Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Ateliê do Ócio ocupará sede do Clube de Criação do Paraná no próximo dia 18 de abril

Uma combinação de atividades voltadas a quem possui uma vida corrida, pouco tempo disponível, mas não dispensa os preciosos momentos em que pode entrar em contato com seu lado cultural. Assim é o Ateliê do Ócio, cujo primeiro módulo ocupará a sede do Clube de Criação do Paraná (CCPR) no próximo dia 18 de abril.

Parceria entre o CCPR, o Drops Cultural e o artista visual, cinéfilo e mestre em Comunicação em Linguagens, Tom Lisboa, o Ateliê do Ócio tem como objetivo estimular os sentidos, despertar a curiosidade, desenvolver a flexibilidade intelectual e exercitar a criatividade. Para tal, apresenta um conteúdo multidisciplinar a cada módulo, com abordagem teórico-reflexivo e abrangendo áreas como cinema, artes visuais, fotografia, literatura, teatro, moda e dança. “São atividades variadas, que ajudam os participantes a fugirem da rotina, com o intuito de que cada um entre em contato com o universo cultural”, explica Tom Lisboa.

Para mais informações sobre preços e formas de pagamento, e para baixar a ficha de inscrição para o primeiro módulo do Ateliê do Ócio, é só acessar o site do Clube de Criação do Paraná (www.ccpr.org.br).

SOBRE CLUBE DE CRIAÇÃO DO PARANÁ (CCPR)
O Clube de Criação do Paraná é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2003 por 22 criativos paranaenses, da qual são associados profissionais paranaenses que atuam na área de criação de empresas de comunicação. Atualmente a sede do Clube fica na Rua Mateus Leme, 4.700 – Parque São Lourenço, dentro do Centro de Criatividade de Curitiba. O CCPR mantém várias atividades e projetos, como o Festival do Anuário, que tem o objetivo de selecionar as melhores peças e campanhas, criadas no Paraná e veiculadas local e nacionalmente (materiais que são editados em livro e DVD, com o objetivo de preservar a memória da Comunicação Paranaense); a Oficina 4x4, curso rápido em quatro módulos sobre vários assuntos de interesse para estudantes e profissionais de Publicidade; Botando Banca, que apresenta projetos desenvolvidos por estudantes; Workchopp, união de palestra e debate que engloba assuntos do mercado publicitário e é realizada mensalmente; e o concurso Mostre a Cara, destinado somente a estudantes e que consiste no desenvolvimento de uma peça ou campanha a partir de um briefing repassado pelo CCPR. O Clube de Criação do Paraná também mantém o site www.ccpr.org.br, atualizado diariamente com informações das agências e profissionais do mercado.

Lançamento do livro “O Chão da renúncia”, de Aida Baptista, no Clube Literário do Porto


Recital de poesia de autores angolanos por Leonor Seixas, acompanhada ao piano por Carla Seixas

 

Piano-Bar - 18 de Abril de 2009

Sábado - 21h30

file:///C:/Documents%20and%20Settings/Aida/Local%20Settings/Temporary%20Internet%20Files/Content.IE5/APV05KBY/Chao+da+Renuncia+O.jpg

"Benguela foi a cidade onde me conheci, cresci e tornei mãe e mulher.

Foi aí que forjei a identidade que carrego nos genes e moldei a minha dupla natureza: europeia, por herança familiar; africana, na incorporação de aprendizagens nascidas de um chão que aprendi a conhecer a partir de uma idade vazia de memórias.

Deixei Benguela no turbilhão da guerra civil, quando a segurança de dois filhos pequenos falou mais alto e ditou um regresso ao chão desconhecido das raízes ancestrais.

Regressei trinta anos depois, na esperança de fechar um ciclo afectivo e profissional que, por razões de natureza pessoal e familiar, fui forçada a encurtar. Durante os dois anos deste meu retorno breve, além das funções oficiais que desempenhei, continuei a prestar a minha colaboração semanal no “Post Milénio”, jornal bilingue voltado para a comunidade lusófona de Toronto, que, presentemente, conta com uma forte presença angolana.

De entre as várias crónicas publicadas, “Chão da Renúncia” é o relato de uma paixão avassaladora, suspensa num desenlace de silêncios sem despedidas. Escolhi-a para título deste livro, porque considero ser a metáfora perfeita da minha relação com Angola - uma história de amor mal resolvida, construída de sentimentos contraditórios e de muitas palavras que ficaram por dizer."

 

Sobre a autora:
Maria Aida Baptista nasceu em Pinheiros, concelho de Tabuaço. Com uma ano de idade foi para Angola, tendo vivido sempre na cidade de Benguela, onde estudou, casou, teve dois filhos e iniciou a sua carreira de docente. De regresso a Portugal, em 1975, fez a Licenciatura em História e uma Pós-graduação em Estudos Europeus na Universidade de Coimbra e o Mestrado em Literatura e Cultura Portuguesas, na Universidade Nova de Lisboa. Desde 1989 foi Leitora de Língua e Cultura Portuguesa do ICALP e Instituto Camões em Helsínquia, Toronto e Benguela. Publicou a sua primeira obra “Passaporte inconformado”, em 2003 e mais recentemente “O chão da renúncia”.

 

Clube Literário do Porto
Rua Nova da Alfândega, n.º 22
4050-430 Porto
T. 222 089 228
Fax. 222 089 230
Email: clubeliterario@fla.pt
URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt
BLOGUE: http//www.clubeliterariodoporto.blogspot.com


publicado por o editor às 11:20
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds