Domingo, 28 de Setembro de 2008

Cinemateca exibe trilogia de Alexandre Damiano Junior


Histórias de amor são contadas em três filmes curtas-metragens

do diretor carioca Alexandre Damiano Junior.



O amor com seus caminhos e descaminhos é o tema central de três filmes rodados no formato de curta-metragem, que serão exibidos nesta terça-feira (30), às 19h30, na Cinemateca de Curitiba, com entrada franca. A trilogia é do cineasta carioca Alexandre Damiano Junior, que estará presente à sessão. Nessa noite, antes do apagar das luzes, Damiano Junior autografará seu livro Pororoca – Artes Visuais e Textos, no qual registra sua trajetória artística por meio de textos, fotos e desenhos.

A somatória dos três curtas resulta em cerca de uma hora. Nesse período tem-se a narrativa do dia-a-dia de um casal de namorados, seus encontros e desencontros. Os filmes foram rodados nos anos de 2006, 2007 e 2008, respectivamente, e cada qual mostra uma fase dessa história de amor.

Em O Técnico da TV (2006), um jovem casal decide voltar a se relacionar devido a um perigo iminente. Depois de algum tempo juntos, a relação começa a se desgastar e a solução para o mal-estar está na busca por novas possibilidades. Esse é o tema de Feliz Aniversário (2007). O terceiro filme, Três Reais (2008), encerra a trilogia com praticidade filosófica e matemática quando conclui que, no amor, um mais um é igual a três.



O cineasta – Alexandre Damiano Junior, além de cineasta e fotógrafo, é artista plástico e escritor. Estudou cinema no New York University (EUA), fez pós-graduação em Artes Visuais pela School of Visual Arts de Nova York (EUA) e em Fotografia pela Faculdade Cidade do Rio de Janeiro. Como diretor, respondeu por vários curtas e médias-metragens.



Serviço:

Exibição da trilogia do diretor Alexandre Damiano Junior: O Técnico da TV, Feliz Aniversário e Três Reais. Antes da sessão haverá lançamento do livro Pororoca – Artes Visuais e Textos, de sua autoria.

Data e horário: 30 de setembro de 2008 (terça-feira), às 19h30

Local: Cinemateca de Curitiba (Rua Carlos Cavalcanti, 1.174)

Entrada franca

publicado por o editor às 11:59
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds