Segunda-feira, 24 de Outubro de 2016

Pianista curitibana Renata Bittencourt realiza turnê de recitais no Brasil.

 

 

 

Residindo em Paris e se apresentando em diversos países da Europa, a pianista Renata Bittencourt, retorna ao Brasil para uma turnê que prestigia compositores nacionais. O recital “Concertos Brasileiros”, que será apresentado na Capela Santa Maria, terça feira, dia 1º de novembro às 20h, reúne peças dos renomados compositores: Chiquinha Gonzaga, Brasílio Itiberê, Ernesto Nazareth, Heitor Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, José Antônio Rezende de Almeida Prado, Radamés Gnattali, Senival Bezerra do Nascimento (Senô) e Marlos Nobre, aliando o talento da pianista à diversidade da música erudita brasileira.

 

TRAJETÓRIA:

Renata Bittencourt de Assis, curitibana, iniciou seus estudos musicais aos 11 anos com Marilena Amalfi Voss e aos 15 anos começou a se dedicar à musica clássica. Gradou-se no curso Superior de Instrumento (Bacharel) na Escola de Música e Belas Artes do Paraná - EMBAP (2008) e concluiu o Mestrado no Conservatório de Lausanne (Suíça - 2013), onde seu trabalho sobre a interpretação no piano das sonatas do padre Soler recebeu o prêmio da Comunidade Georges-Paccot pelo melhor trabalho de mestrado.

Renata apresenta-se frequentemente, no Brasil e na Europa, tanto como solista quanto em recitais de música de câmara. Participando de festivais na França e na Suíça tais como Piano Classique à Biarritz, Folie PianoAutomne Musical, na turnê/residência no Palácio em Espalion (França) e em séries de concerto como Klavier-Abend em Zurique e Concerts au LAC (Local d’art contemporain) em Vevey. Como solista, atuou com orquestras brasileiras sob a regência de Osvaldo Ferreira, Júlio Medaglia e Alex Klein.

Desde 2010, ela forma o Duo Aurore com o pianista luso-brasileiro Diego Munhoz, explorando o repertório para piano a quatro mãos e dois pianos. Neste ano de 2016 o duo fez sua estréia na Espanha, tocando em Madrid e Léon.

 

A TURNÊ

Renata Bittencourt estreia o recital “Concertos Brasileiros” em Curitiba, e segue com suas apresentações por cidades no interior do Paraná e nos estados de Santa Catarina e Minas Gerais. O projeto é realizado por meio da Lei Federal de Incentivo a Cultura (Lei Rouanet), pela Unicultura - Universidade Livre da Cultura, Trento Edições Culturais, patrocinado pela Copel e apoiado localmente pelo Instituto Curitiba Arte e Cultura de Curitiba - ICAC.

 

SERVIÇO:

Concertos Brasileiros Renata Bittencourt.

Dia 01 de novembro, terça-feira, 20 horas.

Local: Capela Santa Maria, R. Conselheiro Laurindo, 273 - Centro, Curitiba.

Entrada Franca.

 

 

publicado por o editor às 08:26
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 6 de Outubro de 2016

Camerata Antiqua de Curitiba realiza concerto cênico voltado para crianças

 

 

 

Com obras do cancioneiro brasileiro nas composições de Heitor Villa-Lobos, a Camerata Antiqua de Curitiba faz concertos voltado para crianças na próxima semana. Sob a regência de Mara Campos, até dia 7 de outubro, cerca de 1.800 alunos da rede municipal assistirão ‘O concerto mágico de Tuhu’. No sábado (08) às 18h30, acontece o encerramento com o espetáculo aberto ao público. Crianças até 12 anos não pagam e os ingressos para adultos são de R$30 e meia-entrada R$15.
 
As músicas foram selecionadas dentro da extensa obra de Villa-Lobos, pesquisada e inspirada no folclore brasileiro. As composições sobre o cancioneiro popular infantil estão relacionadas a temas tradicionais como “O Cravo Brigou com a Rosa”, “Cai-Cai Balão”, “Sapo Jururu”, entre outros.

Além das músicas infantis, o espetáculo é apresentado pelos atores Regina Vogue, Renet Lyon e Giovana de Liz com direção cênica de Mauricio Vogue, que são encarregados de passar de forma lúdica e agradável, todas as informações sobre os instrumentos, os naipes das vozes do coro e a formação da Camerata.”Procuro apresentar os conteúdos de uma maneira informal, usando da dramaturgia para criar uma história em que as crianças se identifiquem e ao mesmo tempo aprendam. Aproveito também os atores profissionais para dar mais movimento aos músicos, fazendo na verdade um grande musical! ”, salienta o diretor cênico.
 
Integrante do conselho artístico da Camerata, Janete Andrade, afirma que os concertos foram concebidos para o universo infantil. “Criamos o Programa pensando na linguagem infantil, considerando um exercício de cidadania para estas crianças que, agora, possuem a oportunidade de escutar um programa de um grupo instrumental e vocal como a Camerata Antiqua de Curitiba realizado para eles”, explica Janete.
Serviço:
Camerata Antiqua de Curitiba realiza concerto cênico voltado a crianças
Data: Semana de 3 a 7 de outubro para escolas e no dia 8, às 18h30, o espetáculo é aberto ao público.
Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Ingresso: Crianças até 12 anos não pagam e os ingressos para adultos são de R$30 e meia-entrada R$15

 

publicado por o editor às 10:15
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Setembro de 2016

Orquestra de Câmara da Cidade e Osvaldo Colarusso apresentam "Tempestade e Ímpeto"

 

 



Osvaldo Colarusso é o regente do próximo concerto da Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba, na sexta-feira (16), às 20h, e sábado (17), às 18h30. Com o tema Tempestade e Ímpeto – ‘Sturm und drang’, os concertos apresentam obras de Joseph Haydn com o acompanhamento de Estefan Iatcekiw ao piano solo. O espetáculo conta ainda com os comentários do maestro, que traz ao longo do concerto informações para melhor apreciação do programa.
Compostas pelo austríaco Joseph Haydn (1732-1809), as obras executadas nesse concerto foram escritas entre as décadas de 1760 e 1770, e entende-se como as mais experimentais de sua vida, as sinfonias que ficaram conhecidas como “Sturm und Drang”. Duas delas estarão no programa, a “Sinfonia do adeus” e a “Sinfonia Fogo”. No Programa está também ‘Concerto em Ré maior’, originalmente pensado para cravo ou fortepiano, mostra o quanto Haydn se identificava com Mozart.
Com um currículo apreciável, o pianista prodígio Estefan Iatcekiw, de 12 anos, acompanha a Orquestra. Em 2014, Estefan conquistou o 1º lugar no X concurso de piano "profª Edna Bassetti Habith". Na sequência, recebeu o 1º lugar no concurso nacional de piano Souza Lima. No ano passado, obteve o prêmio de Hours Concours, também conseguiu o 1º lugar no concurso nacional Mackenzie e no concurso internacional Rachmaninov (Alemanha), quando foi aclamado como o melhor pianista a interpretar peças do compositor russo.

O maestro
Nasceu em 1958 na cidade de São Paulo. Estudou trompa com Enzo Pedini na escola municipal de música e posteriormente regência com Eleazar de Carvalho. De 1976 a 1980 estudou composição com Michel Philippot, no Brasil e na França. Posteriormente aperfeiçoou-se em regência de orquestra com o Maestro russo Genady Roshdestvensky na Accademia Chiggiana de Siena.

Nesses seus mais de 500 concertos regidos, Colarusso já atuou com solistas como Mikhail Rudi, Nelson Freire, Vadim Rudenko, Arnaldo Cohen, Arthur Moreira Lima, Gilberto Tinetti, Marco Antonio de Almeida, Dang Thai Son, David Garret e Miha Pogagnick. Osvaldo Colarusso já atuou nos principais Festivais de Musica do País: Campos do Jordão, Curso de Verão de Brasília e Festival de Música de Londrina, do qual foi diretor artístico. O repertório de Osvaldo Colarusso é extremamente vasto, com destaque para os grandes clássicos do século XX. Regeu primeiras audições mundiais de obras de José Penalva, Livio Tragtemberg, Ricardo Tacuchian e Ernest Widmer, entre muitos outros. Realizou primeiras audições brasileiras de obras de Hindemith, Arnold Schoenberg, Anton Webern, Michel Tippet e B. A. Zimmerman. Na temporada de 2005, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, regeu a primeira montagem brasileira de “Erwartung” de Arnold Schoenberg, e do mesmo autor regeu Pierrot Lunaire, no Festival de Lenzburg, na Suíça. Continuando a atuar com convidado das mais importantes orquestras do país. Além de atuar como regente, desenvolve atividades como produtor e apresentador de programas de Música Clássica na Emissora Estadual do Paraná e mantém uma classe de Harmonia e Análise.
Serviço:
Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba apresenta “STURM UND DRANG” – Tempestade e Ímpeto
Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Datas e horários: sexta-feira  - 16 de setembro, 20h
sábado – 17 de setembro, 18h30
Ingressos: R$30 e meia-entrada R$15
Aloingressos:
http://bit.ly/venda1609
PROGRAMA
“Sturm und Drang”
Joseph Haydn (1732 – 1809)
Sinfonia nº 45 em Fá sustenido menor “Adeus” – Abschieds – Symphonie”
- Allegro assai
- Adagio
- Minueto
- Allegretto
- Presto
- Adagio
Concerto em Ré maior para cravo (ou piano) e orquestra
- Vivace
- Poço Adagio
- Allegro Assai
Sinfonia n° 59 em Lá maior “Fogo” – Feuersymphonie
- Presto
- Andante o più tosto Allegretto
- Menuetto – Trio
- Allegro assai

 

 
publicado por o editor às 21:12
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Agosto de 2016

Rock ao Piano de Bruno Hrabovsky na Capela Santa Maria

 

 

 

O pianista curitibano Bruno Hrabovsky se apresenta neste sábado (27), às 19h, pela primeira vez na Capela Santa Maria levando ao espaço mais uma edição do “Rock ao Piano”. O projeto que já percorreu 37 cidades do Sul e Sudeste do país realiza releituras de clássicos do Rock, como Pink Floyd, Metallica, Iron Maiden e System of a Down, usando apenas o piano acústico. Os ingressos estão à venda por R$ 15,00 e R$ 30,00.

REPERTÓRIO
:
System of a Down – Aerials
Iron Maiden – Fear of the Dark
Epica – Chasing the Dragon
Rammstein – Seemann
Symphony X – Accolade II
ruído/mm – Requiem for a western manga
Radiohead – Creep
Metallica – Fade to Black
(intervalo – 10’)
Pink Floyd – Echoes
Pink Floyd – Summer ‘68
Pink Floyd – High Hopes
Pink Floyd – Comfortably Numb
The Rolling Stones – Angie
The Beatles – While my guitar gently weeps
Queen – Bohemian Rhapsody
Guns n’ Roses – November Rain
Serviço:
“Rock ao Piano”
Data: sábado, 27 de Agosto de 2016
Horário: 19h
Local: Capela Santa Maria
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Valor: R$ 30,00 e 15,00 (meia-entrada)
Classificação: acima de 5 anos

 

publicado por o editor às 14:36
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Agosto de 2016

Poesias e músicas francesas em concerto cênico do Coro da Camerata

 

 

 

 
Músicas francesas e poesias do século XX envolvem a Capela Santa Maria no concerto ‘Temps la voix’, preparado pelo Coro da Camerata Antiqua de Curitiba nesta sexta-feira (19), às 20h e no sábado (20), às 18h30. A apresentação tem a regência da maestrina Dorit Kolling, do Mato Grosso, direção cênica do ator e diretor Marino Galvão Jr e declamações de poesias de Priscilla Pruetter.

O concerto conta ainda com solos de coralistas que integram o grupo. Ganham destaque a soprano Luisa Favero, a contralto Daniele Oliveira, o tenor Alexandre Mousquer e o baixo Cláudio Biaggi na obra de Maurice Ravel (1875-1937) e em Claude Debussy (1862-1918) a soprano Darci Almeira, contralto Ariadne Oliveira, tenor Lucio Ossaka e o baixo José Brazil.

O programa  traz poemas que remetem a paisagens da França profana do século XX. “Eu quis promover uma viagem musical! São páginas emblemáticas de um verdadeiro patrimônio musical, e que mostram um vasto panorama, entre as Trois chansons de Debussy e Ravel e da Six chansons de Paul Hindemith”, explica Mara.

Marino Galvão, responsável pela direção cênica é também diretor-presidente do ICAC, órgão que administra a Camerata. Com mais de 30 anos de experiência em teatro, Marino explica sobre o trabalho realizado para essa apresentação: “Em geral os coralistas são muito atentos na questão cênica por terem experiências na ópera, por isso vejo um potencial muito grande para trabalhos com uma direção mais teatral e poder explorar essa capacidade que eles já têm com esse tipo de concerto” conclui.

Regência
Dorit Kolling é especialista em Música Brasileira e Mestre em História pela UFMT. Desde outubro de 1988 é professora do Departamento de Artes da Universidade Federal de Mato Grosso e, desde agosto de 1989, é Diretora Artística e Regente do Coral UFMT, com o qual participa de diversas apresentações, concertos e encontros de coros em Cuiabá, interior do estado e em vários estados da Federação, cidades da Argentina e do Uruguai, além de concertos com a Orquestra Sinfônica da UFMT. Atua ainda como produtora cultural na cidade de Cuiabá, tendo desenvolvido e coordenado projetos como “1°, 2° e 3° Encontro Internacional de Coros de Cuiabá”, 1° e 2° Painel de Regência Coral de Mato Grosso” além de ter participado de outros projetos como “Cuiabá Encanta”, “Divina Música”, entre outros.

Serviço:
CORO DA CAMERATA ANTIQUA DE CURITIBA apresenta TEMPS LA VOIX – MÚSICA FRANCESA
Regência Dorit Kolling (Mato Grosso)
Direção Cênica Marino Galvão Junior (Paraná)
Declamação Priscilla Battini Prueter (Paraná)
Piano solo Clenice Ortigara (Paraná)
19 de agosto, 20h
20 de agosto, 18h30
Capela Santa Maria Espaço Cultural
Ingressos: R$30 e meia-entrada R$15
Ingresso rápido:
https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=49679#!/tickets

PROGRAMA

Claude Debussy (1862-1918)
La fille aux cheveux de Lin (Préludes, 1º volume, 1909-1910), para piano solo
Claude Debussy (1862-1918)
Poemas de Charles d”Orléans (1394-1465)
Trois chansons (1898-1908), para coro a cappella e solistas
I. Dieu! Qu’illa fait bom regarder!
II. Quand j’ayou y lê tabourin
III. Yver, vous n’estes qu’un villain
Solistas
Soprano Darci Almeida
Contralto Ariadne Oliveira
Tenor Lucio Ossaka
Baixo José Brazil

Claude Debussy (1862-1918)
Rêverie (1890), para piano solo
Paul Hindemith (1895-1963) Poemas de Rainer Maria Rilke (1875-1926) Six chansons (1939), para coro a cappella
I. La biche
II. Um Cygne
III. Puisque tout passe
IV. Printemps
V. En hiver
VI. Verger

Maurice Ravel (1875-1937)
Prélude (1913), para piano solo

Maurice Ravel (1875-1937)
Trois chansons (1914-1915, para coro a cappella e solistas
I. Nicolette
II. Trois beaux oiseaux du Paradis
III. Ronde
Solistas
Soprano Luísa Favero
Contralto Daniele Oliveira

Tenor Alexandre Mousquer
Baixo Cláudio de Biaggi

 

 
publicado por o editor às 10:09
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Junho de 2016

Capela Santa Maria é iluminada para estimular a doação de sangue

 

 

 

 
 
A Prefeitura de Curitiba, através da Fundação Cultural de Curitiba e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), participa mais uma vez da campanha Junho Vermelho, organizada pelo Movimento Eu Dou Sangue pelo Brasil. O objetivo da ação é incentivar a doação de sangue e tornar essa prática um hábito na vida da população, especialmente nos meses de inverno, quando o estoque dos bancos de sangue cai cerca de 30% em relação aos outros meses.
Para lembrar a importância da iniciativa, que acontece pelo segundo ano consecutivo em todo o país, a Prefeitura irá iluminar de vermelho a Capela Santa Maria durante o todo o mês. No dia 25 de junho, na Praça Jacob do Bandolim, no centro histórico da cidade, acontece o encerramento nacional da campanha, com shows e ações sociais ligadas à doação de sangue.
A Prefeitura ainda irá fazer campanhas de conscientização em suas redes sociais durante todo o mês para estimular o curitibano a se tornar um doador de sangue. Além de Curitiba, participam do movimento nacional as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. De acordo com Débora Arones, coordenadora nacional da campanha, mais cidades e entidades devem aderir ao movimento.
 
Poucos doadores, baixo estoque - No Brasil, os doadores correspondem a apenas 1,9% da população, mas a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que 3% a 5% dos habitantes de um país sejam doadores. Em 2015, o Junho Vermelhoconseguiu evitar essa queda no período dos meses de junho, julho e agosto, e ainda gerou um aumento no volume de doações em cerca de 30%, segundo dados da Hemorrede da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Hoje, no Brasil, são coletadas anualmente 3,6 milhões de bolsas de sangue, correspondendo a 3,1 milhões de transfusões em ambulatórios e hospitais.
 
“A doação de sangue é muito mais do que um ato capaz de salvar vidas, é um ato que sintetiza a cultura de paz. Sangue não tem cor, gênero, religião, partido político, time de futebol. Sangue é o que nos iguala e nivela”, diz a coordenadora da ação.
A escolha do mês de junho para concentrar as ações e estimular esse hábito se baseia na data fixada pela OMS para homenagear o doador de sangue, o dia 14 de junho, Dia Mundial do Doador de Sangue.
            As idealizadoras da campanha Junho Vermelho, Debi Aronis e Diana Berezin, se envolveram com a causa em 2011, depois de vivenciar um problema de saúde na família. “Somente quem vive a dificuldade de conseguir sangue sabe a importância das doações. Depois de sentir na pele o que é isso, decidimos disseminar e promover a conscientização para que esse se torne um hábito na vida do brasileiro”, explica Diana.
            No período de férias, além dos baixos estoques, cresce o número de acidentes nas estradas, pressionando ainda mais os hemocentros.  “Nada substitui o sangue e, portanto, só a solidariedade pode ajudar aqueles que precisam”, enfatiza Diana.
 
Para doar - Em todo o Paraná, são mais de 20 unidades do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) disponíveis para fazer a coleta e que atendem 384 hospitais. Somente em Curitiba, o centro recebe diariamente uma média de 120 doadores que abastecem cerca de 40 hospitais. Os endereços podem ser encontrados aqui:
http://www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=2983. O Hemobanco (http://www.hemobanco.com.br) e a Santa Casa de Curitiba (http://www.santacasacuritiba.com.br/servicos/doacao-de-sangue/) também recebem doações.
Para doar sangue, é preciso estar em boas condições de saúde, estar alimentado (recomenda-se evitar a ingestão de comida gordurosa nas quatro horas que antecedam a doação e bebidas alcoólicas 12 horas antes da coleta), ter entre 16 e 67 anos, pesar no mínimo 50 kg e levar documento de identidade original com foto.
Os menores de idade devem estar acompanhados de um responsável. O período entre uma doação e outra deve ser de 60 dias para os homens e de 90 para as mulheres.

 

 
publicado por o editor às 16:14
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Junho de 2016

Concerto cênico do Coro da Camerata Antiqua apresenta ‘La Barca di Venetia per Padova’  

 

Adaptação da obra do compositor italiano Adriano Banchieri (1568-1634), ‘La Barca di Venetia per Padova’ será apresentada pelo Coro da Camerata Antiqua de Curitiba no próximo final de semana (dias 10, 11 e 12). A direção cênica é de Roberto Innocente, regência de Mara Campos e conta com Marcelo Leonel Felczak e Wenry Martiliano Bueno como atores convidados. O programa que também embala os apaixonados no dia 12, encerra o Festival Mia Cara Curitiba.
A composição de Banchieri é uma comédia com 20 madrigais, ela apresenta a viagem de um grupo de passageiros no barco conhecido com o nome de “Burchiello”, que de Fusina (Veneza) percorrendo o rio Brenta chega até Padova. Este barco era utilizado pelos nobres senhores de Veneza que iam passar férias nas residências luxuosas que se encontram, ainda hoje, a beira do rio.
A montagem utiliza a segunda edição impressa de 1623, ápice do teatro na Comédia dell’Arte (1545 – 1700), e inevitavelmente, também nas produções musicais da época. “Nessa montagem esta relação é explícita, criando interferência entre canto e atuação com a presença em cena dos Cantores da Camerata, de uma turma de atores de comédia, e de um pequeno ensemble com instrumentos da época”, explica o diretor cênico.
A obra prevê uma série de madrigais dialógicos ligados a situações da vida cotidiana, com personagens de vários tipos e condições, com acentuações caricaturais relacionadas a proveniência regional e espirituosas imitações onomatopaicas. Innocente acrescenta ainda que na ópera aparecem várias personagens, no gosto do autor. “Banchieri gosta de representar a vida real, coisa que a Comédia dell’Arte levará ao extremo sintetizando a sociedade da época em personagens tipos (máscaras), por isso, criar esta ligação apareceu como um caminho já explícito” conclui o diretor.

Direção Cênica
Roberto Innocente é italiano residente no Brasil. Trabalha como diretor, ator, dramaturgo e professor de interpretação, com diploma realizado na Academia Veneta de Teatro em Padova. Nasceu em 1957, em Padova (Itália), depois de ter estudado em escola secundária conseguindo o diploma de geômetra, estuda Psicologia na universidade de Padova e depois Disciplina Artes Musica e Espetáculo (DAMS) em Bologna, na área de teatro.

Serviço:
CORO DA CAMERATA ANTIQUA DE CURITIBA
LA BARCA DI VENEZIA PER PADOVA
MIA CARA CURITIBA 
Regência Mara Campos (São Paulo) 
Direção Cênica Roberto Innocente (Itália/Brasil) 
Atores – Marcelo Leonel Felczak (Paraná) e Wenry Martiliano Bueno (Paraná)
Grupo convidado Arte da Comédia 
Datas e horários: 10 de junho, 20h
11 e 12 de junho, 18h30
Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Ingressos: R$30 e R$ 15
Compra onlinehttps://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=48772#!/tickets

PROGRAMA 
Adriano Banchieri (1568 – 1634) 
La Barca di Venezia per Padova

 

 
publicado por o editor às 14:49
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 31 de Maio de 2016

Orquestra de Câmara apresenta obras italianas no Festival Mia Cara Curitiba

 

 

 

A Orquestra de Câmara da Cidade de Curitiba se apresenta dentro da programação do festival Mia Cara Curitiba nos dias 3 e 4 de junho. O Programa Passiata Barroca tem a regência e direção artística do Spalla, Winston Ramalho e participação dos solistas Alexandre Razera e Denis Castilho. O festival acontece até dia 12 de junho e celebra a cultura italiana na capital paranaense, numa iniciativa da Embaixada da Itália no Brasil e do Consulado Geral da Itália em Curitiba.
O repertório é uma homenagem aos compositores do barroco italiano, apresentando três obras de Antônio Vivaldi (1678 – 1741). Destaque para uma das mais conhecidas do compositor: ‘Concerto para dois violoncelos em Sol menor, RV 531’. Apresentam ainda ‘Concerto para viola d´amore em La menor RV 397’ e ‘Concerto em Si menor RV 580 para quatro violinos, violoncelo e baixo contínuo’.
Outros compositores da época também estão no Programa, como Tomaso Antonio Vitali (1663 –1745) com a composição ‘Ciaccona em Sol menor para violino e orquestra de cordas’ e Giuseppe Tartini (1692 – 1770) com ‘O Trilo do diabo em Sol menor’. Por fim, a obra ‘Concerto para duas violas em Dó menor’ feita em 2012 por Federico Maria Sardelli (1963) faz o contrataste mostrando a música erudita contemporânea da Itália.

Regência
O diretor musical e regente do concerto Winston Ramalho é violinista curitibano. Vencedor de concursos nacionais e internacionais, foi aluno e assistente do consagrado professor e solista Tibor Varga, na Universität für Musik und darstellende Kunst Graz (Áustria). Membro e violinista convidado de orquestras brasileiras e estrangeiras, como a Orquestra Sinfônica do Paraná, Orquestra Sinfônica de São Paulo, Grazer Synphonishes Orchester, Recreation Orchester Graz, Orquestra Filarmônica de Viena e Orquestra de Câmara de Viena, atuou durante 2011 como “spalla” ensaiador da Camerata Antiqua de Curitiba. Também participou como professor de violino em edições da Oficina de Música de Curitiba.
 
Serviço: ORQUESTRA DE CÂMARA DA CIDADE DE CURITIBA APRESENTA PASSIATA BARROCA PARA O MIA CARA CURITIBA
Regência: Winston Ramalho
Solistas: Alexandre Razera e Denis Castilho
Datas: 03 de junho (sexta-feira) às 20h; 04 de junho (sábado) às 18h30
Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural
Endereço: Conselheiro Laurindo, 273
Ingressos: R$30 inteira e R$15 meia
www.ingressorapido.com.br

 

 
publicado por o editor às 13:51
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Maio de 2016

Coro da Camerata Antiqua celebra o Dia das Mães com concertos na Capela Santa Maria  

 

 


Para celebrar  o Dia das Mães, o paulista Dário Sotelo rege o Coro da Camerata Antiqua de Curitiba em concertos nesta sexta-feira (6) às 20h e sábado (7) às 18h30 na Capela Santa Maria. No programa estão obras conhecidas do público que dialogam com o tema, como ‘Filhos’ do Milton Nascimento e Fernando Brant, Feeling Good – Spirituals Medley e a canção que dá o nome ao Programa: ‘Aos Filhos’ de Ivan Lins e Vitor Martins.
O maestro explica que o os concertos em homenagem as mães exibem uma série de músicas de inspiração sacra e popular cuja tônica é a relação de amor incondicional entre mães e filhos. “O repertório faz uma deliciosa mistura de canções que têm entretido audiências ao longo de muitos anos”, avalia Sotelo.
Outras músicas integram o repertório como Poema de Madeleine L’Engle de Daniel E. Gawthrop (1949), Ubi caritas e Unicorniscaptivatur de Ola Gjeilo (1978), Texto do Engelberg Codex séc. XV de Eric Whitacre (1970) – When David heard (1999) Texto da Bíblia em II Samuel 18:33 e Gabriel Fauré (1845 – 1924) com a composição Cantique de Jean Racine Op. 11.

Eleito em 2015 Presidente da WASBE – World association of Symphonic Band and Ensembles (Associação Mundial de Conjuntos de Bandas Sinfônicas e Conjuntos de Sopros), o maestro Dário Sotelo é regente titular da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatui, regente titular da Orquestra de Cordas Juvenil Conservatório de Tatuí, professor de regência instrumental do Conservatório de Tatuí e regente da Orquestra de Sopros da Escola Municipal de Música de São Paulo.

Pré-concerto
A maestrina do coral UTFPR Priscila Prueter, é a palestrante do pré-concerto destas apresentações que será divulgado durante a semana nas redes sociais e no site da Fundação Cultural. A intenção da palestra virtual é de acrescentar comentários de um profissional da música tem por objetivo permitir uma melhor apreciação do programa, revelando ao público detalhes da produção e compreensão que será apresentado pela Camerata Antiqua de Curitiba.

Serviço
CORO DA CAMERATA ANTIQUA DE CURITIBA - AOS NOSSOS FILHOS
Regência Dario Sotelo (São Paulo)
Datas e horários: sexta-feira, 06 de maio, às 20h 
sábado, 07 de maio, às 18h30
Local: Capela Santa Maria Espaço Cultural
Endereço: Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro
Ingressos: R$30 e meia-entrada R$15
Link: https://www.ingressorapido.com.br/compras/?id=48715#!/tickets

 

 
publicado por o editor às 14:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Abril de 2016

Gestão inovadora e liderança serão temas de palestra internacional na Capela Santa Maria  

 

 


Presidente e CEO da Orquestra Sinfônica de Detroit, Anne Parsons, fala sobre a transformação do grupo centenário
 
Durante a década de 1960, Detroit era polo mundial da indústria automobilística, sendo uma das cidades que mais crescia no mundo. Porém, em 2008, uma crise a levou decretar falência, trazendo a quebra dos serviços públicos e o abandono em massa de seus habitantes, que passou de 2 milhões a 700 mil em dois anos, com um em cada cinco imóveis abandonados.
Em meio a esse cenário, uma orquestra começa a chamar a atenção, demonstrando crescimento durante a pior fase da cidade. A Detroit Symphony Orquestra (DSO), que começou em 1910 com a contribuição voluntária de 10 mulheres, chega a 2015 tendo em sua receita anual cerca de US$ 17 milhões, originados sobretudo da venda de ingressos e dos 9.745 membros doadores. Esse trabalho deve-se em grande parte a Anne Parsons, presidente e CEO da Orquestra desde 2004, que transformou a DSO em referência mundial em gestão cultural de crise.
No dia 5 de maio, Anne Parsons estará em Curitiba para contar a história de sucesso da Detroit Symphony Orquestra. A palestra “Orquestras como exemplo de transformação, gestão e liderança” acontece na Capela Santa Maria, às 14h30, e conta com tradução simultânea e certificado. Dirigido para empresários, profissionais liberais, gestores públicos, artistas e produtores culturais, o evento é uma parceria entre o Instituto Curitiba de Arte e Cultura (ICAC), Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e o Consulado dos Estados Unidos da América. Para participar é preciso preencher o formulário no link http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/noticias/gestao-inovadora-e-lideranca-serao-temas-de-palestra-internacional-na-capela-santa-maria/
A palestra faz distintas dimensões de “utilidade” destas organizações complexas na sociedade contemporânea, e as várias formas de potencializar seu impacto e relevância, mostrando que orquestras e outros corpos artísticos podem exercer papeis muito além da atividade de produção e reprodução. Assim como trabalha
Anne Parsons, defensora das oportunidades de desenvolvimento profissional com líderes e pares sem fins lucrativos. É presidente e CEO da Orquestra Sinfônica de Detroit desde 2004, e tem participado em vários programas de liderança executiva plurianuais associados ao Center for Creative Leadership, Estratégias Nacionais das Artes e da Liga Americana das Orquestras. Este mês, a gestora está no Brasil a convite da Conferência Internacional MultiOrquestra, promovido pelo British Council, que abre diálogo entre orquestras, conservatórios, salas de concerto, projetos sociais e organizações governamentais para o fortalecimento dos setores artísticos no Brasil e no Reino Unido.

Histórico
Sob a liderança de Anne Parsons desde 2004, a Detroit Symphony Orchestra alcançou crescimento recorde de vendas de ingressos e dobrou sua base de doadores. Sua visão de tornar a organização mais acessível resultou no lançamento de novos produtos inovadores, a primeira com essa característica entre as orquestras americanas.
Por mais de 30 anos, Parsons atuou em cargos de gerência para uma variedade de importantes organizações das artes. Foi administradora do New York City Ballet entre os anos de 1998 e 2004, gerente geral do Hollywood Bowl em Los Angeles (1991-1998) e gestora da Orquestra Sinfônica de Boston de 1983 a 1991. Também ocupou vários cargos com a National Symphony Orchestra em Washington, de 1981 a 1983, e recebeu o Bacharelado em Artes pela Smith College, em Massachusetts, em 1980, onde estudou flauta e fez parte do Smith College Orchestra.
Além de seu papel na DSO, Parsons é membro do conselho ativo de várias outras organizações culturais na área de Detroit. Ela foi membro do conselho fundador da Aliança Cultural do Sudeste de Michigan (atualmente Culture Source) e hoje faz parte do conselho da New Detroit. Nacionalmente, ela atua no conselho da Liga Americana das Orquestras, Conselho de Supervisores no Curtis Institute of Music, e no conselho consultivo da Organização Esfinge. Originária de New York, Parsons agora reside em Detroit.
 
Serviço:
Palestra com Anne Parsons - “Orquestras como exemplo de transformação, gestão e liderança” 
Data: 5 de maio 
Horário: 14h30
Local: Capela Santa Maria – Espaço Cultural
Endereço: Conselheiro Laurindo, 273 – Centro, Curitiba – PR
Telefone: 3321-3217
 

 

 
publicado por o editor às 15:36
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds