Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011

SUCESSO EM 2012 !

 


Agradecemos aos nossos leitores, amigos e parceiros os votos de boas festas e comunicamos que este site voltará às suas atividades normais na segunda-feira , dia 2 de janeiro de 2012.

publicado por o editor às 13:33
link do post | comentar | favorito

Os Elementos e os Signos Zodiacais

 










Os sábios astrólogos do passado reconheceram a presença dos elementos nas constelações zodiacais e, no decorrer dos séculos, constataram que com a passagem dos planetas por estas constelações, as características destes elementos se tornavam visíveis nas funções fisiológicas e psicológicas das pessoas. Portanto, entender as características particulares de cada signo permitirá saber de que maneira específica o elemento do cosmos vai se apresentar nas atitudes de uma pessoa. Embora cada elemento seja representado por três signos do zodíaco, a forma como este elemento se apresenta não é igual em cada um deles. O que revela a diferença é o planeta que rege ou governa cada signo assim como o simbolismo (o Carneiro, o Touro, etc.).

leia mais em
***

publicado por o editor às 13:31
link do post | comentar | favorito

Janeiro movimentado no Centro de Criatividade

 

As tradicionais oficinas ofertadas pelo Centro de Criatividade de Curitiba, no mês de janeiro, já estão com inscrições abertas e prometem muita diversão e cultura para crianças e adultos. Os interessados podem escolher entre as seguintes oficinas de férias: Arte no Parque, Modelagem, História em Quadrinhos, Marchetaria, Mosaico, Encadernação e Ioga. Informações pelo telefone (41) 3313-7191.

Confira horários e propostas dos cursos:

Arte no Parque – com orientação de Rosângela Grafetti, a oficina desenvolve técnicas básicas de desenho e pintura, tendo como tema a biodiversidade do Parque São Lourenço, além de aprimorar noções de composição, cor e textura. Turmas de 9 a 13 de janeiro e de 16 a 20 de janeiro, das 14h às 17h, para alunos a partir de sete anos de idade. O custo total, com material incluso, é de R$ 80, e aulas avulsas custam R$ 20.



Modelagem – orientada por Fernando Rosembaum, a oficina recebe participantes com idade a partir de seis anos. As aulas serão ministradas de 16 a 27 de janeiro, das 14h às 17h, permitindo a livre criação no uso de materiais como lã, arame, massa de pão, massa de papel, plástico de embalagens, argila, cimento e gesso. O investimento é de R$ 140 para todo o período, R$ 70 para dez aulas e R$ 16 por aula avulsa.



História em Quadrinhos – de 9 a 13 de janeiro, das 9h às 12h ou das 14h às 17h, alunos com idade a partir de oito anos descobrirão como se elabora uma história em quadrinhos. Com orientação de Raphael Teles, a oficina mostrará criação de personagens, construção de narrativas, novas possibilidades artísticas e técnicas de ilustração para se obter um trabalho de carater autoral. O valor total, com material incluso, é de R$ 70, com aulas avulsas a R$ 15.



Marchetaria – a arte milenar de embutir madeira será apresentada por Rogério Gadin. Os alunos, com idade a partir de 15 anos, serão orientados a mesclar os diferentes tons do material, criando peças únicas. As aulas acontecerão de 10 a 31 de janeiro, às terças e quintas-feiras, das 14h às 16h30, com investimento de R$ 65 e material incluso.



Mosaico – adultos e adolescentes a partir de 15 anos de idade podem participar desta oficina comandada por Patrícia Ono. A arte decorativa do mosaico, que utiliza diversos materiais, será desenvolvida em três fases, sempre das 14h às 17h: dias 9, 11 e 13 de janeiro, com obras em pastilhas de vidro; dias 16, 18 e 20 de janeiro, com trabalhos em cerâmica; e dias 23, 25 e 27 de janeiro, com o uso de materiais variados, entre eles espelho, tecido, pedras e azulejos. O custo é de R$ 90, com material incluso.



Encadernação – Thaís Sanchotene ensinará técnicas básicas de costura de miolo e confecção de capas para montagem de cadernos, blocos e álbuns artesanais. Os alunos, com idade a partir de 12 anos, terão aulas de 9 a 20 de janeiro, de segunda a sexta-feira, das 14h às 16h. O curso custa R$ 90 e o material deverá ser adquirido pelo aluno.



Ioga – destinada a adultos, a oficina terá orientação de Claudia Regina Teixeira da Rocha. As aulas serão ministradas de 10 a 31 de janeiro, às terças e quintas-feiras, das 9h às 10h ou das 16h30 às 17h30. Serão abordadas várias técnicas da ioga, com o objetivo de proporcionar ao participante equilíbrio físico, respiratório, mental e emocional, além de estimular o autoconhecimento, a liberdade de expressão e a criatividade. O investimento é de R$ 68.



Serviço:

Oficinas de férias no Centro de Criatividade de Curitiba (Arte no Parque, Modelagem, História em Quadrinhos, Marchetaria, Mosaico, Encadernação e Ioga)

Data: durante o mês de janeiro de 2012, em horários diversos.

Informações: (41) 3313-7191

publicado por o editor às 13:30
link do post | comentar | favorito

Oficina intensiva de Litografia no Museu da Gravura

 

Férias com arte no

Museu da Gravura



O Museu da Gravura, uma das unidades gerenciadas pela Fundação Cultural de Curitiba, oferece uma oficina intensiva de Litografia, nas férias de início de ano. Sob a orientação da gravadora Juliana Leonor Kudlinski, as aulas acontecem de 9 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012, de segunda a sexta-feira, das 14h30 às 17h30. Cada turma terá no máximo dez integrantes. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local. Informações pelo telefone (41) 3321-3373.

Dirigida a alunos iniciantes, com idade a partir de 18 anos, ou para quem quer aprimorar esta técnica de gravura, a oficina abordará noções sobre a história e os artistas que trabalham com a litografia, paralelamente ao processo gráfico (granitagem, gravação da imagem, acidulação, impressão e cuidados básicos com o papel), além de proporcionar uma leitura do trabalho realizado. A oficina também permitirá compartilhar o talento da artista Juliana Leonor Kudlinski, que acumula diversas premiações em exposições coletivas e individuais.

Os participantes terão contato com a linguagem artística da litografia, uma técnica de impressão que utiliza pedra calcária de grão muito fino e baseia-se na repulsão entre a água e as substâncias gordurosas. Ao contrário das outras técnicas da gravura, a litografia é planográfica, ou seja, o desenho é feito por meio da gordura aplicada sobre a superfície da matriz, e não por fendas e sulcos, como na xilogravura e na gravura em metal.



Serviço:

Oficina intensiva de Litografia, sob a orientação de Juliana Leonor Kudlinski.

Data e horário: de 9 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012, de segunda a sexta-feira, das 14h30 às 17h30.

Local: Museu da Gravura de Curitiba (Solar do Barão – Rua Carlos Cavalcanti, 533 – Centro)

Inscrições gratuitas, feitas no local

Informações: (41) 3321-3373

publicado por o editor às 13:29
link do post | comentar | favorito

Novo Ano, Nova Consciência

 



Aproxima-se o Ano Novo e com ele naturalmente surgem muitas reflexões. Estou no caminho certo? O que posso fazer para melhorar a vida e ser mais feliz? O que devo mudar? Indo além das mudanças corriqueiras de sempre (cuidar melhor da saúde, parar de fumar, visitar um lugar novo, usar menos o cheque especial...), podemos aproveitar o momento para buscar uma verdadeira e profunda mudança em nossa vida – mudando não só nossos hábitos, mas nossa consciência. Certamente há muitas maneiras de mudar a consciência, algumas até danosas (usando drogas), outras positivas mas ainda superficiais (evitando o estresse ou buscando ser mais ecológico). Mas há uma mudança de consciência definitiva e final – a mudança da consciência materialista para a consciência transcendental.

A cultura da autorrealização em yoga nos convida a fazer esta grande mudança de consciência. Livros como o Bhagavad-gita e o Yoga Sutra descrevem o que é, as razões, as vantagens e o método de adotar tal mudança em nossas vidas. Aproveitando a chegada de mais um ano novo, que tal bebermos um pouco deste elixir da imortalidade?

O Que É

Consciência transcendental difere da consciência materialista em um ponto básico. Na consciência material o propósito da vida é buscar a satisfação dos sentidos, da mente e do corpo. Já na consciência transcendental o objetivo é buscar a satisfação da alma e de Deus, desapegando-se dos sentidos, da mente e do corpo material. Na consciência material observamos que o prazer vem de fora para dentro, através das experiências sensoriais (ou da lembrança das mesmas), e também por mudanças em nossa situação material. Já na consciência transcendental, busca-se a “satisfação no eu”, o mero prazer de ser ou, nos estágios mais elevados, o prazer do amor em comunhão com Deus. A consciência material está sujeita a condições externas, como o estado de nosso corpo, os objetos que possuímos e as pessoas ao nosso redor. Já a consciência transcendental depende apenas da conexão interna com nosso “eu” e com o “Eu” superior.

As Razões

Uma das razões primordiais para buscarmos a consciência transcendental é a compreensão de que não somos o corpo. O primeiro ensinamento da vida espiritual é esse: você não é o corpo, mas sim um ser eterno transcendente. Falamos “meu braço”, “minha perna”, “minha cabeça” – mas quem sou “eu”? Os anos se passam e nosso corpo de bebê não mais existe, nosso corpo de criança tampouco, e infelizmente um dia nosso corpo de jovem também irá! Ainda assim continuamos a mesma pessoa. Por não sermos o corpo, somos eternos, não envelhecemos, nem nunca morremos. Por isso a morte é algo tão estranho a experiência de vida.

A outra razão para desenvolver a consciência transcendental é para conhecer Deus, ou, no mínimo, seguir o processo para descobrir se Deus existe ou não. Afinal, como Pascal explicou, é incalculavelmente vantajoso dedicar-se a Deus. Se Deus de fato existir, não se dedicar a conhecê-Lo seria o mais terrível erro da vida humana. E mesmo que Ele não exista, ainda assim não haveria perda, pois a mera consciência que não somos o corpo por si só nos traz crescente paz e bem-estar. Ou seja, se por nenhuma outra razão, devemos optar por viver em consciência transcendental simplesmente porque assim teremos uma qualidade de vida bem superior. Existem inúmeros testemunhos de que Ele de fato existe e qualquer um que siga o processo e o método por Ele recomendado, experimentará isso pessoalmente.

As Vantagens

Viver em consciência material implica em agir na expectativa de resultados externos. Nossas ações em consciência material são egocêntricas e são norteadas por três parâmetros: 1) tentamos obter coisas que achamos que nos trarão prazer; 2) tentamos conseguir que outras pessoas ajam de forma a nos trazer prazer, em conformidade com nossos planos; e 3) tentamos criar situações e ajustes à realidade em nossa volta, as quais consideramos desejáveis. Porém, nos deparamos com uma dura realidade: estamos concorrendo com 7 bilhões de outras pessoas, cada qual com seus respectivos planos, muitas vezes antagônicos aos nossos, e contra o fato gritante de que não somos o controlador supremo. O resultado é ilimitada ansiedade, pois a incerteza dos resultados e as demandas dos ilimitados desejos não nos permitem estar em paz. Independente de termos ou não nossos desejos satisfeitos, vivemos sob o constante medo de cair vítima de alguma desgraça que arruinará todos nossos planos. Claro que às vezes conseguimos o desejado – uma gota de água no deserto de prazer – mas por quanto tempo isso nos satisfaz? Na prática, um desejo satisfeito apenas nos leva a outros desejos ainda mais intensos. Assim os anos se passam e, ao invés de encontrar satisfação, observamos que nenhum prazer sensorial ou nenhuma situação material preenchem nosso coração. O passar do tempo aumenta nossa ansiedade na medida em que nosso corpo – o centro e objeto de todos nossos esforços e o instrumento essencial de nosso prazer – gradualmente deixa de funcionar. Com a velhice, perdemos a capacidade de obter prazer sensorial, mas não o desejo. Estes se acumulam e queimam em nossa consciência, e a frustração de não mais conseguir satisfazê-los nos traz grande agonia. Junte-se a isto o medo da morte, do desconhecido, do fim vazio de nossa vida vazia, bem como a sensação de tempo perdido e dos esforços e sacrifícios de uma vida levada em vão.

Para o transcendentalista, as conseqüências do tempo, como a doença e a velhice, oferecem crescente oportunidade de cultivar a satisfação no “eu”, de fortalecer seu vínculo com Deus e de cultivar o desapego do corpo. A velhice, na verdade, é uma dádiva da natureza para nos trazer o desapego do corpo, em preparação ao momento crucial de transição chamado de morte. Para o transcendentalista, o foco é o momento, o agir por dever ou por amor. Neste nível de consciência não há ansiedade, pois o transcendentalista independe da situação externa. Seja lá o que ocorra, onde quer que se encontre, sua única preocupação é fazer seu dever, dando o melhor de si para a satisfação de Deus. Sua ação se encerra no ato. Não há expectativas, pois ele sabe que nada precisa. Vivendo no “eu”, que é eternamente completo em si mesmo, pleno de bem-aventurança, e ainda indestrutível, o transcendentalista não depende de nada, nem ninguém – nem sequer de seu corpo material – portanto nem mesmo a morte o assusta. Seu desapego e falta de medo não lhe geram apatia, mas sim entusiasmo e felicidade. Ele está sempre pronto para agir para o prazer de Deus, sempre buscando oportunidades para ajudar outros a compartilharem de sua bem-aventurança, não importando em que situação possa se encontrar, não importando se neste corpo atual ou em outro. Ele segue a vida feliz, em consciência jubilosa, pronto para qualquer situação, vivendo um dia de cada vez, um momento de cada vez.

O Método

Claro que não se atinge este estado de consciência transcendental da noite para o dia, nem tampouco apenas por ler um pequeno ensaio. Mas existe um método que nos leva a desenvolver gradualmente esta consciência transcendental, suplantando nossa consciência material. Este método é tradicionalmente chamado de “yoga” e no Movimento Hare Krishna é chamado de “consciência de Krishna”. Existem três atividades chaves que levam ao aumento da consciência transcendental e ao afastamento da consciência material: meditação mântrica (chamada de japa em Sânscrito), estudo dos livros transcendentais (escrituras milenares do yoga e outros textos afins) e comer prasadam (alimentos lacto-vegetarianos santificados). As demais mudanças de padrões de pensamento e comportamento surgem como resultado destas práticas diárias. É uma técnica poderosa, milenar, já comprovada ao redor do mundo e seguida por pessoas de todo tipo e perfil imagináveis.

Para ajudar as pessoas a se situarem neste caminho, eu criei uma descrição simples do processo. Como são três pontos chaves, ou “3 da transcendência”, dei o nome ao processo de “Método 3T”. O método é simples, requer inicialmente apenas 30 minutos de seu dia e gradualmente traz resultados incríveis nos moldes do que foi explicado acima. Interessados em receber o Método 3T e aconselhamento pessoal gratuitamente, podem entrar em contato comigo.

Concluindo, vamos aproveitar esta energia coletiva de mudança que surge na virada do ano para fazer a mudança mais importante e impactante possível – a mudança em nossa consciência – saindo gradualmente da consciência danosa material para a consciência bem-aventurada transcendental e com isso garantir um verdadeiro “Feliz Ano Novo”!


por Giridhari Das


*****

publicado por o editor às 13:28
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2011

O Que Abre e fecha em Ctba - Ano Novo

 

Horários de Natal e Ano Novo nos espaços da

Fundação Cultural de Curitiba



Os espaços gerenciados pela Fundação Cultural de Curitiba terão horários de atendimento diferenciados durante o Natal e Ano Novo. Confira o que abre e fecha:



ÓPERA DE ARAME E PEDREIRA PAULO LEMINSKI (Rua João Gava, s/n – Pilarzinho) – Abertas diariamente para visitação, das 8h às 22h.



CINEMATECA DE CURITIBA (Rua Carlos Cavalcanti, 1.174 – São Francisco) – Fechada nos dias 24, 25, 31e 1º de janeiro. Sessões normais durante a semana.



MEMORIAL DE CURITIBA (Rua Claudino dos Santos, 79 – Centro Histórico) – dias 24 e 31, das 9h às 15h; dias 25 e 1º, fechado.



MUSEU DE ARTE SACRA DE CURITIBA – MASAC (Largo da Ordem, anexo à Igreja da Ordem) – dias 24 e 31, das 9h às 14h; dias 25 e 1º, fechado.



CASA ROMÁRIO MARTINS (Largo da Ordem, 30 – Centro Histórico) – dias 24 e 31, das 9h às 14h; dias 25 e 1º, fechado.



MEMORIAL DA IMIGRAÇÃO POLONESA (Bosque do Papa – Rua Mateus Leme) – Dias 24 e 31, das 8h às 18h. Dias 25 e 1º, aberta somente a capela, das 8h às 18h.



MEMORIAL UCRANIANO (Parque Tingui) – Dias 24 e 31, das 9h às 18h; dias 25 e 1º, das 14h às 18h.



MUSEU DA FOTOGRAFIA CIDADE DE CURITIBA (Solar do Barão – Rua Carlos Cavalcanti, 533 – Centro) – Dias 24 e 31, das 12h às 18h. Fechado nos dias 25 e 1º.



MUSEU DA GRAVURA CIDADE DE CURITIBA (Solar do Barão – Rua Carlos Cavalcanti, 533 – Centro) – Dias 24 e 31, das 12h às 18h. Fechado nos dias 25 e 1º.



GIBITECA DE CURITIBA (Solar do Barão – Rua Carlos Cavalcanti, 533 – Centro) – Fechada dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro.



PALACETE WOLF (Praça Garibaldi, 7 – Centro Histórico – endereço que abriga a FEIRA DO POETA, a LIVRARIA DARIO VELLOZO e o TEATRO DO PIÁ) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro.



CASA HOFFMANN (Rua Claudino dos Santos, 58 – Centro Histórico) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro.



CASA DA LEITURA MANOEL CARLOS KARAM (Rua Batista Ganz, 477 – Parque Barigui) – Fechada nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



CASA DA LEITURA AUGUSTO STRESSER (Rua Mateus Leme, 4.700 – Parque São Lourenço) – Fechada nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



CAPELA SANTA MARIA ESPAÇO CULTURAL (Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro) - Fechada nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



TEATRO DO PAIOL (Praça Guido Viaro, s/n – Prado Velho) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



TEATRO NOVELAS CURITIBANAS (Rua Carlos Cavalcanti, 1.222 – São Francisco) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



TEATRO UNIVERSITÁRIO DE CURITIBA – TUC (Galeria Júlio Moreira – Centro Histórico) - Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



CLUBE DE XADREZ (Galeria Júlio Moreira – Centro Histórico) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



ESPAÇO DE ARTE URBANA (Galeria Júlio Moreira – Centro Histórico) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



CENTRO DE CRIATIVIDADE DE CURITIBA (Rua Mateus Leme, 4.700 – Parque São Lourenço) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro.



BONDINHO DA LEITURA (Rua XV de Novembro / Rua das Flores – Centro) – Fechado nos dias 24, 25, 31 e 1º de janeiro



TEATRO DE BONECOS DR. BOTICA (Av. Sete de Setembro, 2.775 – Shopping Estação) – fechado até final de janeiro para reformas

tags: ,
publicado por o editor às 18:41
link do post | comentar | favorito

ENCONTROS COM DEUS de Jennifer Skiff

 

 

ENCONTROS COM DEUS
de Jennifer Skiff (org.),

Número de Páginas:288


Você já vivenciou algum milagre? Um acidente evitado, uma oração atendida, uma vida salva? Neste livro inspirador, centenas de pessoas compartilham seus Encontros com Deus, o momento culminante em que receberam uma prova de que Deus existe e transformaram suas vidas para sempre. Um médico abre o peito de uma paciente cardíaca agonizante e descobre que seu coração está curado; fuzileiros navais veem um companheiro no Iraque ser atingido por uma explosão violenta apenas para descobrir, quando a poeira se dissipa, que ele continua de pé e ileso; e muitas outras histórias tranqüilizadoras, esperançosas e inesquecíveis, que elevarão seu espírito e trarão respostas para os acontecimentos para os quais não temos explicações lógica



A AUTORA

JENNIFER SKIFF é jornalista investigativa premiada e viajou pelo mundo durante mais de uma década como correspondente e produtora da CNN. Sua especialidade é o meio ambiente e, entre outras premiações, ela recebeu o Environmental Media Award. Apaixonada por animais e pelo bem-estar deles, ela colabora com instituições beneficentes de todo o mundo para proporcionar alívio a animais maltratados e abandonados. Um câncer ameaçador que a acometeu quando ela estava com trinta e poucos anos convenceu Jennifer de que uma presença divina estava ativa em sua vida. Seus instintos jornalísticos se apuraram, e ela procurou descobrir se outras pessoas tinham experiências semelhantes. O resultado é este seu primeiro livro, Encontros com Deus, uma coletânea de relatos pessoais inspiradores sobre encontros milagrosos com Deus. Com o marido e seus cães, Jennifer divide seu tempo entre o Maine, Londres e a Austrália.


Essas revistas e o The Today Show recomendam Encontros com Deus


 

 

"Histórias de Deus é o livro mais edificante e inspiradora que li este ano!"
Dr.Bob Hieronimus, Rádio Talk Show Host


UM LANÇAMENTO



Leia em
********
publicado por o editor às 18:39
link do post | comentar | favorito

Astrologia e Vaishnavismo

 

Excerto da obra Astrologia Comportamental Ayurvédica, de autoria de Sua Graça Gunesvara Dasa, disponível para compra neste link. Cortesia Sankirtana Books.

 

Astrologia e Vaishnavismo

 

leia em *

publicado por o editor às 18:35
link do post | comentar | favorito

Brasil e Argentina firmam parceria cultural

 

PARCERIA INTERNACIONAL

A Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e o presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, assinaram convênio com a Biblioteca Nacional da Argentina na última terça, 15/11, em Buenos Aires. No acordo, a BN entregou cópias digitalizadas de centenas de documentos históricos, entre eles manuscritos e planos sobre a fundação de Buenos Aires. Os documentos digitalizados entregues ao governo argentino podem ser acessados no site da BN digital aqui.

publicado por o editor às 18:34
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

FELIZ NATAL !

 


Como todos os anos vamos parar até o dia 26 de dezembro para recarregarmos nossas baterias. A todos os nossos féis leitores, parceiros e amigos um Feliz Natal

publicado por o editor às 14:06
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds