Sexta-feira, 29 de Abril de 2011

Lançamento - Dorothy on the rocks

 


Dorothy on the rocks
Título Original: Dorothy on the rocks
de Barbara Suter



Páginas: 336


Dorothy on the Rocks é o romance de estreia da talentosa Barbara Suter. Vencedor de prêmios de romance estreante, o livro é para aqueles que estão apaixonados ou à procura de um grande amor e que sempre desejaram encontrar sua fada madrinha.


A CRITICA
“Um romance deliciosamente engraçado e charmoso que faz com que você acredite em fadas madrinhas e na magia do amor.” (Cassandra King)

“Este romance tem tudo: brilho, glamour, muita bebida, amor e sexo, confusões, fadas, risadas e lágrimas em profusão. Além de tudo isso, inclui pequenos lembretes! Amo o jeito como Barbara escreve. A única coisa ruim é ter que ficar esperando pelo seu próximo livro.” (Mark Childress)

um lançamento

publicado por o editor às 15:32
link do post | comentar | favorito

Lançamento - Direitos Humanos como direito de todos, sem exceção

 




Direitos Humanos como direito de todos, sem exceção
Vol. 06
PIETÁ, Elói (org.)
RIBEIRO, Matilde (org.)

144 páginas


Coleção 2003-2010: O Brasil em Transformação

Como volume 6 da coleção "2003-2010 - O Brasil em Transformação" o livro Direitos Humanos como direitos de todos, sem exceção é uma chamada para reflexão e balanço sobre o estado das artes dos direitos humanos nas políticas públicas no Brasil contemporâneo.




Lançamento da Editora Fundação Perseu Abramo, "Direitos Humanos como direitos de todos, sem exceção” analisa os avanços promovidos durante o período do governo Lula.


A Editora Fundação Perseu Abramo (EFPA) dá seguimento aos lançamentos da coleção 2003-2010 O Brasil em transformação e apresenta o sexto volume da série, intitulado Direitos Humanos como direitos de todos, sem exceção.

Com organização da primeira ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Matilde Ribeiro, o livro traz análises e depoimentos de ativistas políticos, intelectuais e integrantes do governo de Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo da obra é propor um balanço acerca dos avanços promovidos através das políticas públicas para a promoção dos direitos humanos e igualitarismo no país, implementadas pelo Estado na última década.

Nomes do primeiro escalão do governo Lula assinam parte dos artigos que compõem o livro. No capítulo "Direitos das Mulheres”, Nilcéia Freire transcorre sobre as ações governamentais sob a ótica de quem vivenciou por seis anos a responsabilidade de comandar a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM). Em "Igualdade Racial”, o ex-ministro da SEPPIR, Edson Santos, fala sobre a construção das políticas de combate ao racismo com a recente articulação entre o governo federal e o movimento negro. Matilde Ribeiro também aborda o tema, partindo da valorização da descendência africana para a compreensão da história do Brasil.

Nilmário Miranda e Paulo Vannuchi, ambos ex-ministros da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), dividem o quarto capítulo. Em artigos diferentes, Miranda e Vannuchi dialogam sobre a trajetória institucional dos direitos humanos desde a década de 1960, a importância da atuação e ampliação da SDH/PR no governo Lula, analisam o marco das Conferências Nacionais convocadas pela Presidência e desmitificam o Plano Nacional de Direitos Humanos-3 (PNHD-3), que sofreu resistência dos setores conservadores da sociedade.

A compilação conta ainda com textos assinados por intelectuais e lideranças representativas do movimento social brasileiro, como Cida Abreu, Gersen Baniwa, Kabengele Munanga, Laisy Moriére, Márcio Augusto Freitas de Meira e Tatau Godinho.

O Registro da Transformação

Com coordenação do vice-presidente da Fundação Perseu Abramo, Elói Pietá, a coleção "2003-2010 O Brasil em transformação” visa registrar e analisar as mudanças promovidas no Brasil durante os oito anos do governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Os livros são resultado de um trabalho coletivo realizado entre 2009 e 2010, elaborados a partir de exposições orais feitas por seus interlocutores.

Além de "Direitos Humanos como direitos de todos, sem exceção”, a EFPA publicou os títulos: "A nova política econômica”, "As novas bases da cidadania”, "Justiça e Segurança”, "A nova política externa” e "A criação de um novo futuro na Educação, Cultura, Ciência & Tecnologia, Esportes e Juventude”. Ainda estão previstos os lançamentos de outros volumes que discutam o papel das empresas estatais, democracia brasileira e cidadania.

Sobre os organizadores
Matilde Ribeiro é graduada em Serviço Social, mestre em Psicologia Social e doutoranda no Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Desde 1984 é militante do Partido dos Trabalhadores (PT) e do movimento negro e feminista. Em 2003, foi escolhida pelo presidente Lula para inaugurar a chefia da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), permanecendo ministra até 2008. Atualmente é assessora do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (SMABC), integrante de conselhos da Revista Estudos Feministas (REF), Revista de Direitos Humanos da Secretaria Especial de Direitos Humanos e da Associação do Museu Afro Brasil

Elói Pietá é vice-presidente da Fundação Perseu Abramo desde 2008. Prefeito da der Guarulhos (SP) entre 2001 e 2008, foi vice-presidente de relações internacionais da Frente Nacional de Prefeitos. Exerceu dois mandatos de deputado estadual em São Paulo e dois de vereador em Guarulhos. Foi militante de movimentos sociais, professor de Língua Portuguesa e atuou como advogado.

UM LANÇAMENTO

publicado por o editor às 15:31
link do post | comentar | favorito

Lançamento - Geomorfologia urbana

 


Geomorfologia urbana
de Antonio José Teixeira Guerra (organizador)


Páginas: 280






PLANEJAMENTO URBANO E GEOMORFOLOGIA
As aglomerações urbanas representam corpos
complexos em processo de expansão espacial
permanente. No Brasil, bem como na maior parte dos
países do Terceiro Mundo, a aceleração descontrolada
deste crescimento tem gerado formas anárquicas de
adaptação da urbanização ao relevo. Ora, o relevo
constitui a expressão física das condições de equilíbrio
reinantes na litosfera, ou seja no substrato de todos os
equipamentos implantados pelo homem. O preço pago
pela inobservância das mínimas regras impostas pela
natureza, tem sido muito caro para as populações e
administrações dos centros urbanos. Além dos
desastres ecológicos de varios tipos, as consequências
estenderam-se muitas vezes a perdas de vidas humanas
e patrimônios privados e/ou coletivos.
As raras lições aprendidas com as desagradáveis
consequências dessas catástrofes, num contexto
recente de conscientização ecológica, permitiram a
emergência progressiva de uma cultura do
planejamento urbano, que inclui maior respeito para
com a geodinâmica da superfície terrestre. É certo,
por outro lado, que esta cultura está sendo construída,
também, com base em normas da legislação ambiental
(licenciamento ambiental para loteamentos e outros
empreendimentos) e/ou exigências para consecução
de financiamentos (Plano Diretor Municipal como
requisito para o acesso a certos tipos de empréstimos) explica llaoua Saadi Prof. Titular Depto Geog. IGC/UFMG
Núcleo de Geomorfologia Aplicada e Gestão Ambiental .



O LIVRO



Geomorfologia Urbana, organizado Antonio José T. Guerra, ressalta as formas como esse tema pode colaborar com as sociedades que vivem em cidades. Segundo os autores, a participação conjunta e integrada de geógrafos, geólogos, engenheiros, arquitetos e outros profissionais será de grande relevância para que esses objetivos sejam alcançados.


um lançamento

publicado por o editor às 15:30
link do post | comentar | favorito

Lançamento - A grande mortandade

 


A grande mortandade
Título Original: The great mortality
de John Kelly

Tradutor: Caetano Waldrigues Galindo

Páginas: 420


A Peste Negra atingiu a Europa no século XIV, matando um terço da população. Baseado em uma pesquisa que ele próprio realizou, John Kelly apresenta A Grande Mortandade, uma instigante narrativa sobre a peste medieval, partindo de suas origens nas desoladas estepes da Ásia Central varridas pelo vento até sua jornada pelas populosas cidades da Europa.


A CRÍTICA
“Finalmente uma história sobre a Peste Negra que presenteia o leitor: vigorosa, rica em detalhes, comovente, humana e cheia de lições importantes para um período em que as armas de destruição em massa se encontram espalhadas entre nós.” (Richard Rhodes, vencedor do Prêmio Pulitzer)



um lançamento

publicado por o editor às 15:26
link do post | comentar | favorito

Evento - quatro abordagens diferentes para filmes com temática jurídica

 


Mostra apresenta, no CCBNB-Fortaleza, quatro abordagens diferentes para filmes com temática jurídica



São quatro abordagens diferentes para filmes com temática jurídica. É a mostra "Cinema e Justiça", que o Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro - fone: (85) 3464.3108) exibe na próxima semana, de quatro a sete de maio (quarta-feira a sábado).

A partir do encontro entre as câmeras cinematográficas e os tribunais, foram selecionados quatro filmes para a mostra: "Meu primo Vinny", de Jonathan Lynn, comédia sobre o contraste entre a inexperiência de um advogado e os trâmites legais; "O povo contra Larry Flynt", de Milos Forman, que aborda a luta por liberdade de expressão da revista Hustler, versão mais popular de Playboy; "Filadélfia", de Jonathan Demme, sobre o direito ao trabalho e a luta contra a injustiça e o preconceito; e "Amistad", de Steven Spielberg, uma história real sobre a luta de homens e mulheres por um direito fundamental, a liberdade.

Após as exibições, cada filme será comentado e debatido, junto com a plateia, por Valdo Aderaldo - compositor, radialista e aluno do curso de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Veja a seguir as sinopses sobre cada filme e as suas respectivas datas e horários de exibição:

MOSTRA CINEMA E JUSTIÇA (*)



Meu Primo Viny

Dia 04, qua, 17h

Vicent La Guardia Gambini, advogado recém-formado, é chamado para defender seu primo Bill Gambini e o amigo que estão presos, acusados de assassinato. O problema é que ele nunca defendeu causa alguma e para tornar tudo ainda mais complicado, ele terá de enfrentar um experimentado promotor e um juiz que não suporta sua maneira de se vestir e de se comportar no tribunal. Nesta divertida comédia, veremos a luta do inexperiente advogado contra os trâmites legais a fim de salvar o primo e seu amigo da pena capital. Direção: Jonathan Lynn. Ficção. 119 min.



O Povo contra Larry Flynt

Dia 05, qui, 16h50

A primeira cena deste filme de Milos Forman mostra Larry Flynt aos 10 anos, vendendo aguardente caseiro com seu irmão mais novo Jimmy. Vinte anos depois Flynt e seu irmão administram a boate Hustler Go-Go e para aumentar os lucros ele decide publicar panfletos com fotos das mulheres que se apresentavam na boate, começando assim a revista Hustler, uma versão mais popular da Playboy. A revista ganha notoriedade ao publicar fotos de Jacqueline Kennedy Onassis nua. Enfrentando vários processos na justiça americana e sofrendo até mesmo um atentado que o deixa numa cadeira de rodas, Flynt é sobretudo um símbolo da luta pela liberdade de expressão. Direção: Milos Forman. Drama. 14 anos. 130 min.



Filadélfia

Dia 06, sex, 16h55

Rodado nos Estados Unidos em 1993, o filme conta a historia de Andrew Beckett, jovem advogado homossexual contratado por uma grande firma de advocacia da Filadélfia. Apesar do seu excelente desempenho, quando a firma descobre que ele é gay e que está com AIDS passa a sabotá-lo e termina por demiti-lo. Andrew tenta constituir um advogado para que possa acionar a justiça, mas ninguém ousa lhe ajudar a não ser Joe Miller, um advogado que se revela homofóbico, mas disposto a lutar contra a injustiça e o preconceito. Direção: Jonathan Demme. Drama. 14 anos. 125min.



Amistad

Dia 07, sáb, 16h15

Em 1839, um grupo de escravos africanos se rebela e toma posse do navio La Amistad que os transportava para a América do Norte e tentam voltar para casa, mas o navio é capturado e os escravos são levados para os Estados Unidos, onde são acusados de assassinato e postos na prisão a espera de um julgamento. Neste filme de Steven Spielberg é possível conhecer as condições de captura e transporte de pessoas para a escravidão, a máquina judiciária americana do final do século XIX e o nascimento das primeiras medidas para a abolição da escravatura. Uma história real da luta de homens e mulheres por um direito fundamental, a liberdade. Direção: Steven Spielberg. Drama. 14 anos. 154 min.

(*) Após as exibições haverá debate com Valdo Aderaldo.

publicado por o editor às 15:25
link do post | comentar | favorito

Artigo- Descrição do Enlace Matrimonial com Visnupriya

 



Capítulo do Caitanya-Bhagavata cedido em cortesia pela BBT Brasil. O Caitanya-Bhagavata, em seu total de cinquenta e cinco capítulos, encontra-se disponível para compra







leia em
***

publicado por o editor às 15:24
link do post | comentar | favorito

Evento - curtas-metragens, na Cinemateca

 

 

Lançamentos de curtas-metragens, na Cinemateca, dia 3 de maio

 

 

Noturno

ficção, colorido, 6 min.

Sinopse: A vista noturna de três pessoas.

Roteiro e direção: Terence Keller

Produção: Miriam Lopes Noronha

Direção de Fotografia: Eduardo Baggio e Alex Santos

Som direto: Alex Santos

Edição de som: João Marcelo Gomes

Elenco: Carolina Fauquemont, Otávio Linhares e Uyara Torrente.

 

 

 

Vide Bula

Duração: 15 minutos

Censura: 14 anos

 

Sinopse:

Anna é uma jovem e solitária garota que acredita estar em sua última semana de vida.

Apesar de sua morte ser um mistério, Anna passa a controlar o passar dos dias em um calendário e a seguir uma rotina cercada de manias, remédios e por conseqüência, muita loucura

 

Ficha Técnica:

 

Produção Executiva:

Cássia Hauari

Aly Muritiba

 

Direção e Roteiro:

Karize Kresteniuk

 

Assistente de Direção:

Angélica Baldo

 

Direção de Produção:

Roberto Guedes

 

Direção de Fotografia e Camera 1:

Edemar Miqueta

 

Assistente de Fotografia e Camera 2:

Evandro Martin

 

Montagem:

Renan dos Passos

 

 

Acordado

Duração: 15 minutos

Censura: 14 anos

 

Sinopse:

Uma família vivendo um drama.

De um lado, agiotas inescrupulosos exigem a quitação de uma dívida que eles não

podem pagar.

Vem o ultimato: O pagamento da dívida em 24 horas ou a morte de sua filha de 4 anos.

De outro lado uma proposta tentadora.

Um homem misterioso promete muito mais do que a quitação da dívida. Promete um

futuro realmente promissor. Em troca, a vida de sua filha.

Duas formas diferentes de perder a filha. Mas uma delas trará uma compensação. A resposta é muito mais complicada do que se possa imaginar.

 

Ficha Técnica:

 

Roteiro e Direção:

Guto Rodriguess

 

Assistente de Direção:

Sheila Calgaro

Diretor de Produção:

Roberto Guedes

 

Diretor de Fotografia:

Carlos Moreira

 

Edição, Finalização e Assist. Fotografia:

Renan dos Passos

 

 

Solo

Duração: 3'30''

Censura: 14 anos

 

 

Sinopse:

Quando só resta a solidão e não há mais um futuro, é inevitável imaginar como teria sido um passado sem fracassos.

 

 

 

Ficha Técnica:

 

Roteiro e Direção:

William de Oliveira

 

Assistente de Direção:

Danilo Custódio

 

Direção de Produção:

Daiane Martins

 

Direção de Fotografia:

Adalgisa Lacerda

 

Edição:Renan dos Passos

publicado por o editor às 15:23
link do post | comentar | favorito

Evento - Lançamento de curtas-metragens

 

 

Lançamento de curtas-metragens, dia 3 de maio, na Cinemateca

 

Informações sobre o filme Sombra na Alma

 


 

 

Biografia

 

Costa Rebelo iniciou sua carreira em 1992, como assistente de produção, atuando também como produtor, assistente de direção e montador/finalizador. Dirige filmes publicitários desde 1998. Em 2003, dirigiu seu primeiro curta-metragem de ficção “Homens é que sois”. Em 2010, dirigiu seu segundo curta-metragem, também do gênero ficção, “Sombra na Alma”. Além de diretor (DRT 24559-PR), Costa Rebelo tem formação de ator (DRT 61PA). Desde 2006 atua no mercado curitibano, como diretor free-lancer.

 

Sinopse

Uma família brasileira de classe média, aparentemente normal, uma mãe atenciosa e amorosa, um casal de filhos, uma menina e um menino que se dão muito bem, até que um segredo que vem à tona: o pai, um homem seco e insensível, abusa sexualmente de sua própria filha.

 

Classificação

16 anos

 

Ficha Tecnica

 

 

Elenco

 

André Rathunde

Ana

Maria Tereza Pujal

Graça

Ludmila Nascarella

Luiz

Paulo Hey

 

Direção

Costa Rebelo

 

Roteiro

Irene Cereja

 

Fotografia
Felipe Meneghel

 

Produção Executiva

Rodi Camargo

 

Direção de Produção

Ricardinho Lima

 

Direção de Arte

Zenor Ribas

 

Montagem

Costa Rebelo

 

Finalização

André Ricardo Brunetta

 

Trilha Sonora

Lauro de Castro

 

1ª Assist. de Direção

Kelly Bill

 

2ª Assist. de Direção

Magda Joele

 

Produção de Locação

Nani Matias

 

Câmera Man

Adriano S. Araújo

Amarildo Araújo

 

Preparação de Atores

Rodrigo Cavalheiro

 

Maquinista

Luciano Oliva (Coqueiro)

 

 

Eletricista

Marco Azevedo

 

 

Cenotécnico

Hilton Araújo

 

Figurino

Nena Gusso

 

Apoio

Salsa ou Getz (logo)

Trovata Tratoria

Padaria América

Loc All

 

Um projeto

Chama Luz Filmes

 

Realização

Filme Center

 

 

publicado por o editor às 15:23
link do post | comentar | favorito

PROGRAMAÇÃO CINEMA CURITIBA

 

PROGRAMAÇÃO
De 29 de abril a 5 de maio de 2011

CINEMATECA - Sala Groff - Rua Carlos Cavalcanti nº 1174 fone 41 3321-3252 (diariamente das 09h às 12h e das 14h às 22h30 – sábados e domingos das 14h30 às 22h30) www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br



A FITA BRANCA - Das Weisse Band - Eine Deutsche Kindergeschichte (ALE/AUS/FRA/ITA, 2009 – 144’ – 35mm). Direção de Michael Haneke. Elenco: Christian Friedel, Ernest Jacobi, Leoniz Benesch.

Às vésperas da Primeira Guerra Mundial, estranhos eventos perturbam a calma de uma pequena cidade na Alemanha. Uma corda é colocada como armadilha para derrubar o cavalo do médico, um celeiro é incendiado, duas crianças são sequestradas e torturadas. Gradualmente, estes incidentes isolados tomam a forma de um sinistro ritual de punição, deixando a cidade em pânico. O professor do coro de crianças e jovens da escola local investiga os acontecimentos para encontrar o responsável, e aos poucos desvela a perturbadora verdade. Classificação 16 anos
De 29 de abril a 1º de maio e dias 4 e 5 de maio, sessões às 15h45 e 19h30.
Dias 2 e 3 de maio, sessão somente às 15h45
Ingresso pago: R$5,00 (inteira)
R$2,50 (meia)
R$1,00 (aos domingos)





SESSÃO CINECLUBE NA CINEMATECA

IRACEMA, UMA TRANSA AMAZÔNICA (BR/SP, 1975, doc/fic, cor, DVD, 95’). Direção de Jorge Bodansky e Orlando Senna. Elenco: Paulo Cesar Pereio, Edna de Cássia, Conceição Senna.

Em contraste com a propaganda oficial da ditadura, uma câmera sensível flagra os problemas que a rodovia Transamazônica traria para a região: desmatamento, queimadas, trabalho escravo, prostituição infantil. Alternando documentário e ficção, o filme narra a história da jovem Iracema e do motorista Tião Brasil Grande, emblemática da realidade brasileira. Classificação 16 anos
Dia 30, sessão às 13h – entrada franca





CICLO FILME, HISTÓRIA E PENSAMENTO

Ciclo de conferências e mostra de filmes que reúne pesquisadores e professores reconhecidos nacionalmente, possibilitando aos alunos de História – Memória e Imagem e ao público interessado a formação de repertório fílmico/ intelectual e o contato com o pensamento mais atualizado na área, correlacionado à análise do material e à abordagem histórica de distintos períodos do cinema. Evento de extensão com parceria entre o curso de Bacharelado em História - Memória e Imagem da UFPR/ SESC Paço da Liberdade e a Cinemateca de Curitiba.

Exibição do filme GAVIÕES E PASSARINHOS (Itália, 1966 – comédia – p&b - 89’). Direção de Pier Paolo Pasolini. Elenco: Totó, Ninetto Davoli, Femi Benussi.
O idealismo do socialismo é discutido em diálogos entre Innocenti Totó, seu filho Innocenti Ninetto e uma gralha falante, enviada por São Francisco para rezar pela humanidade. A ironia, desde os nomes dos personagens até a imagem do pássaro falante, resvala para a condição humana quando, após longa caminhada, eles sentem fome. Classificação 12 anos

Conferência “No meio do caminho, encontraram um corvo... “, por Mariarosaria Fabris

Dia 2 de maio, às 18h30 (exibição do filme) e às 20h (conferência) – entrada franca









LANÇAMENTO DE CURTAS-METRAGENS PARANAENSES

Exibição dos filmes:

NOTURNO (PR, 2011 – 6’). Roteiro e Direção de Terence Keller.
A vista noturna de três pessoas. Classificação 14 anos

SOMBRA NA ALMA (PR/2010 – 11’). Direção de Costa Rebelo.
Uma família brasileira de classe média, aparentemente normal, Uma mãe atenciosa e amorosa, um casal de filhos, uma menina e um menino que se dão muito bem, até que um segredo que vem a tona: o pai um homem seco e insensível abusa sexualmente de sua própria filha. Classificação 16 anos

VIDE BULA (PR, 2011 – 15’). Direção e Roteiro de Karize Kresteniuk
Anna é uma jovem e solitária garota que acredita estar em sua última semana de vida.
Apesar de sua morte ser um mistério, Anna passa a controlar o passar dos dias em um calendário e a seguir uma rotina cercada de manias, remédios e por conseqüência, muita loucura.

ACORDADO (PR, 2011 – 15’). Roteiro e direção de Guto Rodrigues.
Uma família vivendo um drama. De um lado, agiotas inescrupulosos exigem a quitação de uma dívida que eles não podem pagar. Vem o ultimato: O pagamento da dívida em 24 horas ou a morte de sua filha de quatro anos. De outro lado uma proposta tentadora. Um homem misterioso promete muito mais do que a quitação da dívida. Promete um futuro realmente promissor. Em troca, a vida da sua filha. Duas formas diferentes de perder a filha. Mas uma delas trará uma compensação. A resposta é muito mais complicada do que se possa imaginar.

SOLO (PR, 2011 – 3’30”). Roteiro e Direção: William de Oliveira.
Quando só resta a solidão e não há mais um futuro, é inevitável imaginar como teria sido um passado sem fracassos. Classificação 14 anos para os três últimos curtas.

Dia 3 de maio, exibição às 19h (Noturno), às 19h30 (Sombra na alma) e às 20h (Vide Bula, Acordado e Solo) – entrada franca

publicado por o editor às 15:21
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Abril de 2011

Lançamento -Medicina: história em exame

 



Medicina: história em exame
Heloisa Maria Murgel Starling; Lígia Beatriz de Paula Germano; Rita de Cássia Marques (org.)




Coleção: UFMG Memória e patrimônio cultural
Apoio: Conselho Regional de Medicina – CRM-MG | Sindicato dos Médicos de Minas Gerais – SINMED-MG | Unimed | Sicoob Credicom
Caixa de assistência à saúde da universidade - CASU
235 p.

Este é um livro magnifico seja pelo resgate histórico seja pela iconografia contida. Este livro percorre a história da Medicina e apresenta as profundas transformações na formação do médico desde o século XVIII até os dias de hoje. O fio condutor do texto é a evolução da arte de lidar com a saúde e a doença, articulada aos princípios de salubridade que nortearam a criação da cidade de Belo Horizonte. É nesse cenário que surge a Faculdade de Medicina da UFMG, um dos mais importantes centros de pesquisa e formação médica do país.


LANÇAMENTO DA

publicado por o editor às 22:30
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds