Terça-feira, 30 de Outubro de 2012

GLEE- Anuário do Colégio William McKinley Editado por Debra Mostow Zakarin

 

 

Anuário do Colégio William McKinley

 

Editado por Debra Mostow Zakarin


Páginas: 152

Glee é uma série de televisão musical comédia-drama estadunidense que vai ao ar no canal Fox. A trama centra-se no Clube Glee, o coral da escola, chamado de "New Directions" (Novas Direções) que compete nos circuitos de show coirs, enquanto os seus membros lidam com situações de relacionamento e questões sociais.

A série foi criada por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan, que primeiro concebeu Glee como um filme. Na televisão foi transmitida em 19 de maio de 2009, e a primeira temporada foi ao ar a partir de 9 de setembro de 2009. No Brasil estreou a 8 de junho de 2010 no canal da FOX Brasil e no dia 2 de julho de 2011, na Rede Globo. Em Portugal a série é transmitida pelo canal Fox Life, que estreou a terceira temporada a 8 de Janeiro de 2012, e pela TVI.
Na Rede Globo, a primeira temporada estreou em 2 de Julho de 2011 às 11h15 da manhã. A segunda temporada estreou em 5 de Janeiro de 2012 às 02:02 da madrugada. A terceira temporada estreou em 4 de Junho de 2012 às 02:02 da madrugada, que atualmente está em exibição.
O conceito da série é explorar situações verossímeis ou próximas do cotidiano de qualquer pessoa, através dos personagens que sempre se deparam com situações constrangedoras ou nas quaisnão tem solução ou resposta imediata adequada. Junte-se a isso a exibição do lado psicológico dos personagens (em diálogos interiores, narrados em off) e temos ao final dos episódios sempre uma reviravolta espetacular, com a solução do dilema. Glee é uma boa experiência de se fazer um seriado musical sem o clima de "conto de fadas" típico dos filmes americanos, mas mantendo a estética do "cinema Blockbuster" (cinema-pipoca).

O LIVRO
O majestoso anuário chega ao Brasil! Você poderá se aventurar neste mundo de canções, aceitação, amizade, desafios de dança, espetáculos musicais, esportes, conflitos adolescentes e competições do New Directions ao lado de Rachel, Finn, Kurt, Blaine, Santana, Quinn, Brittany e Cia. O anuário escolar mais completo já visto, com ilustrações inéditas do mundo de Glee. Curta todas as aventuras vividas em Ohio e muito mais com um anuário do McKinley só seu, igual ao dos formandos. Venha você também, gleek, fazer parte desta emoção!


 

Musical que reúne cenas de apresentações do grupo durante a turnê Glee Live! In Concert!, realizada no primeiro semestre de 2011. O filme conta com 14 atores do elenco regular da segunda temporada da série e um número especialmente feito para às telonas.



LANÇAMENTO da



  
VISITE

https://www.facebook.com/madraseditora
   
publicado por o editor às 20:27
link do post | comentar | favorito

LeYa publica “À luz de Paris – Guia turístico e literário da capital francesa”

 

 



Depois do sucesso de “Lisboa em Pessoa”, João Correia Filho desvenda Paris através do olhar e das obras de seus mais importantes escritores.


“Conhecer Paris não é ir apenas aos locais que estão no roteiro da maioria. Viver Paris é andar a esmo, traçar as próprias rotas, é comer uma baguete nos parques, é tomar um vinho na companhia de bons amigos e de quem se ama. É perder horas num café, deliciando-se com o mundo que passa lá fora, voltando os olhos para dentro de si mesmo”.

Pense nas famosas luzes, nos belos jardins, nos célebres museus. Tudo em Paris é mágico, belo, de tirar o fôlego. E os grandes autores mundiais sabiam disso. Ernest Hemingway, por exemplo, deixou os Estados Unidos para morar na Cidade Luz. Foi apenas um dos grandes ícones da Geração Perdida que adotaram a capital francesa como local para viver e escrever. O mesmo aconteceu com Scott Fitzgerald, Gertrude Stein, Ezra Pound. Entre os franceses, podemos falar em Victor Hugo, Marcel Proust, Honoré de Balzac e diversos outros escritores que declararam seu amor por Paris. Agora pense em como pode ser mágico e surpreendente conhecer Paris na companhia de alguns de seus mais famosos apaixonados?


Depois de guiar os leitores pela Lisboa de seu poeta maior, Fernando Pessoa, no guia “Lisboa em Pessoa”, o jornalista João Correia Filho nos convida a desvendar Paris pelo olhar de seus mais importantes autores, no livro “À Luz de Paris – guia turísticoe literário da capital francesa”, que chega às livrarias em outubro pela editora LeYa.


Ricamente ilustrado e com um projeto gráfico ousado, À Luz de Paris foi feito a partir de uma grande pesquisa literária, na qual João Correia Filho mergulhou na literatura francesa para nos trazer a cidade a partir da visão de seus grandes escritores. O viajante descobre o encanto da Catedral de Notre Dame aos olhos de Vitor Hugo, autor do clássico O Corcunda de Notre-Dame; faz um passeio pela praça Dauphine em busca de Nadja, personagem de Andre Bretton; visita cafés e restaurantes freqüentados por Voltaire, por Sartre, por Simone de Beauvoir; conhece o hotel Ritz envolto nas aventuras de Ernest Hemingway; e passeia pelo Jardim de Luxembourg na companhia de Os três mosqueteiros, de Alexandre Dumas.


Entre uma charmosa ruela e outra, no púlpito da cultura de Paris, iluminado pelas luzes de uma cidade conhecida por elas, “À Luz de Paris” oferece ao viajante um novo olhar, e faz valer a famosa frase de Marcel Proust: “A verdadeira viagem de descobrimento não consiste em procurar novas paisagens, e sim em ter novos olhos”. À luz de Paris nos dá esses novos olhos provando que apaixonar-se nunca perde o encanto em um dos lugares mais belos e românticos do mundo.



O AUTOR

João Correia Filho é jornalista com especialização em Jornalismo Literário. Atua na área desde 1993 e desenvolve projetos envolvendo literatura. Com mais de 15 anos de experiência, já se aventurou pelo universo de escritores como João Guimarães Rosa, Ítalo Calvino e João Cabral de Melo Neto. Tem nos livros a grande fonte de inspiração para suas reportagens, publicadas em diversos jornais e revistas no Brasil e no exterior.







publicado por o editor às 20:26
link do post | comentar | favorito

O Sacrifício de Andrei Tarkovski

 

 

O Sacrifício

de Andrei Tarkovski

Tradução:

Anastassia Bytsenko e Adriano Carvalho Araujo e Sousa

Coleção Cinema

Formato: 19 X 23 cm
Número de Páginas: 200


MAIS UM LIVRO IMPERDÍVEL, RICAMENTO ILUSTRADO - É O ROTEIRO DO CULT SACRIFÍCIO DE Andrei Tarkovski


O LIVRO



A questão de saber o que insistentemente me fascina no tema do sacrifício – dos ritos sacrificiais – tem uma resposta direta: interesso-me essencialmente, eu, homem de fé, por todo indivíduo capaz de se dar em sacrifício, quer em nome de um princípio espiritual, quer por sua própria salvação, ou por essas duas razões ao mesmo tempo. Dar esse passo naturalmente supõe de antemão a renúncia total a todos os interesses, em primeiro lugar aos interesses egoístas; aquele que é tocado age num estado existencial que está além de toda lógica, de toda causalidade "normal", livre do mundo material e das suas leis. Entretanto – ou talvez justamente por causa disso –, o seu ato acarreta mudanças evidentes. O espaço em que evolui aquele que está pronto a sacrificar tudo, e até a dar-se como oferta no sacrifício, representa uma espécie de réplica dos nossos espaços empíricos, habituais; sem que isso o torne menos real.


Andrei Tarkovski






O AUTOR
Andrei Arsenyevich Tarkovski (em russoАндре́й Арсе́ньевич Тарко́вский) (Zavrazhye4 de abril de 1932 — Paris28 de dezembro de 1986) foi um cineasta russo.

Filho do poeta russo Arseni Tarkovski, autor de muitos dos poemas recitados em seus filmes, nasceu em 1932 sendo se formado em Geologia, abandona a profissão para se dedicar ao cinema, iniciando sua carreira ao entrar no Instituto Central de Cinema da URSS (VGKI) em 1956. Em 1960dirige seu primeiro filme um média metragem de 44 minutos ( O Rolo Compressor e O Violinista) e em 1962 ganha o Leão de Ouro do Festival de Veneza com o seu segundo trabalho, A Infância de Ivan.
Com o ambicioso filme Andrey Rublev (1966), sobre a vida do famoso pintor russo, o realizador apresenta características que formariam a base principal de seu cinema: intimista, conciso e com boa atenção para com os detalhes.
Em 1972 lança Solaris, um complexo filme misto ficção científica e drama existencial, com discretas citações do filme 2001: Uma odisséia no espaço, de Stanley Kubrick. Esse filme é considerado por muitos seu melhor trabalho.
Seus filmes posteriores, O espelho (1974), filme com altos traços autobiográficos e principalmente Stalker (1979), apesar de apresentarem a boa qualidade do diretor, são prejudicados pela forte censura existente na URSS.
Desiludido com o controle exercido sobre o seu trabalho, Tarkovski decide sair da URSS em 1983. Nesse mesmo ano lança Nostalgia. Ainda, depois de Nostalgia, filmaria O Sacrifício.
De personalidade irritadiça e muitas vezes angustiada, o realizador sempre recusou qualquer tipo de influência e controle sobre o seu trabalho. Sua obra é marcada por um profundo sentido espiritual, e seu compromisso com a arte ficou marcado em seu livro Esculpir o Tempo, obra essencial a todos os amantes da sétima arte.
Morreu em Paris em conseqüência de um câncer no pulmão em 1986.

Filmografia

Ano
Título original
Título no Brasil
Título em Portugal
Observações
1956 Ubiytsy      
1959 Segodnya uvolneniya ne budet Hoje não haverá saída livre   curta-metragem
1960 Katok i skripka O Rolo Compressor e o Violinista    
1962 Ivanovo Detstvo A Infância de Ivan A Infância de Ivan  
1966 Andrei Rublyov Andrei Rublev Andrey Rublev  
1972 Solyaris Solaris Solaris  
1974 Zerkalo O Espelho O Espelho  
1979 Stalker Stalker Stalker  
1983 Nostalghia Nostalgia Nostalgia  
1983   Tempo de Viagem   Documentário para a RAI
1986 Offret - Sacrificatio O Sacrifício O Sacrifício  
]LANÇAMENTO

É REALIZAÇÕES 

 

publicado por o editor às 20:25
link do post | comentar | favorito

Madras Editora é parceira no Halloween Trash 2012

 

Madras é parceira é parceira no Halloween Trash 2012 da Trash Eigthies(Trash 80s)

Para os aniversariantes no dia do evento, uma grande surpresa. Não perca essa grande festa!

Saiba mais: 
http://www.trash80s.com.br/2012/10/madras-editora-e-parceira-no-halloween-trash-2012/

Curta: 
Madras Editora Ltda.



 

tags: ,
publicado por o editor às 20:23
link do post | comentar | favorito

Editora Gaivota - O Menino e o Grifo, Luiz Antonio Aguiar

 

 

clique para ampliar

 

publicado por o editor às 20:22
link do post | comentar | favorito

EDIÇÃO ESPECIAL CORRENTE CULTURAL

 

 


O Guia Curitiba Apresenta de novembro é uma edição especial com a programação completa da Corrente Cultural 2012 que começa no dia 3 e culmina com a Virada Cultural nos dias 10 e 11 de novembro. Este ano a novidade é a Virada Paraná, em Foz do Iguaçu, Maringá, Campo Mourão e Cianorte, simultaneamente à Virada em Curitiba.

O Guia Curitiba Apresenta Edição Especial pode ser encontrado nos principais espaços culturais da cidade, além de bares e restaurantes. Garanta já o seu e programe-se!

E para que a sua programação esteja na edição de DEZEMBRO do Guia Curitiba Apresenta, gratuitamente para 50 mil pessoas, 
envie a sua programação completa até o dia 10 de novembro para o e-mail agendacultural@fcc.curitiba.pr.gov.br com os seguintes dados:

• Nome da atração ou evento
• Gênero
• Direção (no caso de cinema e teatro)
• Classificação
• Data
• Horário
• Local
• Valor do ingresso (inteira e meia)
• Foto (com crédito)
• Endereço completo
• Telefone de contato
• Site

Boa diversão!

 

publicado por o editor às 20:21
link do post | comentar | favorito

É HOJE - Madras na Zona Norte de SãoPaulo

 






CLIQUE PAA AMPLIAR
publicado por o editor às 14:16
link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Outubro de 2012

Cultura de Arnaldo Antunes

 

Cultura

de Arnaldo Antunes

Ilustrações de Thiago Lopes
No de Paginas: 48



Não se tem muito o que falar. Cultura é um dos melhores lançmentos de infanto juvenil do ano!
( E.C.)


Cultura estimula a aprendizagem visual. Sem radicalizar, Arnaldo Antunes interpreta e transforma palavras e rearranja significados.

Nas ilustrações de Thiago Lopes que interpretam o poema há cores e formas insinuando o que as palavras não dizem.








LANÇAMENTO

 

publicado por o editor às 01:05
link do post | comentar | favorito

Cultura de Arnaldo Antunes

 

 

Cultura

de Arnaldo Antunes

Ilustrações de Thiago Lopes
No de Paginas: 48



Não se tem muito o que falar. Cultura é um dos melhores lançmentos de infanto juvenil do ano!
( E.C.)


Cultura estimula a aprendizagem visual. Sem radicalizar, Arnaldo Antunes interpreta e transforma palavras e rearranja significados.

Nas ilustrações de Thiago Lopes que interpretam o poema há cores e formas insinuando o que as palavras não dizem.








LANÇAMENTO

 

publicado por o editor às 01:01
link do post | comentar | favorito

Feira do livro de Porto Alegre

 

 

clique para ampliar

 

publicado por o editor às 01:00
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds