Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

Revista PERSEU n° 5



Revista Perseu

Revista PERSEU n° 5

História, Memória e Política

Páginas: 264

Chega às mãos de nossos leitores a quinta edição de PERSEU: HISTÓRIA, MEMÓRIA E POLÍTICA. Ao propor como tema para seu dossiê "Rebeliões: Motim e Negociação”, tínhamos duas metas principais em mente. A primeira era propiciar elementos para a reflexão a respeito da beligerância e do concertamento nas sociedades, mais especificamente nas relações mediadas pelos mundos do trabalho. A segunda era a de não deixar passar sem registro duas importantes datas. Uma delas é o centenário de uma das mais importantes manifestações desse gênero na história brasileira: a rebelião dos marinheiros brasileiros de 1910, que ficou conhecida como a Revolta da Chibata e que teve como figura exponencial o marinheiro negro João Cândido. A outra é a passagem do trigésimo ano do assassinato impune do seringueiro e presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Brasileia (AC), Wilson de Souza Pinheiro. Fundador do Partido dos Trabalhadores no Acre e presidente da Comissão Municipal do PT de Brasileia, Wilson Pinheiro deu nome à fundação partidária do PT que antecedeu esta Fundação Perseu Abramo. Acreditamos que os textos aqui reunidos nos permitem dizer que nossos esforços não foram vãos.




Desse modo, este quinto número de PERSEU traz um artigo sobre a história da Revolta da Chibata e seu legado para pesquisadores e movimentos sociais. A ele segue outra contribuição, em que se discute a primeira grande greve de trabalhadores rurais imigrantes, sobretudo italianos, no estado de

São Paulo, ocorrida entre abril e maio de 1913, no importante centro cafeicultor paulista de Ribeirão Preto. Em seguida, PERSEU traz em suas páginas texto que discute as questões envolvidas no recrutamento de retirantes da grande seca de 1915, no Ceará, para a execução de obras públicas. Por fim, o Dossiê conclui com o estudo de outra greve de marinheiros, ocorrida pouco mais de meio século depois da Revolta da Chibata e meses antes da implantação da ditadura militar de 1964.




Ao dossiê segue artigo que delineia a trajetória da preferência partidária pelo Partido dos Trabalhadores de 1987 a 2010, focado nas mudanças da composição sociodemográfica de sua base de apoio junto à opinião pública.




Na seção "Repertórios”, seguimos publicando a bibliografia que tem como objeto o Partido dos Trabalhadores, agora a referente ao ano 2000.




Por fim, a seção dedicada à resenha de publicações que tratam do campo de interesses que refletem a orientação editorial de PERSEU, traz a recensão de quatro obras.

 

A revista Perseu chega à sua quinta edição tratando de revoltas, motins e negociações na sociedade brasileira. Editada pelo Centro Sérgio Buarque de Holanda, núcleo da FPA responsável pela preservação da Memória, Perseu nº 5 tem como tema o "Dossiê Rebeliões: Motim e negociação". Entre os episódios históricos contemplados na revista, destaque para duas datas especiais: o centenário da Revolta da Chibata e os 30 anos do assassinato do seringueiro e líder sindical Wilson Pinheiro no Acre. A edição traz, ainda, caderno de fotos e de documentos históricos.



A revista tem parte de seu conteúdo aberto na internet, com o artigo "PT 30 anos: Crescimento e mudanças na preferência partidária. Impacto nas eleições de 2010", do cientista político Gustavo Venturi, disponível em formato PDF.

Perseu é publicada pela Editora Fundação Perseu Abramo, e pode ser adquirida em livrarias e na loja virtual da EFPA.

Leia também:

- Artigo: Leia em PDF o artigo "PT 30 anos: Crescimento e mudanças na preferência partidária. Impacto nas eleições de 2010", de Gustavo Venturi


UM LANÇAMENTO












publicado por o editor às 14:48
link do post | comentar | favorito

BACANA BACANA -



BACANA BACANA -
AS AVENTURAS DE UM JORNALISTA PELA ÁFRICA DO SUL
de Felipe Machado

Número de Páginas: 192

Quem conece o trabalho de Felipe Machado, sabe o que esperar de seu humor fino e mordaz que nos transporta para a pouca coisa que nos sobrou de bom na última copa - a experiência de conhecer uma nova Africa do Sul. (E.C.)


O que esperar da primeira Copa do Mundo na África? Muito futebol, mas, principalmente, uma goleada de aventuras fora do campo. E é isso que torna Bacana Bacana tão divertido: dos vinhedos da Cidade do Cabo aos safáris de leões e elefantes; do restaurante com diamantes no cardápio à Africa Fashion Week, o livro traz fotos, endereços, um dicionário de provérbios africanos e os pensamentos de Nelson Mandela. Como é que se diz "boa viagem" em Zulu?


O AUTOR
Felipe Machado
é Editor de Multimídia de O Estado de S. Paulo e diretor da TV Estadão. Dirigiu os documentários A Amazônia de Euclides da Cunha: Um Paraíso Perdido, 1968: Mordaça no Estadão, Grandes Reportagens: Amazônia, Grandes Reportagens: Megacidades e o curta-metragem de ficção Amor 2.0. Assina o blog Palavra de Homem no portal do Estadão e uma coluna semanal de mesmo nome publicada há quatro anos no Jornal da Tarde. É também autor dos livros Olhos Cor de Chuva (2002), O Martelo dos Deuses (2007) e Ping Pong - As Aventuras de um Jornalista Brasileiro na China Olímpica (2008), indicado ao Prêmio Jabuti. No jornalismo internacional, é colaborador de publicações como The New York Times (EUA), Citizen K, Mixte, Double (França), Back2Back (Inglaterra) e Vision (China). Ex-redator da agência de propaganda DPZ, Felipe Machado também tem uma carreira de sucesso na área musical. Como guitarrista da banda de rock Viper, lançou sete discos e realizou turnês pelo Japão, Europa, Estados Unidos e América do Sul.



UM LANÇAMENTO

 

publicado por o editor às 14:47
link do post | comentar | favorito

BRASIL, PAÍS DO PRESENTE


BRASIL, PAÍS DO PRESENTE
de Alexander Busch


Número de Páginas: 256

Hoje em dia, o Brasil é um dos países que nós mais subestimamos. À China e à Índia costumamos atribuir papéis de destaque na revolução global da Economia. Mas ao Brasil reservamos no máximo o título de melhor ator coadjuvante. É um grande erro, pois a oitava economia do mundo emergiu fortalecida da crise econômica recente e está em vias de se tornar uma potência mundial. Alexander Busch, jornalista alemão sediado no Brasil há quase duas décadas, faz neste livro um relato fascinante do cenário e das perspectivas econômicas e políticas do Brasil. Com base em argumentos perspicazes e extraídos do seu dia a dia como jornalista, ele mostra os grandes trunfos que nosso país tem nas mãos e pode usar agora para "decolar" rumo à condição de potência econômica mundial.


O AUTOR
ALEXANDER BUSCH trabalha há 16 anos como jornalista no Brasil, escrevendo sobre a América Latina. É correspondente da WirtschaftsWoche (Semana Econômica), do Handelsblatt (Jornal do Comércio) e da revista suíça Finanz und Wirtschaft (Finanças e Economia). Ele foi criado na Venezuela, formou-se em Jornalismo em Colônia, Alemanha, e estudou Economia e Política em Colônia e Buenos Aires. Vive e trabalha em São Paulo e em Salvador, Bahia.

UM LANÇAMENTO





 

publicado por o editor às 14:44
link do post | comentar | favorito

ENGANADOS de John Perkins


ENGANADOS
de John Perkins

Número de Páginas: 224

JOHN PERKINS vislumbrou há muito tempo os sinais do desastre econô­mico atual. Os fiascos das hipotecas subprime, o colapso do setor bancário, a maré crescente de desemprego, o fim generalizado dos pequenos negó­cios, nos Estados Unidos, são sintomas conhecidos de uma doença cada vez mais grave. Na época em que foi assassino econômico, ele esteve na linha de frente como observador e perpetrador de acontecimentos, antes confinados ao terceiro mundo, que fizeram os Estados Unidos - e o planeta inteiro - acelerar em direção ao desastre.

Neste livro, Perkins expõe os bastidores da economia, revelando a causa real do presente desastre financeiro global. Mostra como fomos enganados pelos CEOs que dirigem a corporatocracia - as poucas corporações que controlam uma enorme quantidade de capital, terra e recursos no planeta todo - e os políticos que eles manipulam. Esses tubarões corporativos, explica Perkins, nos aliciaram para o que ele chama de capitalismo preda­dor, uma forma deturpada de geopolítica e capitalismo, que estimula uma exploração geral de muitos para beneficiar uma minoria composta daque­les que já são muito ricos. Sua arrogância, ganância e má administração le­varam a essa situação limite. A solução não é um "retorno à normalidade".

Mas há uma saída. Como Perkins deixa claro, podemos criar uma eco­nomia saudável que estimule as empresas a agir com responsabilidade, não só no interesse dos acionistas e parceiros corporativos (e dos seus lo­bistas), mas no interesse dos funcionários, dos clientes, do meio ambiente e da sociedade como um todo. Podemos criar uma sociedade que promova um mundo justo, sustentável e seguro para nós e para nossos filhos. Cada um de nós faz essas escolhas todos os dias, de maneiras que o autor expõe com clareza neste livro.

"Temos o poder", diz ele, "desde que o reconheçamos".

Enganados é uma polêmica poderosa que mostra não apenas como chegamos a este ponto instável da história, mas também o que precisamos fazer para evitar o colapso global.



Enganados é uma polêmica poderosa que mostra não apenas como chegamos a este ponto instável da história, mas também o que precisamos fazer para evitar o colapso global.





O AUTOR
JOHN PERKINS
foi o principal economista de uma importante empresa de consultoria internacional durante os anos 1970. Assessorou o Banco Mundial, as Nações Unidas, o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, corporações Fortune 500 e países na África, Ásia, América Latina e Oriente Médio. Como assassino econômico, trabalhou diretamente com chefes de estado e CEOs de importantes empresas para promover e desenvolver os tipos de projetos descritos em Confissões de um Assassino Econômico, um livro que ficou mais de 75 semanas na lista dos mais vendidos do New York Times. Perkins é um autor publicado em mais de trinta idiomas, e a leitura de seus livros é exigida em universidades e escolas de administração dos Estados Unidos e de muitos outros países. Durante a década de 1980 foi presidente de uma companhia de energia alternativa pioneira no desenvolvimento de usinas benéficas para o meio ambiente. Nas décadas de 1990 e 2000, dedicou-se não apenas a escrever e fazer palestras, mas também a criar e manter organizações sem fins lucrativos comprometidas com a criação de um mundo sustentável, justo e pacífico. Além dos livros sobre economia e geopolítica - Enganados, Confissões de um Assassino Econômico e A História Secreta do Império Americano (publicados pela Editora Cultrix) -, Perkins também escreveu alguns livros sobre culturas indígenas e transformação pessoal e global.



UM LANÇAMENTO





 

publicado por o editor às 14:42
link do post | comentar | favorito

A GRANDE VIRADA




A GRANDE VIRADA -
Do Império Global à Comunidade da Terra
de David C. Korten

Número de Páginas: 408

David Korten já expôs a natureza destrutiva e opressora da economia corporativa global e ajudou a desencadear um movimento de resistência mundial. Agora ele nos mostra que o problema vai muito além da dominação corporativa - e com con­sequências bem maiores.

Neste livro, Korten prova que a consolidação do poder corporativo é apenas uma manifestação do que ele denomina "Império" - a organização da sociedade por meio da hierarquia e da violência, que vem dominando o mundo nos últimos 5 mil anos. O Império sempre resultou em miséria para a maioria e riqueza para a minoria, mas agora ameaça o futuro da humanidade propriamente dito. Korten aponta o terroris­mo global, as mudanças climáticas e o crescimento da pobreza como apenas alguns dos sinais de que o fardo do Império já excede o que os povos e o planeta podem suportar.

A Grande Virada reconstitui os caminhos do Império desde tempos remotos e registra em detalhes a longa evolução de seus instrumentos de poder preferidos, das monarquias e burocracias até as instituições transnacionais da economia global. Korten também narra paralelamente a história do esforço para desenvolver uma al­ternativa democrática ao Império, iniciado em Atenas e continuado com a fundação dos Estados Unidos, mas que permanece um projeto inacabado - Korten documenta como elitistas com planos de ação imperialistas buscaram de modo consistente mi­nar o ousado e inspirador "experimento americano", que teve início nos primeiros dias da República e segue até o presente.

O Império não é inevitável nem é a ordem natural das coisas - podemos trilhar outro caminho. Korten recorre a evidências das mais variadas fontes como a teoria evolutiva, a psicologia do desenvolvimento e os ensinamentos religiosos, para de­fender a ideia de que uma "Comunidade da Terra" - uma maneira de ordenar a sociedade humana de modo igualitário, sustentável e orientado para a vida, basea­do nos princípios democráticos de parceria - é de fato possível. Ele detalha uma estratégia de bases populares para promover uma virada crucial rumo a um potencial futuro humano. A Grande Virada esclarece a crise em que nos encontramos, fornece um plano geral de aproveitamento do potencial desse momento histórico e nos mos­tra como agir em prol do futuro do nosso planeta, nossas comunidades e nós mesmos.

O AUTOR
DAVID C. KORTEN é cofundador e membro do conselho do Positive Futures Network, que publica YES! A journal of Positive Futures; fundador e presidente do People-Centered Development Forum; sócio do International Forum on Globalization; membro do C1ub of Rome e participante dos conselhos da Business Alliance for Local Living Economics e do Bainbridge Graduate Institute. Escreveu e editou vários livros, que são leitura obrigatória em diversos cursos universitários em todo o mundo. Palestrante de renome internacional, ele também é constantemente convidado para participar de programas de rádio e televisão.





UM LANÇAMENTO





*

publicado por o editor às 14:41
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Setembro de 2010

Bhaktivinoda Thakura e a Importância da Sucessão Discipular



Leia em
**

 

publicado por o editor às 14:03
link do post | comentar | favorito

Lançamento da Editora 34



clique para ampliar

 

publicado por o editor às 14:02
link do post | comentar | favorito

Inscrições abertas para cursos no Solar dos Guimarães


Cursos gratuitos de DJ e Mídias Digitais (Níveis I e II), Introdução à Fotografia, Criação de Documentário, Gravação de Áudio e Mapeamento de Projeção acontecem no período de outubro a dezembro.



O Ponto de Cultura Solar dos Guimarães – Centro de Estudos Multimeios, unidade da Fundação Cultural de Curitiba, abre novas oportunidades de preparo para o mercado de trabalho formal, destinadas a jovens na faixa etária de 14 a 23 anos. As inscrições para os cursos gratuitos de DJ e Mídias Digitais (Níveis I e II), Introdução à Fotografia, Criação de Documentário, Gravação de Áudio e Mapeamento de Projeção já estão abertas e podem ser feitas até 15 de outubro, no próprio Solar dos Guimarães, das 13h30 às 18h, e nos núcleos da Fundação Cultural de Curitiba, localizados nas Ruas da Cidadania, das 8h às 18h. Informações pelo telefone (41) 3323-6653.

Realizados em parceria com o Ministério da Cultura – MinC, dentro do programa Cultura Viva, os cursos têm como requisito específico o atendimento à população de baixa renda. Dessa forma, a inscrição é feita mediante o preenchimento de uma ficha com dados pessoais, e a seleção acontece com base na renda familiar. O resultado da seleção das bolsas será divulgado no dia 19 de outubro, no site da Fundação Cultural de Curitiba (www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br). Os candidatos aprovados deverão efetuar a matrícula nos dias 21 e 22 de outubro, no Conservatório de MPB de Curitiba, localizado ao lado do Solar dos Guimarães, conforme informações disponíveis no site, junto com o resultado.

Os participantes recebem formação profissionalizante, além de serem estimulados a compartilhar conhecimentos com suas comunidades. São dez vagas por turma, com aulas ministradas no Solar dos Guimarães, de 25 de outubro a 22 de dezembro. Veja a relação dos cursos com seus respectivos horários:

DJ e Mídias Digitais - Nível I – aulas às segundas e quartas-feiras:

Turma 1 – das 14h às 17h

Turma 2 – 19h às 22h

DJ e Mídias Digitais – Nível II – aulas às terças e quintas-feiras, das 19h às 22h.

Introdução à Fotografia – aulas às quartas e sextas-feiras, das 15h30 às 18h30.

Criação de Documentário – aulas às quartas e sextas, das 19h às 22h.

Gravação de Áudio – aulas às segundas e quartas-feiras, das 9h às 12h.

Mapeamento de projeção – aulas às terças e quintas-feiras, das 19h às 22h.



Serviço:

Inscrições abertas para cursos gratuitos de DJ e Mídias Digitais (Níveis I e II), Introdução à Fotografia, Criação de Documentário, Gravação de Áudio e Mapeamento de Projeção.

Data: até 15 de outubro de 2010

Locais e horários: ficha de inscrição e questionário disponíveis no Ponto de Cultura Solar dos Guimarães – Centro de Estudos Multimeios (Rua Treze de Maio, 571 – Centro), das 13h30 às 18h; e nos núcleos da Fundação Cultural de Curitiba, localizados nas Ruas da Cidadania, das 8h às 18h. O resultado da seleção das bolsas será divulgado no dia 19 de outubro, no site da Fundação Cultural de Curitiba (www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br), e os candidatos aprovados deverão efetuar a matrícula nos dias 21 e 22 de outubro, conforme informações disponíveis no site, junto com o resultado.

Informações pelo telefone (41) 3323-6653

As aulas acontecem de 25 de outubro a 22 de dezembro de 2010 e serão ministradas no Ponto de Cultura Solar dos Guimarães – Centro de Estudos Multimeios (Rua Treze de Maio, 571 – Centro)

 

publicado por o editor às 14:01
link do post | comentar | favorito

Ariano Suassuna no Cariri

 


Grupo Oxente de Teatro, de Sergipe, apresenta comédia regional de Ariano Suassuna no Cariri


O Grupo Oxente de Teatro, de Sergipe, apresentará a comédia regional "O Santo e a Porca - Energia Nordestina para o Brasil Ver!", de autoria do paraibano Ariano Suassuna, um dos mais importantes dramaturgos brasileiros.

O espetáculo acontecerá no cineteatro do Centro Cultural Banco do Nordeste-Cariri (rua São Pedro, 337 - Centro - fone: (88) 3512.2855), em Juazeiro do Norte, no sul do Ceará, no período de 29 de setembro (próxima quarta-feira) a 02 de outubro (sábado), sempre às 19h30. Com classificação etária de 12 anos, o espetáculo tem entrada franca.

A peça traz todas as características do Movimento Armorial, criado por Ariano Suassuna, aproximando-se da literatura de cordel e dos folguedos populares do Nordeste, onde a simplicidade do trabalho permeia toda a ação dramática. Patrocinado pela Petrobras via edital, até dezembro deste ano o espetáculo percorrerá 85 municípios dos 27 estados brasileiros.

No enredo, um viúvo e sua porca cheia de dinheiro aos cuidados de Santo Antônio. Ganância, intrigas, brigas e muita comédia compõem o universo desse espetáculo. Com direção geral de Lindolfo Amaral, direção de produção de Edmilson Suassuna e produção executiva de Anamaria Brasil, o grupo Oxente de Teatro conta com o seguinte elenco de atores: André Santana, Rosana Costa, Anamaria Brasil, Yára Cunha, Edmilson Suassuna, César Leite, Rose Ribeiro e Márcio Aislan.

 

tags: ,
publicado por o editor às 14:00
link do post | comentar | favorito

Pianista espanhola Cristina Lucio-Villegas



Pianista espanhola Cristina Lucio-Villegas realiza apresentação gratuita em BH



No dia 15 de outubro, sexta-feira, o Instituto Cervantes de Belo Horizonte, órgão oficial do Governo da Espanha e referência mundial na difusão da cultura hispânica, traz à capital mineira a pianista espanhola Cristina Lucio-Villegas. O recital de música espanhola será realizado na sede da Fundação de Educação Artística, às 20h30, com entrada franca. Considerada um dos grandes nomes da música internacional, ela também irá se apresentar em Curitiba, Recife e Rio de Janeiro.





Cristina Lucio-Villegas

Cristina Lucio-Villegas obteve em 2003 os títulos de professora superior de piano e professora superior de música de câmara pelo Real Conservatório Superior de Música de Madri. Em 2008, ela conseguiu o título de mestre em piano pela Academia Sibelius de Helsinki, na Finlândia, com nota máxima. Ela já atuou como solista, em grupos de câmara e como pianista de lied em Espanha, Alemanha, Finlândia, Franca, Itália e outros países europeus, bem como a Indonésia.

Tem paixão pela música de câmara e um grande interesse pelas músicas sinfônica e contemporânea, áreas em que obteve grande experiência, já que foi pianista titular da Jovem Orquestra Nacional de Espanha (JONDE), e colaborou com outros grupos profissionais de prestígio. Atualmente, Cristina estuda música na Chapelle Musicale Reine Elisabeth de Waterloo (Bélgica) e desenvolve seu trabalho docente no Conservatório Profissional de Música Adolfo Salazar de Madri.


Programa

A. Soler (1729-1783): Sonata em modo dórico

D. Scarlatti (1685-1757): Sonata en sol mayor

M. de Falla (1876-1946): Quatro peças espanholas

- Aragonesa

- Cubana

- Montañesa

- Andaluza

J. L. Turina (1952- ): Scherzo para piano

I. Albéniz (1860-1909)

- El Corpus Christi en Sevilla (Iberia)

- Granada (Suite española)

- Triana (Iberia)

- Málaga (Iberia)

Duração aproximada: 55 minutos





Serviço:

Evento: Recital de música espanhola com Cristina Lucio-Villegas

Data: 15 de outubro, sexta-feira.

Horário: 20h30

Local: Auditório da Fundação de Educação Artística

(Rua Gonçalves Dias, 320 – Funcionários)

Informações e Reservas: (31) 3789-1600 / rec1belo@cervantes.es

Entrada Franca. Vagas limitadas

 

publicado por o editor às 13:59
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds