Sexta-feira, 30 de Agosto de 2013

XVI Bienal Internacional do Livro Rio tem a maior programação cultural dos 30 anos do evento

 



Combinando novidades e espaços consagrados, a Bienal homenageia a Alemanha, promove salão de negócios e recebe o maior elenco de autores internacionais de todas as edições

Há três décadas aproximando o público do universo literário, a Bienal do Livro Rio chega à 16ª edição com uma programação cultural que tem a pluralidade como carro-chefe. De 29 de agosto a 8 de setembro o Riocentro será palco de um encontro entre escritores de todo o mundo e seus leitores. Serão mais de 100 sessões de debates e bate-papos por meio das quais homens e mulheres, crianças e jovens, adeptos dos e-readers e aqueles que não abrem mão do bom e velho papel poderão interagir com um grandioso e variado time de autores do qual fazem parte best-sellers e alguns dos nomes mais respeitados da literatura brasileira e internacional.

Entre outras novidades, a XVI Bienal do Livro Rio, que homenageia a Alemanha, abre um espaço dedicado aos jovens, coloca em pauta a literatura de futebol, traz ao país 29 autores estrangeiros – recorde de todas as edições – e inaugura um salão de negócios para profissionais do mercado.

Novidades e espaços consagrados na programação cultural
Três espaços inéditos prometem surpreender os visitantes. Ainda no clima da Copa das Confederações e abrindo caminho para a Copa do Mundo, a Bienal apresenta o Placar Literário, com curadoria do jornalista João Máximo. A literatura de futebol será abordada em toda a sua abrangência, de debates que mostrarão ao público o que se passava no coração boleiro dos principais escritores brasileiros – como “O Botafogo de Paulinho (Mendes Campos) e o Vasco de Drummond” e “O Fla de Zélins (do Rego) e o Flu de Nelson Rodrigues” – a mesas formadas por uma nova geração de escritores que tem o futebol como tema de sua ficção, explorando como nenhuma outra o drama, a comédia e a tragédia do jogo.

Haverá um território exclusivo para o adolescente – aquele com fôlego para atravessar milhares de páginas de histórias complexas envolvendo mundos fantásticos, árvores genealógicas intrincadas esuperpoderes. Para esse público, que na última década se firmou como grande leitor, foi criado o #acampamento na bienal, onde, sob o comando do historiador e doutor em educação João Alegria (que esteve à frente da Floresta de Livros, em 2009, e da Maré de Livros, em 2011), o visitante terá a oportunidade de encontrar seu ídolo literário em bate-papos animados. Os temas serão pautados pela tecnologia e a cultura de convergência (o livro que vira filme, que vira game, que vira site, que vira livro), mostrando que a narrativa faz parte do dia a dia de todos.
A XVI Bienal do Livro Rio reservou também uma enorme área de 500 metros quadrados para uma nova atividade dedicada aos pequenos leitores, por meio da qual prestará uma homenagem lúdica ao Ziraldo, autor que, presente a cada edição, se tornou parte indissociável do evento. No Planeta Ziraldo, seus muitos personagens inesquecíveis, como Menino Maluquinho e Pererê, ganharão vida por meio da curadoria e cenografia de Daniela Thomas e Felipe Tassara.

E os espaços que mais fizeram sucesso em outras edições permanecem na programação. O Café Literário, pelo terceiro ano com curadoria do premiado escritor e crítico Italo Moriconi, volta a convidar o público a participar de descontraídos debates sobre livros, estilos e ideias dos quais farão parte celebrados autores (prosadores, poetas, ensaístas) nacionais e estrangeiros. Em sintonia com o momento, o Café Literário deste ano busca apresentar e discutir o novo – partindo do princípio que o Brasil vive o despertar cívico, político e artístico de uma nova geração – ao mesmo tempo em que celebra mestres como Rubem Braga, Paulo Leminski e Vinicius de Moraes.

O Mulher & Ponto tem à frente, pela primeira vez, a jornalista especializada em arte e cultura Bianca Ramoneda, que levará novidades aos bate-papos sobre os mais diversos aspectos do universo feminino que chamaram a atenção de homens e mulheres nas duas últimas edições da Bienal. Entre discussões sobre a nova literatura erótica (proibido para menores), qualidade de vida e a arte de envelhecer, entre outros, Bianca coloca em pauta temas como as vozes femininas na literatura africana e promove uma leitura afetiva da obra de Lygia Fagundes Telles – autora que completou 90 anos em 2013.

Nomes celebrados estarão ainda nas sessões de Encontro com Autores e na Conexão Jovem, realizadas nos auditórios Rachel de Queiroz (Pavilhão Azul) e Mário de Andrade (Pavilhão Verde).


Recorde de autores
Com o número recorde de 29 nomes internacionais compondo a programação oficial (foram 21 em 2011 e 18 em 2009), a Bienal receberá representantes dos mais diversos segmentos da literatura mundial, contemplando todos os públicos e reforçando a pluralidade que se tornou uma das marcas registradas do evento. A Bienal promoverá nesta edição encontros com ficcionistas premiados, autores de obras que circulam entre as listas de mais vendidos, especialistas em arte, biógrafos, historiadores e roteiristas, entre outros grandes escritores que compõem o maior e mais variado time de escritores dos seus 30 anos de trajetória.

A lista é capitaneada pelo americano Nicholas Sparks, um dos autores mais lidos no mundo – são quase 100 milhões de exemplares de romances como Diário de uma paixão, Querido John e o recente À primeira vista (Arqueiro) impressos em 45 línguas e devorados por leitores de todas as idades. Outro fenômeno editorial que estará na Bienal é James C. Hunter (EUA), de O monge e o executivo (Sextante), que já vendeu três milhões de cópias apenas no Brasil. Já a nova literatura erótica, febre mundial, chegará ao evento junto de um de seus maiores expoentes, a americana Sylvia Day (EUA), responsável pelo best-seller Toda sua, enquanto o sempre querido gênero conhecido como chic lit terá como representante a cultuada Emily Giffin (EUA), de romances como Presentes da vida e Ame o que é seu (Novo Conceito).

A Bienal receberá também o moçambicano Mia Couto, recentemente laureado com o Prêmio Camões – a mais importante honraria relacionada à literatura em língua portuguesa – por conta de obras como Terra sonâmbula e O último voo do flamingo (Companhia das Letras). Já o argentino Cesar Aira, autor de mais de 70 livros – entre romances, contos e ensaios –, vem lançar a tradução para o português de um dos seus trabalhos mais influentes, Como me tornei freira (Rocco). Nuno Camarneiro, por sua vez, é um dos grandes expoentes da literatura portuguesa contemporânea, autor de Debaixo de algum céu (Leya).

Dentro da discussão da cultura de convergência destaca-se a presença de Corey May (EUA), roteirista dos jogos eletrônicos Assassin’s creed – um dos mais populares da atualidade, com 50 milhões de cópias comercializadas no mundo. O videogame inspirou a série de livros de mesmo nome, que, publicada pela Galera Record, já vendeu por aqui mais de 450 mil exemplares.

Esse novo modelo foi também responsável pelo êxito de O lado bom da vida (Intrínseca), do americano Matthew Quick, que teve os diretos para o cinema adquiridos antes mesmo de o livro ter uma editora nos Estados Unidos. Acabou se tornando um sucesso em ambas as mídias: o filme foi um dos mais aclamados de 2012, com oito indicações ao Oscar, enquanto o livro já vendeu mais de 250 mil exemplares apenas no Brasil. Quick, que lançará novo livro durante a Bienal, abordará essa experiência em seu encontro com os leitores.

Já a biografia, um dos mais tradicionais gêneros literários, estará presente na programação cultural por meio das participações das americanas Mary Gabriel, autora do imponente Amor e capital: A saga familiar de Karl Marx e a história de uma revolução (com indicações ao Pulitzer, ao National Book Award e ao National Book Critics Circle), publicado pela Zahar, e Cheryl Strayed, que teceu um comovente relato autobiográfico em Livre, sucesso de crítica e público nos Estado Unidos em 2012 – e agora também no Brasil, em edição da Objetiva.

A diversidade segue representada nas confirmações de Will Gompertz (Inglaterra), ex-diretor do Tate Gallery, em Londres, e editor de arte da BBC, que acaba de publicar Isto é arte? (Zahar); o também inglês John Freeman, crítico, escritor e editor entre 2009 e 2013 da prestigiada revista literária Granta (publicada no Brasil pela Objetiva); Emma Donoghue (irlandesa radicada no Canadá), dramaturga e prosadora, finalista do Man Booker Prize em 2010 com o romance Quarto (Verus); Allan Percy (Espanha), que combina filosofia e desenvolvimento pessoal em Nietzsche para estressados (Sextante); os romancistas históricos Javier Moro (Espanha), de obras como O sári vermelho (Planeta), e Andrew Miller, autor de Puro (Bertrand Brasil), vencedor do Costa Book Prize; e Mark Baker (EUA), do popular Jesus: O maior psicólogo que já existiu (Sextante).

A Bienal do Livro Rio receberá ainda uma delegação com 11 autores da Alemanha, que completam o elenco internacional desta edição. São eles: Wladimir Kaminer (Balada russa, Globo Livros), Reinhard Kleist (Cash, 8inverso), Manfred Geier (Do que riem as pessoas inteligentes?, Record), Ilija Trojanow (O colecionador de mundos, Companhia das Letras), Ole Könnecke (Anton e as meninas, WMF Martins Fontes), Julia Friese (ilustradora de Todos os patinhos, Cosac Naify), Axel Scheffler (ilustrador de O grúfalo, Brinque Book), a jovem Olga Grjasnowa (que acaba de publicar sua obra de estreia, Der Russe ist einer, der Birken liebt, inédito no Brasil), a jornalista Carmen Stephan

(que lançou em 2012 o romance Mal Aria, ainda não traduzido para o português), Kathrin Passig (autora de contos premiados e tradutora de grandes obras para o alemão) e Bas Böttcher (poeta itinerante representante da slam poetry, declamada em clubes e bares).

Homenagem à Alemanha
A participação desse grupo de autores faz parte das ações dedicadas à Alemanha – país homenageado desta edição – realizadas em parceria como o Goethe Institut e Frankfurter Buchmesse. Em sintonia com a Feira de Frankfurt, que este ano homenageia o Brasil, a presença alemã na Bienal tem como objetivo intensificar o intercâmbio entre as duas nações, enriquecendo o encontro por meio de uma ampla oferta de atividades artísticas e literárias.

Além da presença dos escritores alemães na programação cultural, o que promoverá uma gama de diálogos com suas contrapartes brasileiras – tendo como pauta assuntos como ilustração de livros infantis, poesia, linguagens intermídia, literatura e viagem, graphic novels e multiculturalismo –, a Alemanha terá um estande de 400 metros quadrados do qual fará parte a exposição multimídia Alemanha de A a Z. As 26 letras esculpidas do alfabeto alemão, quatro delas em 3D, vão oferecer aos visitantes uma perspectiva bem-humorada do país – de “Alltag” (cotidiano) a “Zukunft” (futuro).

Salão de negócios e eventos profissionais
A Bienal do Livro Rio terá pela primeira vez, em sua 16ª edição, um salão de negócios (agent center). Atendendo a uma demanda do mercado, o espaço receberá agentes literários e profissionais do livro de várias partes do mundo. O salão de negócios acontecerá nos três primeiros dias da Bienal, no mezanino 2 (Pavilhão Verde). Em 29 de agosto, dia da abertura da Bienal, o horário de funcionamento será de 13h às 18h, enquanto em 30 e 31 de agosto o espaço permanecerá aberto das 10h às 18h. Já estão confirmados representantes de editoras e das agências literárias dos Estados Unidos, Alemanha, Canadá, Chile, Gana e do Brasil.
E a parceria com a Alemanha, por meio da Frankfurt Academy, transformará a XVI Bienal do Livro Rio em sede da CONTEC 2013, conferência sobre alfabetização, educação, conteúdo de mídia e tecnologia para crianças e jovens. Nela, educadores, administradores da área educacional e experts


em tecnologia e educação poderão participar de um programa internacional que combina insights visionários e experiências práticas, discutindo novidades no campo da transferência do conhecimento. O evento acontece no dia 30 de agosto, sexta-feira, no Auditório Rachel de Queiroz (Pavilhão Azul), das 9h30 às 18h30. As inscrições estão abertas até 29 de agosto por meio do site www.contec-brasil.com.

Outro evento profissional, o colóquio internacional “O acesso à biblioteca no clique do mouse: a Mediateca Digital” – organizado pelo Goethe Institut Rio de Janeiro, a Embaixada da França, a Fundação Biblioteca Nacional e o Conselho Regional de Biblioteconomia – está confirmado para a segunda e terça, 2 e 3 de setembro, também no Auditório Rachel de Queiroz, das 9h às 18h. Informações e inscrições pelo e-mail divulgacao@crb7.org.br.

A visitação escolar
Com o objetivo de incentivar desde cedo o hábito da leitura, a visitação escolar convida alunos de sete a 14 anos das redes pública e particular do ensino fundamental a conhecer a 16ª edição da Bienal. São seis dias destinados ao programa: 30 de agosto e 2, 3, 4, 5 e 6 de setembro. Este ano as inscrições foram realizadas em tempo recorde: em apenas duas horas em meia as instituições de ensino do Rio de Janeiro cadastraram 170 mil alunos para a visitação escolar.

Na chegada ao evento os estudantes receberão a Nota Bienal, que, no valor de R$ 5,50, pode ser trocada por um livro do mesmo valor. Com isso, o projeto possibilita aos visitantes a oportunidade de pesquisar títulos, manusear exemplares e ainda criar posteriormente uma rede entre colegas para troca de títulos, criando uma verdadeira roda de leitura.

Em 2002, a visitação escolar recebeu o Prêmio Caio, na Categoria Evento de Terceiro Setor, pelo compromisso com o futuro das crianças e por sua responsabilidade social.

publicado por o editor às 21:44
link do post | comentar | favorito

ASTRO DO ZORRA TOTAL SE APRESENTA EM CURITIBA

 

 





Astro do Zorra Total apresenta “Comício Gargalhada” em Curitiba
O ator e humorista Rodrigo Sant'anna, que ficou popularmente conhecido ao dar vida a Adimilson e Valeria, personagens cômicos do programa Zorra Total da Rede Globo, apresenta neste domingo em Curitiba, no Teatro Positivo, o espetáculo “Comício Gargalhada”. No palco ele dá vida aos personagens do Zorra total e a outros “figuras”, numa grande sátira aos comícios eleitorais, em que o voto não é obrigatório, mas o riso é garantido!
A história começa quando Adelaide (uma mendiga pedinte) invade o Palco-Palanque e começa a falar de sua “plataforma política”. Na sequência surgem Vanderley das Almas (sensitivo), Sara menininha (Cantora de Axé), Juarez (Frango de Padaria), Homossexual Obeso, Edimilson e Valeria, todos interessados em convencer o público de suas propostas campanhas. Entre um personagem e outro Rodrigo ainda encontra fôlego para contar casos engraçados da sua história.
FICHA TÉCNICA
Texto e Atuação: Rodrigo Sant’anna
Direção: Thalita Carauta
**O espetáculo não é educativo e visa somente o entretenimento; Não é recomendável para menores de 14 anos;
SERVIÇO 
Dia 1º de Setembro, às 20 horas, no Teatro Positivo
Ingressos: R$ 60,00 e R$ 80,00
Informações: 3317-3170
publicado por o editor às 21:43
link do post | comentar | favorito

Minas representará a culinária brasileira na Feira de Frankfurt

 


Cozinha de Minas dá o tempero da maior feira anual de livros do mundo
A convite dos organizadores da Feira de Livros de Frankfurt e a Câmara Brasileira do Livro (CBL), a comida de Minas será a grande estrela no principal encontro anual do setor editorial do mundo.
O secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus Filho, vai apresentar em detalhes neste sábado (31.08), às 13h, em Tiradentes, a participação da delegação de Minas na Feira. Também participam da apresentação a vice-presidente da Feira de Frankfurt, Marifé Boix, a presidente da Câmara Brasileira do Livro, Karine Pensa (CBL) e o gerente executivo da CBL Frankfurt, Luiz Álvaro Salles Aguiar de Menezes. A apresentação faz parte da programação do Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes.
Este ano, a exposição homenageia o Brasil em todas as suas áreas de expressão. E coube a Minas Gerais o privilégio de ocupar espaço de destaque no salão, que reunirá entre 7 e 13 de outubro mais de sete mil promotores e atrairá público estimado em cerca de 300 mil pessoas.
Demonstrações e degustações típicas foram programadas para o ESTANDE DO BRASIL (com a cozinha show incrementados por saraus, apresentações e degustações. Os escritores Eduardo Avelar e Maria Coeli Simões Pires além dos chefs Ivo Faria, Antonio Basile e Ari Kespers se encarregarão de destacar a literatura e demonstrar a denominada ‘gastronomia terroir’.
A expressão relaciona-se aos pratos típicos catalogados como de territórios específicos, de raiz. Sua relevância encontra lugar cada vez maior no cardápio de alta qualidade e merecerá posição estratégica no ESTANDE DO GOURMET GALLERY (em 3 slots), ao expor a cultura gastronômica mineira. A programação centrada na ‘gastronomia terroir’ no Brasil destacará chefs e pesquisadores que valorizam os produtores locais, os ingredientes e a cultura que alicerça a gastronomia brasileira, com a finalidade de contribuir de maneira atraente com a alta qualidade da gastronomia.
Um dos pontos altos será o ‘Brazilian Taste Festival’, reservado para o Hotel Steingenberger, classificado como o melhor de Frankfurt e que abrirá a sua cozinha para os chefs mineiros prepararem jantares especiais.
A participação de Minas é um novo passo na internacionalização da gastronomia mineira, por meio da Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. A ação começou a ganhar forma em janeiro, com o XI Congresso Internacional Gastronômico Madri Fusion, o ‘Oscar’ da gastronomia mundial. Em seguida os espanhóis, portenhos e uruguaios tiveram o prazer de desfrutá-la com festivais em Buenos Aires e Montevidéu. “Minas Gerais já tem na gastronomia um de seus valores mais importantes, por séculos reconhecida como bastante especial”, sintetizou o governador Antonio Anastasia.
O SALÃO DE FRANKFURT
O Salão de Frankfurt acompanha essa tendência de subsegmentação e amplia seus estandes para temáticas específicas e direcionadas, entre as quais a boa cozinha, que está entrelaçada com qualidade de vida, lazer e turismo. Para isso, reforçou o espaço ‘Cozinhando com Palavras’, valiosa oportunidade para justificar porque 1 em cada 4 turistas que visitam o Estado é estimulado pela cozinha marcadamente regionalizada.
Desde 1949, a exposição aproxima produtos dos expositores dos mercados de todas as áreas do conhecimento – da literatura à ficção científica, passando pelos usos e costumes da aldeia global , cujas bases expressivas de suas culturas são a sua alimentação. A cada edição, desde 1949, um país é homenageado. Este ano, será a vez do Brasil.
Entre milhares de editores e livreiros, tomarão parte mais de 70 autores brasileiros e a culinária terá espaço proeminente na feira.
PROGRAMAÇÃO
BRAZIL – COOKING WITH WORDS
. ESTANDE DO BRASIL (com a cozinha show): saraus, apresentações, degustações gastronômicas. DESTAQUES: os chefs Ivo Faria (Vecchio Sogno), Antonio Basile (Le Gourmet Bistrô, de Gonçalves) e Ari Kespers (Provence Cottage Bistrô, de Monte Verde) MAIS  os escritores mineiros Eduardo Avelar e Maria Coeli Siões Pires.
. ESTANDE DO GOURMET GALLERY (com 3 slots): apresentação da cultura gastronômica mineira pelos chefs Ivo Faria, Antonio Basile e Ari Kespers.
. HOTEL STEINGENBERGER : considerado o melhor restaurant de Frankfurt, o local concentrará o Brazilian Taste Festival, com jantares especiais elaborados por chefs mineiros e de outras regiões do País.
publicado por o editor às 21:42
link do post | comentar | favorito

Bienal Internacional, cinema e história são os destaques de setembro do Curitiba Apresenta

 


Começa a circular, na próxima segunda-feira (2), a edição de setembro do Guia Curitiba Apresenta. Além da programação completa da Bienal Internacional de Curitiba 2013 e de centenas de eventos culturais, a publicação veicula entrevista com os cineastas curitibanos Rafael Urban e Terence Keller que no mês de setembro concorrem ao prêmio de melhor documentário curta-metragem no Festival de Cinema de Brasília com o filme “A que deve a honra da ilustre visita este simples marquês?”.
Na quarta parte do especial “FCC 40 anos”, o Curitiba Apresenta publica conversa com a jornalista Dinah Ribas Pinheiro que falou sobre o surgimento dos primeiros cadernos de cultura em Curitiba e sobre o Jornal Mural, veículo impresso popular que foi referência na gestão do então prefeito Maurício Fruet.
Produzida pela equipe de comunicação da Fundação Cultural, a edição de setembro tem tiragem de 40 mil exemplares e circulará encartada no jornal Gazeta do Povo no próximo dia dois de setembro. O guia Curitiba Apresenta também estará disponível, a partir da próxima semana, em espaços culturais, pontos turísticos e em dezenas de estabelecimentos comerciais da cidade. A versão online do número 75 também pode ser acessada a partir de domingo, dia 1º, no site fundacaoculturaldecuritiba.com.br
publicado por o editor às 21:42
link do post | comentar | favorito

Otto apresenta “The Moon 1111” no Sesc Pompeia dias 5, 6 e 7 de setembro

 


Mestre Galo Preto é convidado especial
Otto volta a São Paulo, onde apresenta seu mais recente álbum, “The Moon 1111’’, em três noites no Sesc Pompeia, nos dias 5, 6 e 7 de setembro. O novo trabalho tem influência de Guy Montag, personagem de "Farenheit 451" (1966), filme de François Truffaut. Se a ligação com a trama soa como uma viagem do cantor e compositor pernambucano, suas referências sonoras deixam essa relação bem explí­cita.
Em "The Moon 1111", a psicodelia de Pink Floyd e do disco "The Dark Side of The Moon"- surge nas guitarras de Fernando Catatau. A estética brega-romântica também é representada em diferentes momentos, como no tema "Dia Claro" - composto em homenagem ao trio Mutantes, e em “A Noite Mais Linda do Mundo”, de Odair José.  
Influências gringas à  parte, "The Moon 1111" não deixa de carregar a essência da música brasileira. Muito se deve à  feliz combinação entre a jovialidade percussiva do bairro pobre da cidade de Peixinhos (PE) ao talento de Pupillo, Catatau, Dengue, Kassin e Lincoln Olivetti. Enfim, mais um disco de Otto em que a entrega e a alma falam mais alto.
Produzido por Pupilo, o disco é composto por 10 faixas inéditas e uma releitura do grande mestre Odair José. O trabalho é leve e traz letras reflexivas e diretas, sempre acompanhadas de sonoridade dançante, uma caracterí­stica bem marcante nos trabalhos do Otto.
No show, Otto apresenta canções do “The Moon 1111”, como "Selvagens Olhos, Nego" (feita há quase 10 anos em homenagem a Sabotage), "Miss Apple e Zé Pilantra" e "Ela Falava", entre outras.
Além de seus grandes hits como “Crua”, “Seis Minutos”, “Janaina” e “Dias de Janeiro”. Ele sobe ao palco acompanhado da sua Jambroband, formada por Fernando Catatau (guitarra), Junio Boca (guitarra), Rian Bezerra (baixo), Carranca (bateria), Toca Ogan (percussão), Marcos Axé (percussão) e Malê (percussão). Nas três noites no Sesc Pompeia ele recebe como participação especial o mestre Galo Preto, um dos ícones da cultura musical de Pernambuco.
SERVIÇO:
Sesc Pompeia apresenta Otto
Dias 5,6 e 7 de setembro de 2013, quinta e sexta-feira, às 21h30, e sábado, às 19h, na Choperia
Classificação indicativa: Proibido para menores de 18 anos.
Ingressos: R$ 30,00 (inteira); R$ 15,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 6,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).
Duração: 90 minutos
Lotação: 800 pessoas
SESC Pompeia – Rua Clélia, 93
Telefone para informações: (11) 3871-7700
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, ligue 0800-118220 ou acesse o portal www.sescsp.org.br
Horário de funcionamento da Bilheteria – De terça a sábado das 9 às 21 horas e domingos e feriados das 9 às 19 horas.
Formas de pagamento - Cheque, cartões de crédito (Visa, Mastercard e Diners Club International) e débito (Visa Electron, Mastercard Electronic, Maestro e Redeshop).
 
publicado por o editor às 21:41
link do post | comentar | favorito

Formação Financiada (Formação Gratuita) - Nova Calendarização - City School – Porto

 

 

A nova calendarização dos cursos de formação financiada (formação gratuita) que irão decorrer na City School – Porto:
UFCD
Cód. Ref.
Cód. Área
Nível
Duração
Horário
Cronograma
Data Limite de Inscrição
Gestão e Motivação de Equipas
341025
341
4
25
2ª a 6ª das 10:00 às 13:00
30/09 a 10/10
24/09
Planeamento e Gestão da Formação
347242
347
4
25
2ª, 4ª e 6ª das 10:00 às 13:00
30/09 a 18/10
24/09
Destinatários:
- Adultos (maiores de 18 anos), desempregados, com escolaridade igual ou superior ao 9º ano e até ao 12º ano de escolaridade completo.
- Licenciados, desde que estejam em comprovada situação de desemprego.
Documentação para inscrição:
- Fotocópia do Documento de Identificação
- Fotocópia do Nº de Contribuinte
- Fotocópia do certificado de habilitações
- Comprovativo da situação de desemprego
City School – Training Centre
tel: (+351) 220 15 16 17
porto@cityschool.pt
Rua Domingos Sequeira 234
4050-230 Porto
www.cityschool.pt

 

publicado por o editor às 02:46
link do post | comentar | favorito

SAMBA DE FINO TRATO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

Quinteto em Branco e Preto se apresenta no projeto Samba de Bamba
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 10 de setembro, o samba de fino trato do Quinteto em Branco e Preto, no projeto Samba de Bamba. Eleito o melhor grupo de samba de 2013, pelo Prêmio da Música, o Quinteto vai apresentar o show “Fino Trato”, que traz no repertório canções do mais recente álbum “Quinteto”, sucessos de trabalhos anteriores e alguns clássicos do samba. Os ingressos estarão à venda a partir desta terça-feira (3), ao meio-dia, somente na bilheteria da CAIXA Cultural.
Sétima atração do projeto, o grupo é formado pelos irmãos Yvison (Casca), Everson e Vitor Pessoa, Magnu Sousá e Maurílio de Oliveira, e promete um show contagiante, dinâmico e arrojado. O Quinteto conta que, além dos trabalhos autorais, como “Novo Viver”, “Sempre Acesa” e “Não é só garoa”, vai prestar uma homenagem a Adoniran Barbosa e aos 50 anos de carreira do grupo Originais do Samba. Além disso, o grupo vai apresentar alguns sambas que fazem parte da memória afetiva dos integrantes, como “Retalho de Cetim”, “Não deixe o Samba Morrer” e “Poxa”, entre outras.
Quinteto em Branco e Preto:
O grupo foi formado em 1996 por jovens instrumentistas, cantores e compositores, que se conheceram na noite paulistana. Hoje, com quatro CD lançados, o Quinteto em Branco e Preto – que tem como madrinha artística a cantora Beth Carvalho – faz sucesso no Brasil e no exterior. Seus integrantes já se apresentaram ao lado de alguns dos maiores nomes do samba de nosso país. Recentemente terminaram a gravação do novo DVD, que será lançado em breve.
Samba de Bamba:
O coordenador e curador do projeto, o jornalista e crítico musical Rodrigo Browne, explica que vai realizar, mensalmente, até novembro, uma série de nove shows, sempre às terças, na CAIXA Cultural. “Os convidados são artistas excelentes, representantes autênticos do que, hoje, se convencionou chamar 'Samba de Raiz' mas que, na verdade, trata-se do samba tradicional sem as imposições comerciais do mercado”, explica.
O projeto traz, em cada apresentação, um formato semelhante ao que o produtor já realiza, há 17 anos, no seu programa Samba de Bamba, na rádio E-Paraná FM. Durante a transmissão os sambistas convidados comentam a escolha de seus sambas prediletos. “No palco, durante o show, cada artista vai fazer o mesmo, contando o porquê de suas escolhas e quais são suas influências. Acredito que assim, o público vai conhecer um pouco mais do processo criativo de cada sambista e da própria história do samba”, finaliza Browne. A próxima atração é a sambista Fabiana Cozza, no dia 8 de outubro.
Informações e entrevistas:
Rodrigo Browne – (41) 9145-7027 – rbcomunica@gmail.com
Serviço:
Samba de Bamba – Quinteto em Branco e Preto
Data: 10 de setembro de 2013 (terça-feira)
Hora: 20h
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Ingressos: À venda a partir desta terça-feira (3). R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira das 12h às 20h, sábado das 16h às 20h e domingo das 16h às 19h)
Classificação etária: Livre para todos os públicos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 02:44
link do post | comentar | favorito

CAIXA CULTURAL CURITIBA NA ERA DO RÁDIO E DO CINEMA MUDO

 

 

Com base na estética do melodrama da década de 1930, peça aborda as aventuras e desventuras do amor
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 6 a 8 de setembro, o espetáculo teatral “Uma Vez, Nada Mais”, que conta, sem o uso de palavras, a história de duas mulheres, que vivem as aventuras e desventuras do trajeto amoroso e têm como consolo o amor vivido na radionovela.
“Uma Vez, Nada Mais” reflete as mudanças no comportamento romântico através dos tempos, estabelecendo um paralelo entre o modo como as antigas radionovelas e as telenovelas atuais retratam o embate amoroso. Com lirismo, ironia e bom humor, é possível ver o encontro de duas mulheres: uma, costureira humilde e sonhadora, cujo amor não é correspondido; a outra, sua cliente, uma noiva glamorosa, prestes a concretizar sua felicidade.
A montagem convida o público a um passeio pela era de ouro, e é baseada na estética do cinema mudo, do melodrama e dos comerciais veiculados entre as décadas de 1930 e 1960, e busca a fusão do gestual e da dinâmica dos filmes de cinema mudo com os elementos do teatro. Há uma série de referências além do cinema, como o universo das novelas brasileiras, das dublagens, da chanchada e do melodrama.
A comédia romântica já foi premiada, em 2009, como melhor espetáculo pelo Prêmio Braskem de Teatro, e na categoria de melhor atriz, pela atuação de Aícha Marques. Além disso, recebeu indicações como melhor direção para Hebe Alves. Pelo XVII Festival Nordestino de Teatro, em Guaramiranga (CE), recebeu o Troféu Beija-Flor de melhor espetáculo pelo júri popular, em 2010.
Ficha técnica:
Roteiro e pesquisa: Aícha Marques, Maria Menezes e Hebe Alves
Direção: Hebe Alves
Elenco: Aícha Marques e Lulu Pugliese
Cenário e Figurino: Zuarte Júnior
Iluminação: Fábio Espirito Santo e Fernanda Mascarenhas
Maquiagem: Marie Thauront
Fotografia: Marcio Lima
Produção: Carambola Produções
Serviço:
Teatro: Uma Vez, Nada Mais
Data: de 6 a 8 de setembro de 2013 (sexta-feira a domingo)
Hora: sexta-feira e sábado às 20h, domingo às 19h
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Ingressos: À venda a partir de 03 de setembro. R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira das 12h às 20h, sábado das 16h às 20h e domingo das 16h às 19h)
Classificação etária: Não recomendado para menores de 14 anos
Lotação: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 02:43
link do post | comentar | favorito

CARTOLA EM QUADRINHOS NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

Projeto literário Cena HQ apresenta a leitura do quadrinho “Km Blues”
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, na próxima quarta-feira (4), a leitura do quadrinho “Km Blues”, no projeto Cena HQ, realizado pela Vigor Mortis em parceria com a Quadrinhofilia. O quadrinho de Daniel Esteves será lido por Márcio Mattana, Octavio Camargo, Lilyan de Souza e Jossane Ferraz, com direção cênica de Renato Sbardelotto.
A graphic novel nacional é centrada em Flávio, um recém-divorciado que viaja por estradas paulistanas, a procura de respostas que possam ajudá-lo neste novo momento de vida. Em seu percurso, ele encontra, de forma inusitada, o célebre músico carioca, Cartola, sambista já falecido que traz um desvio a esta trama de road movie.
“Km Blues” tem texto de Daniel Esteves (Nanquim Descartável, O louco, a Caixa e o Homem), traço de Wanderson de Souza (Nanquim Descartável, Quadrinhópole, Café Espacial), cores de Wagner de Souza, além doe prefácio de Laudo Ferreira. A publicação foi lançada em dezembro de 2012, em São Paulo, e vem com a marca do selo independente HQemFoco. A edição foi uma das contempladas com o ProAC 2011 – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo.
Cena HQ:
O projeto Cena HQ promove encontros inusitados entre quadrinhos e cena, provocando discussões sobre a produção de graphic novels no Brasil. Cada leitura é seguida de um debate entre o encenador e o autor da obra. A curadoria de autores é de José Aguiar, e a de encenadores, de Paulo Biscaia Filho. Mais informações podem ser encontradas no facebook do projeto /cenahqbrasil.
Serviço:
Literatura:
Cena HQ
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 4 de setembro de 2013 (quarta-feira)
Hora: 20h
Ingressos: um livro não didático ou um livro de quadrinhos
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira, das 12h às 20h, sábado, das 16h às 20h e domingo, das 16h às 19h)
Lotação: 125 lugares (2 para cadeirantes)
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos

 

publicado por o editor às 02:42
link do post | comentar | favorito

O musica-portuguesa esta de volta

 

O musica-portuguesa esta de volta e com algumas novidades.

visitem www.musica-portuguesa.net

Se tiverem problemas em entrar no forum entrem em contacto connosco na nossa pagina do facebook.

https://www.facebook.com/MusicaNacionalPortuguesa

Tambem precisamos da vossa ajuda para continuar com o projeto pra frente.

Visite este topico: http://musica-portuguesa.net/index.php?topic=969.0

Agradecemos a vossa ajuda.



http://musica-portuguesa.net/index.php

publicado por o editor às 02:40
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds