Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2017

Cineclube da Cinemateca apresenta obra de Jacques Becker

 

 

 

 
 

O Cineclube da Cinemateca apresenta neste mês de janeiro filmes do diretor francês Jacques Becker (1906-1960). Até o final do mês serão exibidos quatro filmes do cineasta que fizeram sucesso na primeira metade do século 20. As sessões do Cineclube acontecem aos sábados, às 16h, com entrada gratuita.
Os filmes de Jacques Becker refletem o olhar sobre a França dos anos 40 e 50, abordando diferentes aspectos da sociedade francesa – a vida no campo, a alta costura, a classe média suburbana, a vida intelectual e o mundo dos espetáculos. São esses os temas desta seleção que será apresentada nas sessões do Cineclube. Confira:
 
7 de janeiro
ANTONIO E ANTONIETA
(Antoine et Antoinette, FRA, 1947, 88’)
Elenco: Roger Pigaut, Claire Maffei, Noël Roquevert, Gaston Modot, Made Siamé). Antoine e Antoinette se amam. Ele é operário de uma gráfica e ela vendedora numa loja de departamentos no Champs-Elysées. Levam uma vida regrada e feliz, feita de coisinhas insignificantes, de uma pitada de ciúme e de um punhado de sonhos. Essa tranqüilidade é ameaçada por um bilhete de loteria que some e finalmente reaparece.
 
14 de janeiro
VIVAMOS HOJE
(Édouard et Caroline, FRA, 1951, 88’)
Elenco: Daniel Gélin, Anne Vernon, Elina Labourdette, Jacques François, Betty Stockfeld). Jacques Becker fez uma trilogia sobre "dois corações é melhor do que um". “Edouard et Caroline”, que no Brasil recebeu o título de “Vivamos Hoje”, é o segundo filme desta trilogia. Edouard é um talentoso pianista pobre, que se casa com Caroline, da alta sociedade.
 
21 de janeiro
AMORES DE APACHE
(Casque d'or,  FRA, 1952, 96’)
Elenco: Simone Signoret, Serge Reggiani, Claude Dauphin, Odette Barencey, Loleh Bellon. Namorada de um criminoso se apaixona por um carpinteiro, criando um arriscado triângulo amoroso. Primeiro grande papel da ultra-sensual Simone Signoret, num retrato do submundo parisiense de 1900.
 
28 de janeiro
OS AMANTES DE MONTPARNASSE
(Les Amants de Montparnasse, FRA, 1958, 104’)
Elenco: Gérard Philipe, Lilli Palmer, Lea Padovani, Gérard Séty, Lino Ventura, Anouk Aimée, Lila Kedrova. Biografia que retrata o último ano de vida do pintor italiano Modigliani. Na Paris de 1919, ele se apaixona por uma rica jovem, mas seu romance não é aceito pelos pais da garota.
 
Classificação: 14 anos para todos os filmes
 
Horário: 16h
 
Local: Cinemateca – R. Carlos Cavalcanti, 1174
 
Ingresso: gratuito
 

 

 
publicado por o editor às 13:01
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 28 de Outubro de 2016

Banda Película volta à Cinemateca nesta sexta, com trilhas sonoras ao vivo

 

 

 



A banda curitibana Cine Película está de volta nesta sexta-feira (28/10), com duas apresentações do show “Imagem que toca” na Cinemateca de Curitiba.

A proposta do espetáculo é oferecer uma experiência audiovisual em que imagens e sons se fundem em projeções e trilhas de filmes executadas ao vivo, resultando em videoclipes orgânicos. Clássicos do cinema como 007, Psicose, O Poderoso Chefão, Star Wars e Os Trapalhões são parte do repertório que conta com versões que transitam entre jazz, rock, bolero e ritmos brasileiros.
O conjunto é formado por Alonso Figueroa (teclados), André Kloss (baixo), Sergio Monteiro Freire (saxofones), Denis Mariano (bateria), Luis Otavio Almeida (guitarra) e Gustavo Aguiar (projeções e mixagens).

As apresentações nesta sexta acontecem às 19h e às 20h30, e os ingressos custam R$ 20.

 

 
publicado por o editor às 14:12
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Outubro de 2016

Agenda: Cinemateca e Cine Guarani exibem quatro mostras do FICBIC

 

 

 



O Festival de Cinema da Bienal Internacional de Curitiba vem mais uma vez às telas da cidade com um recorte significativo do cinema brasileiro e internacional. São curtas, longas, ficções, documentários, filmes novíssimos e clássicos. O Festival inicia nesta quinta-feira, dia 20, e vai até o dia 28 de outubro, tendo como carro chefe a mostra Panorama, com filmes internacionais e nacionais inéditos na cidade e a mostra Retrospectiva, que este ano homenageia o cineasta Hector Babenco – autor de importantes filmes como “Pixote: A lei do mais fraco” e “Brincando nos Campos do Senhor”.  

Com apoio do Ministério da Cultura e Patrocínio da Petrobras, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, este ano o FICBIC está dividido em seis mostras: Panorama do Cinema Mundial, Panorama do Cinema Brasileiro, Cinema em Retrospectiva, Universo Z, Circuitos e Circuito Universitário. E atendendo a um clamor o público nas últimas edições, grande parte dos filmes será exibida duas vezes para contemplar a todos os que tiverem interesse. As exibições serão concentradas nas salas do Espaço Itaú de Cinema, no Shopping Crystal; Cine Guarani, no Portão Cultural; Cinemateca de Curitiba e Sesc Paço da Liberdade.

O Circuito do Festival apresentará filmes clássicos do Cinema Francês, todos com exibição em 35mm, com o apoio da Cinemateca da Embaixada da França no Brasil e Institut François. E o Centro Cultural de la Republica Cabildo realiza uma seleção de curtas do novo cinema Paraguaio.

A mostra Cinema em Retrospectiva, presta homenagem ao diretor Hector Babenco, falecido em julho desde ano. Nascido na Argentina, Babenco deixou sua marca indelével no cinema brasileiro, ao se debruçar em questões importantes na formação do caráter do nosso povo. Serão exibidos cinco filmes, todos em 35 mm: O Beijo da Mulher Aranha; O Rei da Noite; Pixote, a Lei do Mais Fraco; Brincando nos Campos do Senhor; e Ironweed.

Pensado para levar as produções de novos realizadores às telas, o Circuito Universitário reúne uma grande diversidade de obras, formatos e temas. Subdividido em mini-mostras, este circuito é realizado em parceria com as universidades públicas e privadas do estado.

Todos os filmes da Retrospectiva e da Mostra de Cinema Francês serão exibidos no Cine Guarani, em película 35mm. A Cinemateca de Curitiba recebe a mostra Circuito Universitário e a mostra de Cinema Paraguaio. Para estas mostras o ingresso é gratuito. Para saber mais sobre os filmes e as demais mostras, acesse o site do FICBIC

Programação:
CINE GUARANI
Dia 21 de outubro, sexta-feira:
15h30 – Mostra Retrospectiva – Ironweed (143’)
18h30 – Mostra Retrospectiva – Brincando nos Campos do Senhor (189’)
Dia 22 de outubro, sábado:
14h30: Mostra Retrospectiva – O Rei da Noite (98’)
17h – Mostra Retrospectiva – Pixote (128’)
19h30 – Mostra Retrospectiva – O Beijo da Mulher Aranha (120’)
Dia 23 de outubro, domingo:
15h – Mostra Retrospectiva – Brincando nos Campos do Senhor (189’)
19h – Mostra Retrospectiva – Ironweed (143’)
Dia 25 de outubro, terça-feira:
15h – Mostra Retrospectiva – O Beijo da Mulher Aranha (120’)
17h30 – Cinema Francês – Jacquot de Nantes (118’)
20h – Cinema Francês – As Damas do Bosque de Bologne (90’)
Dia 26 de outubro, quarta-feira:
15h – Mostra Retrospectiva – Pixote (128’)
18h – Cinema Francês – O Batedor de Carteiras (75’)
20h – Cinema Francês – French Cancan (102’)
Dia 27 de outubro, quinta-feira:
15h30 – Mostra Retrospectiva – O Rei da Noite (98’)
18h – Cinema Francês – As Damas do Bosque de Bologne (90’)
20h – Cinema Francês – O Batedor de Carteiras (75’)
Dia 28 de outubro, sexta-feira:
17h – Cinema Francês – French Cancan (102’)
19h30 – Cinema Francês – Jacquot de Nantes (118’)

CINEMATECA
Dia 21 de outubro, sexta-feira:
18h00 – Circuito Universitário – DocNomads
19h00 – Cinema Paraguai
20h00 – Circuito Universitário – Mostra Centro Europeu
Dia 22 de outubro, sábado:
15h30 – Circuito Universitário – PUTZ | 60min.
16h30 – Circuito Universitário – Mostra o seu – 1 | 71’
18h00 – Circuito Universitário – Mostra o seu – 2 | 69’
19h30 – Circuito Universitário – Cine Egresso | 60’
Dia 27 de outubro, quinta-feira:
15h30 – Circuito Universitário – Cine Egresso | 60’
16h30 – Circuito Universitário – Mostra o seu – 2 | 69’
18h00 – Circuito Universitário – Mostra o seu -1 |71’
19h30 – Circuito Universitário – DocNomads
20h30 – Circuito Universitário – PUTZ | 60’

 

 
publicado por o editor às 09:19
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Setembro de 2016

Cinemateca de Curitiba

 


 
 


            O Cineclube da Cinemateca apresenta em outubro a obra de Raúl Ruiz (1941-2011), cineasta chileno exilado na França. O diretor produziu mais de cem filmes em diversos países e em diferentes idiomas. Sua obra é ancorada na experiência lúdica e surrealista, no jogo de labirintos intelectuais e linguísticos. O Cineclube selecionou quatro filmes e a minissérie infantil para a TV portuguesa, “Manoel na Ilha das Maravilhas”. As sessões acontecem sempre aos domingos, às 16h. Confira:
 
Dia 02/10
O Território (The Territory, 1981/Portugal – 104’)
Uma família de campistas parte sem rumo definido para um passeio na floresta. Com o guia desaparecido, encontram-se perdidos no "Território", um espaço de indefinição: não só o território não corresponde mais ao mapa, como se recusa a se submeter à lógica.
Com: Geoffrey Carey, Duarte de Almeida, Rebecca Pauly.
 
Dia 09/10
A Cidade dos Piratas (La Ville des Pirates, 1983/França, 111’)
Romance de formação, fábula onírico-arquetípica, Isidore vive como uma gata borralheira na casa dos pais, no litoral dos mares do Sul, quando sua espera tem fim ao encontrar em seu armário Malo, um menino que fugiu de casa, espécie de Peter Pan que ama ouro e só come alho, com quem viaja para a Ilha dos Piratas, onde vive Toby, um homem dentro de quem vive toda sua família.
Com: Hugues Quester, Anne Alvaro, Melvil Poupaud, André Hengel, Duarte de Almeida, Clarisse Dole, André Gomes.
 
Dia 16/10
Manoel na Ilha das Maravilhas (Les Destins de Manoel, 1984/Portugal – 150’)
Série infantil em três episódios destinada à programação de Natal da TV portuguesa. 1º episódio: Manoel, sete anos, mora numa vila litorânea na ilha de Madeira. Manoel visita um jardim proibido e se encontra consigo mesmo aos treze anos de idade, descobrindo que certas escolhas que deverá fazer ao longo do dia influirão decisivamente em seu destino e no de sua família. 2º episódio: Manoel parte com a escola num passeio à floresta. Durante a soneca coletiva numa clareira, Manoel encontra um pirata com quem troca de aparência. 3º episódio: Manoel vai viver com sua tia na cidade de Funchal. Lá ele encontra Marilina, uma pequena campeã de xadrez, e um misterioso capitão.
Com: Ruben De Freitas, Marco Paulo De Freitas, Aurelie Chassel, Fernando Heitor, Diogo Doria.
 
Dia 23/10
O Tempo Redescoberto (Le Temps Retrouvé, 1999/França, 158’).
Em 1922, Marcel Proust, em seu leito de morte, rememora sua vida. Sua vida, isto é, sua obra e os personagens da realidade se fundem com aqueles da ficção e a ficção toma pouco a pouco conta da realidade. Todos seus personagens se metem a assombrar o pequeno apartamento da rua Hamelin e os dias felizes da infância se alternam com as lembranças mais próximas de sua vida social e literária. Adaptação de Em Busca do Tempo Perdido e, em especial, do último volume, O Tempo Redescoberto.
Com: Catherine Deneuve, Emmanuelle Béart, Vincent Perez, John Malkovich, Pascal Greggory.
 
Dia 30/10
Combate do Amor em Sonho (Combat d'amour en songe, 2000/França, 122’).
Piratas e tesouros. O bem e o mal. Tal como em uma história para crianças, narrar os acontecimentos é o verdadeiro tesouro. O fantástico faz parte da vida e do cinema. Estranhas anomalias físicas, manuscritos indecifráveis, guardas de um olho só. Um jovem de coração puro, partidário da liberdade de pensamento, é confrontado com a pressão social para que enriqueça a qualquer preço. Um grupo de crianças cegas que tenta converter aqueles que não acreditam no poder da fé cristã. Um bordel de velhas freiras, que se prostituem para pagar o aluguel. Contradições e ironias que transformam este conto de fadas em uma espécie de fábula filosófica. Entretanto, o diretor Raúl Ruiz lembra que seu filme tem uma relação estreita com a realidade: no começo do século, Ricardo Latcham, um jovem de 20 anos, mero funcionário da Biblioteca Nacional do Chile, foi contratado por um caçador de tesouros. Juntos, chegaram até o norte do país, em Guayacam, onde se envolveram em aventuras fabulosas.
Com: Melvil Poupaud, Elsa Zylberstein, Lambert Wilson, Christian Vadim, Diogo Doria, Rogerio Samora, Marie-France Pisier, Mathieu Demy.
 
Classificação: 12 anos
 
Horário: 16h 
 
Local: Cinemateca – Rua Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco.



Entrada franca

 

 
publicado por o editor às 14:52
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Setembro de 2016

Cinemateca exibe curta-metragem sobre o carnavalesco Ney Souza

 

 
 
 
 
 

A Cinemateca de Curitiba exibe nesta terça-feira, às 20h, o filme documentário  Ney Souza – O Senhor do Tempo, de Estevan Silveira.  O curta-metragem narra a história de Ney Souza um dos maiores carnavalesco de nossa cidade. Ney deu outro significado ao nosso Carnaval, e teve entre seus maiores rivais os maiores carnavalescos do Brasil : Clóvis Bornay, Mauro Rosas e Evandro de Castro Lima, trio com o qual rivalizou por décadas nos salões do Hotel Glória e do Sírio Libanês (nos gloriosos bailes cariocas de fantasia ).

Serviço:
Lançamento do curta-metragem NEY SOUZA – O SENHOR DO TEMPO (2016, 17‘)
Direção: Estevan Silvera
Horário:  20hs
Local: Cinemateca de Curitiba - Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
Entrada Franca

 

publicado por o editor às 14:46
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 31 de Agosto de 2016

Cinemateca apresenta Mostra de Cinema Soviético

 

 

 


A Cinemateca de Curitiba apresenta de quinta-feira a domingo ( 1º a 4 de setembro), na sessão das 19h, a Mostra de Cinema Soviético, com uma série de quatro filmes que têm como tema ou pano de fundo as duas guerras mundiais. A entrada é franca.
Programação:
01/09
Lenin em Outubro, de Dmitri Vasilyev, Mikhail Romm (Rússia, 1937,108’)
Rússia, 1917. O filme apresenta a série de acontecimentos que culminou na saída da Rússia da Segunda Guerra Mundial. A Frota do Báltico e unidades do Exército estão contra o governo Kerenski, unindo as vozes às dos operários e camponeses que exigem paz e a saída da Rússia da guerra. Lenin, ao chegar a Petrogrado num trem vindo da Finlândia, derrota as resistências de Zinoviev, Kamenev e Trotsky para deflagrar a insurreição. Enquanto isso, as forças contra revolucionárias organizam uma caçada para matar o líder dos bolcheviques, mas nada impede que a Revolução de Outubro triunfe.
Elenco: Nikolai Okhlopkov, Vasili Vanin, Nikolai Arsky
Classificação: 14 anos
02/09
O Quadragésimo Primeiro, de Grigori Chukhrai (União Soviética, 1956, 88’)
Ambientado na época da guerra, "O quadragésimo primeiro " é um filme que mostra um inesperado romance que acontece entre uma atiradora do Exército Vermelho e um oficial do Exército Branco. Grande trabalho do diretor russo Grigori Chukhrai.
Elenco: Izolda Izvitskaya, Nikolai Kryuchkov, Oleg Strizhenov
Classificação: Livre
03/09
Primavera, de Grigori Aleksandrov (União Soviética, 1947, 104’)
Quinta comédia musical com direção de Grigori Aleksandrov e trilha composta por Isaak Dunaievsky, na qual Liubov Orlova contracena com Nikolai Cherkasov – o astro de Eisenstein em "Alexandre Nevsky" e "Ivan, o Terrível". A seqüência de abertura marca o ritmo febril da reconstrução do país no início do pós-guerra, período em que se situa o enredo do filme: uma sucessão de quiprocós que leva artistas e cientistas a superar preconceitos mútuos, aprendendo a conhecer melhor o papel de cada um na sociedade.
Elenco: Liubov Orlova, Nikolai Cherkasov, Faina Ranevskaia.
Classificação: Livre
04/09
O Retorno de Vassily Bortnikov, de Vsevolod Pudovkin (União Soviética, 1953, 102’)
Dado como desaparecido na guerra, Vassily Bortnikov regressa ao lar e encontra a mulher casada com outro. Comunista abnegado e voluntarioso, ele enfrenta a situação, em seguida assume a liderança da reconstrução do kholkóz, mergulha de cabeça na batalha pelo aumento da produção, mas com o passar do tempo vai se dando conta de que suas soluções para os problemas não estão funcionando bem. Os novos tempos exigem dele algo mais.
Elenco: Sergei Lukyanov, Natalya Medvedeva, Nikolai Timofeyev
Classificação: Livre
publicado por o editor às 15:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2016

Aniversário da independência da Ucrânia tem exibição especial na Cinemateca

 

 

 


 
Nesta semana, a Ucrânia celebra o 25º aniversário de sua independência. Para comemorar a data, a Cinemateca de Curitiba exibe o filme  "IVÁN", que traz a história real do refugiado ucraniano Iván Bojko, que em 1948 imigrou para o Brasil, e só aos 91 anos teve a oportunidade de retornar a sua terra natal, em uma viagem registrada neste filme do diretor Guto Pasko. O filme fica em cartaz  até 3 de setembro, com sessões diárias às 17h (exceto em 27 e 28/08, quando será exibido às 14h). 

Nesta semana, também são realizadas sessões especiais nas cidades paranaenses de Guarapuava, Irati, Prudentópolis, Ponta Grossa, e nas capitais Porto Alegre e Brasília. 
Sobre o longa-metragem
“IVÁN” retrata a história real de Iván Bojko, que durante a Segunda Guerra Mundial foi tirado à força de seu país por nazistas, realizou trabalhos forçados na Alemanha, imigrou para o Brasil, foi impedido de fazer contato com familiares, e após 68 anos retornou à Ucrânia, aos 91 anos, em um reencontro com sua família, seu país e seu passado.
Em breve, estará disponível nas plataformas digitais Netflix, iTunes, Google Play e Net Now. “IVÁN” é uma realização da GP7 Cinema, com produção de Andréia Kaláboa e patrocínio da Petrobras, com distribuição da Moro Filmes através do Edital do FSA para distribuição. O filme tem apoio institucional da ONU (por meio da ACNUR – Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados) e dos Escoteiros do Brasil.
 
Serviço:
Exibição do documentário Iván
Data: até 3 de setembro
Horário: às 17h (exceto em 27 e 28/08, quando será exibido às 14h).
Local: Cinemateca de Curitiba
Endereço: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia)
publicado por o editor às 16:07
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Agosto de 2016

Cinemateca apresenta mostra do cinema polonês atual

 

 
 
 

            A atual produção de cinema na Polônia poderá ser conferida a partir da próxima quarta-feira (17), na Cinemateca de Curitiba. A Semana do Cinema Polonês reúne seis filmes de longa-metragem e seis curtas, a maioria realizada nos últimos dois anos. A programação é a seguinte:
 
Dia 17/08 às 18hs
DEUSES (Bogowie, Polônia, 2014, 112’)
O filme descreve o começo da carreira do famoso cardiologista Zbigniew Religa que em 1985 realizou o primeiro transplante de coração bem-sucedido na Polônia. O professor Religa proporcionava aos pacientes o sentido de segurança e a certeza de que estaria fazendo tudo para salvá-los. Não era religioso, mas a palavra ”santo” se apegou a ele.  Para várias pessoas, a memória dele é santa. “Era um homem santo” – dizem os pacientes. Os médicos diziam que tinha a paciência de um santo perante os doentes. As enfermeiras – que sempre as respeitava. Santo? Nem tanto. Excelente? Com certeza.
Direção: Łukasz Palkowski
Elenco: Tomasz Kot, Piotr Głowacki, Szymon Piotr Warszawski, Magdalena Czerwińska.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 17/08 às 20h30
BLOCO DE CURTAS 1 (60’)
O OBJETO de Paulina Skibińska (Obiekt, Polônia, 2015, 15’)
É uma imagem criativa e abstrata em torno de uma pesquisa submarina. A ação se desenvolve nas dimensões de dois mundos: o deserto de gelo e as profundezas das águas. A história é contada do ponto de vista da equipe de resgate do mergulhador que entra no mundo subaquático e das pessoas comuns que esperam o seu retorno.
NOSSA MALDIÇÃO de Tomasz Śliwiński (Nasza Klątwa, Polônia, 2013, 28’)
O filme mostra o cotidiano do jovem diretor e sua esposa, que enfrentam a terrível condição de seu filho recém-nascido Leo, que sofre de uma doença incurável – a síndrome de Ondine. Leo não consegue respirar enquanto dorme e para sobreviver, o bebê precisa estar constantemente ligado a aparelhos. O filme, indicado ao Oscar em 2015 na categoria de melhor documentário de curta-metragem, mostra o processo de adaptação à nova situação.
ROGALIK / (Rogalik, Polônia, 2012, 17’)
Viajando entre as pessoas e objetos, descobrimos um mundo normalmente considerado como feio e pouco atraente. Esta viagem de sonho não é um sonho. Quem são as pessoas neste "grande aquário"? E qual é a nossa posição em relação a elas? É uma curta viagem visual através de várias famílias, mostrando vários lugares diferentes com um clima único.
Classificação indicativa: livre
 
Dia 18/08 às 18hs
A MOÇA DO ARMÁRIO (Dziewczyna Z Szafy, Polônia, 2012, 88’)
É a história dos irmãos Jacek e Tomek e da moça mencionada no título. Cada um deles é solitário e alienado de seu jeito. A protagonista condena a si mesma à reclusão. Tomek padece da síndrome do sábio – uma disfunção específica do cérebro que o isola da sociedade, enquanto Jacek limita seu contato com o mundo à interação por meio da Internet. O filme fala sobre a solidão, o anonimato e o isolamento, decorrentes de várias causas – escolha própria, mas também uma habilidade “extraordinária” do cérebro que gera comportamentos inusitados.
Direção: Bodo Kox
Elenco: Magdalena Różańska, Wojciech Mecwaldowski, Piotr Głowacki.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 18/08 às 20hs
PRÉDIOS FLUTUANTES (Płynące Wieżowce, Polônia, 2013, 89’)
À primeira vista, a vida de Kuba parece fácil e arrumada. Vive com a namorada que ama, estuda na Academia de Educação Física, treina natação, é um dos atletas mais promissores e um dos candidatos mais fortes para vencer a próxima competição. Vive uma vida normal, como outros na sua idade. Numa festa, conhece Michał. Um laço forte nasce entre os homens, de repente Kuba descobre sua homossexualidade. Aterrorizado pelos sentimentos que estão nascendo dentro dele, não consegue se adaptar a esta nova situação. Sua relação forte e constante com Sylwia fica cada vez mais complicada...
Direção: Tomasz Wasilewski
Elenco: Mateusz Banasiuk, Bartosz Gelner, Marta Nieradkiewicz, Katarzyna Herman.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 19/08 às 18hs
VARSÓVIA 44 (Miasto 44, Polônia, 2014, 122’)
1944, Varsóvia ocupada pelos alemães.  Stefan, de 18 anos, trabalha para sustentar a mãe e o irmão mais novo. O Comando do AK (exército clandestino polonês) decide atacar os alemães – enfraquecidos, em fuga para o Oeste. Stefan quer lutar contra o inimigo ao lado dos amigos e da namorada. Os primeiros dias do Levante são cheios de alegria, o inimigo está em retirada. Mas a felicidade dura pouco, o exército alemão invade Varsóvia, o levante está condenado ao fracasso...
Direção: Jan Komasa
Elenco: Józef Pawłowski, Zofia Wichłacz, Anna Próchniak, Antoni Królikowski, Maurycy Popiel.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 19/08 às 20h30
BLOCO DE CURTAS 2 (56’)
SUPERUNIDADE de Teresa Czepiec (Superjednostka, Polônia, 2014, 19’)
A “Superunidade” é o maior prédio da Polônia, construído na década de 60., de acordo com a idéia de Le Corbusier de "máquina de habitação". Com 15 andares, o edifício pode acomodar cerca de 3.000 pessoas. Num labirinto de corredores e escadas, as emoções pulsam, as expectativas nascem e os desejos são realizados - ou não. Há 762 portas de apartamentos e cada uma tem a sua história. Vamos abrir apenas algumas delas.  
PONTO DE PARTIDA de Michał Szcześniak (Punkt Wyjścia, Polônia, 2014, 25’)
É uma história sobre o crime e o castigo, a redenção e a esperança, mas também sobre o medo de liberdade e suas consequências. Aneta se rebelou aos 19 anos e foi presa por assassinato.  Nove anos depois, muda sua rotina diária, passando a trabalhar numa casa de idosos. Todos os dias ela sai da prisão para ir cuidar de Helena que sofre de reumatismo. Aneta percebe o valor da vida e começa a acreditar em si mesma.
SETE HOMENS DE DIFERENTES IDADES de Sławomir Witek (Siedmiu Mężczyzn W Różnym Wieku, Polônia, 2013, 12’)
O filme refere-se ao documentário clássico de Krzysztof Kieslowski, “Sete mulheres de diferentes idades”.  Dirigido por Sławomir Witek, é semelhante também em sua forma: apresenta sete homens em diferentes momentos de sua carreiras de boxeadores - desde a infância até a velhice. O filme que deriva da tradição da escola polonesa de documentário é uma impressão poética do destino e uma história universal sobre a passagem do tempo.
Classificação indicativa: livre
 
Dia 20/08 às 18hs
A PROMESSA (Obietnica, Polônia/Dinamarca, 2014, 93’)
Lila e Janek, alunos de ensino médio numa cidade grande, pertencem a uma geração que se comunica principalmente pelo Skype e Facebook. Com os amigos, aproveitam da vida ao máximo. Frequentam baladas, experimentam álcool, maconha, até que um dia, Lila de repente rompe com o Janek e o acusa de traição. O jovem apaixonado vai ter que pagar caro por um erro inocente. Se cumprir a promessa que a moça impôs a ele, nada será como antes…
Direção: Anna Kazejak
Elenco: Eliza Rycembel, Mateusz Więcławek, Magdalena Popławska, Dawid Ogrodnik, Andrzej Chyra.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 20/08 às 20hs
JEZIORAK (Jeziorak, Polônia, 2014, 94’)
Iza Dereń, uma policial de um vilarejo provinciano, conduz uma investigação sobre a morte de uma jovem mulher. Ao mesmo tempo ocorre a busca de dois policiais desaparecidos em serviço. Um deles é o parceiro de Iza e pai de gêmeos que estão para nascer em breve.
Direção: Michał Otłowski
Elenco: Jowita Budnik, Sebastian Fabijański, Mariusz Bonaszewski, Michał Żurawski.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Local: Cinemateca – R. Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
 
Ingresso: Gratuito

 

publicado por o editor às 12:37
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Julho de 2016

Casa Hoffmann e Cinemateca recebem festival de dança norte-americana

Suplemento Cultural de São Paulo - Curitiba

 

 
 
 
A Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento e a Cinemateca de Curitiba recebem domingo (31), das 10h às 20h, a sexta edição do West Coast Swing Day, um festival dedicado à divulgação desse estilo de dança, com palestras, exibição de vídeos, workshops gratuitos e prática dançante. Mais de dez professores curitibanos colaboram nessa edição ministrando aulas para todos os níveis.
O west coast swing é um estilo que nasceu na Costa Oeste dos Estados Unidos, na década de 1930, para dançar músicas típicas norte-americanas, como o blues, country e soul. O west coast swing se popularizou em diversos países e chegou ao Brasil trazido pelos professores de dança de salão. O festival teve sua primeira edição em 2011 e atualmente acontece em várias cidades brasileiras.
O projeto nasceu pelo estímulo e incentivo dos cearenses Jéssica Pacheco e Diego Borges, profissionais de destaque e campeões neste estilo de dança norte-americano. Eles relatam que a ideia surgiu da vontade de fazer com que mais pessoas conhecessem o ritmo no Brasil, uma vez que ele é sucesso há décadas nos Estados Unidos. Em Curitiba, o festival é coordenado pelo professor de dança de salão Luiz Dalazen.
 
Serviço:
West Coast Swing Day 2016
Local: Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento (R. Claudino dos Santos, 56) e Cinemateca – (R. Carlos Cavalcanti, 1174)
Data e horário: 31 de julho de 2016 (domingo). Palestras e exibição de vídeos na Cinemateca das 10h às 12h. Aulas das 14h às 17h e prática dançante das 17h às 20h.
Inscrição: Doação de um agasalho e calçados para adultos ou crianças destinados a instituições assistenciais de Curitiba e região.

 

 

 

publicado por o editor às 16:56
link do post | comentar | favorito

Casa Hoffmann e Cinemateca recebem festival de dança norte-americana


 

 
 
 
A Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento e a Cinemateca de Curitiba recebem domingo (31), das 10h às 20h, a sexta edição do West Coast Swing Day, um festival dedicado à divulgação desse estilo de dança, com palestras, exibição de vídeos, workshops gratuitos e prática dançante. Mais de dez professores curitibanos colaboram nessa edição ministrando aulas para todos os níveis.
O west coast swing é um estilo que nasceu na Costa Oeste dos Estados Unidos, na década de 1930, para dançar músicas típicas norte-americanas, como o blues, country e soul. O west coast swing se popularizou em diversos países e chegou ao Brasil trazido pelos professores de dança de salão. O festival teve sua primeira edição em 2011 e atualmente acontece em várias cidades brasileiras.
O projeto nasceu pelo estímulo e incentivo dos cearenses Jéssica Pacheco e Diego Borges, profissionais de destaque e campeões neste estilo de dança norte-americano. Eles relatam que a ideia surgiu da vontade de fazer com que mais pessoas conhecessem o ritmo no Brasil, uma vez que ele é sucesso há décadas nos Estados Unidos. Em Curitiba, o festival é coordenado pelo professor de dança de salão Luiz Dalazen.
 
Serviço:
West Coast Swing Day 2016
Local: Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento (R. Claudino dos Santos, 56) e Cinemateca – (R. Carlos Cavalcanti, 1174)
Data e horário: 31 de julho de 2016 (domingo). Palestras e exibição de vídeos na Cinemateca das 10h às 12h. Aulas das 14h às 17h e prática dançante das 17h às 20h.
Inscrição: Doação de um agasalho e calçados para adultos ou crianças destinados a instituições assistenciais de Curitiba e região.

 

 

 

publicado por o editor às 12:57
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds