Terça-feira, 27 de Março de 2012

NÃO ao encerramento do CLP

 

Caros Amigos,

Acabei de ler e assinar esta petição online:

«NÃO ao encerramento do CLP»

http://www.peticaopublica.com/?pi=SOSCLP

Pessoalmente concordo com esta petição e acho que também vais concordar.

publicado por o editor às 17:25
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

...

Agenda 18, 19 e 20 FEVEREIRO



Fevereiro’12



:: 16 a 29 Fevereiro
galeria
Exposição de Fotografia
a poética da imagem
de Eduardo Teixeira Pinto
Eduardo da Costa Teixeira Pinto nasceu em Amarante, em 1933 e começou a tirar as suas primeiras fotografias profissionais em 1950, tornando-se expositor desde 1953 em vários salões de fotografia nos cinco continentes.
Foi membro activo de diversas comunidades de fotógrafos, nomeadamente

«Associação Fotográfica do Porto», «Grupo Câmara

Com fotografias como «Rodopio», «Igreja de S. Gonçalo», «De Regresso», «Tema de Pintores», «Matinal» e «Quietude», entre outras, obteve inúmeros prémios em Portugal e no estrangeiro, nomeadamente o Grande Prémio de Camões (1960), na época, uma das mais altas distinções a nível nacional.» (Coimbra) e «Associação Fotográfica do Sul» (Évora). A sua vasta obra, dotada de um olhar poético sobre a realidade, fizeram de si um dos melhores e mais galardoados fotógrafos portugueses do século XX com fotografias que abordam diversos temas, com destaque para a Natureza e a figura humana, que tão bem soube conciliar.

Falecido em Janeiro de 2009, Eduardo Teixeira Pinto, deixou um espólio fotográfico de valor incalcu
lável sendo vontade da família promover a sua divulgação com a referida exposição.
Inserido nesse propósito foi publicado um livro, em Dezembro de 2010, Eduardo Teixeir
a Pinto - a poética da imagem, numa edição com o patrocínio total da empresa Mota Engil, com cerca 230 fotografias de Eduardo Teixeira Pinto agrupadas por temática
s: O Rio, A Nossa Terra, A Nossa Gente, as Festas e Outros Olhares. O trabalho de Eduardo Teixeira Pinto está patente no Museu -Amadeo de Souza-Cardoso - Amarante, com uma exposição permanente no primeiro piso daquele equipamento cultural.
A exposição itinerante consta de uma selecção de 38 fotografias,
premiadas a nível nacional e internacional, de um espolio, já patentes em diversos locais desde a Biblioteca Municipal Albano Sardoeira (Em homenagem promovida pela Câmara Municipal de Amarante), no Porto, na UNICEPE, na Biblioteca Municipal de Penafiel, na Biblioteca Municipal de Lousada, na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, na
Associação Nacional de Fotógrafos Profissionais nas Caldas da Rainha, com homenagem póstuma, na Câmara Municipal de Paredes, Biblioteca Municipa
l de Valongo, Biblioteca Municipal da Maia, Biblioteca Municipal de Sto Tirso, Biblioteca Municipal de Espinho, Biblioteca Municipal Famalicão, Biblioteca Municipal de Gondomar, Museu D. Diogo de Sousa, Biblioteca de Matosinhos (Integrada na Festa da Poesia), Biblioteca Municipal de Valença, Biblioteca Municipal de Vila Verde e Biblioteca Municipal de Barcelos Biblioteca Municipal de Barcelos, Biblioteca Municipa
l de Celorico de Basto, Casa da Cultura da Trofa, Biblioteca Municipal Cascais, Turismo da Povoa de Varzim, Biblioteca Municipal de Ovar, Centro Cultural da Nazaré, Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz (CAE) e Biblioteca Municipal de Ponte de Lima est
ando, entretanto, já agendadas várias exposições para os próximos meses.

cave



Exposição "LIFE" - Pintura, Fotografia e Multimédia de Verónica Henriques da Silva

:: Dia 18 | sábado

Piano-bar
16h00

Traquinas no Piano do Clube
Recital de Piano pelos alunos do Curso de Música Silva Monteiro
Os Traquinas são pequenos pianistas do Curso de Música Silva Monteiro que pretendem levar ao público muita música, variadas peças, mostrando tudo o que sabem e muito mais. Será um recital divertido que procura diversidade e acima de tudo um ambiente informal mas não menos musical.
Através deste evento realizado pelos Professores Estagiários Maria Francisca Fernandes e Bruno Rua surge a oportunidade de trazer os alunos a um novo espaço, apresentar as obras estudadas a um público novo e diferente, e ainda conviverem entre si.
Os Traquinas esperam por si para muita diversão musical.


Galeria
15h - 20h
Masterclass de Saxofone com Gilberto Bernardes

Auditório
18 h
Portugal Poético

Org. Rui Fonseca
Piano bar
18h30

Lançamento do livro
18 antologia poética

22h30
Clube Erudito
Moisés Silva - Guitarra
Henrique Almeida - Guitarra




:: Dia 19 | domingo
Piano-bar , 17h00
Café Filosófico
Orientador: Tomás Magalhães Carneiro
O Clube Filosófico do Porto é
uma associação informal de pessoas da mais diversa proveniência que partilham entre si o gosto pela filosofia e pelo filosofar.

O Clube Filosófico do Porto pretende possibilitar aos cidadãos uma relação diferente com a filosofia e o filosofar, uma relação em que a experiência do diálogo filosófico e do debate de ideias toma primazia sobre a lição, a palestra e outros mecanismos pedagógicos de transmissão da filosofia. Não vemos a filosofia como uma conquista ou aprendizagem de um de
terminado conjunto de conhecimentos mais ou m
enos filtrados pela tradição, mas antes como uma prática de construção, em diálogo com os outros, de
um pensamento único e pessoal.

Os Cafés Filosóficos (iniciados em 2008 no Clube Literário do Porto) são talvez a face mais visível das actividades deste Clube que, no entanto, pretend
e alargar um pouco mais o âm
bito da sua acção divulgando projectos de filosofia nas chamadas “Novas Práticas Filosóficas” (Filosofia com Crianças, Aconselhamento Filosófico, Filosofia nas Empresas, etc.), assim como lançamentos de livros, conferências
e ciclos de leituras filosóficas.

Venha filosofar connosco!


 
Apresentação do livro "Brincar a Pensar: Manual de Filosofia para Crianças" de Dina Mendonça

Auditório

15h - 20h
Masterclass de Saxofone com Gilberto Bernardes



:: Dia 20 | segunda-feira










Piano-bar
15h - 18h30







19h Masterclass de Saxofone com Gilberto Bernardes
Concerto pelos alunos da Masterclass de Saxofone

















Clube Literário do Porto
Rua Nova da Alfândega, nº 22
4050-430 Porto
Tel. 222 089 228
Fax. 222 089 230
Email: clubeliterario@fla.pt
URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt
http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/

publicado por o editor às 11:57
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Fevereiro de 2012

AGENDA - PROGRAMAÇÃO CLP

 

 

:: Dia 10 | 6ª feira
Piano bar
10h - 19h

 

Masterclass de Oboé com Samuel Bastos

Entrada livre para ouvintes

 

 

 

Inscrições:

 

Executantes - 50 euros

Ouvintes - Entrada Gratuita

 

 

Auditório, 21h00

lançamento de "Escritos 4"

 

Horácio Bento de Gouveia 1950 - 1959

 

Investigação e recolha de textos por Maria de Fátima Gouveia Soares

 

Apresentação do Prof. Arnaldo Saraiva

 

 

 

 

 

 

 

Piano bar, 22h00

Concerto de Oboé e Piano

 

Samuel Bastos - Oboé

David Silva - Piano

 

obras dos compositores:

R.Schumann


Tiago Coimbra (1ª Audição Mundial)

...
publicado por o editor às 21:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2012

CURSO Fado de Coimbra

 

 

 

 

CURSO

Fado de Coimbra

 

todas as quintas-feiras de Fevereiro a Junho de 2012

 

21h30 às 23h

Mensalidade: 25 euros

Inscrições através do email institutodemusica.clp@gmail.com

 

 

Tópicos principais do curso:

-Origens do fado
-Tradição académica (traje, serenatas, locais emblemáticos)
-A guitarra portuguesa de Coimbra - teorias da evolução do instrumento
-Períodos/fases mais marcantes da história do fado de Coimbra
-Diferentes estilos da canção de Coimbra (canção, trova, balada,romagem...)
-Intérpretes mais marcantes (guitarristas e solistas)
-Canção de Intervenção
-Os poetas e os compositores
-O fado de Coimbra na actualidade

Formador: Pedro Fernandes Martins, Solista de fado de Coimbra no Grupo de Fado Académico da Universidade do Porto; letrista e compositor de Fado de Coimbra (temas cantados e instrumentais).

Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/

publicado por o editor às 13:34
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012

AGENDA - PROGRAMAÇÃO CLP

 


Dia 21| sábado


Piano bar , 16h00




Palestra “Reflexões sobre a Doutrina do Quinto Império”



"Reflexões sobre a Doutrina do Quinto Império" pretende apresentar uma nova doutrina espiritista e espiritualista, racional e cintífica de base cristã que na História da Humanidade e pela primeira vez se apresenta como única, sendo completamente diferente de quaisquer correntes ou movimentos filosóficos ou religiosos então surgidos ou existentes estando naturalmente vocacionada para vir a ser um novo movimento idealista fundamentado nos princípios científicos do Evolucionismo e mobilizador de uma nova missão dos Portugueses no mundo".

Orador: Jacinto Alves




Piano-bar , 18h00




Portugal Poético

Org.: Rui Fonseca





auditório, 21h00-24h00





Workshop



“quero ser um autor publicado”














Piano-bar , 22h00







Escrevo pelas nuvens. A água desaba pela centopeia. Na boca ferve o diospiro. Bate o que estranho. Encontro o diadema sem corpo. Estonteia o coração. O estalo abre o músculo perante a descoloração do mundo.

Assim paira o ina-nítido.

(Ranhura, 2011, Carlos Vinagre)





Lançamento

Ranhura de Carlos Vinagre



Apresentação

Joana Espain e Bruno Miguel Resende



seguido de concerto pela Tuna Elétrica da Timpeira:

Cristina Cigre (voz), Pedro Vaz de Carvalho (guitarra), Mário Prata (guitarra).

--





Carlos Vinagre: nasceu em 1988 e reside em Espinho. Até ao momento publicou Moluscos de Mântua ( 2009 ) e Ranhura ( 2011 ). Preside a Associação Cultural Extrapolar e é responsável pelo blogue www.acextrapolar.com/blog. Escreve regularmente em www.carlosvinagre.blogspot.com



Tuna Elétrica da Timpeira: é o resultado musical de muitos e bons anos vividos na localidade da Timpeira em Vila Real, numa pequena e velha casa agrícola transformada em clube musical

publicado por o editor às 15:26
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

Curso de Canto Jazz com Sara Miguel

 









Destinatários

Público em geral, com ou sem conhecimentos musicais



Horário

2ª feira - 21h30 às 23h

4ª feira - 21h às 22h30



Duração

3 meses



Início das Aulas

2ª Semana de Janeiro

Número máximo de alunos por turma

5 Alunos



Mensalidade

25 euros





Inscrições através do email institutodemusica.clp@gmail.com







Objectivos

proporcionar aos alunos um conhecimento sólido de base sobre o canto Jazz: origens e contexto histórico, intérpretes principais, formas e estruturas mais comuns no repertório de standards;
apresentar aos alunos informações basilares sobre técnica vocal no canto e proporcionar-lhes a possibilidade de desenvolverem essa técnica;
iniciar os alunos no estudo de standards do repertório jazz e de rudimentos do estilo, nomeadamente a nível do estudo da improvisação;
participar nas actividades do CLP quando se justificar, de modo a proporcionar aos alunos experiência efectiva de palco.



Repertório

maiorirariamente constituído por standards de Jazz retirados da panóplia de Real Books que reúne as partituras dos temas do estilo;
minoritariamente constituído por standards de Bossa Nova, considerando que este é um estilo musical proveniente da fusão de influências jazzísticas com influências autóctones brasileiras;
Repertório apoiado por ficheiros áudio de singalong ou acompanhado ao piano nas aulas.

Sara Miguel

Image

Natural de Matosinhos, Sara Miguel começou a estudar piano e formação musical aos 6 anos de idade, no colégio “O Ramalhete”. Continuou os seus estudos musicais na Escola de Música Pedro Fesch, em Leça do Balio, onde estudou canto lírico com o professor João Merino. Estudou também com a soprano Mónica Pais.

A média de 18 valores com que acabou o ensino secundário na Escola Secundária do Padrão da Légua não a levou imediatamente para o Ensino Superior de Música, mas antes para Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, onde estudou Psicologia durante dois anos.

A paixão pela música não tardou a levá-la para a ESMAE (Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo), onde concluiria a Licenciatura em Canto Jazz. Estudou com Sofia Ribeiro, Barbara Francke, Harjo Pasveer, David Linx, Grzegorz Karnas, Connie de Jongh, Sara Serpa…

Apresentou-se ao vivo em vários espaços: FNAC, Câmara de Matosinhos, Café Progresso (Porto), Biblioteca Florbela Espanca (Matosinhos), Casa da Música, o Breyner 85, o Hotfive, o B-Flat, o Auditório José Duarte (EJAN), Biblioteca Municipal de Paços de Ferreira e, mais recentemente, Tribeca Jazz Club.

Participou no coro da ópera “O que diz sim”, de Kurt Weil, dirigida por Cesário Costa e levada à cena na Casa da Música, no âmbito das celebrações da sua abertura, em 2003; e no Euroconcerto da 48ª Sessão Internacional do Parlamento Europeu dos Jovens em Maio de 2005 em Stavanger (Noruega) como representante da delegação de Portugal, interpretando um fado de Amália Rodrigues e um tema de Adriana Calcanhoto.

É professora de Canto Jazz na Escola Jazz ao Norte, na Escola de Música MusiClub e no Clube Literário do Porto.

A professora Sara Miguel tem também elevadas competências sociais: presidiu, durante dois anos, um clube de jovens para a solidariedade social (pertencente à Associação Lions) e foi voluntária numa equipa de intervenção de rua para a minimização de riscos e redução de danos junto dos toxicodependentes – projecto Girugaia. É membro activo da Associação Nacional para o Parlamento Europeu dos Jovens desde 2004 e membro integrante do Núcleo Norte da mesma associação desde 2010.


Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/

publicado por o editor às 16:18
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011

AGENDA - PROGRAMAÇÃO CLP - dezembro

 

 

:: Piano-bar

21h30

Concerto

Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa

Luiz Costa

Sonatina para Flauta e Piano

Sonata para Violoncelo e Piano

Catarina Atalaya - Flauta

Nuno Cardoso - Violoncelo

Duarte Pereira Martins - Piano

:: Dia 22 | quinta-feira

Piano-bar

21h30

Audição dos alunos do Instituto de Música CLP

:: Dia 23 | sexta-feira

Piano-bar

22h00

Concerto

Jazz Christmas com Mariana Vergueiro

:: Dia 27, 28 e 29 | terça, quarta e quinta-feira

Piano-bar

18h00 - Sessão 1

19h00 - Sessão 2

Babar, o pequeno elefante

musical para famílias

Babar é um pequeno elefante da floresta, que ao fugir de um caçador, se encontra sozinho na cidade. Depois de várias aventuras e muitas amizades volta para a floresta onde se torna…rei.

“A História de Babar” é uma adaptação da história infantil do escritor Jean de Bruhnoff (1899 – 1937) e mais tarde musicada pelo compositor Francis Poulenc (1899 – 1963).

Adaptação para português do original “L’Histoire de Babar” por Elsa Gomes e Ruben Santos. Inclui projecção de imagens.

Piano – Cândido Fernandes

Narração – Elsa Gomes

:: Dia 30 | sexta-feira

Piano-bar

22h00

Melodias de Sempre

José Veloso Rito

Neste recital de piano, José Veloso Rito, presença habitual no piano-bar do CLP, interpretará músicas de sua autoria, bem como algumas obras do repertório clássico e standards do jazz. Um bom argumento para uma noite descontraída, na companhia de um amigo, saboreando o seu café ao som de melodias que tão bem reconhecerá.

Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22
Piano-bar

21h30

Concerto

Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa

Luiz Costa

Sonatina para Flauta e Piano

Sonata para Violoncelo e Piano

Catarina Atalaya - Flauta

Nuno Cardoso - Violoncelo

Duarte Pereira Martins - Piano

:: Dia 22 | quinta-feira

Piano-bar

21h30

Audição dos alunos do Instituto de Música CLP

:: Dia 23 | sexta-feira

Piano-bar

22h00

Concerto

Jazz Christmas com Mariana Vergueiro

:: Dia 27, 28 e 29 | terça, quarta e quinta-feira

Piano-bar

18h00 - Sessão 1

19h00 - Sessão 2

Babar, o pequeno elefante

musical para famílias

Babar é um pequeno elefante da floresta, que ao fugir de um caçador, se encontra sozinho na cidade. Depois de várias aventuras e muitas amizades volta para a floresta onde se torna…rei.

“A História de Babar” é uma adaptação da história infantil do escritor Jean de Bruhnoff (1899 – 1937) e mais tarde musicada pelo compositor Francis Poulenc (1899 – 1963).

Adaptação para português do original “L’Histoire de Babar” por Elsa Gomes e Ruben Santos. Inclui projecção de imagens.

Piano – Cândido Fernandes

Narração – Elsa Gomes

:: Dia 30 | sexta-feira

Piano-bar

22h00

Melodias de Sempre

José Veloso Rito

Neste recital de piano, José Veloso Rito, presença habitual no piano-bar do CLP, interpretará músicas de sua autoria, bem como algumas obras do repertório clássico e standards do jazz. Um bom argumento para uma noite descontraída, na companhia de um amigo, saboreando o seu café ao som de melodias que tão bem reconhecerá.

Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/
4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com
publicado por o editor às 13:58
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011

evento - Tertúlia sobre Charutos e Aguardentes

 


Dia 9 | quarta-feira




Piano-bar

21h30







Tertúlia sobre Charutos e Aguardentes



O prazer de um encontro

Uma ligação perfeita

Charutos e Aguardentes

Juntos. Numa experiência de prazer.

Acompanhe-nos nesta viagem pelos sentidos, sinta o momento e deixe o tempo parar.



Participantes:

Moderador:

Manuel Serrão



Convidados:

Júlio Magalhães,

Sérgio Oliveira (Casa Havaneza)

Manuel Soares (enólogo da Aveleda)



Parceria Aveleda e Casa Havaneza





Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/



Dia 9 | quarta-feira




Piano-bar

21h30







Tertúlia sobre Charutos e Aguardentes



O prazer de um encontro

Uma ligação perfeita

Charutos e Aguardentes

Juntos. Numa experiência de prazer.

Acompanhe-nos nesta viagem pelos sentidos, sinta o momento e deixe o tempo parar.



Participantes:

Moderador:

Manuel Serrão



Convidados:

Júlio Magalhães,

Sérgio Oliveira (Casa Havaneza)

Manuel Soares (enólogo da Aveleda)



Parceria Aveleda e Casa Havaneza





Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/

publicado por o editor às 14:28
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2011

AGENDA - PROGRAMAÇÃO CLP - Novembro

 

 

Novembro’11

 

 

 

:: Dia 3 | quinta -feira

 

Auditório, 21h30

 

Apresentação dos livros de canções Histórias de Cantar e O Segredo da Floresta de Margarida Fonseca Santos

 

 

 

 

 

 

 

Histórias de Cantar

Obra lúdica de carácter pedagógico.
Contém doze histórias para ler, cantar e aprender, as quais se encontram apresentadas em partitura para canto e piano.

Estas histórias podem ser ouvidas no CD incluído no livro.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Segredo da Floresta

Depois do sucesso alcançado com o primeiro projecto de CantaStórias em 2009, com inúmeros concertos esgotados, chega agora o novo projecto O Segredo da Floresta, que uma vez mais “canta” as histórias para crianças.

Margarida Fonseca Santos, autora de livros infantis, voltou a juntar as suas histórias e músicas às orquestrações de Francisco Cardoso, à frente de um grupo de músicos experientes a comunicar para as crianças. As ilustrações são de Carla Nazareth.

 

 

 

 

Margarida Fonseca Santos

Nasceu em Lisboa, a 29 de Novembro de 1960. Tirou o Curso Superior de Piano no Conservatório Nacional, tendo como objectivo ser professora de Formação Musical no ensino vocacional. Deu aulas em várias escolas, nomeadamente na Escola Superior de Música de Lisboa entre 1990 e 2005. Começou a escrever em 1993 e neste momento dedica-se a tempo inteiro à escrita.

Tem vários livros publicados, na sua grande maioria para crianças e jovens, e escreve com regularidade para teatro. Orienta ateliers de escrita com crianças, adultos e professores (Escrita Criativa, Escrever teatro para Crianças e Jovens, e Escrever para Crianças e Jovens). Publicou, em co-autoria com Elsa Serra, o manual de Escrita Criativa Quero ser escritor!

É membro fundador do Clic – Clube de Literatura, Ilustração e Cª . É responsável pela rubrica histórias em 77 palavras na revista Pais & Filhos, com ilustrações de Francisca Torres. Foi responsável pela coluna Crescer a ler do Suplemento de Educação do Jornal de Letras, e pelo apontamento “Bicho-de-conta” (contos para crianças) na Antena 1, Programa “À volta dos dias”.

Ganhou vários prémios de onde se destacam Prémio Revelação Ficção APE/IPLB e Prémio Nacional do Conto Manuel da Fonseca (1996). Paralelamente trabalha treino mental para a performance, bem como o uso pedagógico e terapêutico da metáfora.

http://margaridafonsecasantos.blogspot.com/

 

Piano bar, 21h30

Recordar 2010 com a «XII Grande Noite do Fado Académico»

Projecção do vídeo do espectáculo e do álbum fotográfico.

Participação do Grupo de Fados do ISEP e do Grupo de Fados de Farmácia da Universidade do Porto.

 

 

 

 

:: Dia 4 | sexta -feira

 

Auditório, 21h30

Apresentação do livro “O Último Cristão”de Sérgio Lorré

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Piano bar, 23h00

Jazz no Clube

Sara Miguel Quarteto

A voz suave e intimista de Sara Miguel junta-se a um trio de excelentes novos valores do panorama do jazz nacional para apresentar alguns originais e revisitar standards de jazz, conferindo-lhes uma roupagem própria e original pela adição de influências de outros ritmos e sonoridades do mundo. Com Filipe Monteiro na bateria, Ricardo Pinto no piano e Sérgio Tavares no contrabaixo.

 

 

 

 

:: Dia 5 | sábado

 

Auditório, 17h00

 

Olhares Cruzados sobre a situação dos estudantes cabo-verdianos no Porto:

Integração, Associativismo, Desvio Social e Relação com as Autoridades

Daisy Correia da Silva (FEP)

Delila Leite (ERC)

 

 

Piano bar, 17h00

 

Abertura oficial da Exposição

«Tempo de Homenagem a António Portugal e António Pinho Brojo»

com entidades oficiais, convidados e amigos.

Porto de Honra e momento musical pela Tuna Feminina do ISEP.

 

 

Piano bar, 22h00

Fado no Clube

Fado de Coimbra com Trio Carlos Semedo

 

 

 

Piano bar, 23h30

"Eros e Psique: Palavras à Meia-Noite"

"Excursões às portas da Meia-Noite pelas palavras e pelos silêncios que Eros e Psique dizem e não dizem entre si. Eros e Psique, ou seja, o Fogo e a Borboleta, matérias mutuamente contrárias e atractivas que se tocam com e se transformam. A esta relação chama-se Vida e às suas expressões chama-se Arte. Com a intenção de apreender a unidade entre Eros e Psique, assim como entre Vida e Arte, estas excursões recorrem, em particular, ao transporte de Poiesis e à sua proximidade essencial com gestos musicais e dramáticos. Metodologicamente, este acontecimento visa estimular leituras, escritas e expressões originais, partindo de Criações contemporâneas e outras ainda sem forma bem definida, pós-contemporâneas, ainda no processo de viagem do Futuro para Agora - e vice-versa."

Os intervenientes serão sobretudo estudantes criativos de Psicologia e outras ciências leves.

Org.: Paulo Jesus

 

 

 

Galeria

Inauguração da exposição fotográfica evocativa:

« António Portugal e António Pinho Brojo - Um Dueto Concertante»

Produção de Adriano Ferreira Borges para o Grupo de Fados do ISEP

 

 

 

Cave, 16h00 - 18h00

Atelier Expressão Plástica para crianças “Efeitos de impressão” com Prof.ª Vânia Moreira

 

 

 

 

Crianças dos 5 aos 10 anos

Inscrições: 10 euros

Inscrições através do email clubeliterario@fla.pt ou na recepção do Clube Literário do Porto

 

“Gosto de tocar as cores. É como se tivesse o arco-íris na palma da mão”

(Isidro Ferrer, 2002)

Neste atelier a criança terá oportunidade de descobrir cores, texturas, imagens simples e complexas através da impressão. Os seus dedos transformar-se-ão em instrumento de desenho e de uma forma lúdico-criativa poderá criar uma série de formas/desenhos únicos.

Tal como não existem duas impressões digitais iguais também não existirão dois desenhos iguais. Com esta atividade, pretende-se que a criança, de uma forma empírica, adquira capacidade de analisar, compreender, refletir e agir/produzir, a partir de experiências que lhe sejam relevantes e significativas.

O objetivo deste atelier passa assim por possibilitar que a criança seja capaz de assumir o papel de intérprete do mundo e de refletir sobre o que a rodeia, tornando-se esta atividade num suplemento do trabalho realizado na escola e em casa.

 

 

 

 

:: Dia 6 | domingo

 

Cave, 14h30

«António Portugal e António Pinho Brojo - Um Dueto Concertante»

Produção de Adriano Ferreira Borges para o Grupo de Fados do ISEP

Café e Fado - Projecção integral do filme documentário e convívio com os participantes, grupos de fado, familiares e público.

(Entrada Livre)

 

 

Auditório, 17h30

Cooltiva-te

 

 

 

 

Para saber a programação, mais detalhes e informações sobre esta e futuras sessões, visite o website: http://cooltivate.wordpress.com/

 

Piano bar, 21h00

Musik Rainbow

Selecção musical DJ Martin’s

Early Years 70’s/80’s

 

 

 

 

:: Dia 7 | segunda-feira

 

Piano bar, 21h30

Obra Aberta

António Portugal e António Pinho Brojo em Fotografia e Filme Documentário

«António Portugal e António Pinho Brojo - Um Dueto Concertante»

Produção de Adriano Ferreira Borges para o Grupo de Fados do ISEP.

Apresentação e debate sobre exposição fofográfica e filme documentário

(concepção e estudos), com a presença do autor.

 

 

 

:: Dia 9 | quarta-feira

 

Auditório, 21h30

Obra Aberta - Design Gráfico

«Grande Noite do Fado Académico» e «Tempo de Homenagem»

Produção gráfica institucional do evento e da iniciativa cultural.

Apresentação e debate do trabalho seleccionado (concepção e estudos) com a presença do autor, João Castro.

Exposição dos restantes trabalhos apresentados a concurso pelos alunos da Escola Superior de Artes e Design ESAD), com a presença dos professores Susana Fernando e Elias Marques.

 

 

 

Piano bar, 20h00

Clube de Escrita Criativa

Apresentação exercício de auto-conhecimento: os monstros e os escudeiros

Inscrições prévias/entrada livre

 

 

 

Piano bar, 22h00

Tertúlia sobre charutos

(Oferta de 1 charuto por pessoa + venda de aguardente Aveleda a um preço simbólico - só nessa noite)

Parceria com Manuel Serrão e Aveleda

 

Participantes:

- Moderador: Manuel Serrão

- Convidados: Júlio Magalhães, Sérgio Oliveira (Casa Havaneza) e Manuel Soares (enólogo da Aveleda

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

:: Dia 10 | quinta-feira

 

 

Piano bar, 22h00

Quinta Essência

Tozéguitarras, música e voz

Manuela Leitão, declamação

 

 

 

:: Dia 11 | sexta-feira

 

Auditório, 21h30

“Crer em Deus e Saber Sobre Deuses”

Palestra com Onofre Varela

 

O anti-clericalismo da primeira República e o nacional-catolicismo do Estado Novo, são dois extremos que ainda hoje marcam a sociedade portuguesa na sua postura perante o fenómeno da Religião.

A ideia de Deus, sempre tão presente no nosso quotidiano, acaba por dominar as sociedades onde a crença religiosa tem mais penetração, mas, paralelamente, o pensamento ateu existe e goza de boa saúde.

A dicotomia entre crente e não crente é abordada através da leitura crítica do livro editado em Espanha “La fé explicada”, do padre católico norte-americano Leo J. Trese.

As suas perguntas primárias “Quem nos criou? Quem é Deus?” merecem a atenção do palestrante, que as confronta com outro pensamento que não o estritamente religioso, e conclui ser errado aquilo que Leo J. Trese afirma ser certo, e que as suas questões estão propositadamente mal formuladas com vista a seduzir os crentes menos avisados, mas que não colhem em pessoas mais informadas.

As razões dos crentes de várias sensibilidades religiosas, que em Fevereiro de 2007 se reuniram no pavilhão da Culturgest, em Lisboa, dando corpo a um ciclo de conferências subordinado ao tema “As Religiões dos filhos de Abraão”, são examinadas pelo raciocínio do não crente, que conclui ser “a dispensa do raciocínio” a condição essencial para se ser deísticamente crente, pois exime o religioso de pensar para além dos mandamentos da sua fé, de questionar e analisar os porquês dessa mesma fé que, não encontrando contestação nem dúvida, pode, no extremo, escravizar o crente.

Considerando que todos nós somos ignorantes, pois o conhecimento e o saber não será total para ninguém em tempo algum, conclui-se que a diferença existente entre o crer e o saber faz a qualidade do pensamento, e que em tudo, na vida, é incomparavelmente preferível saber do que crer.

 

 

Onofre Varela

Onofre Varela nasceu no Porto em Setembro de 1944. Iniciou-se no mundo do trabalho com 14 anos, como aprendiz de tipógrafo. Estudou Pintura Decorativa em regime de aulas nocturnas, enquanto exercia a profissão de desenhador litográfico.

Em 1965, ao serviço do Exército, partiu para a Guerra Colonial no território de Angola, onde colaborou com a revista Notícia, de Luanda, fazendo banda desenhada para o suplemento infantil Pica-Pau. A partir de 1968 exerceu funções de criativo gráfico em agências de publicidade de Lisboa e do Porto. Em 1970 entrou no mundo da imprensa.

Iniciou-se no jornal O Primeiro de Janeiro como maquetista, ilustrador e caricaturista, passando pelo Notícias da Tarde, O Jogo, O Comércio do Porto e Jornal de Notícias. Neste, exerceu o cargo de Ilustrador Principal. Em 1972 viajou a França e à Bélgica, com o intuito de por lá ficar a fazer banda desenhada, tendo-se avistado com Claude Moliterni em Paris, e falado com os chefes de redacção das revistas Tintin, Pilote e Spirou, em Bruxelas, e trocado correspondência com Hergé.

Colaborou com várias publicações periódicas, nacionais e regionais, (entre as quais O Tripeiro) e teve uma colaboração, na década de 80, na Rádio Televisão Portuguesa, no programa da manhã Às Dez, desenhando em directo a informação meteorológica.

Na RTP também participou em programas infantis executando desenhos a partir de traços iniciados por crianças. Expôs o seu trabalho em Portugal, Espanha, França, Turquia, Macau e Brasil, e foi premiado várias vezes, nacional e internacionalmente, pelo seu desempenho de gráfico e de cartunista.

Recebeu um prémio das Nações Unidas em 1984, pela criação de um logótipo tendo em vista a integração social dos delinquentes, e em 1998 foi-lhe atribuido o Diploma de “Profesor Honorífico del Humor”, pela Universidade de Alcalá de Henares, Madrid. É referido no Dicionário de Personalidades Portuenses do Século XX, da Porto Editora, publicado no âmbito da Porto 2001 - Capital Europeia da Cultura, e no Dicionário Antológico de Artes e Letras de Gondomar (2008).

Após sair do JN (em 2000) com vista à reforma antecipada, estudou teatro no TEP e, como actor, representou teatro de Revista e Comédia no Teatro Sá da Bandeira e em grupos amadores de Gaia e Matosinhos. Interessado pelo fenómeno religioso desde a juventude, foi o iniciador do movimento que levou à criação da Associação Ateísta Portuguesa, da qual é membro dirigente. Atento ao discurso da Igreja, viu, leu e ouviu responsáveis eclesiásticos, que lhe forneceram material suficiente para escrever o livro "O Peter Pan Não Existe — Reflexões de um Ateu", publicado pela Editorial Caminho em Janeiro de 2007.

Neste momento tem no prelo um novo livro sobre o tema, com o título "O Homem Criou Deus", cujo lançamento deverá ocorrer ainda este ano de 2011.

 

 

Piano bar, 21h30

Dia de S. Martinho

Magusto tradicional e tertúlia com Fado e a presença do Dr. Augusto Camacho Vieira.

A «Lenda de S. Martinho» em Fado, pelo Grupo de Fados do ISEP.

Participação do Grupo de Fados de Farmácia da Universidade do Porto e do ilustre convidado, Dr. Augusto Camacho Vieira.

 

 

:: Dia 12 | sábado

 

Piano bar, 10h00-12h00

II Sessão «Guitarra Portuguesa para crianças»

Sessão de experimentação de guitarra portuguesa enlaçada com «estórias» de crianças crescidas.

 

 

Piano bar, 16h00

 

Palestra “Reflexões sobre a Doutrina do Quinto Império”

"Reflexões sobre a Doutrina do Quinto Império" pretende apresentar uma nova doutrina espiritista e espiritualista, racional e cintífica de base cristã que na História da Humanidade e pela primeira vez se apresenta como única, sendo completamente diferente de quaisquer correntes ou movimentos filosóficos ou religiosos então surgidos ou existentes estando naturalmente vocacionada para vir a ser um novo movimento idealista fundamentado nos princípios científicos do Evolucionismo e mobilizador de uma nova missão dos Portugueses no mundo".

Orador: Jacinto Alves

 

 

 

Auditório, 18h00

 

Lançamento do livro

«O Canto e a música de Coimbra Fotobiografia de Augusto Camacho Vieira»

Apresentação e tertúlia com a presença do autor - Eng.º Manuel Fernando Marques Inácio - e a participação do Dr. Augusto Camacho Vieira e do Grupo de Fados do ISEP.

Momento Musical

publicado por o editor às 15:56
link do post | comentar | favorito
Sábado, 22 de Outubro de 2011

CLP de sexta a Domingo (dias 21, 22 e 23)

 

Outubro’11

 

 

:: Dia 21 | sexta-feira


Auditório, 21h30

Apresentação do livro “Amar a vida inteira”, de Casimiro Brito, por Maria João Reynaud

 

 


Casimiro de Brito nasceu em 1938, em Loulé e tem sido um viajante infatigável. Publica desde 1958, e vão mais de 40 títulos: poesia, ficção, ensaio, aforismos, diário, traduções. Está incluído em 197 antologias, um pouco por todo o mundo e está traduzido para 26 línguas. Está a escrever: o Livro das Quedas (poesia), o Livro do Eros, o Livro das Obsessões (fragmentos), o Livro dos Haiku, o Livro do Desejo (ficção), o Livro das Pequenas Coisas (quotidianos). A obra anterior será reunida noutros “livros”. Ganhou vários prémios nacionais e internacionais: o Versília, pela obra reunida; o Leopold Senghor, pela carreira; o Europeu de Poesia, pela tradução italiana do Livro das Quedas (Libro delle Cadute). Conselheiro da Associação Mundial de Haiku (Tóquio); nomeado recentemente Embaixador Mundial da Paz (Genebra). Quatro dos seus livros: Labyrinthus (Prémio da APE), Opus Affettuoso (Prémio do PEN), Na Via do Mestre, Da Frágil Sabedoria.

Casimiro de Brito (Loulé, 1938): Publica desde 1957: mais de 40 títulos (poesia, ficção, ensaio, aforismos, diário, traduções). Incluído em 204 antologias, por todo o mundo e traduzido para 26 línguas. Está a escrever: o Livro das Quedas (poesia), o Livro do Eros, o Livro dos Haiku, o Livro do Desejo (ficção), o Livro das Pequenas Coisas. Vários prémios nacionais e internacionais: o Versília, pela obra reunida; o Leopold Senghor, pela carreira; o Europeu de Poesia, pela tradução italiana do Livro das Quedas... Conselheiro da Associação Mundial de Haiku (Tóquio); Embaixador Mundial da Paz (Genebra). Ordem do Infante.

 

AMAR A VIDA INTEIRA é o terceiro volume do LIVRO DAS QUEDAS que será uma “obra sem fim” e de que o “Amar a Vida Inteira” constitui livro erótico.

A poesia de amor de Casimiro de Brito é considerada como das mais eróticas da poesia portuguesa.

 

Citação de João Barrento (que o apresentou na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa) sobre este livro:

“Há nestes cem poemas (ou sequências) uma respiração intranquila, funda, lenta, arfante, as mais das vezes intensa, que marca o ritmo de um longo percurso entre o viver e o escrever. E a certa altura a respiração suspende-se, volta atrás, retoma versos já ouvidos, introduz variações nos temas, nas teclas já tocadas, gerando uma orquestração do eterno retorno do desejo e das suas pequenas mortes sempre repetidas.”

 

 

 

 

Piano bar, 22h00

Melodias de sempre

José Veloso Rito, piano

 


Neste recital de piano, José Veloso Rito, presença habitual no piano-bar do CLP, interpretará músicas de sua autoria, bem como algumas obras do repertório clássico e standards do jazz. Um bom argumento para uma noite descontraída, na companhia de um amigo, saboreando o seu café ao som de melodias que tão bem reconhecerá.

 

 

:: Dia 22 | sábado


Piano bar, 18h30

Apresentação de “Poemas Geométricos”, de Luís Bizarro Borges

 

 


“Poemas Geométricos” não é livro (mas também não deixa de o ser). É uma obra não convencional, interativa, bilingue (português/espanhol), onde as palavras se revelam e ocultam com o gesto das mãos.

A obra é constituída por quatro formas geométricas: triângulo, círculo, quadrado e retângulo. As três últimas correspondem a poemas; a primeira aproxima-se ao conceito de capa.

Os poemas exigem interacção, manipulação para terem sentido. Há um jogo de ocultação/revelação. Implica que o recetor seja ativo para que a obra (também ela) tenha sentido.

(Trajeto biográfico)

 

Luís Bizarro Borges é jornalista, autor e gestor de conteúdos culturais e criativos. Tem mais de 25 anos de atividade no jornalismo, exercendo a maior parte da sua carreira profissional no Jornal de Notícias, no Porto.

É autor de várias obras literárias, entre as quais “Pelo lado do invisível” e “Porra para o teatro!” (ambas edição Campo das Letras), além de peças de teatro, de dança-teatro e de espetáculos multidisciplinares.

Também fez cinema, tendo realizado o filme de curta-metragem “Ladeira do Pinheiro”.

Atualmente dedica-se às indústrias culturais e criativas.

http://www.youtube.com/watch?v=BVZmrZ7Pwn8

 

 

Piano bar, 23h00

VeraCruz

Brígida Silva, voz

Paulo Melo, guitarra clássica

Sérgio Silva, percussão, voz e guitarra clássica

Rita Azevedo, flauta transversal

 

 

 

:: Dia 23 | domingo


Auditório, 16h30

Apresentação do livro "A Casa do Mirante" de Marta Gomes

A cargo de José Cândido Martins, professor de Literatura Portuguesa na Faculdade de Filosofia da Universidade Católica (Braga).

 

 


Sobre a obra: Já alguma vez se perguntou, quando passa por uma casa em ruínas, sobre a vida que animou os espaços, os sonhos que percorreram as paredes, os amores e desamores que se cruzaram pelos corredores?

Esta é a história a duas vozes de seis mulheres, das suas lutas, dos seus anseios, das suas tentativas de serem felizes. Seis pessoas, seis personalidades que, dentro dos condicionantes de uma sociedade impiedosa, lutam, cada uma à sua maneira, pela sua libertação.

Entrar n’ “A Casa do Mirante” é mergulhar nos meandros da alma humana e sentir os laços que se atam e desatam ao longo da vida.

Talvez nos sintamos em sintonia com algumas, talvez discordemos de outras, mas de certeza que nos enterneceremos com a sua história. Apesar da distância que se perde no tempo, tanto ontem como hoje, todos ansiamos pelo mesmo: sermos felizes!

 

Sobre a autora: Marta Gomes nasceu em Vila Real há 33 anos e vive em Braga desde 1996, ano em que entrou para a Faculdade de Filosofia da Universidade Católica para estudar Humanidades.

Ama a literatura e o cinema, considera a música a banda sonora da vida, é apaixonada pela dança e não vive sem escrever.

 

 

Auditório, 18h00


Portugal Poético

Tema: Portugal

Dinamizador: Rui Fonseca

 

 

Piano bar, 18h00

Recital

Isolda Crespi, piano

Joel Azevedo, contrabaixo

 

 

Piano bar, 21h00

Musik Rainbow

 


Romantic Moods

Selecção musical DJ Martin’s

 

***************************************************

 

Em exposição

 

Galeria da Cave


Exposição “Desenho e Pintura” de Catarina Vieira

(Até ao dia 31)

 


O que é a arte? O que é o belo? O conceito de arte muda com os tempos, com as vontades, com o ser… assim como a ideia do belo. Assim, entre tantas outras coisas, podemos dizer que a arte é um grande processo de auto-redescoberta da Humanidade, um monumento que é como um ser vivo: sempre deslumbrante, sempre fascinante, mas sempre inacabado… Esta exposição, modestamente intitulada “Desenho e Pintura”, é uma amostra do trabalho de uma jovem e promissora artista que se começa a descobrir a si mesma e à arte; uma viagem inocentemente desconexa em busca daquilo a que chamamos beleza…

Catarina Vieira, nascida em Rio Tinto em 1994, tem vindo a explorar o mundo das telas e dos pincéis desde os seus dez anos. Frequenta actualmente o 12.º ano de escolaridade, no curso de artes visuais. Já participou por várias vezes em exposições colectivas, de que se destacam três participações na exposição internacional “GóisArte”. Esta é a sua primeira exposição individual.

José Vieira

 

 

Galeria piso 2

Exposição de pintura “Circus” de Alexandre Rola

(Até ao dia 31)

 

 

«Os artistas de circo são superiores a mim

Porque sabem fazer pinos e saltos mortais a cavalo

E dão os saltos só por os dar

E se eu desse um salto havia de querer saber por que o dava

E não os dando entristecia-me

Eles não são capazes de dizer como é que os dão

Mas saltam como só eles sabem saltar

E nunca perguntaram a si mesmos se realmente saltam

Porque eu quando vejo alguma coisa

Não sei se ela se dá ou não nem posso sabê-lo

Só sei que para mim é como se ela acontecesse porque a vejo

Mas não posso saber se vejo coisas que não aconteçam

E se as visse também podia supor que elas sucediam...»

(Fernando Pessoa)

 

No dia 27 de Outubro de 1978, nasceu, no Porto, Alexandre Rola.

Ingressou, após o secundário, no curso de economia no ano de 1997, que veio a concluir em 2002. Em 2003 tirou o curso de fotografia que lhe forneceu o apoio necessário para alguns experimentalismos fotográficos pelo País e pela Europa. Em 2004 ingressou no curso superior de Design e Comunicação que veio a finalizar em 2008. Em 2010 concluiu uma tese de mestrado sobre Intervenções Urbanas na ESAD.

Paralelamente, desde 2001, pinta exaustiva e diariamente. Desde 2003 que expõe regularmente.

www.alexandrerola.com

 

 

 

 

 

Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

BLOGUE: clubeliterariodoportofla.wordpress.com

publicado por o editor às 00:37
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds