Sexta-feira, 21 de Outubro de 2016

Agenda: Cinemateca e Cine Guarani exibem quatro mostras do FICBIC

 

 

 



O Festival de Cinema da Bienal Internacional de Curitiba vem mais uma vez às telas da cidade com um recorte significativo do cinema brasileiro e internacional. São curtas, longas, ficções, documentários, filmes novíssimos e clássicos. O Festival inicia nesta quinta-feira, dia 20, e vai até o dia 28 de outubro, tendo como carro chefe a mostra Panorama, com filmes internacionais e nacionais inéditos na cidade e a mostra Retrospectiva, que este ano homenageia o cineasta Hector Babenco – autor de importantes filmes como “Pixote: A lei do mais fraco” e “Brincando nos Campos do Senhor”.  

Com apoio do Ministério da Cultura e Patrocínio da Petrobras, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, este ano o FICBIC está dividido em seis mostras: Panorama do Cinema Mundial, Panorama do Cinema Brasileiro, Cinema em Retrospectiva, Universo Z, Circuitos e Circuito Universitário. E atendendo a um clamor o público nas últimas edições, grande parte dos filmes será exibida duas vezes para contemplar a todos os que tiverem interesse. As exibições serão concentradas nas salas do Espaço Itaú de Cinema, no Shopping Crystal; Cine Guarani, no Portão Cultural; Cinemateca de Curitiba e Sesc Paço da Liberdade.

O Circuito do Festival apresentará filmes clássicos do Cinema Francês, todos com exibição em 35mm, com o apoio da Cinemateca da Embaixada da França no Brasil e Institut François. E o Centro Cultural de la Republica Cabildo realiza uma seleção de curtas do novo cinema Paraguaio.

A mostra Cinema em Retrospectiva, presta homenagem ao diretor Hector Babenco, falecido em julho desde ano. Nascido na Argentina, Babenco deixou sua marca indelével no cinema brasileiro, ao se debruçar em questões importantes na formação do caráter do nosso povo. Serão exibidos cinco filmes, todos em 35 mm: O Beijo da Mulher Aranha; O Rei da Noite; Pixote, a Lei do Mais Fraco; Brincando nos Campos do Senhor; e Ironweed.

Pensado para levar as produções de novos realizadores às telas, o Circuito Universitário reúne uma grande diversidade de obras, formatos e temas. Subdividido em mini-mostras, este circuito é realizado em parceria com as universidades públicas e privadas do estado.

Todos os filmes da Retrospectiva e da Mostra de Cinema Francês serão exibidos no Cine Guarani, em película 35mm. A Cinemateca de Curitiba recebe a mostra Circuito Universitário e a mostra de Cinema Paraguaio. Para estas mostras o ingresso é gratuito. Para saber mais sobre os filmes e as demais mostras, acesse o site do FICBIC

Programação:
CINE GUARANI
Dia 21 de outubro, sexta-feira:
15h30 – Mostra Retrospectiva – Ironweed (143’)
18h30 – Mostra Retrospectiva – Brincando nos Campos do Senhor (189’)
Dia 22 de outubro, sábado:
14h30: Mostra Retrospectiva – O Rei da Noite (98’)
17h – Mostra Retrospectiva – Pixote (128’)
19h30 – Mostra Retrospectiva – O Beijo da Mulher Aranha (120’)
Dia 23 de outubro, domingo:
15h – Mostra Retrospectiva – Brincando nos Campos do Senhor (189’)
19h – Mostra Retrospectiva – Ironweed (143’)
Dia 25 de outubro, terça-feira:
15h – Mostra Retrospectiva – O Beijo da Mulher Aranha (120’)
17h30 – Cinema Francês – Jacquot de Nantes (118’)
20h – Cinema Francês – As Damas do Bosque de Bologne (90’)
Dia 26 de outubro, quarta-feira:
15h – Mostra Retrospectiva – Pixote (128’)
18h – Cinema Francês – O Batedor de Carteiras (75’)
20h – Cinema Francês – French Cancan (102’)
Dia 27 de outubro, quinta-feira:
15h30 – Mostra Retrospectiva – O Rei da Noite (98’)
18h – Cinema Francês – As Damas do Bosque de Bologne (90’)
20h – Cinema Francês – O Batedor de Carteiras (75’)
Dia 28 de outubro, sexta-feira:
17h – Cinema Francês – French Cancan (102’)
19h30 – Cinema Francês – Jacquot de Nantes (118’)

CINEMATECA
Dia 21 de outubro, sexta-feira:
18h00 – Circuito Universitário – DocNomads
19h00 – Cinema Paraguai
20h00 – Circuito Universitário – Mostra Centro Europeu
Dia 22 de outubro, sábado:
15h30 – Circuito Universitário – PUTZ | 60min.
16h30 – Circuito Universitário – Mostra o seu – 1 | 71’
18h00 – Circuito Universitário – Mostra o seu – 2 | 69’
19h30 – Circuito Universitário – Cine Egresso | 60’
Dia 27 de outubro, quinta-feira:
15h30 – Circuito Universitário – Cine Egresso | 60’
16h30 – Circuito Universitário – Mostra o seu – 2 | 69’
18h00 – Circuito Universitário – Mostra o seu -1 |71’
19h30 – Circuito Universitário – DocNomads
20h30 – Circuito Universitário – PUTZ | 60’

 

 
publicado por o editor às 09:19
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Julho de 2016

Cine Guarani tem programação de férias

 

 
 
 
 
            A programação do Cine Guarani a partir da próxima quinta-feira (14) até o final do mês de julho será dedicada ao público infantil. Todos os dias será exibido um filme diferente para a criançada se divertir durante as férias. Confira:          
 
14/07 (quinta-feira)
VIDA DE MENINA (2005, Brasil / 102’)
Vida de menina acompanha três anos (1893-1895) da vida da adolescente Helene, em um momento crítico de sua vida, quando começa a lutar para conquistar sua liberdade e integridade. Tendo como pano de fundo um Brasil que acaba de abolir a escravatura e proclamar a República, a jovem começa a escrever o seu diário, revelando seu universo. É nesse diário que Helena debocha e desmascara as pretensas virtudes alheias, procurando não perder sua alegria infantil de viver e reinventando o mundo à sua maneira.
Direção: Helena Solberg
Elenco: Ludmila Dayer, Daniela Escobar, Dalton Vigh, Camilo Bevilacqua, Lígia Cortez, Maria de Sá, Lolô Souza Pinto, Benjamin Abras, Luciano Luppi.
Classificação Indicativa: Livre
 
15/07 (sexta-feira)
CARRAPATOS E CATAPULTAS (2011, 79’)
Exibição de 7 episódios da série infantil, cada um com 11’15’’:
1. A caixa de luz 
2. A chegada do baixinho 
3. Jack o sugador
4. Popbol 
5. O rei Bod 
6. Toma que o ovo é teu 
7. Pegando onda 
Criador, Roteirista e Diretor: Almir Correia
Classificação Indicativa: Livre
 
16/07 (sábado)
GAROTO CÓSMICO (Brasil, 2007, 75’)
Cósmico (Aleph Naldi), Luna (Bianca Rayen) e Maninho (Mateus Duarte) vivem em um mundo futurista, onde as vidas são inteiramente programadas. Uma noite eles se perdem no espaço, enquanto buscam obter mais pontos para ganhar um bônus na escola. Eles então descobrem um universo infinito, esquecido num pequeno circo, onde vivem novas experiências.
Direção: Ale Abreu
Classificação: livre
 
17/07 (domingo)
CASTELO RÁ-TIM-BUM, O FILME (1999, Brasil / 105’)
Inspirado na série de TV que encantou gerações, Castelo Rá-Tim-Bum, o filme conta a história de Nino, um menino de 300 anos que mora em castelo suntuoso e mágico com seus tios feiticeiros. Nino se acha diferente das outras crianças, e por isso sonha em ter amigos e poder brincar como uma criança normal. Mas quando descobre que sua família está em perigo, sai em busca de ajuda para salvar o castelo.
Direção: Cao Hamburger
Elenco: Marieta Severo, Rosi Campos, Sergio Mamberti, Diegho Kozievith, Pascoal da Conceição, Mayara Constantino, Leandro Léo
Classificação Indicativa: Livre
 
19/07 (terça-feira)
O ANO EM QUE MEUS PAIS SAÍRAM DE FÉRIAS (2006, Brasil / 103’)
Mauro é um garoto mineiro de 12 anos que adora futebol e jogo de botão. Sua vida muda completamente quando os pais saem de férias de forma inesperada e aparentemente sem motivo. Na verdade os pais, militantes de esquerda, são obrigados a fugir da perseguição da ditadura militar brasileira e deixam o garoto com o avô paterno, em São Paulo. Os pais não ficam sabendo da morte súbita do avô, o que faz com que Mauro tenha de ficar com o vizinho, um velho judeu solitário. Enquanto aguarda um telefonema dos pais Mauro precisa lidar com sua nova realidade, que tem momentos de tristeza pela situação em que vive e também de alegria, ao acompanhar o desempenho da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1970.
Direção: Cao Hamburger
Elenco: Michel Joelsas, Germano Haiut, Daniela Piepszyk, Caio Blat, Paulo Autran, Simone Spoladore, Eduardo Moreira, Liliana Castro.
Classificação Indicativa: 10 anos
 
20/07 (quarta-feira)
CURTAS INFANTIS 7: DIVERSIDADE (Brasil, 62’)
Exibição de 7 curtas-metragens infantis:
1. Feira da fantasia (2010, 11’)
2. Carnaval dos deuses (2010, 10’)
3. A folha da samaúma (2010, 9’)
4. Bailarino e o bonde ( 2009, 10’)
5. Luiz Apple – a vida de um campeão (2009, 4’)
6. Pimenta (2010, 13’)
7. A história do monstro Khátpy (2009, 5’)
Classificação Indicativa: Livre
 
21/07 (quinta-feira)
TAINÁ 2 – A AVENTURA CONTINUA (Brasil, 80’)
A pequena índia Catiti anda pela floresta seguindo e imitando Tainá, hoje uma linda e corajosa adolescente. Elas inutilizam as armadilhas dos traficantes de espécimes raros. Encontram Carlito, garoto da cidade à procura de seu cachorrinho perdido, que Catiti resgata e quer adotar. Quando uma quadrilha se apodera dos bichinhos de estimação da aldeia, todas as crianças devem esquecer as diferenças de cultura e temperamento para socorrer os amigos sob a liderança de Tainá.
Direção: Mauro Lima
Elenco: Eunice Baia, Vitor Morosini, Kadu Moliterno.
Classificação Indicativa: Livre
 
22/07 (sexta-feira)
A BANDA DOS BICHOS SUPER MALUQUINHOS (2014, 43’)
Exibição de 16 videoclipes animados e divertidos com bichos misturados: 
1. A sirireca levada da breca
2. A tarturana ganhou na loteria
3. Concurso de pum
4. Dois gatolumes no telhado
5. Coitada da lesmiga
6. A vacaleta
7. Girafoca
8. Tatuvalo
9. Sapato sem chulé
10. A lebreruga quer namorar
11. Ai que pena do bodema
12. Pra onde foi a vacaboia?
13. A rinocelinha
14. A hipopopeia
15. Ninguém viu o lagargaio
16. Pombelinha
Criador, Roteirista e Diretor: Almir Correia
Classificação Indicativa: Livre
 
23/07 (sábado)
OS XERETAS (SP/BR, 2001, 90’). 
Duda, Tato e Nick são garotos entre 12 e 14 anos; os xeretas que descobrem uma rede de túneis, localizada abaixo da cidade, que acaba por levá-los muito, muito além do que eles poderiam imaginar. Tudo tem início quando eles encontram uma pequena menina, com um estranho símbolo dourado, tatuado no braço, vagando perdida pelas ruas de Castro. Com a ajuda de Alana — uma mística que vive na cidade — descobrem que a menina é na realidade uma “viajante dos portais do tempo e do espaço”, perdida nos dias de hoje. Alana se vale de seus antigos e raros manuscritos, para contar aos xeretas a história dos aleph; o povo de viajantes responsável, desde sempre, pela segurança dos portais. Mas adverte: como todos de seu povo, a menina precisa de um medalhão — a chave dos portais — para retornar à sua casa. Pior: sem ele, ela não sobreviveria mais de um dia em nosso tempo…
Direção: Michael Ruman 
Elenco: Francisco Cuoco, Roberto Arduim, Eliana Fonseca, Elias Andreato, Fabio Lins, Fabio Henrique, José Batistella, José Eduardo Gomes e Jessyca Bueno Barth
Classificação: Livre
 
24/07 (domingo)
OS PORRALOKINHAS (2007, 89’)
Em 1970, uma indiazinha é salva na floresta por Tio Maneco, graças aos poderes de um talismã em forma de sapo. Em 2006 esta aventura é retomada por crianças urbanas que devem enfrentar a natureza e bandidos, ao lado de Tio Maneco e Escarlate, uma esperta muambeira de Copacabana.
Direção: Lui Farias
Elenco: Heloisa Perisse, Lucio Mauro Filho, Flávio Migliaccio
Classificação: Livre
 
26/07  (terça-feira)
XUXA E O TESOURO DA CIDADE PERDIDA (2005, 84’)
Na Amazônia desconhecida, uma cidade subterrânea perdida no tempo. Fundada por vikings, que atravessaram o Atlântico e se embrenharam rio Amazonas adentro, ela abriga um tesouro misterioso. Para encontra-la, Bárbara e as crianças Manhã e Riacho, 9 e 7 anos, precisarão enfrentar inúmeros desafios e passar pelo Curupira.
Elenco: Xuxa Meneghel, Bruna Marquezine, Luiz Carlos Tourinho, Marcos Pasquim.
Classificação: Livre
 
27/07 (quarta-feira)
ANIMAÇÕES PARA A PRIMEIRA INFÂNCIA (Brasil, 70’)
A animação sempre esteve vinculada ao público infantil. E esta coletânea apresenta produções brasileiras feitas pelos melhores animadores autorais do país da última década: curtas que têm potencial para se transformarem em séries de TV e longas-metragens.
- A Traça Teca: A história da pequena traça Teca e de seu ácaro de estimação Tuti.
- Albertinho: A história de um menino que sonha em voar. Homenagem a Alberto Santos Dumont e ao centenário do vôo do 14Bis.
- Caquinhas: De baixo de uma carteira, num cesto de lixo ou mesmo numa rua, revelam-se situações cômicas das “Caquinhas” espalhadas no dia-a-dia.
- Cuidando, dá linha: Crianças de 11 cidades de 3 estados comentam a depredação e conservação dos orelhões.
- Minhocas: Nesta família de minhocas, Júnior está crescendo e ainda não conseguiu do pai, da mãe e do avô nenhuma resposta convincente para uma questão que não pára de intrigá-lo: por que é proibido cavar para cima?
- Mitos Do Mundo: Por Que O Canguru Salta Em Duas Patas: Baseado numa lenda aborígine australiana, as crianças vão saber porque o canguru salta em duas patas, além de aprender que ele se chama Bora e de conhecer as canções, os instrumentos e a pintura corporal usada por esse povo.
- Para Chegar Até a Lua: Jaime, uma mosca-das-frutas, nasce atrasado em relação aos seus irmãos e irmãs e perde o ciclo de vida ao qual fora destinado. Com menos de um dia de vida, Jaime inicia sua curta jornada pelo mundo, buscando algo que dê sentido à sua existência.
- Tem Um Dragão No Meu Baú: É a história de uma menina que tem um dragão no baú dela.
Classificação: Livre
 
28/07 (quinta-feira)
CURTAS INFANTIS 3 (Brasil, 94’)
Filmes voltados para crianças são fundamentais para fortalecer a identidade nacional. E os que retratam a diversidade cultural de um país plural como o Brasil são ainda mais importantes. Os curtas-metragens deste programa retratam bem o momento da produção brasileira de filmes infantis, que começa a crescer, aparecer e ganhar prêmios.
Filmes do Programa:
O mistério do cachorrinho perdido (2006, 23’) 
Mãos de vento e olhos de dentro (2008, 14’)
Minha rainha (2008, 11’)
A peste da Janice (2007, 15’)
Raul da ferrugem azul (2004, 31’)
Classificação Indicativa: 10 anos
 
29/07 (sexta-feira)
O GUERREIRO DIDI E A NINJA LILI (Brasil, cor, 102’)
Após o desaparecimento de seu pai, a pequena Lili é enviada para morar com sua tia. Lá, a jovem ninja precisa manter em segredo sua formação em artes marciais e usar seu coração para enfrentar as provações que encontrará pelo caminho.
Elenco: Renato Aragão, Vanessa Lóes, Marcello Novaes, Daniele Suzuki
Classificação: Livre
 
30/07 (sábado)
O GRILO FELIZ (SP, 2001, 80’)
Em um pequeno povoado de insetos na floresta, o Grilo Feliz compõe suas músicas e dá lições de cidadania à sua turma, com sua violinha feita de casca de amendoim. Mas a paz será quebrada com a chegada do ambicioso lagarto Maledeto e seu Bando do Brejo, formado por sapos guardiões, e Faz Tudo, um Louva-a-Deus bajulador e atrapalhado. Maledeto não respeita a natureza e odeia música. Ele acaba com a tranquilidade do local e estabelece um reinado de medo, que os habitantes da comunidade terão de combater com muita astúcia.
Classificação: Livre
 
31/07 (domingo)
UMA AVENTURA NO TEMPO (80’)
 Animação com a Turma da Mônica. Nossos heróis precisam viajar numa máquina do tempo para recuperar os “quatro elementos da natureza” e salvar o mundo de congelamento total.
Direção: Maurício de Souza
Classificação Indicativa: Livre
 
Local: Cine Guarani – Portão Cultural – Av. República Argentina, 3430
Datas: de 14 a 31 de julho, de terça-feira a domingo
Horário: 16h
Ingresso: gratuito
 

 

publicado por o editor às 14:10
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Maio de 2016

Cine Guarani exibe 6ª edição da Mostra Animal  

 

 

 
O Cine Guarani, no Portão Cultural, exibe no próximo sábado e domingo (dias 21 e 22) 19 filmes de 10 países dentro da VI Mostra Animal.  Com entrada gratuita, o evento promovido pela Sociedade Vegetariana Brasileira, também recebe a primeira edição da Feira Vegana, com a venda de alimentos, cosméticos e vestuário de 18 expositores, além de divulgação do trabalho de diversas organizações ligadas à causa animal.

Um dos destaques da seleção de filmes é  o documentário “Cowspiracy” (EUA), que trata sobre os impactos ambientais na criação de animais ditos de “consumo”, e mostra a omissão das grandes ONG´s ambientais sobre o assunto.
Inside Fur”, documentário escandinavo sobre o comércio de peles de animais, é outro destaque: para produzir o filme, o diretor Ola Waagen se passou por um aspirante a produtor de peles de animais, e gravou todas as imagens em uma câmera escondida. Está na grade, ainda, o filme alemão “Live and Let Live”, que examina nossa relação com os animais e traz a história de pessoas que viraram veganas, além de “Life According to Ohaf” (Israel), “Speciesism” (EUA), “At the Edge of the World” (EUA), entre outros.

A série de animação brasileira “O Mundo Animal de Bibi”, produzido pela AMPARA Animal, voltada para crianças, também estará na Mostra – Juliana Camargo, uma das vozes do filme, participará de um bate-papo com o público. Outros nomes como Guiga Pirá, ativista da Sea Shepherd, Lucas Alvarenga, representante da Mercy For Animals e Shirlei Fraguas, diretora e produtora do filme “Por Eles”, também estarão presentes para conversas com o público ao longo do evento.
“Receber filmes de várias partes do Brasil e do mundo é uma confirmação de que o movimento, que busca o amplo respeito aos animais ganha força de forma universal. Fica cada vez mais evidente que existe uma chama interna em cada um de nós que nos diz que muita coisa está errada na forma como lidamos com todas as outras espécies”, salienta o presidente da SVB, Ricardo Laurino.
No encerramento da Mostra Animal, diretores e produtores aguardarão pelo “Oscow”, estatueta símbolo do evento, que será entregue para as produções indicadas pelo público e organizadores. Três filmes da programação serão homenageados.
SERVIÇO:
VI Mostra Animal
Dias 21 e 22 de maio, das 14h às 21h30.
Portão Cultural (Av. República Argentina, 3.430 – Portão). Entrada gratuita
A programação completa com horários dos filmes e debates está disponível em: www.mostraanimal.com.br
Dia 21/05 – sábado14h00 Abertura 
14h15 O mundo Animal de Bibi ep 1 Brasil RJ – 2015
14h20 O mundo Animal de Bibi ep 2 Brasil RJ – 2015
14h25 O Mundo Animal de Bibi ep 3 Brasil RJ – 2015
14h30 My Dream USA – 2015
14h35 The Gift Hungria – 2015
14h45 Bate Papo Juliana Camargo (Ampara Animal) – Lucas Alvarenga (Mercy For Animals)
15h15 Intervalo Feira Vegana
15h35 Por Eles Brasil MG – 2015
15h55 Homenagem às porcas Brasil SP – 2015
16h00 Cowspiracy USA – 2014
17h25 Bate Papo Shirley Fraguas e convidado 
17h50 Apresentação Musical -Iria Braga 
18h10 Intervalo Feira Vegana
18h30 Live and Let Live Alemanha – 2013
19h50 A Vida Segundo Ohad Israel – 2014
21h10 The Herd Reino Unido – 2014
21h30 Encerramento 1º dia

Dia 22/05 – domingo
14h00 Abertura 
14h15 The Dream Alemanha – 2012
14h20 If Only Everyone Saw This Side to Cows Australia – 2015
14h25 Peta Strenght / Seaworld Alemanha – 2012
14h30 Pidgeon Ruanda – 2015
14h35 Ecocide Brasil RS – 2016
14h40 Bate Papo Convidados especiais
15h10 Intervalo Feira Vegana
15h30 At The Edge of The World Canadá – 2008
17h00 Não Conta lá em Casa (Ilhas Faroé) Brasil RJ – 2014
17h25 Bate Papo Guiga – Sea Shepard
17h45 Speciesism USA – 2013
19h15 Intervalo Feira Vegana
19h35 Videos SVB 
19h50 Homenagens Oscow 
20h15 Pels (Inside Fur) Noruega – 2014
21h15 Encerramento

 

 
publicado por o editor às 15:33
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Abril de 2016

Cine Guarani recebe a estreia de "O Gigantesco Imã" em Curitiba  

 

 

O Cine Guarani, no Portão Cultural, recebe nesta quinta-feira (7) a estreia do longa metragem O Gigantesco Imã em Curitiba.  A produção revela a vida e a obra do inventor e cientista popular Evangelista Ignácio de Oliveira. O filme fica em cartaz até o próximo dia 13 de abril com sessões às 16h. Os ingressos custam R$ 12,00 e R$ 6,00.

Nascido em Serra Talhada, no sertão pernambucano, "Evangelista leva a vida reciclando máquinas e equipamentos eletrônicos descartados, com os quais constrói desde câmeras de cinema até instrumentos ópticos e astronômicos", como explica Petrônio, um dos diretores da obra, que também é natural de Serra Talhada e assina a obra em parceria com o carioca Tiago Scorza.
 
Durante 12 anos, os cineastas conviveram com o protagonista para a realização do filme. Sem nunca ter frequentado uma universidade, Evangelista é capaz de discorrer sobre fenômenos físicos, químicos, astronômicos e sobre teorias que abordam a evolução do universo. O documentário mostra a saga cinematográfica de um personagem real, imerso no universo de uma ciência autodidata. Figura pitoresca, Evangelista já foi entrevistado até no talkshow do Jô Soares, em 2006, quando o curta-metragem O som da luz do trovão, produzido na época, contou algumas de suas aventuras inventivas, a exemplo da construção de uma asa delta para saltar do ponto mais alto de sua cidade, ainda na década de 1970.
 
Dentre os festivais da sétima arte nos quais concorreu em 2015, o filme ganhou os prêmios de Menção Honrosa e Melhor Trilha Sonora no 19º CINE PE, em Recife; Melhor Filme no 19º Festival Florianópolis de Audiovisual Mercosul; Melhor Filme e Melhor Trilha Sonora no 8º Festival de Cinema de Triunfo; além de exibições no Festival Panorama Coisa de Cinema, em Salvador, no Festival de Cinema de Miracema, em Tocantins, e na Muestra Internacional Documental de Bogotá.
Com duração de 1h13min, a obra foi filmada nas cidades pernambucanas de Serra Talhada e Petrolina, e tem lançamento simultâneo em Recife, João Pessoa, Curitiba, São Paulo, Maceió, Vitória e Rio de janeiro, entre outras. O filme é uma realização conjunta das produtoras Aiuru Filmes, Mont Serrat Filmes e Nosotros y los demas, e conta com a distribuição da Inquieta Cine. 

Serviço:
O Gigantesco Imã
Local: Cine Guarani – Portão Cultural
Endereço: Avenida República Argentina, 3.430
Data(s): 07/04/2016 a 13/04/2016 – 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, sábado e domingo
Horário: 16h
Ingressos: R$ 12,00 e R$ 6,00 (meia)
Classificação: 10 anos
 

 

publicado por o editor às 15:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2015

Cine Guarani participa da programação da 9º Primavera dos Museus

 

 

 

 



O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) promove a 9ª Primavera dos Museus, até o próximo domingo (27), sob o tema "Museus e Memórias Indígenas". Em Curitiba, o Cine Guarani, no Portão Cultural, integra a programação exibindo dois programas, com 4 curtas cada, e um longa sobre a temática. As sessões acontecem de terça-feira a domingo (22 a 27), às 17h, com ingressos gratuitos.
O Ibram considera que a diversidade sociocultural dos mais de 200 povos indígenas que vivem em nosso país constitui-se como um dos maiores patrimônios existentes no território nacional e os museus são espaços importantes para guarda e transmissão das histórias destes povos. Serão realizados mais de 2.400 eventos em todo o país, em cerca de 800 instituições diferentes, voltados para a causa indígena.

Programação:
Dias 22 e 23:
                          
VÍDEO NAS ALDEIAS 
Gênero: Documentário 

- "Nguné Elü – o dia em que a lua menstruou", de Marica Kuikuro e Takumã Kuikuro (2004, 27’)
Durante uma oficina de vídeo na aldeia Kuikuro, no Alto Xingu, ocorre um eclipse. De repente, tudo muda. Os animais se transformam. O sangue pinga do céu como chuva. O som das flautas sagradas atravessa a escuridão. Não há mais tempo a perder. É preciso cantar e dançar. É preciso acordar o mundo novamente. Os realizadores Kuikuro contam o que aconteceu neste dia, o dia em que a lua menstruou.

- "De volta à terra boa", de Mari Corrêa e Vincent Carelli (2008, 21’)
Homens e mulheres Panará narram a trajetória de desterro e reencontro de seu povo com seu território original, desde o primeiro contato com o homem branco, em 1973, passando pelo exílio no Parque do xingu até a luta e reconquista da posse de suas terras.

- "Prîara Jô – depois do ovo, a guerra", de Komoi Panará (2008, 15’)
As crianças Panará apresentam seu universo em dia de brincadeira na aldeia. O tempo da guerra acabou, mas ainda continua vivo no imaginário das crianças.

- "Huni Meka – os cantos do cipó", de josias Maná Kaxinawá e Tadeu Siã Kaxinawá (2006, 25’)
Uma conversa sobre cipó (ayahuasca), “miração” e cantos. A partir de uma pesquisa do professor isaías Sales ibã sobre os cantos do povo Huni Kui, os índios resolvem reunir os mais velhor para gravar um CD e publicar um livro.

Dias 24 e 25:
BRASIL INDÍGENA 
Gênero: Documentário

- "Âgtux", de Tania Anaya (2005, 22’)
A etnia Maxakali habita o Vale do Mucuri, em Minas Gerais. DSonos de um notável refinamento plástico e sonoro, os Maxakali vivem sob uma sombra de miséria amplamente divulgada pela mídia. O filme busca o que falta nas notícias: a riqueza dos grafismos, da língua e da vida cotidiana. Âgtux significa “contar histórias”.

- "Jornada Kamayurá", de Heinz Forthmann (1966, 11’)
No Alto xingu, próximo à Lagoa de Ipaivu, vivem os índios da tribo Kamayurá. Pela manhã, os homens vão à caça, as meninas colhem frutos e os meninos pegam gafanhotos. À tarde, os homens dedicam-se à cultura do algodão, observados pelos meninos. As mulheres reservam a maior parte do tempo aos cuidados da família. Ao entardecer trocam impressões sobre o dia. À noitinha tocam flauta, cantam e dançam. Um dia na vida cordial e bem-humorada dos Kamayurá.

- "Bubula, o cara vermelha", de Luiz eduardo jorge (1999, 29’)
A trajetória documental do cineasta e fotógrafo Jesco von Puttkmer, em que ele revisita sua obra cinematográfica construída no decorrer de quatro décadas com grupos indígena
 
s da Amazônia brasileira.

- "Mato eles?", de Sérgio Bianchi (1983, 34’)
A Funai é um órgão de proteção indígena ou uma indústria de extração da madeira? O último índio da tribo Xetá deve ser tombado pelo patrimônio histórico? É melhor negócio comprar a terra indígena e retirar a madeira, ou denunciar quem faz isso?

Dias 26 e 27:
SERRAS DA DESORDEM (2006, 136’)
Descrição: Carapirú é um índio nômade que, após escapar do massacre de seu grupo familiar em 1978, perambula sozinho pelas serras do Brasil Central até ser capturado, dez anos depois, a 2 mil quilômetros de distância do seu ponto de fuga/partida. Levado para Brasília pelo sertanista Sydney Possuelo, torna-se manchete nacional e centro de polemica criada por antropólogos e lingüistas quanto à sua origem e identidade.
Direção: Andréa Tonacci.
Elenco: Carapirú, Tiramukon, Myhatxiá, Sydney Ferreira Possuelo.
Classificação: 10 anos
 

 

publicado por o editor às 01:05
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Agosto de 2015

Música eletrônica e o rock dos anos 90 na programação do Cine Guarani

 

 

 

 


O Cine Guarani, no Portão Cultural, exibe na sexta-feira (28) uma programação voltada para a música eletrônica e o rock nacional dos anos 1990. Na programação especial, em virtude do evento Rio Music Conference, o espaço exibe os filmes Theremin: Uma Odisséia Eletrônica (17h), Moog (19h) e Sem Dentes: O Banguela Records e a Turma de 1994 (21h). 
Com curadoria do jornalista Ramiro Pissetti, o Cine RMC também promove, na sexta-feira às 20h30, um bate-papo com o jornalista Abonico Smith e o guitarrista da banda O Rappa, Xandão Menezes. Os ingressos custam R$10 e 5.

Olhar histórico
Dirigido pelo jornalista e escritor Ricardo Alexandre, "Sem dentes: Banguela Records e a Turma de 94" conta a história de um ano muito especial para o pop nacional: foi em 1994 que os Raimundos e Chico Science & Nação Zumbi estrearam, foi o ano em que o Skank, recém-chegado do circuito independente, lançou o álbum Calango para mais de um milhão de compradores, o ano da consagração de festivais como Juntatribo, Superdemo e Abril pro Rock, o ano em que revistas e fanzines, programas de rádio e televisão construíram uma cena renovada e forte, o ano em que bandas como Mundo Livre S/A, Planet Hemp e Pato Fu entraram em estúdio para marcar para sempre a história do pop brasileiro. Sem dentes, pela primeira vez, trata toda essa movimentação incrível com olhar histórico.
O eixo central do filme, como seu nome diz, é a história do Banguela Records, um selo independente criado pelos Titãs ao lado do produtor Carlos Eduardo Miranda, com financiamento e distribuição da gravadora Warner Music. 
O filme começou a ser rodado no início de 2014, e para ele foram feitas mais de 20 entrevistas com músicos, produtores, jornalistas e vários personagens que construíram a história do selo e da geração do início dos anos 90. Imagens raras e inéditas misturam-se a vídeos clássicos compondo um mosaico revelador, divertido, informativo e emocionante.
Serviço:
Cine RMC
Data: 28/08
17h  – Theremin: Uma Odisséia Eletrônica
19h – Moog
20h30 – Sem Dentes: O Banguela Records e a Turma de 1994 – Bate-papo de Abertura
Mediador: Ramiro Pissetti (Curador)
Participantes:
Abonico Smith (Jornalista)
Xandão Menezes (O Rappa)
21h – Sem Dentes: O Banguela Records e a Turma de 1994

Sábado 28/08
20h – Sem Dentes: O Banguela Records e a Turma de 1994

Cine Guarani – Portão Cultural
Endereço: Av. República Argentina, 3430 – Portão

 

publicado por o editor às 13:56
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2014

PROGRAMAÇÃO CINE GUARANI

 


 

 

27 de novembro a 03 de dezembro de 2014

 

 

Área artística: Cinema                                                                              

 

Data: 27 de novembro a 21 de dezembro de 2014

 

Nome da atração: Exibição do filme O CAVALINHO AZUL

 

Gênero: BR, 1984, infantil – 85’

 

Descrição:. O Cavalinho Azul, é um filme brasileiro do gênero infantil de 1984, dirigido, editado e escrito por Eduardo Escorel. O filme, baseado na peça homônima de Maria Clara Machado, possui 85 min e é um clássico infantil do cinema brasileiro.

Sinopse: João de Deus, um andarilho de barbas longas, conta a história de um menino chamado Vicente, que tinha um cavalo, que na sua visão é um lindo cavalo azul, e para seus pais, um velho cavalo marrom. Um dia, seu pai vende o cavalo. Preocupado com os perigos nos quais o animal pudesse enfrentar, Vicente parte numa viagem atrás de seu amigo. Durante a jornada o menino passa por várias aventuras.
O filme participou de festivais de Gijon, na Espanha, e Corbeille e Essone, na França.

Direção: Eduardo Escorel

Elenco: Pedro de Brito, Ana Cecília Guimarães, Alby Ramos, Carlos Wilson, Ariel Coelho, Breno Moroni, Renato Consorte, Joana Fomm, Nelson Dantas, Carlos Kroeber, Bia Nunes, Maria Clara Machado e Erasmo Carlos.

.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 16h

Local: Cine Guarani

 

Ingresso: gratuito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Área artística: Cinema                                                                              

 

Data: 09 a 21 de dezembro de 2014

 

Nome da atração: Reexibição do filme Castanha

Gênero: BR, 2014, drama, blu-ray – 95’

 

Descrição: O longa-metragem CASTANHA, premiado em Berlim, acaba de ganhar Prêmio Redentor de Melhor Filme da Première Brasil Novos Rumos do Festival do Rio | Rio International Film Festival .

Sinopse: João Carlos Castanha tem 52 anos e é ator. Também trabalha na noite como transformista em baladas gays. Vive com a mãe septuagenária, Celina, no subúrbio de Porto Alegre. Solitário, doente e confuso, aos poucos ele deixa de discernir realidade e ficção.

 

Principais exibições:
64º Berlinale – Berlin International Film Festival – Forum. Berlim/Alemanha, Fevereiro de 2014. (World Premiere)
38º Hong Kong International Film Festival – Young Cinema Competition. Hong Kong/China, Março de 2014.
Art of the Real – Film Society Lincoln Center. Nova Iorque/EUA, Abril de 2014.
16º BAFICI – Competencia Internacional. 
Buenos Aires/Argentina, Abril de 2014. (Prêmio FEISAL – Menção Especial)
CPH:PIX – Front Runners. Copenhague/Dinamarca, Abril de 2014.
21º CineLatino Film Festival Tübingen – Competencia. 
Tübingen, Freiburg/Alemanha, Abril de 2014.
• Berlinale Forum Selection at Goethe Institut – Brussels. 
Bruxelas/Bélgica, Maio de 2014.
• 14º Las Palmas Film Festival – Sección Oficial. 
Las Palmas de Gran Canaria/Espanha, Junho de 2014. (Prêmio de Melhor Ator)
• 68º Edinburgh International Film Festival – Documentary Competition. Edimburgo/Escócia, Junho de 2014.
• DocMontevideo – Documentary Week.  Montevideo/Uruguai, Julho de 2014.
• 6º Paulínia Film Festival – Competição.  Paulínia/Brasil, Julho de 2014. (Prêmio de Melhor Som)
• 1º Farol – Festival Internacional de Cinema de Fortaleza.  Fortaleza/Brasil, Setembro de 2014.
• 18º Queer Lisboa – Competição de Documentário.  Lisboa/Portugal, Setembro de 2014.
• 36º Festival do Rio – Première Brasil Novos Rumos.  Rio de Janeiro/Brasil, Setembro de 2014. (Prêmio de Melhor Filme)
2º Diálogo de Cinema. Porto Alegre/Brasil, Outubro de 2014. (Filme de Abertura)

Direção: :Davi Pretto

Elenco: João Carlos Castanha, Celina Castanha, Francisco Jairo da Silva

 

Classificação Indicativa: 16 anos

Horário: 18h

Local: Cine Guarani

 

Ingresso: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia entrada)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Área artística: Cinema                                                                              

 

Data: 09 a 21 de dezembro de 2014

 

Gênero: Brasil, drama, 2014, 77’

 

Nome da atração: Exibição do filme VENTOS DE AGOSTO

 

Descrição: Shirley deixou a cidade grande para viver numa pequena e pacata vila litorânea cuidando da avó. Ela trabalha numa plantação de coco dirigindo trator. Mesmo isolada, Shirley cultiva o gosto pelo punk rock e o sonho de ser tatuadora. Ela tem um caso com Jeison, um rapaz que também trabalha na fazenda e nas horas vagas faz pesca subaquática de lagosta e polvo. Um estranho pesquisador chega na vila para registrar o som dos ventos alísios que emanam da zona de convergência intertropical. O mês de agosto marca a chegada das tempestades e das altas marés. E uma descoberta leva Shirley e Jeison a uma jornada de vida e morte, perda e memória, vento e mar.

O filme ganhou uma Menção Honrosa no Festival de Locarno (Suíça).

Direção: Gabriel Mascaro

Elenco: Dandara de Morais, Geová Manoel dos Santos

Classificação Indicativa: 16 anos

Horário: 20h

Local: Cine Guarani

 

Ingresso: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia)

 

 

 

 

publicado por o editor às 20:15
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2014

PROGRAMAÇÃO CINE GUARANI

 


 

 

04 a 10 de dezembro de 2014

 

 

Data: 27 de novembro a 21 de dezembro de 2014

 

Nome da atração: Exibição do filme O CAVALINHO AZUL

Gênero: BR, 1984, infantil – 85’

 

Descrição:. O Cavalinho Azul é um filme brasileiro do gênero infantil de 1984, dirigido, editado e escrito por Eduardo Escorel. O filme, baseado na peça homônima de Maria Clara Machado, possui 85 minutos de duração e é um clássico infantil do cinema brasileiro.

Sinopse: João de Deus, um andarilho de barbas longas, conta a história de um menino chamado Vicente, que tinha um cavalo, que na sua visão é um lindo cavalo azul, e para seus pais, um velho cavalo marrom. Um dia, seu pai vende o cavalo. Preocupado com os perigos os quais o animal pudesse enfrentar, Vicente parte numa viagem atrás de seu amigo. Durante a jornada o menino passa por várias aventuras.

O filme participou de festivais de Gijon, na Espanha, e Corbeille e Essone, na França.

 

Direção: Eduardo Escorel

Elenco: Pedro de Brito, Ana Cecília Guimarães, Alby Ramos, Carlos Wilson, Ariel Coelho, Breno Moroni, Renato Consorte, Joana Fomm, Nelson Dantas, Carlos Kroeber, Bia Nunes, Maria Clara Machado e Erasmo Carlos.

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 16h

Local: Cine Guarani

Ingresso: gratuito

 

 

Data: 03 a 07 de dezembro de 2014

 

Nome da atração: MOSTRA PUTZ

Descrição: PUTZ comemora 10 anos com lançamento de catálogo da produção audiovisual universitária

 

No dia 3 de dezembro, às 20h, será lançado no Cine Guarani o catálogo com as obras selecionadas em sete edições do PUTZ – Festival Universitário de Cinema e Vídeo de Curitiba. O livro registra a história desse evento independente, que, de 2004 a 2010, reinseriu a cidade no roteiro brasileiro da produção audiovisual.

O acervo de audiovisuais, que estava espalhado pelas casas dos organizadores do PUTZ, foi recuperado e digitalizado. Com isso, mais de 1.300 vídeos, antes dispersos em VHS, mini-DV, VCD, DVD, CD, estão reunidos em HD e ficarão à disposição do público e de pesquisadores na Cinemateca de Curitiba.

O trabalho, que recuperou mais de 300 horas de material audiovisual, foi realizado pela Universidade Livre da Cultura em parceria com os coordenadores do catálogo, Leticia Fontanella e José Lazaro Jr. A intenção é que o material digitalizado possa servir de estímulo à continuidade do projeto, disponibilizando os vídeos em um ambiente de acesso a todos.

O festival

Conhecido como PUTZ, o festival foi criado nos corredores do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2000, com o objetivo de divulgar os filmes criados pelos alunos durante as aulas. Em 2004, no aniversário de 40 anos do curso, um grupo de estudantes, incentivados pelo professor Carlos Rocha, criou a primeira edição nacional do evento. Em dez dias de inscrições já eram mais de 90 produções dos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco – nascia o PUTZ, Festival Universitário de Cinema e Vídeo de Curitiba.

Em toda sua história, a mostra independente recebeu mais de mil curtas, entre obras de ficção, documentário, videoarte, videoclipe, reportagem, vídeos publicitários e institucionais, vídeos trash e videoclipes.

“O objetivo do projeto sempre foi divulgar a produção universitária, aquela que ainda não tinha espaço nem mesmo na internet para circular, imagina em uma sala de cinema. E durante sete edições o festival mostrou um panorama da criatividade daqueles que estavam aprendendo e experimentando técnicas e estilos”, avalia a coordenadora Letícia Fontanella. “A importância do PUTZ foi, sem dúvida, abrir este espaço para exibição e discussão sobre o audiovisual, como único representante da área no sul do Brasil. E também circulando pelo país, levando o que havia de melhor na produção regional”, resume.

Catálogos

Durante o lançamento, serão distribuídos para as equipes de realizadores dos filmes selecionados pelo PUTZ uma cópia do catálogo. Ao longo da semana, serão exibidos os campeões de cada categoria, ano a ano, de 4 a 7 de dezembro, no Cine Guarani, sempre a partir das 19h.

 

Data: 3 de dezembro, 20h – lançamento do catálogo e mostra especial

4 a 7 de dezembro, 19h – Mostras especiais: retrospectiva PUTZ

Local: Cine Guarani (Av. República Argentina, 3430 – Portão)

Entrada gratuita

 

publicado por o editor às 14:56
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

PUTZ comemora 10 anos

 


PUTZ comemora 10 anos com lançamento

de catálogo da produção audiovisual universitária


No dia 3 de dezembro, às 20h, será lançado no Cine Guarani o catálogo com as obras selecionadas em sete edições do PUTZ – Festival Universitário de Cinema e Vídeo de Curitiba. O livro registra a história desse evento independente, que, de 2004 a 2010, inseriu a cidade no roteiro brasileiro da produção audiovisual.

O acervo de audiovisuais, que estava espalhado pelas casas dos organizadores do PUTZ, foi recuperado e digitalizado. Com isso, mais de 1.300 vídeos, antes dispersos em VHS, mini-DV, VCD, DVD, CD, estão reunidos em HD e ficarão à disposição do público e de pesquisadores na Cinemateca de Curitiba.

O trabalho, que recuperou mais de 300 horas de material audiovisual, foi realizado pela Universidade Livre da Cultura em parceria com os coordenadores do catálogo, Leticia Fontanella e José Lazaro Jr. A intenção é que o material digitalizado possa servir de estímulo à continuidade do projeto, disponibilizando os vídeos em um ambiente de acesso a todos.

 

O festival


Conhecido como PUTZ, o festival foi criado nos corredores do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em 2000, com o objetivo de divulgar os filmes criados pelos alunos durante as aulas. Em 2004, no aniversário de 40 anos do curso, um grupo de estudantes, incentivados pelo professor Carlos Rocha, criou a primeira edição nacional do evento. Em dez dias de inscrições já eram mais de 90 produções dos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco – nascia o PUTZ, Festival Universitário de Cinema e Vídeo de Curitiba.

Em toda sua história, a mostra, independente, recebeu mais de mil curtas, entre obras de ficção, documentário, videoarte, videoclipe, reportagem, vídeos publicitários e institucionais, vídeos trash e videoclipes.

“O objetivo do projeto sempre foi divulgar a produção universitária, aquela que ainda não tinha espaço nem mesmo na internet para circular, imagina em uma sala de cinema. E durante sete edições o festival mostrou um panorama da criatividade daqueles que estavam aprendendo e experimentando técnicas e estilos”, avalia a coordenadora Leticia Fontanella. “A importância do PUTZ foi, sem dúvida, abrir este espaço para exibição e discussão sobre o audiovisual, como único representante da área no sul do Brasil. E também circulando pelo país, levando o que havia de melhor na produção regional”, resume.

 

Catálogos


Durante o lançamento, será distribuída para as equipes de realizadores dos filmes selecionados pelo PUTZ uma cópia do catálogo. Ao longo da semana, serão exibidos os campeões de cada categoria, ano a ano, de 4 a 7 de dezembro, no Cine Guarani, sempre a partir das 19 horas.

 

Serviço:


Data: 3 de dezembro, 20h – lançamento do catálogo e mostra especial


4 a 7 de dezembro, 19h – Mostras especiais: retrospectiva PUTZ


Local: Cine Guarani (Av. República Argentina, 3430 – Portão)


Entrada gratuita


 


 

publicado por o editor às 15:55
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

PROGRAMAÇÃO CINE GUARANI

PROGRAMAÇÃO CINE GUARANI



 

 

20 a 26 de novembro de 2014

 

 

Data: 11 a 26 de novembro de 2014

 

Nome da atração:  Exibição do Programa ANIMAÇÕES PARA CRIANÇAS (QUE TODOS ADORAM)

Gênero: BR, 2014, animação – 56’

 

Descrição: Esta seleção de curtas-metragens de animação mostra a grande qualidade da produção brasileira no gênero. Voltada para crianças e jovens, traz obras como a fábula fantástica Os anjos do meio da praça, recordista de prêmios em festivais, e também obras esteticamente experimentais, como A viagem de um barquinho. Todos são exemplos de filmes que envolvem, divertem e ao mesmo tempo estimulam os espectadores a pensar sobre temas como a coragem de não abrir mão dos próprios sonhos, o consumismo, o cuidado com o meio ambiente e a valorização da cultura brasileira.

O programa ainda mostra às crianças diferentes técnicas de animação e variados processos de realização, desde filmes 3D produzidos por estúdios profissionais, até obras como “As curvas de Niemeyer”, animação em stop-motion feita por 150 crianças de escolas públicas de Vitória. Os filmes apostam na inteligência das crianças e comprovam que a animação é uma linguagem capaz de agradar a todos.

 

 

Os anjos do meio da praça

Alê Camargo e Camila Carrossine, SP,2010

Duração: 10 minutos

Uma fábula sobre anjos caídos, sonhos esquecidos e um menino.

 

 

Tamanduá bandeira

Ricardo de Podestá, GO,2010

Duração: 8 minutos

Um pacato tamanduá encontra a fêmea de sua vida. Só alguns passos o separam dela. Porém, são passos que devem ser dados no asfalto.

 

 

Purgamentum

Yannet Brigglier, SC,2011

Duração: 11 minutos

Uma alegoria do modelo de desenvolvimento predominante no planeta, baseado na produção e consumo desenfreado, no qual a natureza é explorada de forma predatória. Em latim, purgamentum significa lixo.

 

 

A viagem de um barquinho

Marcio Emilio Zago, SP,2010

Duração: 4 minutos

O nascimento de um barquinho de papel, seu percurso e seu destino.

 

 

Como se fala na Terra

Alê Machado, SP,2010

Duração: 6 minutos

Breve documentário alienígena sobre a comunicação verbal dos humanos.

 

Obsoleto

Heitor Mendonça dos Santos, Leandro de Souza Henriques e Victor Mendonça dos Santos

Duração: 5 minutos

Em uma cidade do futuro encontramos o P-O68, um simpático robô que perdeu um de seus braços e passa seus dias sentado na calçada pedindo esmola. Ele tenta voltar à ativa e ter uma existência digna novamente, a fim de não se tornar obsoleto.

 

As curvas de Niemeyer

ES,2010

Duração: 11 minutos

A menina Estela embarca numa nave do tempo junto com Oscar Niemeyer, um dos mais importantes arquitetos modernos do mundo, para descobrir as principais obras do artista.

.

Classificação Indicativa: Livre (a partir de 10 anos)

Horário: 16h

Local: Cine Guarani

 

Ingresso: gratuito

 

 

 

Data: 11 a 26 de novembro de 2014

 

Nome da atração: Exibição do Programa COMÉDIAS CONTEMPORÂNEAS

Gênero: BR, 2001 – 61’

 

Descrição: Muita gente acha graça quando assiste a uma situação ou personagem estereotipado ou coberto por preconceito. Mas rir também é um modo de revelar verdades. Os curtas-metragens deste programa adotam recursos variados para oferecer histórias divertidas e fazer pensar. A sátira corrói o excesso de ordem da burocracia e ridiculariza a preocupação constante coma boa forma. A farsa revela o jeito bem esperto de um tipo que a maioria considera matuto. A animação deixa a imaginação livre para devolver um reflexo distorcido que ajuda a nos ver mais e melhor. O falso documentário inverte a ordem e acaba pondo a nu fatos que não fazem sentido.

 

Classificação Indicativa: 12 anos

Horário: 17h30

Local: Cine Guarani

 

Ingresso: gratuito

 

 

Data: 19  de novembro de 2014

 

Nome da atração: REEL ROCK TOUR 9

 

Descrição:  A 9ª edição do REEL ROCK TOUR contará com a apresentação do filme “Valley Uprising” (99’).

 

A maior história da escalada americana no Yosemite Park que não foi contada. Há 50 anos, o Yosemite Park tem atraído exploradores e “loucos” deixando o materialismo para trás e se aventurando nas maiores paredes de granito.

O principal personagem do Yosemite viveu uma vida boemia extrema no Vale, vivendo de vinho tinto e batatas assadas, desafiando as autoridades do Parque Nacional e estreando a mais ousada escalada no planeta. A tocha foi passada ao longo de três gerações de escaladores; entre rivalidades, tragédias e triunfos, a arte da escalada no Yosemite tem avançado além da compreensão de todos.

Valley Uprising é o firmamento, um conto inesquecível das tradições da escalada: metade de um século de luta contra as leis da gravidade – e das leis da terra.

 

Direção: Peter Mortimer, Nick Rosen

 

Classificação Indicativa: Livre

Horário: 20h

Local: Cine Guarani

 

Ingresso: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

 

Postos de venda de ingresso para este filme: Loja The North Face (Park Shopping Barigui)/ Loja e Ginásio Campo Base (Travessa da Lapa, 400)/ Loja Território (Shopping Paladium e Shopping Cristal)/ Loja Canyon Adventure (Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 255)

 

 

 

Data: 20 a 26 de novembro de 2014

 

Nome da atração: Exibição do filme CASTANHA

Gênero: BR, 2014, drama, blu-ray – 95’

 

Descrição: O longa-metragem CASTANHA, premiado em Berlim, acaba de ganhar Prêmio Redentor de Melhor Filme da Première Brasil Novos Rumos do Festival do Rio | Rio International Film Festival e terá sessão única na Cinemateca no dia 20 de novembro, às 17h. O mesmo filme entrará em cartaz no Cine Guarani de 20 a 26/11, às 20h.

 

Sinopse: João Carlos Castanha tem 52 anos e é ator. Também trabalha na noite como transformista em baladas gays. Vive com a mãe septuagenária, Celina, no subúrbio de Porto Alegre. Solitário, doente e confuso, aos poucos ele deixa de discernir realidade e ficção.

 

Principais exibições:
64º Berlinale – Berlin International Film Festival – Forum. Berlim/Alemanha, Fevereiro de 2014. (World Premiere)
38º Hong Kong International Film Festival – Young Cinema Competition. Hong Kong/China, Março de 2014.
Art of the Real – Film Society Lincoln Center. Nova Iorque/EUA, Abril de 2014.
16º BAFICI – Competencia Internacional. 
Buenos Aires/Argentina, Abril de 2014. (Prêmio FEISAL – Menção Especial)
CPH:PIX – Front Runners. Copenhague/Dinamarca, Abril de 2014.
21º CineLatino Film Festival Tübingen – Competencia. 
Tübingen, Freiburg/Alemanha, Abril de 2014.
• Berlinale Forum Selection at Goethe Institut – Brussels. 
Bruxelas/Bélgica, Maio de 2014.
• 14º Las Palmas Film Festival – Sección Oficial. 
Las Palmas de Gran Canaria/Espanha, Junho de 2014. (Prêmio de Melhor Ator)
• 68º Edinburgh International Film Festival – Documentary Competition. Edimburgo/Escócia, Junho de 2014.
• DocMontevideo – Documentary Week.  Montevideo/Uruguai, Julho de 2014.
• 6º Paulínia Film Festival – Competição.  Paulínia/Brasil, Julho de 2014. (Prêmio de Melhor Som)
• 1º Farol – Festival Internacional de Cinema de Fortaleza.  Fortaleza/Brasil, Setembro de 2014.
• 18º Queer Lisboa – Competição de Documentário.  Lisboa/Portugal, Setembro de 2014.
• 36º Festival do Rio – Première Brasil Novos Rumos.  Rio de Janeiro/Brasil, Setembro de 2014. (Prêmio de Melhor Filme)
2º Diálogo de Cinema. Porto Alegre/Brasil, Outubro de 2014. (Filme de Abertura)

 

Direção: :Davi Pretto

Elenco: João Carlos Castanha, Celina Castanha, Francisco Jairo da Silva

 

Classificação Indicativa: 16 anos

Horário: 20h

Local: Cine Guarani

 

Ingresso: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia-entrada)

 

 

 

 

POSTADO POR EDUARDO CRUZ ÀS 11/20/2014 12:43:00 PM 0 COMENTÁRIOS

MARCADORES: CINE GUARANI

publicado por o editor às 17:19
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds