Terça-feira, 15 de Julho de 2014

CHEGOU O SEGUNDO VOLUME DA TRILOGIA DO ESCRITOR FRANCÊS MAIS VENDIDO NO PLANETA

 

       

O sopro dos Deuses (Vol. 2 - Trilogia O Ciclo dos Deuses)

de  Bernard Werber

Título Original:     Le Souffle des Dieux

Tradutor:     Jorge Bastos

Gênero:     Romance estrangeiro
Coleção:     O Ciclo dos Deuses
Páginas:     588
Formato:     16 x 23 cm

  



No início, quando chegaram à cidade de Olímpia e foram aprovados na categoria de anjos da guarda, os alunos-deuses eram 144. Agora, esse número está reduzido quase pela metade. Ao longo do jogo em que precisam fazer evoluir seus próprios humanos – e ao fim do qual somente um aluno sairá vencedor –, muitos já foram eliminados e transformados em seres mitológicos. Diante desses perigos, Michael Pinson tenta sobreviver e impedir a extinção de seu povo.

Uma história onde se aprende de forma divertida sobre mitologia e sobre história geral através de uma releitura de importantes episódios da humanidade. O sopro dos Deuses apresenta um mundo divino de fantasia, repleto de suspense e imaginação, com uma emocionante reflexão filosófica sobre a história humana e o significado da vida.

 O AUTOR


·     Bernard Weber é conhecido mundialmente pela série best-seller O Império das Formigas, que vendeu mais de um milhão de cópias somente na França.

·     Escritor francês mais lido em todo o mundo, com todos os seus livros elogiados pela imprensa do seu país. Traduzido para mais de 25 idiomas e com mais de 20 milhões de exemplares vendidos no planeta.





Lançamento


publicado por o editor às 15:10
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 23 de Maio de 2014

Os desorientados de Amin Maalouf

 




   

Os desorientados

de   Amin Maalouf

Título Original:     Les désorientés
Tradutor:     Clóvis Marques
  
Páginas:     490
Formato:     16 x 23 cm


Durante 25 anos, Adam não voltou mais à sua terra natal. Depois de fugir da guerra que assolou seu país, ele foi viver na França e se tornou um historiador renomado. Nesse meio-tempo, perdeu contato com seu círculo de amizade, que se dispersou por diversos lugares do mundo em busca de exílio. Quando decide voltar, o protagonista sente-se um estrangeiro em seu próprio país.   Os desorientados é um romance que expõe o que representaram os conflitos para aqueles que hoje estão na meia-idade. Até agora poucas obras haviam sido escritas a respeito dos anos de guerra e da carnificina ocorrida no Líbano. Maalouf faz isso
sem comiseração, mas com sabedoria, adquirida após anos de estudo e vivência. Ao trazer à tona a questão cultural e exclusão dos cidadãos em sua própria pátria, o autor aborda, sem citá-la diretamente, a guerra no Líbano e aspectos negativos da sociedade libanesa.   


 

A CRITICA 

“Amin Maalouf exibe sentimentos e ideias que agitam o coração e a mente de libaneses exilados, perfeitamente incorporados em personagens retirados de sua memória e intensificados por sua imaginação.” (Journal du Dimanche)

 “A grande virtude deste belo romance é dar à guerra uma força humana.” (L’Express)

“EXISTEM ROMANCES QUE CONTINUAM A RESSOAR DENTRO DE NÓS POR MUITO TEMPO DEPOIS DE SEREM LIDOS. OS DESORIENTADOS É UM DELES”. - LE FIGARO

O AUTOR

Amin Maalouf nasceu em 1949, no Líbano. Em 1976, quando trabalhava como jornalista, precisou se refugiar em Paris por causa da guerra civil que eclodiu em seu país. Como escritor, já publicou diversos livros, entre romances e ensaios, tendo sido traduzido para dezenas de línguas. Membro da Academia Francesa desde 2011, quando assumiu a cadeira de Claude Lévi-Strauss, Maalouf foi vencedor de vários prêmios, entre eles o Goncourt, uma das mais importantes premiações da literatura francesa, além do Príncipe das Astúrias, pelo conjunto de sua obra. No Brasil, além de Os desorientados, lançou também o livro O mundo em desajuste pela Difel.


Amin Maalouf - Los desorientados

Nos trasladamos a París para conversar con Amin Maalouf sobre su esperada vuelta a la novela y hablar sobre su nuevo libro "Los Desorientados".









Lançamento

 

publicado por o editor às 03:29
link do post | comentar | favorito

O sol também se levanta

 

O sol também se levanta

de Ernest Hemingway

Título Original:     The sun also rises
Tradutor:     Berenice Xavier

Páginas:     294

  

A NOVA EDIÇÃO DO PRIMEIRO ROMANCE DE UM DOS MAIORES ESCRITORES DE TODOS OS TEMPOS

O sol também se levanta é uma obra vigorosa que retrata, em estilo direto e despojado, os conflitos e frustrações dos norte-americanos e ingleses que vivem em Paris após a Primeira Guerra Mundial. Numa linguagem acelerada, Hemingway cria personagens que logo se inserem no convívio do leitor, destacando-se, entre eles, como figuras marcadas e marcantes, Jake Barnes, jornalista emasculado por um ferimento de guerra, Lady Brett Ashley, jovem viúva inglesa por quem ele estava apaixonado, Robert Cohn, o escritor em busca de seu caminho, Mike Campbell, o playboy inglês que também fazia a corte a Lady Brett, e Pedro Romero, o toureiro espanhol com quem ela tem um caso.

Para O Sol Também se Levanta Hemingway elaborou tipos humanos complexos, representando assim uma geração contaminada pela ironia e pelo vazio diante da vida, com seus valores morais destruídos pela guerra e irremediavelmente perdidos. Temas como a solidão e a morte, os preferidos do escritor, são explorados de forma brilhante. Escrito originalmente em 1926 e publicado em 1927, este é considerado por muitos como sua obra mais refinada em termos de técnica literária.



The Sun Also Rises (1957) - Trailer 

 Great cast, if a little too old for the parts they played .. still it's great to see these stars once again. Ty Power died the following year ... Errol Flynn the year after that. I find this movie a little melancholy.

 

 

 

 

 


um lançamento


 

publicado por o editor às 03:25
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Março de 2014

Por quem os sinos dobram de Ernest Hemingway

 

 


Por quem os sinos dobram 

de  Ernest Hemingway

 

 

Título Original:   For whom the bells toll 
 
Tradutor:   Luís Peazê 
 

  
Páginas:  624 
 
Formato:  16 x 23 cm 







Esta comovente história, cujo pano de fundo é a Guerra Civil Espanhola, narra três dias na vida de um americano que se ligara à causa da legalidade na Espanha. O autor conseguiu que seus leitores sentissem que o ocorrido no país ibérico, em 1937, era apenas um aspecto da crise do mundo moderno.  A trama gira em torno de Robert Jordan, americano integrante das Brigadas Internacionais, que luta ao lado do governo democrático e republicano, recebendo a missão de dinamitar uma ponte. Com ele está um grupo de guerrilheiros/ciganos, integrado por Pilar, mulher com extraordinária força de vontade, o perigoso Pablo e a bela Maria. A relação entre Robert e Maria acabou por se tornar uma das mais inesquecíveis histórias de amor da literatura moderna. A obra foi eternizada no cinema, dirigida por Sam Wood, com Gary Cooper e Ingrid Bergman nos papéis principais.    



A CRITICA
"Hemingway produziu um livro que ocupa lugar à parte na literatura moderna.” (Ênio Silveira)
 

  

For Whom The Bell Tolls (1943) - Complete 

 Filme baseado na obra de Ernest Hemingway sobre a guerra civil espanhola , a qual lutou do lado republicano.

 

 

 Lançamento

publicado por o editor às 23:28
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Março de 2014

À espera de Frankie de Maeve Binchy

 

 

À espera de Frankie

de  Maeve Binchy

Título Original:     Minding Frankie
Tradutor:     Michele MacCulloch

Páginas:     476
Formato:     16 x 23 cm

  

AUTORA BESTSELLER EM TODO O MUNDO ESTÁ DE VOLTA COM UMA HISTÓRIA CHEIA DE ALEGRIA E ESPERANÇA 

A mãe de Frankie está desesperada para encontrar alguém que cuide de sua filha, mas não tem muito tempo de vida. Noel não parece ser o mais promissor dos pais, mas, apesar de tudo, pode ser a maior esperança da menina. Lisa está pronta para abrir mão de tudo pelo homem que ama; mas será que ele vai retribuir seu amor? E Moira sabe o que é certo e tem o poder de mudar a vida de Frankie, porém também tem segredos a esconder. À espera de Frankie é uma história sobre famílias não convencionais, relacionamentos que não são o que parecem e um bebê no centro da vida de todas as pessoas. Uma das grandes qualidades de Maeve Binchy é introduzir novos personagens na história sem causar estranhamento, fato comum em romances com vários heróis. E, depois que eles estão inseridos na trama, os leitores dificilmente conseguem não se apegar, seja para o bem ou para o mal.




A CRITICA
 “Uma escritora com um dom extraordinário.” (The New York Times) “Enfim, Maeve voltou, e no melhor da forma!” (The Times)






A AUTORA
Maeve Binchy
nasceu em Dublin e cursou a University College na mesma cidade. Após um período lecionando em escolas que só aceitavam meninas, ela foi trabalhar no Irish Times. Seu primeiro livro, Light a Penny Candle, foi lançando em 1982, e desde então ela escreveu mais de vinte livros, todos best-sellers. Vários foram adaptados para o cinema e para a televisão, e os mais famosos são Circle of Friends e Tara Road. Pela Bertrand Brasil, publicou o best-seller Coração e Alma. Recebeu o prêmio Lifetime Achievement da British Book Awards em 1999 e o Lifetime Achievement da RNA em 2010. Faleceu em 2012.


Visite www.maevebinchy.com

Maeve Binchy | What's the Meaning of Life?



Lançamento

 

publicado por o editor às 16:48
link do post | comentar | favorito

Nós, os Deuses


   

Nós, os Deuses

de   Bernard Werber

Título Original:     Nous, les Dieux
Tradutor:     Jorge Bastos

Coleção:     O Ciclo dos Deuses
Páginas:     434
Formato:     16 x 23 cm



Após evoluírem em suas vidas como mortais e desempenharem satisfatoriamente a função de anjo da guarda, os alunos-deuses receberam a missão de gerenciar multidões humanas. Para isso, cada um deles é encarregado de cuidar de uma população, ajudá-la a desenvolver instintos de sobrevivência, criar cidades, guerrear e inventar religiões. Entre os escolhidos para essa nova turma de estudantes divinos estão figuras anônimas, como o protagonista Michael Pinson e seus amigos, e personalidades ilustres, como Marilyn Monroe e Édith Piaf. Uma história em que os leitores aprenderão, de forma divertida, sobre mitologia e, além disso, sobre história geral. Por meio do narrador, Werber apresenta uma releitura de episódios importantes da humanidade, descrevendo-os sem citá-los diretamente. Na verdade, ele fornece dicas para que os leitores possam interpretá-los e descobrirem sozinhos do que se trata. Bernard Werber leva o leitor ainda mais longe na descoberta das espiritualidades e mitologias. No fim dessa extraordinária saga, em que se misturam aventura, suspense e humor, todos vão se perguntar: “E eu, se fosse Deus, o que faria?”


O AUTOR

Bernard Werber começou a estudar jornalismo em 1982, quando, então, descobriu o escritor Philip K. Dick. Entre 1983 e 1990, trabalhou como jornalista para a revista científica Nouvel Observateur enquanto começava a escrever seus romances. Em 1991, publicou seu livro de estreia, As formigas. O sucesso foi imediato: mais de 1 milhão de exemplares vendidos somente na França. Isso o impulsionou a publicar mais dois volumes – O dia das formigas e A revolução das formigas – e formar uma trilogia, publicada pela Bertrand Brasil. Nós, os deuses é o seu quarto lançamento no Brasil, e o primeiro volume da trilogia O Ciclo dos Deuses. Para saber mais sobre o autor, acesse www.bernardwerber.com

Escritor francês mais lido em todo o mundo, com todos os seus livros elogiados pela imprensa do seu país. Traduzido para mais de 25 idiomas e com mais de 20 milhões de exemplares vendidos no planeta, o autor foi adotado em escolas e universidades de diversos países.

Les grandes rencontres de Philippe Lapousterle. L'homme qui tutoie les Dieux, grande rencontre avec Bernard Werber.



Lançamento





 

publicado por o editor às 16:48
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Janeiro de 2014

Alfabeto dos ossos de Louise Welsh

 

 

   

Alfabeto dos ossos

de    Louise Welsh

Título Original:     Naming the bones
Tradutor:     Bruna Hartstein

Páginas:     462
Formato:     16 x 23 cm


Com uma escrita afiada e após centenas de pedidos de leitores brasileiros, chega ao Brasil Alfabeto dos ossos, de Louise Welsh. O livro combina uma dose forte de suspense com linguagem e estrutura literárias. Quando publicado, surgiram comparações com Ruth Rendell e P.D. James, e, até os mais fervorosos fãs da autora surpreenderam-se positivamente com este novo romance.  Alfabeto dos ossos apresenta a busca incessante de um professor universitário, Murray Watson, por informações sobre um poeta controverso, Archi Lunan, que há décadas publicou apenas uma obra. Murray, fã desde que era jovem, até hoje não entende por que só um livro, mesmo que este tenha recebido elogios e por que Lunan sumiu logo após a publicação. Em sua busca, o docente se surpreende quando, ao pesquisar a vida de Archie, não encontra praticamente nada. Além de não ter tido amigos, todos dizem não se lembrar do poeta e não saber nada sobre sua única obra. Contudo, ele percebe que os entrevistados escondem algo e que existe um grande ressentimento quanto a Lunan. Para piorar, a única pessoa que poderia ajudá-lo, a ex-mulher do escritor, mora numa ilha e se nega a conversar com o professor.  O livro expõe também como é restrito e corporativista o círculo literário britânico. Talvez similar à maior parte do mundo. Ao investigar a vida de Lunan, Murray depara-se com descaso de professores, de escritores, de bibliotecários, entre outros.  Louise Welsh retrata o mundo literário de um ângulo diferente, utilizando várias passagens poéticas que, ao se misturarem ao texto dinâmico em prosa, criam uma combinação diferente e de sucesso.

A CRITICA
“Não é a mágica que nos conduz para um outro mundo — é a narrativa da história. E Louise Welsh é amante dessa noite escura.” (Val McDermid)
“Magistral. Um enredo cada vez mais profundo de segredos, mentiras e morte.” (The Times)
“Welsh acumula tensão capítulo após capítulo. Arrebatador.” (Vogue)




A AUTORA
Louise Welsh
nasceu em 1965 e estudou História na University of Glasgow, na Escócia, onde ainda vive. Em 2002, lançou The Cutting Room, livro que ganhou o prêmio do Crime Writers’ Association de melhor romance policial de estreia. Já escreveu cinco livros. Alfabeto dos ossos é o primeiro pela Bertrand Brasil.





Lançamento

 

publicado por o editor às 11:42
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013

Mentiras genuínas de Nora Roberts

 

   

Mentiras genuínas

de   Nora Roberts

Título Original:     Genuine Lies
Tradutor:     Bruna Hartstein
   
Páginas:     630
Formato:     16 x 23 cm


Com quase 680 milhões de exemplares vendidos no mundo, traduzidos para mais de quarenta idiomas, em que, somados, permaneceram quase mil semanas na lista de mais vendidos do The New York Times, Nora Roberts apresenta um de seus maiores sucessos: Mentiras genuínas.

Eve Benedict fez de quase tudo na vida. Foi uma das maiores atrizes da história de Hollywood, ganhou dois Oscar e um Tony, teve quatro maridos e uma legião de amantes. Sua beleza é estonteante, seu poder, inigualável. Não há segredo ou mentira de Hollywood que ela não conheça. Após cinquenta anos sob os holofotes, ela quer passar sua vida para o papel. Mas todos estão a seus pés, implorando para que ela não faça isso. Até que ponto a renomada biógrafa Julia Summers estará disposta a arriscar a própria vida pelos segredos de outra mulher?

Mentiras genuínas traz uma história eletrizante de suspense, intriga e romance. Para isso, Nora Roberts criou um cenário vívido de Hollywood, centro cinematográfico mais importante do mundo, onde muitos mistérios pairam no ar. No fim, por meio de muitas reviravoltas, o leitor terminará o sem acreditar no desfecho.

“Simplesmente inigualável.” (The Boston Globe)

“Nora Roberts consegue realizar os nossos maiores sonhos.” (The New York Times)

“Nora Roberts faz um trabalho magnífico ao entrelaçar as excitantes histórias do passado de Eve Benedict à história de amor que se desenvolve.” (USA Today)


Lançamento





 

publicado por o editor às 21:04
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Mentiras genuínas de Nora Roberts

 

   

Mentiras genuínas

de   Nora Roberts

Título Original:     Genuine Lies
Tradutor:     Bruna Hartstein
   
Páginas:     630
Formato:     16 x 23 cm


Com quase 680 milhões de exemplares vendidos no mundo, traduzidos para mais de quarenta idiomas, em que, somados, permaneceram quase mil semanas na lista de mais vendidos do The New York Times, Nora Roberts apresenta um de seus maiores sucessos: Mentiras genuínas.

Eve Benedict fez de quase tudo na vida. Foi uma das maiores atrizes da história de Hollywood, ganhou dois Oscar e um Tony, teve quatro maridos e uma legião de amantes. Sua beleza é estonteante, seu poder, inigualável. Não há segredo ou mentira de Hollywood que ela não conheça. Após cinquenta anos sob os holofotes, ela quer passar sua vida para o papel. Mas todos estão a seus pés, implorando para que ela não faça isso. Até que ponto a renomada biógrafa Julia Summers estará disposta a arriscar a própria vida pelos segredos de outra mulher?

Mentiras genuínas traz uma história eletrizante de suspense, intriga e romance. Para isso, Nora Roberts criou um cenário vívido de Hollywood, centro cinematográfico mais importante do mundo, onde muitos mistérios pairam no ar. No fim, por meio de muitas reviravoltas, o leitor terminará o sem acreditar no desfecho.

“Simplesmente inigualável.” (The Boston Globe)

“Nora Roberts consegue realizar os nossos maiores sonhos.” (The New York Times)

“Nora Roberts faz um trabalho magnífico ao entrelaçar as excitantes histórias do passado de Eve Benedict à história de amor que se desenvolve.” (USA Today)


Lançamento





 

publicado por o editor às 00:34
link do post | comentar | favorito

Riquezas ocultas de Nora Roberts

 


   

Riquezas ocultas

de    Nora Roberts

 

Título Original:     Hidden Riches
Tradutor:     Carolina Selvatici
EAN:     9788528618396
Gênero:    
Páginas:     518
Formato:     16 x 23 cm

  

Nora Roberts é, hoje, a maior escritora do mundo – 680 milhões de exemplares vendidos –, tendo figurado nas principais listas de best-sellers com quase 100% de seus títulos. O motivo de seu sucesso pode ser comprovado em Riquezas ocultas, obra em que alia seus dois ingredientes preferidos: romance e mistério. Dora Conroy é dona de um antiquário da Filadélfia e comprou uma série de itens curiosos num leilão na Virginia – objetos que ela própria considerou novidades para a sua loja. Enquanto isso, do outro lado do país, o contrabandista Edmund Finley descobre que o pacote que recebeu contém, na verdade, objetos sem valor algum. Disposto a recuperar o que lhe foi, de algum jeito, roubado, o bandido fará de tudo para encontrar quem está de posse das relíquias ocultas. Segundo ele, com certeza, esta pessoa não sairá viva. Quando Dora e seu misterioso vizinho, o ex-policial Jed Skimmerhorn, começam a investigar os diversos roubos e mortes que cercam os itens arrebatados no leilão, descobrem que tesouros preciosos são mascarados em peças vagabundas, de pouco valor.  A criatividade de Nora Roberts não tem limites: ela mergulha no exótico e decadente mundo das antiguidades e traz à tona uma história em que a posse é uma obsessão letal, e um simples e mínimo erro pode levar a uma série de assassinatos. Violentos.   


 A CRITICA
“Dora e Jed fazem um par sem igual nas histórias de Nora Roberts.”  (Los Angeles Times) “Riquezas ocultas nos apresenta a uma heroína capaz de conquistar qualquer leitor.” (USA Today) “Nora Roberts mantém o leitor absorto nessa pérola do suspense.”  (Kirkus Reviews)
Lançamento

 

publicado por o editor às 00:10
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds