Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

SEMANA CRIATIVA PARA ARTISTAS EMPREENDEDORES NA PROGRAMAÇÃO DE FÉRIAS DA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 

Atividades são oferecidas pelo Programa Educativo Gente Arteira

 

 

A CAIXA Cultural Curitiba oferece, de 24 a 29 de janeiro, atividades voltadas à economia criativa e colaborativa, dentro da programação de férias 2017, que integra o Programa Educativo Gente Arteira, da CAIXA Cultural. A Semana Criativa vai explorar também temas como a elaboração de projetos culturais, encadernação artesanal, gravura para educadores, estamparia, modelos de negócios culturais e criativos e ainda terá uma visita mediada aos espaços culturais da região central.

 

Responsável por uma palestra e por uma oficina durante a Semana Criativa, a professora e especialista em linguística e em economia, Patrizia Bittencourt, diz que a inclusão deste tema durante a programação de férias atende a um pedido dos próprios artistas e produtores culturais que já ocupam e frequentam a CAIXA Cultural.

 

“Vou apresentar os princípios da economia criativa e as tendências desse setor que tem crescido muito. A ideia é que os participantes, mesmo aqueles que já desenvolvem uma atividade criativa, possam ampliar seu olhar, trazendo esses conceitos para a sua realidade”, afirma. Patrizia ressalta que os profissionais do design, da moda, do artesanato, do patrimônio cultural, artistas em geral podem aproveitar os temas que podem ter interface com a tecnologia.

 

A programação de férias será encerrada com a Semana Geek, de 31 de janeiro a 5 de fevereiro.

 

Veja a programação da Semana Criativa:

 

Evento: Palestra “Oportunidades e negócios da Economia Criativa e Colaborativa” – Com Patrizia Bittencourt

Palestra apresenta um panorama sobre princípios, abordagens e tendências em negócios, inovação de processos e tecnologias sociais provenientes da chamada Economia Criativa.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Teatro da CAIXA – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 24 de janeiro de 2017 (terça-feira)

Horários: 19h às 21h

Vagas: 120 vagas

Inscrições gratuitas: retirada de senha uma hora antes do evento, com Equipe Gente Arteira

Classificação etária: recomendado para maiores de 16 anos

 

Evento: Palestra “Tudo o que você queria saber para montar sua exposição mas tinha vergonha de perguntar” – Com Ana Rocha

Palestra voltada à classe artística e interessados sobre o planejamento de projetos, vocabulário dos editais e outros assuntos que norteiam a elaboração de propostas.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Teatro da CAIXA – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 25 de janeiro de 2017 (quarta-feira)

Horários: 19h às 22h

Vagas: 120 vagas

Inscrições gratuitas: retirada de senha uma hora antes do evento, com Equipe Gente Arteira

Classificação etária: recomendado para maiores de 16 anos

 

Evento: Oficina de Encadernação Artesanal – Com Karina Melo

Oficina propõe noções básicas sobre as técnicas de costura manual através da confecção de um sketchbook utilizando a costura copta, técnica de costura aparente onde não se utiliza cola.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Sala de Oficinas – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 26 de janeiro de 2017 (quinta-feira)

Horários: 16h às 20h

Vagas: 10 vagas

Inscrições gratuitas: de 3 a 25 de janeiro pelo e-mail gentearteirapr@caixa.gov.br

Classificação etária: recomendado para maiores de 16 anos

 

Evento: Oficina de Introdução à Gravura para Educadores – Com Karina Melo e Ellen Biora

Oficina introduz a linguagem da gravura e propõe a experimentação de diferentes técnicas, com materiais acessíveis e que podem ser utilizados em sala de aula. Atividade voltada para profissionais da área da educação.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Sala de Oficinas – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 27 de janeiro de 2017 (sexta-feira)

Horários: 16h às 20h

Vagas: 15 vagas

Inscrições gratuitas: de 3 a 26 de janeiro pelo e-mail gentearteirapr@caixa.gov.br

Classificação etária: recomendado para maiores de 16 anos

 

Evento: Oficina Trajetos Mediados – Com Bruno Souza

Oficina na qual os participantes, em uma visita mediada, sairão da CAIXA Cultural, após observarem a exposição “Êxodos”, de Sebastião Salgado, em cartaz nas galerias da CAIXA, e percorrerão os espaços culturais da região central de Curitiba. A oficina propõe a reflexão e o debate a respeito de temas explorados na exposição de Salgado, como a crise migratória, o caráter etnográfico que a arte pode assumir, as técnicas que a fotografia permite, a linguagem da fotografia na atualidade, e

ntre outros aspectos.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Sala de Oficinas – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro, seguido de visita aos espaços culturais da cidade

Data: 28 de janeiro de 2017 (sábado)

Horários: 10h às 13h

Vagas: 15 vagas

Inscrições gratuitas: de 3 a 27 de janeiro pelo email gentearteirapr@caixa.gov.br

Classificação etária: recomendado para maiores de 15 anos

 

Evento: Oficina de Estamparia – com Cristina Araújo Rosa

Oficina com foco na criação e na experimentação de diferentes técnicas de estamparia e no estudo de conceitos como composição e padronagem.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Sala de Oficinas – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 28 de janeiro de 2017 (sábado)

Horários: 14h às 18h

Vagas: 15 vagas

Inscrições gratuitas: de 3 a 27 de janeiro pelo e-mail gentearteirapr@caixa.gov.br

Classificação etária: recomendado para maiores de 15 anos

 

Evento: Oficina de Criação de Modelos de Negócios Culturais e Criativos – com Patrizia Bittencourt

Laboratório para a prática da modelagem de negócios. Entre os temas explorados estão as características do empreendedor, o desenvolvimento de uma atitude empreendedora, como transformar uma ideia em realidade, as ferramentas que podem ser utilizadas e as diferenças entre modelo de negócio e plano de negócio.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Sala de Oficinas – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 29 de janeiro de 2017 (domingo)

Horários: 14h às 18h

Vagas: 20 vagas

Inscrições gratuitas: de 3 a 28 de janeiro pelo e-mail gentearteirapr@caixa.gov.br

Classificação etária: recomendado para maiores de 16 anos

 

publicado por o editor às 08:59
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

ORQUESTRA FILARMÔNICA DE VIOLAS SOBE AO PALCO DA CAIXA CULTURAL CURITIBA COM 18 VIOLEIROS

 

 

Projeto Brasil de Dentro promete encantar o público com repertório que passa por Villa-Lobos, Milton Nacimento, Almir Sater e muito mais

 

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 27 a 29 de janeiro, a Orquestra Filarmônica de Violas, que integra o projeto Brasil de Dentro – tradições e modernidades na viola caipira. Em Curitiba, eles interpretam obras importantes da música de concerto e da canção brasileira e internacional e recebem como convidados Ricardo Herz (violino brasileiro) e Alexandre Ribeiro (clarinete).

 

As músicas escolhidas para o concerto incluem obras de Villa-Lobos, Milton Nascimento, Tavinho Moura, Ernesto Nazareth, Dominguinhos/Gil, Almir Sater e Tião Carreiro.  

 

A elaboração e interpretação dos arranjos são diferenciais da Filarmônica, que utiliza a estrutura equivalente aos naipes orquestrais, mas apenas com violas caipiras. Os violeiros são divididos em naipes (subgrupos) que executam, simultaneamente, linhas musicais independentes dentro de cada música. Agrupados por funções, diferentes naipes fazem melodia, acompanhamento com acordes, linhas de baixo, segunda melodia e percussão. Tudo utilizando o mesmo instrumento. O resultado sonoro harmonioso da viola brasileira de dez cordas, vivo, rico em detalhes e ao mesmo tempo popular, provoca uma ampla gama de sonoridades, texturas e nuances.

 

Além de arranjos bem elaborados, o desenvolvimento musical dos integrantes da Filarmônica é surpreendente.

 

Álbum Encontro das Águas

 

O show em Curitiba marca também o lançamento do álbum Encontro das Águas, que tem direção de João Paulo Amaral e como convidados alguns dos mais renomados solistas brasileiros da atualidade, de diferentes segmentos e estilos: Nailor Azevedo, o “Proveta”, e Alexandre Ribeiro no clarinete e saxofone, Fabio Presgrave no violoncelo, Ricardo Herz no violino, Toninho Ferragutti com seu acordeom. Além de participar como solista de violão de 8 cordas, e Chrystian Dozza compôs uma obra sob encomenda para a Filarmônica de Violas.

 

O álbum integra o projeto Brasil de Dentro – tradições e modernidades na viola caipira que consiste ainda na criação de uma plataforma online sobre a OFV e que serve também como difusora de conhecimento acerca do instrumento –  www.filarmonicadeviolas.com.br.

 

Trajetória resumida

 

A Filarmônica de Violas surgiu em 2001 na cidade de Campinas (SP), idealizada pelo reconhecido violeiro e pesquisador Ivan Vilela, que durante nove anos implementou sua proposta pioneira de aplicar arranjos orquestrados para um grupo instrumental apenas formado por violas caipiras. A partir de 2011, após um período de transição, o projeto musical continuou a ser desenvolvido sob a direção de João Paulo Amaral.

 

A Orquestra já registrou seu trabalho em dois álbuns homônimos, lançados em 2005 e 2011. Dentre os prêmios e indicações do grupo, destaques para Prêmio Rival-Petrobrás em 2005 na categoria Atitude, prêmios dos editais ProAC para a turnê Viola na Trilha dos Bandeirantes em 2008 e a criação da Plataforma online Filarmônica de Violas, em 2015.

 

O grupo já tocou com nomes como Tinoco, Tetê Espíndola, Irmãs Galvão, Renato Brás, Ana Luiza, Ná Ozetti, Suzana Salles, Ana Gilli, Paulo Freire, Lenine Santos, Nailor Proveta e Fabio Presgrave.

 

Vídeos da Orquestra Filarmônica de Violas:

 

https://www.youtube.com/watch?v=uo8-PhTO_0I (Lamento Sertanejo)

 

https://www.youtube.com/watch?v=xdJ0rx-0UQc (teaser Brasil de Dentro)

 

 

Serviço

Música: Brasil de Dentro – Orquestra Filarmônica de Violas

Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 27 a 29 de janeiro de 2017 (sexta a domingo)

Horário: sexta-feira e sábado, às 20h. Domingo, às 19h.

Ingressos: vendas a partir de 21 de janeiro (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

 

publicado por o editor às 17:31
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Janeiro de 2017

SEMANA KIDS NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

PROGRAMA EDUCATIVO GENTE ARTEIRA PREPARA BRINCADEIRAS PARA ADULTOS E CRIANÇAS NA CAIXA CULTURAL CURITIBA 

Entre os destaques da programação da Semana Kids, as atividades da Casa Labirinto que estarão espalhadas pelo hall de entrada durante dois dias

 

 

A CAIXA Cultural Curitiba oferece, de 17 a 22 de janeiro, atividades dirigidas aos bebês e crianças que, junto com os pais ou responsáveis, terão a oportunidade de participar de muitas brincadeiras. A Semana Kids integra a programação de férias 2017 e foi elaborada pelo Programa Educativo Gente Arteira, da CAIXA Cultural. Só neste período, serão cerca de 22 horas de atividades que vão desde a confecção de bonecas africanas e oficinas de mobiles até contações de histórias e os desafios propostos de forma lúdica pela equipe da Casa Labirinto.

 

No sábado e no domingo, dias 21 e 22, das 14h às 18h, a Casa Labirinto ocupará todo o hall de entrada da CAIXA Cultural. Tapetes em EVA e lonas labirinto formarão quatro circuitos com paredes feitas de tijolos de espuma multicoloridos.  Grandes dados de espuma e outros elementos vão enriquecer as brincadeiras e a imaginação. 

 

O arte-educador Claudio Ganesh comemora a oportunidade de levar o jeito de brincar da Casa Labirinto para o público de forma tão acessível. Responsável pela coordenação da equipe que vai orientar as atividades, ele revela que o espaço será totalmente preparado para o brincar, dentro da metodologia desenvolvida pela equipe do projeto. 

 

“É uma oportunidade especial de integrar adultos e crianças nas brincadeiras feitas no solo, no nível da criança, com brincadeiras musicais, danças, explorando o faz de conta”, comenta Claudio, que também é professor de ioga para crianças. Ele lembra ainda que o uso de labirintos representa o resgate de um símbolo, mas é também uma proposta inovadora de muitas descobertas, capaz de estimular a concentração e o equilíbrio. 

 

A programação férias se estende até o dia 5 de fevereiro com a Semana Criativa, de 24 a 29 de janeiro, e a Semana Geek, de 31 de janeiro a 5 de fevereiro. 

 

Veja a programação da Semana Kids:

 

Evento: Oficina de Criação de Móbiles “Ojos de Dios” – com Ana Zagonel Pereira e Ariane Azambuja Salgado 

Atividade propõe a criação de móbiles a partir da trama de fios coloridos, abordando a diversidade cultural e aspectos da linguagem visual como a cor e a forma. Oficina voltada a crianças acompanhadas de seus responsáveis.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – hall de entrada – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 17 de janeiro de 2017 (terça-feira)

Horário: 14h às 18h (com sessões a cada 30 minutos)

Vagas: 15 por sessão (conforme ordem de chegada)

Classificação etária: recomendado para crianças maiores de 4 anos

 

Evento: Contações de Histórias na CAIXA Cultural – com Grupo ContARte 

Sessões de contação de histórias clássicas da literatura infantil para estimular a imaginação. Em cada sessão será contada uma história diferente, com duração de 50 minutos.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – hall de entrada – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 18 de janeiro de 2017 (quarta-feira)

Horários: 11h, 14h e 15h30

Vagas: 40 por sessão (conforme ordem de chegada)

Classificação etária: recomendado para crianças maiores de 3 anos

 

Evento: Oficina de Confecção de Bonecas Abayomis – com Ana Zagonel Pereira e Ariane Azambuja Salgado 

Oficina para adultos e crianças de confecção conjunta de pequenas bonecas africanas. A palavra Abayomi tem origem Iorubá, e significa “encontro precioso”. Ela dá nome a uma boneca, símbolo de resistência e afeto entre as mães africanas e as crianças.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – hall de entrada – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 19 de janeiro de 2017 (quinta-feira)

Horário: 14h às 18h (com sessões a cada 30 minutos)

Vagas: 15 por sessão (conforme ordem de chegada)

Classificação etária: recomendado para crianças maiores de 4 anos 

 

Evento: Contações de Histórias na CAIXA Cultural – com Grupo ContARte 

Sessões de contação de histórias clássicas da literatura infantil para estimular a imaginação. Em cada sessão será contada uma história diferente, com duração de 50 minutos.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – hall de entrada – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 20 de janeiro de 2017 (sexta-feira)

Horários: 11h, 14h e 15h30

Vagas: 40 por sessão (conforme ordem de chegada)

Classificação etária: recomendado para crianças maiores de 3 anos 

 

Evento: Espaço Kids – com Casa Labirinto 

Atividades voltadas para a brincadeira de forma interativa para bebês, crianças e seus pais. O espaço será montado pela equipe da Casa Labirinto e dividido conforme a faixa etária.

Local: CAIXA Cultural Curitiba – hall de entrada – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Centro

Data: 21 e 22 de janeiro de 2017 (sábado e domingo)

Horários: 14h às 18h 

Vagas: 60 vagas por hora (conforme ordem de chegada)

Classificação etária: recomendado para crianças maiores de 1 ano

 

publicado por o editor às 15:39
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2017

CAIXA CULTURAL CURITIBA RECEBE ESPETÁCULO DO GRUPO FOGUETES MARAVILHA

 

SÍNDROME DE CHIMPANZÉ USA FICCÃO CIENTÍFICA PARA ABORDAR CONFLITOS HUMANOS NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

Comédia do grupo Foguetes Maravilha promete provocar a reflexão sobre temas como a necessidade que temos uns dos outros

 

 

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 20 a 22 de janeiro, a comédia Síndrome de Chimpanzé, estrelada por elenco do grupo Foguetes Maravilha, do Rio de Janeiro. Em cena, os atores Felipe Rocha, Renato Linhares e Marina Provenzano formam a tripulação de astronautas russos que se vê isolada numa distante estação espacial quando uma catástrofe global extermina a humanidade. Daí por diante, eles têm que administrar os recursos que se esgotam pouco a pouco, tentando manter a lucidez em um cotidiano invadido por delírios e acidentes que ameaçam sua existência.

 

Síndrome de Chimpanzé tem nos filmes de ficção científica dos anos 1970 o ponto de partida para uma odisseia através de aspectos que nos tornam humanos – os medos, os desejos, as esperanças, as obsessões. Espetáculo também traz referências a filmes como “Solaris”, “A última esperança da Terra”, “Barbarella”, “2001, Uma odisseia no espaço” e “Planeta dos Macacos”. 

 

“O tema da aventura espacial é um pretexto para falar do que nos é próximo – a necessidade que temos do outro, as dificuldades nos relacionamentos, a consciência de que somos mortais. Os astronautas encurralados em uma estação espacial também podem ser vistos como um casal fechado em uma relação que se esgotou. E a própria viagem aos confins do sistema solar é uma viagem íntima, de reconhecimento da própria identidade, com seus limites e possibilidades”, contextualiza o autor e diretor Alex Cassal. 

 

Espetáculo explora as trocas de papéis e interpretações múltiplas e leva o espectador ao envolvimento e à reflexão. “A peça explora dramaturgicamente a subjetividade da memória, das emoções e dos desejos, propondo que cada espectador faça suas próprias conexões e encontre os fios que vão conduzi-lo através da história. Não como um enigma, mas como uma trajetória que oferece caminhos diversos. É um espetáculo que busca atualizar o nosso olhar sobre as relações que estabelecemos, questionando nossos códigos e estatutos”, destaca o ator Felipe Rocha. 

 

 

Serviço

Teatro: Síndrome de Chimpanzé

Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 20 a 22 de janeiro de 2017 (sexta a domingo)

Horário: sexta-feira e sábado, às 20h. Domingo, às 19h.

Ingressos: vendas a partir de 14 de janeiro (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: não recomendado para menores de 16 anos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

 

publicado por o editor às 15:33
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Dezembro de 2016

QUATRO PIANISTAS E UM INSTRUMENTO: PIANORQUESTRA VEM À CAIXA CULTURAL CURITIBA

QUATRO PIANISTAS E UM INSTRUMENTO: PIANORQUESTRA VEM À CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 
 
Com a participação especial de Ná Ozzetti, grupo interpreta Villa-Lobos, Milton Nascimento, Beatles, Chico Buarque e muito mais
 
 
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 16 a 18 de dezembro, o espetáculo de um dos grupos mais inovadores do atual cenário da música instrumental brasileira, o PianOrquestra, que terá a participação especial da cantora paulista Ná Ozzetti. O show em Curitiba marca também o lançamento do novo DVD Multifonias.
 
Luvas, baquetas, palhetas de violão, fios de náilon, sandálias de borracha, peças de metal, madeira, tecido e plástico permitem ao PianOrquestra explorar as infinitas possibilidades de timbres e sonoridades produzidos pelo piano, transformando o instrumento em sua própria orquestra.
 
Com quatro pianistas, um piano preparado e uma percussionista, o espetáculo tem ainda elementos da dança, do teatro, das artes visuais e da tecnologia, aliados a um alto nível de performance. O trabalho é fruto de dois anos de pesquisas intensas.
 
O PianOrquestra tem direção artística do consagrado pianista Claudio Dauelsberg, que se apresenta ao lado das pianistas Marina Spoladore, Priscila Azevedo, Anne Amberget, e de Masako Tanaka, percussionista japonesa apaixonada por ritmos brasileiros, que completa o time de craques.
O repertório do show é muito familiar ao público. Varia do afoxé ao samba, passa pelo maracatu, ciranda e outros ritmos. Entre os compositores selecionados pelo PianOrquestra estão Ernesto Nazareth, Milton Nascimento, Noel Rosa e Chico Buarque.
 
Serviço
Música: PianOrquestra
Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 16 a 18 de dezembro de 2016 (sexta a domingo)
Horário: sexta-feira, às 20h. Sábado, às 19h e às 21h. Domingo, às 19h.
Ingressos: vendas a partir de 10 de dezembro (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: não recomendado para menores de 10 anos
Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)
 

 

 
publicado por o editor às 13:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2016

SOLO MÚSICA ENCERRA TEMPORADA COM CONCERTO RARO E SOM DE CRISTAL

 

 

Na CAIXA Cultural Curitiba, Michel Deneuve revela a espiritualidade dos sons do Cristal Baschet 

 

A CAIXA Cultural Curitiba traz à Série Solo Música Michel Deneuve, artista francês que é referência mundial no Cristal Baschet. O instrumento é um teclado é composto por hastes de vidro que são friccionadas com os dedos umedecidos e tem a sonoridade do cristal. Foi criado em 1952 pelos irmãos Bernard e François Baschet lembra o princípio físico das taças de cristal com água. O espetáculo será uma rara oportunidade para o público, tanto pelo instrumento inusitado quanto pela presença de Deneuve, que vem ao Brasil pela primeira vez. A apresentação será última atração da Série Solo Música em 2016.

 

O programa do espetáculo tem como título “Há amor sem paz”, uma referência ao momento político mundial e aos refugiados que chegam diariamente à Europa. Deneuve toca adaptações que fez para Cristal Baschet de obras conhecidas como o “Prelúdio nº1 em dó, BWV 846”, de Johann Sebastian Bach e a “Gnossiene nº 1”, de Erik Satie. Traz também uma obra pouco conhecida de Mozart: o “ Adágio em Fá Maior para Harmônica de Vidro k. 356”, um instrumento antecessor ao B

aschet. Michel Deneuve também interpreta diversas obras de sua autoria, compostas especialmente para o instrumento. 

 

“É uma honra encerrarmos o ano com o recital deste grande músico e mostrando um instrumento raro, desconhecido do público brasileiro”, diz o curador e produtor Alvaro Collaço, para quem o recital será marcado pela espiritualidade. “O som do Cristal Baschet propicia esta sensação, além da escolha que Deneuve fez do repertório”, enfatiza Collaço. A série Solo Música é feita na CAIXA Cultural há oito anos. 

 

Virtuose

 

Dedicado ao estudo do Cristal Baschet desde 1975, Michel Deneuve colaborou com os irmãos Baschet em 1977 para o aperfeiçoamento do instrumento. Na França,  trabalhou com músicos importantes como o baixo-barítono José Van Dam, o violista Jean Baptiste Brunier, os violoncelistas Marc e Dominique de Willancourt Drobinsky, os flautistas Jean Ferrandis e Philippe Bernold, o trompetista Guy e Touvron, os pianistas Amoyel Pascal e Alain Kremski e o Fine Arts Quartet. 

Michel Deneuve apresentou-se em concertos com maestros como Constantin Simonovitch, Christoph Escher e Françoise Christophe Legrand. Compôs para o teatro, coreografia, poesia e cinema, além de ter ter feito peças para o instrumento solista e conjunto instrumental. Lançou cinco CDs. 

 

O Cristal Baschet 

 

Criado em Paris pelo engenheiro Bernard e pelo escultor François Baschet, o Cristal Baschet demandou três anos de pesquisas para atingir seu modelo inicial. Passou por diversas modificações ao longo da história. Diferente da Glass Harmônica, de Benjamin Franklin, os bastões de vidro do Cristal não possuem som. A origem do som é um eixo de aço incorporado ao bloco de metal. As vibrações provocadas pelos dedos nas hastes são então transmitidas até os amplificadores. 

 

Serviço

 

Música: Solo Música – Michel Deneuve

Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 13 de dezembro de 2016 (terça-feira)

Horário: 20h

Ingressos: vendas a partir de 10 de dezembro (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 12:16
link do post | comentar | favorito

SELMA BAPTISTA LANÇA PRIMEIRO ÁLBUM NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

Choro Encantado é um passeio pelo universo dos choros paranaenses

 

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, dia 14 de dezembro (quarta-feira), espetáculo que marca o lançamento do CD Choro Encantado, o primeiro da cantora Selma Baptista, uma das vozes mais conhecidas da cidade. O álbum reúne choros de compositores curitibanos. O primeiro CD solo de Selma tem incentivo da CAIXA através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Curitiba.

 

Choro Encantado reflete o trabalho de cinco arranjadores, um diferencial no trabalho de estreia de Selma Baptista. São eles: André Prodóssimo, Daniel Migliavacca, João Egashira, Julião Boêmio e Vicente Ribeiro, todos instrumentistas atuantes na cena curitibana. Para o produtor Alvaro Collaço, a diversidade na autoria dos arranjos torna o disco mais rico pela somatória das características de cada um.

 

Selma Baptista é reconhecida pelo talento e refinamento musical e participou dos discos de outros artistas e gravação de jingles. Com mais de 20 anos de carreira, a artista é conhecida pelas interpretações de jazz, além de samba e bossa nova. Ela canta na noite curitibana desde a década de 1980. 

 

Ficou conhecida pelas jam sessions das quais participou ao lado de artistas da cena nacional. As jam sessions são o momento do improviso, quando os músicos tocam sem ensaio prévio. Selma foi a primeira cantora a ter um trio de jazz na cidade, formada por Boldrini no contrabaixo, Tiquinho na bateria e Hildebrando Brasil no piano, no final dos anos 1980. 

 

Choro Encantado

 

Selma Baptista define o trabalho apresentado em seu primeiro álbum como uma prosódia curitibana. “É um disco de muita liberdade. Imito papagaio, faço referências, dei voz a uma polaca, brinquei comigo mesma num desprendimento total. Mas não fiz isso para mostrar técnica vocal. Com este CD, deixo uma homenagem ao choro cantado”, resume.

 

O álbum faz um passeio pela cidade que sempre teve tradição no choro. Nas 13 canções, as letras revelam o espírito curitibano, como em Choro de rua, canção em que Paulo Vítola pinça nomes como “Rua da Cadeia”, “Rua da Carioca”, “Travessa das Casinhas” que, com o tempo, deram lugar aos endereços atuais. A música é do parceiro Marinho Gallera. 

 

O bar Dizzy (referência ao lendário trompetista Dizzy Gillespie) que serviu de cenário para um caso de amor, batizou uma das composições e o saudoso Bar do China, que existiu nos tempos áureos do Teatro do Paiol, também faz parte do roteiro. Em Choro suicida, o locutor de programas policiais Ali Chaim tem participação especial.

 

 

 

Serviço

Música: Lançamento do álbum Choro Encantado – Selma Baptista

Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 14 de dezembro de 2016 (quarta-feira)

Horário: 20h

Ingressos: vendas a partir de 10 de dezembro (sábado). R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 12:03
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Novembro de 2016

O SAL DA TERRA EM ÚNICA EXIBIÇÃO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 

 

Documentário sobre Sebastião Salgado integra a mostra Êxodos e tem entrada franca 

 

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, quarta-feira, dia 7 de dezembro, às 18h, o documentário O Sal da Terra, que integra a exposição Êxodos, de Sebastião Salgado. O Sal da Terra revela a vida e a obra do respeitado fotógrafo que foi testemunha de alguns dos principais eventos da história recente, conflitos internacionais, fome e êxodo. O filme é resultado do trabalho de seu filho Juliano Salgado e do renomado diretor Wim Wenders.

 

Indicado ao Oscar 2015 de Melhor Documentário, o longa O Sal da Terra embarca na descoberta de territórios imaculados, da flora e da fauna selvagem e de paisagens grandiosas como parte de um enorme projeto fotográfico. O filme é uma homenagem à beleza do planeta.

 

Para assistir à exibição, que tem entrada franca, os interessados devem retirar o ingresso a partir das 17h do mesmo dia.

 

ÊXODOS

Até o dia 12 de fevereiro de 2017, o público terá a chance de ver a Exposição Êxodos, que ocupa as duas salas da CAIXA Cultural Curitiba, no térreo e no mezanino. A coleção de 60 imagens é resultado de viagens do consagrado fotógrafo durante seis anos por 40 países, e retrata pessoas que abandonam a terra natal contra a própria vontade. O trabalho explora cinco temas centrais, que é como a mostra está dividida: África; Luta pela Terra; Refugiados e Migrados; Megacidades; e Retratos de Crianças. 

 

As galerias ficam abertas de terça a sábado, das 10h às 20h, e domingo, das 10h às 19h. Em dezembro estarão abertas normalmente até o dia 22 (quinta-feira). Depois do Natal, serão abertas entre os dias 27 e 29 de dezembro (terça a quinta-feira). Após as comemorações de Ano Novo, o funcionamento volta ao normal no dia 3 de janeiro de 2017 (terça-feira).  

 

A coleção desta exposição foi doada por Lélia Wanick e Sebastião Salgado ao Instituto Terra, ong ambiental que o casal fundou em 1998, em Aimorés, Minas Gerais, onde Salgado nasceu em 1944. A mostra, que ficou em cartaz em Salvador e em Recife neste ano, é uma realização da Via Press Comunicação e Eventos.

 

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=djTFzYLiAw0

 

Cinema: O sal da terra

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 7 de dezembro de 2016 (quarta-feira)

Horário: 18h

Ingressos: entrada franca. A retirada dos ingressos será no dia da exibição, a partir das 17h, limitada a dois ingressos por pessoa.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos

 

publicado por o editor às 12:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Novembro de 2016

JOELMA EM CARTAZ NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 

A história de uma das primeiras transexuais do Brasil terá tradução simultânea na Língua Brasileira de Sinais

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 9 a 11 de dezembro, o espetáculo Joelma, que une o teatro, o cinema e a dança para narrar a história e os desafios de uma das primeiras transexuais do Brasil. Baseada no curta-metragem homônimo, a narrativa também carrega tom policial. Uma das novidades deste espetáculo é que terá legendas em português e tradução simultânea em Libras.

 

A história de Joelma revela sua reinvenção frente aos preconceitos e injustiças e traz à tona as dificuldades de uma mulher nascida em um corpo de homem. A narrativa também reúne elementos relativos às questões de gênero e de religiosidade. 

 

Joelma, que inspirou o filme e que deu origem à peça, nasceu em Ipiaú, no interior da Bahia, e tem hoje 72 anos de idade. Viveu em São Paulo por 30 anos, onde fez a cirurgia de transição e se casou.

 

No teatro, o ator Fabio Vidal, do Território Sirius Teatro de Salvador, que interpreta Joelma, assina a direção e autoria ao lado do autor e diretor do curta-metragem, Edson Bastos. “É gratificante ter a oportunidade de aproximar o público da experiência de vida de Joelma e poder gerar uma nova ótica sobre as questões de gênero, dissolver preconceitos e estimular afetos”, afirma o performer. 

 

Serviço

Teatro: Joelma

Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 9 a 11 de dezembro de 2016 (sexta a domingo)

Horário: sexta-feira e sábado, às 20h. Domingo, às 19h.

Ingressos: vendas a partir de 3 de dezembro (sábado). R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

Legendas em português e interpretação em Libras em todas as apresentações 

 

publicado por o editor às 12:43
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2016

TOQUINHO VEM EMOCIONAR O PÚBLICO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 

No teatro que coloca artista e plateia tão próximos, show promete uma experiência inesquecível aos amantes da boa música popular brasileira

 

A CAIXA Cultural Curitiba traz à cidade, de 1 a 4 de dezembro, Toquinho, que comemorou, em 2015, seus 50 anos de carreira. O músico, compositor e intérprete tem 84 discos gravados, mais de 450 composições e já rodou Brasil e mundo em cerca de 8.500 shows. A venda de ingressos começa no sábado, dia 26 de novembro, a partir das 12h.

 

Nessa apresentação, o canto de Toquinho será emoldurado por relatos de seu meio século de carreira. Entre uma canção e outra, o artista conversa com a plateia sobre sua trajetória e seu repertório, como num bate-papo entre amigos.

 

O compositor, que ao longo da carreira procurou valorizar seus espetáculos na companhia de uma figura feminina no palco, será dessa vez acompanhado pela cantora Anna Setton, que já veio a Curitiba com o artista.

Em Curitiba, Toquinho interpreta sucessos que compôs ao lado de Chico Buarque, como Samba pra Vinícius, Jorge Ben Jor, com quem compôs Que maravilha, e algumas das diversas canções que fez com Vinícius de Moraes, como Tarde em Itapuã, Regra Três, Meu pai Oxalá e Samba da Volta. Vinícius é sempre homenageado e lembrado nos shows de Toquinho, por sua grande parceria como músico e compositor, além da sólida amizade.

 

Toquinho também interpreta Samba de Orly (Toquinho/Chico Buarque/Vinicius de Moraes), A casa (Vinicius de Moraes), O caderno (Mutinho/Toquinho), Eu sei que vou te amar (Tom Jobim/Vinicius de Moraes), O bem-amado (Toquinho/Vinicius de Moraes), Bachianinha  nº 1 (Paulinho Nogueira), Como dizia o poeta (Toquinho/Vinicius de Moraes), Escravo da alegria (Mutinho/Toquinho), Ao que vai chegar (Mutinho/Toquinho), Maria vai com as outras (Toquinho/Vinicius de Moraes) e Aquarela (Toquinho/Maurizio Fabrizio/Guido Morra/Vinicius de Moraes).

 

A biografia, os grandes shows, as canções, as parcerias, as histórias do artista estão reunidas no site www.circuitomusical.com/toquinho50anos, que celebra os 50 anos de carreira.

 

 

Serviço

Música: Toquinho

Local: CAIXA Cultural Curitiba, Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 1 a 4 de dezembro de 2016 (quinta a domingo)

Horário: quinta e sexta-feira, às 20h. Sábado, às 19h e às 21h. Domingo, às 19h.

Ingressos: vendas a partir de 26 de novembro (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 10:53
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds