:22
link do post | comentar | favorito

Gestão Estratégica de Desempenho



Gestão Estratégica de Desempenho: Otimizando o capital humano nas organizações
de Neyde Vernieri Lopes



Número de Páginas: 256

As discussões sobre a gestão do desempenho humano têm sido concentradas tradicionalmente nos indivíduos e nas suas consequências para o desenvolvimento de competências e administração de sistemas de compensação. Hoje, a abordagem utilizada nas grandes corporações foge a essa regra e mira as organizações em si como fonte de análise.

No livro Gestão Estratégica de Desempenho: Otimizando o capital humano das organizações, a autora Neyde Vernieri Lopes, reconhecida pesquisadora e consultora de Recursos Humanos, nos apresenta o tema com um enfoque inovador na literatura brasileira. Isso porque ela toma a organização como o parâmetro a ser considerado no gerenciamento da performance humana no trabalho, e não os indivíduos isoladamente, como a maioria dos analistas o faz. Assim, a consultora cria um modelo de gestão estratégica que permite que o gerenciamento sistemático do desempenho humano seja a disciplina que torna possível envolver toda a organização em um esforço criativo consciente. Tudo com o objetivo de produzir os resultados que farão a diferença junto à concorrência.

Por esses motivos, Gestão Estratégica de desempenho: Otimizando o capital humano das organizações é leitura essencial para aqueles que desejam utilizar o pensamento sistêmico como foco de sinergia dos aspectos estratégicos mais importantes para o sucesso organizacional.

A Autora

Neyde Vernieri Lopes é Master of Science em Administração pela University of Southern California, nos Estados Unidos. Atua como professora de disciplinas de gestão com pessoas em universidades e consultora de inúmeras empresas, inclusive na área de recursos humanos da PETROBRAS. Diretora-presidente da RH Hipermídia Assessoria em Informática S/C Ltda., empresa do ramo de treinamento mediado por tecnologia com inúmeros projetos realizados, é também instrutora de cursos nas áreas de recursos humanos e educação a distância em todo o território nacional nos setores público e privado.

UM LANÇAMENTO

publicado por o editor às 13:20
link do post | comentar | favorito

Cultura e relacionamento social para maiores de 30




Com foco no público adulto, a Giunto chega ao mercado com um novo modelo de rede social

Conhecer novos lugares, participar de atividades e assistir a espetáculos alinhados com o seu perfil, interagir com pessoas que possuem interesses semelhantes, ampliando o círculo de amizades. Estes são alguns dos principais objetivos da Giunto, empresa que busca promover a integração social por meio de encontros e eventos culturais.

Criada a partir da iniciativa da executiva Mariella Gallo, coach e professora universitária em cursos de marketing, a Giunto traz ao mercado um novo modelo de integração de pessoas com uma abordagem real – e não virtual. O foco principal são pessoas entre 30 e 55 anos, interessantes justamente por terem uma bagagem cultural e quererem ampliá-la.

A empresa oferece dois serviços principais: relacionamento social a partir de uma agenda cultural; e encontros para um relacionamento sério. O primeiro tem como objetivo criar e programar eventos e atividades em grupos, reunindo pessoas com perfis e interesses semelhantes. O segundo, por sua vez, busca aproximar casais que busquem um relacionamento sério. Nos dois casos, a Giunto tem como foco o individuo – não o evento. Para tanto, faz uma análise caso a caso para gerenciar e preparar a programação cultural.

“O nosso público-alvo é exigente. No entanto, por conta de uma rotina cada vez mais corrida ou por questões pessoais, falta tempo para se programar. Nós organizamos esta agenda para os nossos associados. Tratar os nossos clientes de forma pessoal é o que faz este serviço trazer resultados”, afirma Mariella.

Para fazer parte do grupo é preciso se associar e participar de uma entrevista individual, realizada pessoalmente na sede da Giunto em São Paulo. “Não queremos apenas reunir pessoas. Nosso trabalho é muito mais amplo e focado nos objetivos de cada cliente. Queremos criar experiências ricas em cultura e informação para que as pessoas possam se relacionar. E este contato inicial é fundamental para conseguirmos identificar perfis, gostos e os temas de interesse de cada participante”, afirma Mariella.

Com o advento da Internet e a proliferação de redes virtuais, a Giunto acredita na crescente importância dos serviços que visem à integração social. “As redes virtuais são excelentes para, por exemplo, reencontrarmos amigos antigos e para mantermos contato com amigos distantes. No entanto, criar um bom relacionamento – seja de amizade ou afetivo – e trazer este relacionamento para o mundo real nem sempre é tarefa fácil. Pelo contrário. Há a questão da falta de segurança. Além disso, apesar de a Internet facilitar um relacionamento superficial, ela paradoxalmente contribui para o isolamento físico. Essas características das ferramentas atuais e a nossa abordagem única são algumas das razões que nos levaram a identificar uma grande demanda reprimida nesta área”, acrescenta a executiva.

tags:
publicado por o editor às 13:19
link do post | comentar | favorito

2ª CHANCE



2ª CHANCE
de James Patterson e Andrew Gross


Páginas:352

 

Uma menina de 11 anos é assassinada com um tiro de alta precisão quando um maníaco abre fogo contra uma igreja. Uma senhora idosa é encontrada enforcada no prédio onde mora. Em comum, as vítimas dos dois crimes - aparentemente sem relação - têm apenas o fato de serem negras. Designada para o caso, a tenente Lindsay Boxer, promovida a chefe do Departamento de Homicídios da polícia de São Francisco após solucionar um caso de grande repercussão, descobre que pode haver ainda mais por trás do que parece, inicialmente, ser uma onda de assassinatos motivados por racismo.

Além da busca pelo autor dos crimes, Lindsay Boxer terá que lidar com a pressão do novo cargo, enfrentando a interferência do FBI, a cobrança do chefe da polícia de São Francisco e do próprio prefeito por uma solução rápida para o caso. A investigação a levará à Universidade de Stanford, a uma das mais perigosas prisões de segurança máxima dos Estados Unidos, à cidade vizinha de Oakland, ao coração da polícia de São Francisco e a um acerto de contas com seu próprio passado familiar.

2ª chance é o segundo livro protagonizado pelo Clube das Mulheres contra o Crime, que reúne a tenente Boxer; a médica legista Claire Washburn; a assistente da promotoria Jill Bernhardt e a repórter policial Cindy Thomas. Juntas, as quatro buscam, investigam e analisam cada pista que possa levar ao autor dos assassinatos, enquanto conversam sobre suas carreiras e vidas amorosas, em encontros geralmente regados a margaritas. O sucesso das personagens, que fizeram sua estreia no livro 1º a morrer, lançado no Brasil pela editora Rocco, fez com que suas histórias fossem transformadas na série de televisão Women's Murder Club, exibida no Brasil pela emissora Fox.

UM LANÇAMENTO





publicado por o editor às 13:17
link do post | comentar | favorito

Handebol: Pinheiros vence Unoesc / Orbenk / Chapecó pela Liga Nacional


O E.C.Pinheiros encerrou, nesta quinta-feira (29), sua participação na fase classificatória da Liga Nacional de Handebol Masculino com grande vitória diante da Unoesc / Orbenk / Chapecó. Jogando em casa, o time paulista venceu por 34 a 25 (17 a 12). O artilheiro da partida foi o armador Anderson, de Chapecó, com sete gols.

SAIBA MAIS EM *********


publicado por o editor às 13:15
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Cia Mário Nascimento apresenta espetáculo no Teatro da CAIXA


“Faladores” trata da expressão humana pela arte

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta o espetáculo “Faladores” da Cia Mário Nascimento. O espetáculo, que fica em cartaz de 30 de outubro (sexta) a 01 de novembro (domingo), é um estudo sobre as palavras e o movimento

O espetáculo utiliza a arte como meio de comunicação. O diálogo entre os artistas, ligados à dança, à música e ao teatro, transcende o palco e atinge o público presente. "Faladores" aborda a oralidade, trazendo para a cena diversas formas de comunicação através do som, da música, da palavra, da poesia, da dança, da ação e do movimento. Enfatiza a necessidade do homem se expressar e, apesar das barreiras, se fazer entender. Apresenta a arte por seu principal objetivo: comunicar.

“Faladores” possui uma linguagem própria de comunicação com códigos sonoros e criação de palavras, como “Eh momoá!”e “A xi a ché!”, compondo um dialeto chamado de "momoês". O “momoês” transita pelo espetáculo assim como o português, o alemão, o inglês, o espanhol e o francês. trabalho, tanto em sua concepção quanto em sua construção, buscou fundamentos teóricos e conceituais em autores como Paul Zumthor ("Performance, Recepção e Leitura") e Yoshi Oida ("O Ator Invisível").

O espetáculo é movimento, gesto, palavra e ritual. A oralidade como performance e a performance como definição de comunicação, dando ênfase à natureza da linguagem oral e gestual. Apresenta o gesto e a palavra como sensações humanas e como forma eficaz de comunicação poética e dramática.

A Cia Mário Nascimento - Em onze anos de existência, a Cia tem sua pesquisa de linguagem sustentada pelas conexões entre dança, música e teatro. Tem como característica a movimentação atlética sem perder a busca de um refinamento no movimento, que a torna bastante singular na sua forma de expressão. A obra de estreia “Escapada” (1998) rendeu a Mário Nascimento o prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte de melhor coreógrafo. “Escambo” (2004) e “Do Ritmo ao Caos” (2005) renderam o prêmio Usiminas/Sinparc de 2004 e 2005 e “O Rebento” (2007) o prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna

Ficha Técnica

Direção, coreografia e figurino: Mário Nascimento

Criação e direção musical: Fábio Cardia

Assistente de coreografia: Rosa Antuña

Elenco: André Rosa, Daphne Chequer, José Villaça, Léo Garcia, Mariel Godoy, Mário Nascimento, Marco Túlio Ornellas e Rosa Antuña

Serviço

Espetáculo de dança: “Faladores”

Local: Teatro da CAIXA

Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro – Curitiba/PR

Data: de 30 de outubro a 01 de novembro de 2009

Horários: sexta e sábado 21h e domingo 19h. Haverá sessão especial para alunos de escolas públicas no sábado 16h. Agendamento: Bia - 9148-8679

Ingressos: R$15 e R$7,50 (meia)

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta, das 12 às 19h, sábado e domingo, das 16 às 19h)

Classificação etária: Livre para todos os públicos

Lotação máxima do teatro: 125 lugares (02 para cadeirantes)
www.caixa.gov.br/caixacultural


publicado por o editor às 19:12
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds