Quinta-feira, 30 de Abril de 2015

CAIXA CULTURAL CURITIBA PROMOVE OFICINA GRATUITA DE CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

 

 

 

 

Ateliê de Histórias terá quatro encontros, de 05 a 08 de maio. Inscrições encerram nesta quarta, 29 de abril

 

A CAIXA Cultural Curitiba realiza, de 05 a 08 de maio, a oficina Ateliê de Histórias, ministrada pelo grupo carioca Os Tapetes Contadores de História. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até esta quarta-feira, 29 de abril pelo e-mail caixacultural08.pr@caixa.gov.br.

 

A oficina faz parte do projeto Viagem Pelo Mundo Através das Histórias, que conta com uma exposição interativa na galeria da CAIXA Cultural Curitiba, em cartaz até o dia 31 de maio. Intercalando teoria e prática, a proposta dos quatro encontros é se debruçar no tema da arte de contar histórias e seus desdobramentos. Uma segunda edição do mesmo workshop será realizada de 19 a 22 de maio, com inscrições a partir do dia 09 de maio.

 

Os 25 participantes, conduzidos pelo diretor Warley Goulart, passarão por dinâmicas em torno das práticas narrativas, do diálogo entre narração e animação de formas, além da criação de suportes plásticos como tapetes e, painéis. Com duração de 12 horas divididas em quatro encontros, a oficina é direcionada a profissionais de arte, literatura, educação e leitura, bem como todos os interessados em conhecer e se aprofundar nos princípios e nas possibilidades criativas da arte de contar histórias.

 

Warley Goulart é diretor teatral e ator formado pela UniRio com Especialização em Literatura pela UFF. Em 2011, foi indicado ao Prêmio Shell pela Direção Musical do espetáculo Não me diga Adeus. No mesmo ano, dirigiu o ator Gilberto Gawronski no monólogo Ato de Comunhão, montagem considerada uma das 10 melhores peças do Rio de Janeiro (Jornal O Globo, VejaRio) e, em 2012, em São Paulo (VejaSP, Revista Bravo e O Estado de S. Paulo).

 

Há 16 anos é contador de histórias, diretor artístico e artista plástico do grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias, com o qual já se apresentou, ministrou oficinas e participou de festivais de teatro e de contadores de histórias no Brasil e exterior.

 

O projeto Viagem Pelo Mundo Através das Histórias realizará ainda mais três ações no decorrer do mês de maio. Do dia 19 ao dia 22, a CAIXA Cultural Curitiba receberá mais uma edição da oficina Ateliê de Histórias. No dia 27, será realizada uma roda de conversa e, dois dias depois, uma roda de histórias com participação do público.

 

 

Serviço:

Oficina Ateliê de Histórias

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 5 a 08 de maio de 2015

Horário: de terça a sexta-feira, das 17h às 20h

Inscrições gratuitas: até 29 de abril pelo e-mail caixacultural08.pr@caixa.gov.br

Vagas: 25

Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos

 

publicado por o editor às 14:00
link do post | comentar | favorito

CAIXA CULTURAL CURITIBA APRESENTA LISBELA E O PRISIONEIRO

 

 


 
 
Sucesso da dramaturgia brasileira chega à cidade em montagem mineira de 08 a 10 de maio
 
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta o espetáculo Lisbela e o Prisioneiro. De 08 a 10 de maio, o público curitibano poderá conferir um dos grandes sucessos da dramaturgia nacional, que vem à cidade em uma montagem do grupo mineiro Canastra Real.

A encenação se passa no sertão nordestino, mais precisamente na cidade de Vitória de Santo Antão, em 1940. Lisbela é uma jovem obcecada pelo cinema norte-americano e filha do delegado da cidade. Apesar de estar de casamento marcado com um convencido advogado, ela acaba se apaixonando por um artista de circo -- Leléu, um legítimo Don Juan do sertão que acaba de chegar ao povaréu.
 
Escrito por Osman Lins e lançado em 1964, o texto narra o amor entre o inusitado casal enquanto Leléu tenta escapar com vida de um matador que busca vingança. Com sotaque nordestino e cômicos diálogos, o autor descreve a cultura popular brasileira enquanto trata questões sociais e morais. Em 2003, a história foi levada aos cinemas em filme dirigido por Guel Arraes.
 
A montagem do grupo mineiro Canastra Real é dirigida por Ricardo Batista e conta com Fernanda Botelho, Fabiano Persi, Luciano Luppi, Geraldo Carrato, Pepê Sabará, Fernando Veríssimo, Edu Costa e Rubens Ramalho no elenco.
 
Canastra Real
Fundado em 1985, o Canastra Real é um grupo formado por seu criador, Ricardo Batista (Cadinho), Fernanda Botelho e artistas convidados a cada nova produção.
Cadinho é ator, com mais de 40 anos de carreira, além de locutor, diretor de teatro e audiovisual, autor, iluminador, cenógrafo e produtor cultural. Fernanda Botelho é atriz, produtora cultural, jornalista e publicitária. Em mais de 15 anos de carreira nos palcos, acumula 20 peças teatrais no currículo.
 
O grupo busca produzir espetáculos com linguagem cênica que leve o publico à reflexão de assuntos contemporâneos, contando com convidados que participem deste processo.
 


Serviço:
Teatro: Lisbela e o Prisioneiro
Local:
CAIXA Cultural Curitiba  – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: de 08 a 10 de maio de 2015
Hora: sexta-feira e sábado às 20h e domingo às 19h
Ingressos: vendas a partir de 02 de maio (sábado), às 12h. R$ 10 e R$ 5 (meia - conforme legislação e correntista que pagar com cartão de débito CAIXA. A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: Não recomendado para menores de 12 anos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

 
publicado por o editor às 13:59
link do post | comentar | favorito

Alessandra Leão se apresenta na Fundação Ema Klabin

 

Chegue uma hora antes do  show e conheça a Casa-Museu mais bonita de São Paulo e seu acervo de mais de 1500 obras de grandes mestres da arte mundial

 

 

Cantora Alessandra apresenta seu último trabalho Pedra de Sal . Foto: Tiago Lima

A pernambucana Alessandra Leão faz dia 9 de maio, às 16h30, na Fundação Ema Klabin, o show do seu novo trabalho, Pedra de Sal, pelo Programa Nova Música, com entrada franca.
Pedra de Sal é o primeiro capítulo do novo ciclo criativo de Alessandra Leão, Língua, que será lançado no formato de três EPs: Pedra de Sal, Aço e Língua. O disco, que tem direção artística da própria  Alessandra  e produção musical de Caçapa, é um lançamento do selo Garganta Records em parceria com a YB Music.
Alessandra Leão é percussionista, compositora e cantora. Iniciou sua carreira em 1997 com o grupo Comadre Fulozinha e atuou ao lado de músicos como Antônio Carlos Nóbrega, Siba, Silvério Pessoa, Kimi Djabaté (Guiné Bissau), Florencia Bernales (Argentina), entre outros. Em 2006, a cantora deu início ao seu trabalho autoral, com o elogiado Brinquedo de Tambor. Produzido e arranjado em parceria com o violeiro, compositor e arranjador Caçapa. Em 2008 lançou o CD do projeto Folia de Santo, idealizado, coordenado e produzido por ela. Em 2009, lançou seu segundo CD solo “Dois Cordões”.  Realizou  turnês no Brasil, Argentina, Colômbia, França, Bélgica, Portugal e Holanda.
O show terá repertório composto pelas canções do EP e de seus dois discos anteriores, Dois Cordões (2011) e Brinquedo de Tambor (2006).

Serviço:
Programa Nova Música – Alessandra Leão
Dia: 9 de maio de 2015
Horário: 16h30
Entrada franca
Ouça: https://soundcloud.com/garganta-records/sets/pedradesal-ep
Site: http://www.alessandraleao.com.br
 180 lugares
Local: Fundação Ema Klabin
Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa, São Paulo. http://emaklabin.org.br/ telefones: (11) 3897-3232 /  3062-5245
 

 

publicado por o editor às 13:58
link do post | comentar | favorito

Cia. Cabelo de Maria - Baianá - Parece Cinema

 

 

 

 

 
A Cia. Cabelo de Maria foi fundada em 2007 por Renata Mattar e Gustavo Finkler, lançaram os disco “Cantos de Trabalho” (SESC SP) e São João do Carneirinho (Por do Som). O grupo trabalha a música regional brasileira em suas várias vertentes.
Baianá, originário do Sul de Pernambuco, o folguedo denominado Baianá chegou a Alagoas no início do século passado.
O CD “Baianá – Parece Cinema”, é o resultado da pesquisa realizada por Renata Mattar no Estado de Alagoas, especialmente na cidade de Coqueiro Seco, onde se deparou com o folguedo denominado Baianá. O Baianá apresenta uma linguagem bastante peculiar, com ritmo muito forte e contagiante, melodias de grande beleza e elaboração, além de letras com um conteúdo impressionante.

 

publicado por o editor às 13:57
link do post | comentar | favorito

Fundação Cultural e UFPR lançam edital de concurso de composição

 

 

 

 

 
            A Fundação Cultural de Curitiba e a Universidade Federal do Paraná divulgaram o edital do III Concurso Nacional de Composição Música Hoje, que tem o objetivo de fomentar a produção de música orquestral. As obras finalistas serão executadas pela Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba durante a III Bienal Música Hoje, em agosto. As inscrições podem ser feitas até 15 de junho.
            Podem participar do concurso compositores brasileiros, natos ou radicados, residentes no Brasil ou no exterior, sem limitação de idade. As obras não precisam ser inéditas, mas não podem ter sido publicadas oficialmente e devem ter sido compostas há no máximo cinco anos (a partir de 29 de abril de 2010). Como serão executadas pela Orquestra de Câmara, devem ser escritas para a formação máxima de 6 primeiros violinos, 5 segundos violinos, 4 violas, 3 violoncelos, 1 contrabaixo e 1 piano ou órgão positivo ou cravo.
            Serão escolhidas três obras finalistas para serem executadas durante a Bienal de Música Hoje. O concerto será nos dias 14 e 15 de agosto, na Capela Santa Maria, sob a regência do maestro Márcio Steuernagel e com a presença da banca julgadora. O concerto será aberto ao público, que também terá direito a voto. A obra vencedora será anunciada ao final do segundo dia de concerto. Como premiação, o vencedor terá sua composição executada em concerto oficial da temporada 2016 da Orquestra de Câmara. Terá também a gravação de registro de ambos os concertos e a edição da partitura pela Editora da UFPR. 
            As informações de como participar e encaminhar as obras para o concurso estão no edital, disponível no site da Fundação Cultural de Curitiba (http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/editais/).
   
 
     
 
tags: ,
publicado por o editor às 13:56
link do post | comentar | favorito

Cinemateca tem programação especial do Dia do Trabalho

 

 

 


A Cinemateca de Curitiba promove, a partir da próxima sexta-feira (dia 1º) até domingo (03), uma programação especial em comemoração ao Dia do Trabalho. Com uma seleção de filmes nacionais, o espaço exibe os sucessos e fracassos de diferentes profissões em diferentes épocas. A entrada é gratuita.
No primeiro dia da mostra serão exibidos a comédia Durval Discos, de Ana Muylaert e o drama musical Antônia, de Tatá Amaral, às 17h e 19h respectivamente. No sábado, às 19h, é a vez do filme Estômago, do diretor Marcos Jorge, ocupar a grande tela. Para encerrar, no domingo serão exibidos  mais dois clássicos do cinema nacional em sessões às 17h e 19h: Boleiros – Era uma vez o futebol, de Ugo Giorgetti e o premiado Eles Não Usam Black Tie, de Leon Hirszman.
Programação
Dia 01/05 às 17hs
DURVAL DISCOS de Anna Muylaert (2002, 93’)
Durval – dono de uma loja que vende apenas discos em vinil, no bairro de Pinheiros, em São Paulo – e sua mãe Carmita vivem um cotidiano sem emoções ou horizontes. Tudo acontece em 1995, ano em que a indústria fonográfica brasileira deixou de fabricar discos de vinil. E assim como o vinil, o dia-a-dia em torno da loja de discos mostra que a vida tem sempre o lado A e o lado B.
Gênero: Comédia
Elenco: Ary França, Etty Fraser, Fábio Sleiman, Isabela Guasco, Kadu Torres, Letícia Sabatella, Marisa Orth, Rita Lee
Classificação: 12 anos
Dia 01/05 às 19hs
ANTÔNIA de Tatá Amaral (2006, 90’)
Preta (Negra Li), Barbarah (Leila Moreno), Mayah (Quelynah) e Lena (Cindy) são quatro amigas de infância que moram na Zona Norte de São Paulo e formam o conjunto de hip hop que dá nome ao filme. Enquanto lidam com a violência da região onde moram e o machismo dentro da cena musical, elas tentam o sucesso.
Gênero: Drama/Musical
Elenco: Leilah Moreno, Cindy, Quelynah, Negra Li Sandra de Sá, Thaíde, Nathalye Cris, Thobias da Via Vai, Maionezi, DJ Hadji, Ezequiel da Silva
Classificação: 12 anos
Dia 02/05 às 19hs
ESTOMÂGO de Marcos Jorge ( 2007, 113’)
Na vida há os que devoram e os que são devorados. Raimundo Nonato, nosso protagonista, descobre um caminho à parte: ele cozinha. E é nas cozinhas de um boteco, de um restaurante italiano e de uma prisão – o que ele fez para acabar ali? – que Nonato vive sua intrigante história. E também aprende as regras da sociedade dos que devoram ou são devorados. Regras que ele usa a seu favor, porque mesmo os cozinheiros têm direito a comer sua parte – e eles sabem, mais do que ninguém, qual é a parte melhor.
Uma fábula nada infantil sobre o poder, o sexo e a culinária.
Gênero: comédia
Elenco: João Miguel, Fabiula Nascimento, Babu Santana, Carlo Briani, Zeca Cenovicz, Paulo Miklos, Jean Pierre Noher, Alexander Sil, Marco Zenni
Classificação: 16 anos
Dia 03/05 às 17hs
BOLEIROS – ERA UMA VEZ O FUTEBOL de Ugo Giorgetti (1998, 97’)
Em um bar de São Paulo, como acontece em quase todas as tardes estão reunidos um grupo de ex-jogadores de futebol, que se encontram para relembrar antigas glórias e histórias curiosas do tempo em que ainda eram jogadores profissionais.
Gênero: Comédia
Elenco: Denise Fraga, Marisa Orth, Flavio Migliaccio, Lima Duarte, Adriano Stuart, Otávio Augusto, Cássio Gabus Mendes, Rogério Cardoso, Antônio Grassi.
Classificação: Livre
Dia 03/05 às 19hs
ELES NÃO USAM BLACK-TIE de Leon Hirszman (1981, 122’)
Em São Paulo, em 1980, o jovem operário Tião (Carlos Alberto Riccelli) e sua namorada Maria (Bete Mendes) decidem se casar ao saber que a moça está grávida. Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica. Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, Tião fura a greve, entrando em conflito com o pai Otávio (Gianfrancesco Guarnieri), um velho militante sindical que passou três anos na cadeia durante o regime militar.
Baseado em obra de Gianfrancesco Guarnieri. Premiado no Festival de Veneza.
Gênero: Drama
Elenco: Anselmo Vasconcelos, Bete Mendes, Carlos Alberto Riccelli, Fernanda Montenegro, Francisco Milani, Gianfrancesco Guarnieri, Lelia Abramo, Milton Gonçalves, Rafael de Carvalho
Classificação: 14 anos
Local: Cinemateca
Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
Ingresso: Gratuito

 

publicado por o editor às 13:56
link do post | comentar | favorito

MÉTODO DEROSE, TAMBÉM NA SWIMEX

 

 

O Método DeRose, que conta com seis escolas certificadas em Curitiba, agora também pode ser praticado na Academia Swimex. A instrutora Ana Paula Iamane ministra as aulas.
 
O Método DeRose é um conjunto de conceitos e técnicas voltadas para a alta performance em diversas áreas profissionais, pessoais e esportivas.
 
Sistematizado pelo educador DeRose, o Método que leva seu nome utiliza como ferramentas técnicas corporais e conceitos que visam aprimorar as boas relações, entre outras.
 
Trabalha pontos como aumento da concentração, foco, consciência corporal, domínio das emoções, administração do stress e da ansiedade. Para tanto, utiliza ferramentas como controle da respiração e mentalizações, entre muitos outros.
 

 

 
publicado por o editor às 13:55
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Abril de 2015

Sabatina Folha de S. Paulo | Nuno Ramos | Iluminuras

 

 

Clique para ampliar

 

 
publicado por o editor às 14:49
link do post | comentar | favorito

CARLOS NAVAS FAZ HOMENAGEM A MÁRIO REIS NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 

Reabrindo a temporada do projeto Samba de Bamba, músico paulistano canta sucessos da era do rádio

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 05 de maio como atração do projeto Samba de Bamba, o show do cantor paulistano Carlos Navas. O músico sobe ao palco com o repertório do seu elogiado álbum Quando o Samba Acabou, disco que presta homenagem a uma das mais famosas vozes da era do rádio, o carioca Mário Reis (1907-1981).

 

Lançado em 2007, Quando o Samba Acabou é o sexto álbum da carreira de Carlos Navas. O trabalho é dedicado ao cantor Mário Reis e recebeu elogios da crítica especializada, tendo sido a única homenagem em disco ao Bacharel do Samba, como Reis era conhecido. O homenageado é considerado o primeiro inovador do canto no samba, com dicção particular que se aproximava da fala, sendo visto como um dos precursores da bossa nova.

 

Carlos Navas iniciou sua carreira musical como agente e produtor de Tetê Espíndola e Alaíde Costa, no final da década de 1980. Em 1992 começa a participar de shows como backing vocal e passa a se dedicar ao canto. Seu primeiro álbum, Pouco pra Mim, foi lançado em 1997. Com dez discos no currículo, acumula versões, homenagens e reconhecimento de público e crítica.

 

No palco, Navas será acompanhado pelo trio Evandro Gracelli (violão), Humberto Zigler (percussão) e Moisés Alves (piano). O repertório é repleto de clássicos do samba, tendo canções como Se Você Jurar (Francisco Alves/Ismael Silva/Nilton Bastos), Filosofia (Noel Rosa/André Filho) e Jura (Sinhô).

 

O cantor Mario Reis, que ganha a releitura de Navas, era conhecido como Bacharel do Samba por sua formação em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro. Parceiro de Carmen Miranda e Francisco Alves, com quem fez grande sucesso na década de 1930, implementou um canto sincopado, com entonação mais suave, técnica que viria a ser trabalhada posteriormente por João Gilberto. Colega de classe de Ary Barroso, gravou o primeiro sucesso popular do compositor, Vamos deixar de intimidades. Após ficar muitos anos afastado da música, retoma a carreira em 1965, tendo gravado seu último disco em 1971.

 

Samba de Bamba

Em sua terceira temporada, o projeto Samba de Bamba tem a proposta de mostrar ao público que o ritmo brasileiro transcendeu as fronteiras de rodas de samba do Rio de Janeiro. “Se por um lado, o recorte temporal se dá a partir das novas vozes reveladas na revitalização musical da Lapa carioca, por outro é importante observar que seus representantes estão espalhados por todo o país”, explica o coordenador e curador Rodrigo Browne.

 

O formato é semelhante ao programa de mesmo nome que Browne realiza há 19 anos na rádio E-Paraná FM. Durante a transmissão, os convidados comentam a escolha de seus sambas prediletos. No palco, cada artista faz o mesmo, contando o porquê de suas escolhas, bem como suas influências.

 

 

Serviço:

Música: Samba de Bamba apresenta Carlos Navas

Local: CAIXA Cultural Curitiba (Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba)

Data: 05 de maio de 2015

Horário: terça-feira, às 20h

Ingressos: vendas a partir de 02 de maio (sábado). R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA. A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura)

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: Livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 14:48
link do post | comentar | favorito

Últimos dias para conferir a exposição Cruzando Caminhos

 

 

Fotógrafo curitibano relata viagem de 36 dias em livro e exposição

 

Em 2010, o fotógrafo Fritz Jr percorreu os 800 quilômetros que ligam San Jean Pied-des-Ports, no sul da França, até Santiago de Compostela, na Espanha. O trajeto, feito a pé, levou 36 dias e deu origem a uma série de fotografias reunidas pelo autor. A exposição fotográfica que resultou este trabalho fica em cartaz até 30 de abril, no Espaço de Arte (Rua Alberto Folloni, 1534), em Curitiba. A entrada é gratuita. Um livro que reúne as fotos também está disponível no local.

 

De caráter documental e artístico, o trabalho “Cruzando Caminhos” apresenta imagens pautadas em encontros comuns. O livro de 84 páginas contém o material completo, com enxertos de textos relativos ao tema, acompanhados de intervenções do autor, como cortes, furos e colagens. Já a exposição representa um recorte do trabalho, com 17 das principais imagens captadas.

 

O Caminho de Santiago exposto no trabalho se mostra como uma representação metafórica da maneira como a vida pode ser considerada, baseada na compreensão de que os caminhos trilhados são compostos pelas atitudes diariamente utilizadas. “A peregrinação apresentada nas fotos transcende qualquer referência religiosa e passa a caracterizar unicamente o ser transeunte, que interage com condições que ali existem e que proporcionam em troca uma vivência de resultados inesperados”, explica Fritz.

 

Serviço

Exposição fotográfica “Cruzando Caminhos”, de Fritz Jr.

Período expositivo: até 30 de abril.

Local: Espaço de Arte (Rua Alberto Folloni, 1534), em Curitiba/PR.

A entrada é gratuita.

Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 21h30.

Valor do livro: R$ 30.

Informações: (41) 3015-6320

 

 

publicado por o editor às 14:47
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds