Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015

Improviso de Dança e Música retoma atividades na Casa Hoffmann

 

 

 



A Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento recebe no domingo (1º) a primeira edição de 2015 do Improviso de Dança e Música. A atividade é gratuita e acontece das 10h às 13h para toda a população, que pode se juntar à roda, improvisar seu número e trocar experiências relacionadas a essas linguagens. O evento é realizado pelo UM – Núcleo de Pesquisa Artística em Dança da FAP e da SummuS Contato e Improvisação e apoiado pela Fundação Cultural de Curitiba.
Segundo Yuki Dói, um dos fundadores do SummuS e organizador do evento, o Improviso é uma maneira de romper as barreiras entre os diversos gêneros da dança (clássico, folclórico, contemporâneo entre outros), e fazer desta uma atividade acessível a todos. "Nossa intenção é fazer com que a dança não fique restrita apenas a instituições especializadas e às academias particulares", revela Yuki.
Aberto à comunidade em geral, o Improviso de Dança e Música acontece de março a dezembro no primeiro domingo de cada mês, na Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento – com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba. A programação de abertura das atividades em 2015 contará também com uma aula aberta de dança contato improvisação (C.I.) que possibilitará maior entrosamento aos participantes.
 
Serviço
IMPROVISO DANÇA E MÚSICA
DIA: 1º de Março de 2015 (domingo)
Horário: 11h30 às 13h30
EVENTO GRATUITO
AULA DE CONTATO IMPROVISAÇÃO
Dia: 1º de Março de 2015 (domingo)
Horário: 10h às 11h30
EVENTO GRATUITO
LOCAL: Casa Hoffmann Centro de Estudo do Movimento
Rua Claudino dos Santos, Nº58, Largo da Ordem, Curitiba, Paraná – Brasil

 

 
publicado por o editor às 14:10
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

(dança contemporânea/ gratuito) SEM O QUE VOCÊ NÃO PODE VIVER?

 

Sem o que você não pode viver?
Espetáculo de dança contemporânea de Ivana Menna Barreto (RJ)

O solo de dança contemporânea SEM O QUE VOCÊ NÃO PODE VIVER?, que chega a Curitiba  através da Circulação Nacional 2014, Lei Rouanet/ Ministério da Cultura,  é um testemunho particular a partir da memória do outro, isto é, a partir de movimentos, imagens, escrita ou fala deixada por alguém.
Fruto de uma pesquisa interativa sobre a vida cotidiana de pessoas em diversas cidades e países, que envolveu encontros pessoais e virtuais e resultou em amplo material audiovisual, o trabalho é constantemente modificado e rearticulado em cena, partindo da questão: o que é possível fazer com aquilo que temos, ou com o que nos foi dado? A coreografia, que acontece em meio aos espectadores, é uma tentativa de resposta, numa composição das sobras que restaram de outros corpos.
A composição deixa também espaço, ao final, para a participação de outro artista, a cada temporada, convidado a criar algo a partir do que viu. Este novo registro poderá ser mostrado no mesmo dia, ou em apresentações futuras, dependendo da natureza da criação de cada um.
Ficha Técnica
Criação e interpretação: Ivana Menna Barreto
Iluminação: Renato Machado
Operação de luz: Tábatta Martins
Fotos: João Penoni e Flora Mariah
Programação Visual: Theo Dubeux
Orientação da pesquisa de criação: Jefferson Miranda
Produtor local Belo Horizonte: Guilherme Morais
Produtor local João Pessoa: Gabriela Arruda
Produtor local Salvador: Nei Lima
Produtor local Curitiba: Cindy Napoli
Coordenação administrativa: Rodrigo Gerstner
Administração geral e Produção executiva: Estela Albani
SERVIÇO:
“SEM O QUE VOCÊ NÃO PODE VIVER?”
29 a 31 de agosto
sexta a sábado às 20h
domingo às 19h.
Casa Hoffmann - Rua Claudino dos santos, 58 - Largo da Ordem
Entrada franca
Classificação: 16 anos
  
Oficina Autobiográfica com Ivana Menna Barreto
A oficina quer investigar o processo de composição do intérprete em seu caráter testemunhal, como posicionamento ao qual não pode fugir: dar a sua versão, compartilhar um espaço vazio com o qual deve se confrontar.
A proposta é criar um espaço de intensificação de ações, construídas a partir de perguntas dirigidas aos participantes. Através da exploração do material de cada um, haverá intervenções dos parceiros, buscando a implicação do grupo na construção das versões individuais.
As dinâmicas corporais, alimentadas por um treinamento com base na respiração, enfatizam os retornos, as interrupções e repetições que intensificam as ações escolhidas.
As perguntas serão distribuídas no início da oficina.
Cada participante deverá trazer um CD com uma música de sua predileção.
Vagas: máximo de 20 pessoas.
Público alvo: profissionais de dança e teatro
Duração: 3 horas de
Ivana Menna Barreto ébailarina, criadora e pesquisadora carioca.
Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, professora de improvisação e composição coreográfica do curso de Dança da UniverCidade-RJ entre 2011 e 2014. Coordenadora do CT Dança em Configurações Estéticas da ANDA.
Fundou em l992 a Cia Movimento e Luz, com o iluminador Fred Pinheiro, realizando com artistas colaboradores os espetáculos MUYRAKYTÃ, l994; AS MÁSCARAS DO SONHADOR,1997; ABRAÇA-ME,l999; FÚRIA – EM DANÇA E VERSO, 2001/2003; DELICADO,2003/2005. Iniciou uma pesquisa solo com LEIA-ME, 2006/2010. Apresentou-se em temporadas em teatros e espaços culturais sobretudo no Rio de Janeiro e São Paulo, e participou com seus espetáculos e performances em diversos eventos nacionais.
Trabalhou em colaboração com o diretor Jefferson Miranda na criação do solo sem o que você não pode viver?, apresentado entre 2011 e 2013 no Rio de Janeiro, São Paulo e Béziers (França).O projeto teve a parceria do Là-bas-Théâtre e CED Béziers, e foi contemplado pelo Edital de Apoio à pesquisa e criação da SEC/RJ 2010 e Lei Rouanet/Ministério da Cultura para a estréia no Espaço Sesc, RJ; e do FADA 2011/Prefeitura do Rio, para a circulação em 2012 no Rio de Janeiro. Em 2012 também foi apresentado no Tucarena e Sesc Belenzinho em SP; e em março de 2013 no Espace 13 em Béziers, França, em parceria com o Là-bas Théâtre. Em agosto de 2014 circula em Belo Horizonte, João Pessoa, Salvador e Curitiba.
A partir do solo foi criada a intervenção Meio sem fim, junto à coreógrafa americana Lila Greene. O experimento foi apoiado pelo Programa de Residências Artísticas do Institut Français/Cité Internationale des Arts em Paris, e Centre National de la Danse (CND-Pantin). A primeira etapa da residência foi apresentada em março/2013 em Paris, e a segunda, como work in progress em outubro/2013 no Rio de Janeiro. O projeto integral, com a participação de mais três artistas convidados, foi contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2013 e estréia em outubro de 2014 no Rio de Janeiro.
OFICINA AUTOBIOGRÁFICA
Com Ivana Menna Barreto (RJ)
30 de agosto - sábado das 15h às 18h
Casa Hoffmann - Rua Claudino dos santos, 58 - Largo da Ordem
Inscrições gratuitas
Interessados enviar breve currículo com no máximo 5 linhas, nome completo e telefone para o e-mail: cindynapoli_a@yahoo.com.br
Público alvo: profissionais de dança e teatro

 

publicado por o editor às 14:34
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

Casa Hoffmann faz mostra pública de pesquisas em dança

 

 
            A Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento apresenta a partir desta quinta-feira (21) a mostra pública de coreografias e pesquisas em dança elaboradas por meio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba. Os espetáculos são resultados de projetos financiados pelo Fundo Municipal da Cultura. Até domingo (24) serão apresentadas oito coreografias. As apresentações têm início às 20h, de quinta-feira a sábado, e às 19h no domingo, com entrada gratuita.
Os artistas apresentam seus projetos em diferentes etapas de pesquisa – iniciação, desenvolvimento e estruturação. Serão apresentados os projetos “Os Ignorantes”, de Bernardo Stumpf, “Pelos Poros”, de Ana Beatriz Figueiredo, “O que vem por aí”, de Thaísa Dias Marques, “Procedimento de Atualização”, de Ryan Lebrão, “Insertar-se”, de Daniel Valenzuela, “Re-Existência Urbana”, de Alessandro Potier, “O Peso do Azul”, de Marina Prado e “Contornos Particulares”, de Danilo Silveira.
             “A Casa Hoffmann e o programa de bolsa residência em dança têm sido para a investigação do movimento um centro de pesquisa e de abordagens específicas para a produção de pensamento nesta área. A existência desse edital endossa o caráter transformador da dança”, diz a coreógrafa Olga Nenevê, orientadora dos trabalhos. Olga tem orientado pesquisas na Casa Hoffmann desde a primeira edição do edital, em 2006. “Acompanhei inúmeros processos de criação em dança de artistas da cidade e acredito na potência da investigação artística e dos trabalhos resultantes desses processos de criação”, diz Olga.
            Os trabalhos em exibição se referem ao Edital de Pesquisa em Dança 2013. Confira a programação:
21 de agosto, às 20h
“Os Ignorantes” – Bernardo Stampf e Rubia Romani
“Pelos Poros” – Ana Beatriz Figueiredo
22 de agosto, às 20h
“O que vem por aí” – Thaísa Dias Marques
“Pocedimento de Atualização” – Ryan Lebrão
23 de agosto, às 20h
“Insertar-se” – Daniel Valenzuela
“Re-Existência Urbana” – Alessandro Potier
24 de agosto, às 19h
“O peso do azul”, de Marina Prado
“Contornos Particulares”, de Danilo Silveira
Serviço:
Mostra Pública – Mostra dos trabalhos elaborados por meio do Edital de Pesquisa em Dança 2013
Local: Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento (R. Claudino dos Santos, 58 – Largo da Ordem)
Datas e horários: de 21 a 24 de agosto de 2014. De quinta-feira a sábado, às 20h, e domingo, às 19h
Entrada franca
Informações: 3321-3228

 

publicado por o editor às 18:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Novembro de 2013

Projeto Conexões IMP promove mostra de solos e apresentação de espetáculo

 



Iniciativa do núcleo de pesquisa em dança IMP – Investigação do Movimento Particular, vem movimentando a cena curitibana com diversas ações
Entre os dias 05 e 08 de dezembro acontece a última etapa do Projeto Conexões IMP – da importância de se manter em movimento. O projeto, que é uma iniciativa do núcleo de pesquisa em dança IMP – Investigação do Movimento Particular, vem movimentando a cena curitibana através de ações como as oficinas promovidas de setembro a novembro deste ano, ministradas pelos artistas mineiros Tuca Pinheiro e Dudude Herrmann. Para finalizar a programação o núcleo promove duas ações: a Mostra de Solos – onde serão apresentados 6 trabalhos inéditos criados pelos artistas Maíra Lour, Juliana Adur, Gabriel Machado, Mariana Mello, Douglas Sartori e Thaísa Marques; e a apresentação do espetáculo parapeito  - obra criada em 2010 e que ganha novos ares em 2013.
Segundo a coordenadora do projeto, Juliana Adur, “a mostra de solos é um evento pensado a partir do interesse em compartilhar a pluralidade de pesquisas e interesses existente no núcleo. Começamos este trabalho em junho desde ano, e desde lá tivemos contato com diversos profissionais, além da nossa parceira e incentivadora Cintia Napoli. O que apresentamos é o resultado deste período intenso dedicado à criação e a pesquisa autoral”.  Além das apresentações, a cada dia acontece uma conversa com a artista Olga Nenevê sobre o exercício do feedback e sua importância como uma ferramenta de aprofundamento e discussão sobre a criação em dança.
Já o espetáculo parapeito traz ao público uma reflexão sobre as relações contemporâneas e o isolamento do sujeito pós-moderno. Criado em 2010, tem como inspiração o livro "A Morada do Ser", da escritora Marina Colasanti. Com uma disposição inusitada o público assiste o trabalho de dentro do espaço do Vila Arte Espaço de Dança, mas os bailarinos ficam nas janelas, como se estivessem em diversos apartamentos de um edifício. “Assim como nos contos de Marina, parapeito é uma forma de olhar pelo buraco da fechadura e de se aproximar de universos particulares e aparentemente inacessíveis” diz Juliana.
A Mostra de solos acontece nos dias 05 e 06 de dezembro na Casa Hofmann – Centro de Estudo do Movimento, e o espetáculo parapeito nos dias 07 e 08 de dezembro no Vila Arte Espaço de Dança. Toda a programação é gratuita.
Serviço:
Mostra de solos
05 de dezembro – quinta-feira às 20h
Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento
Rua Claudino dos Santos, 58 – Largo da Ordem
Para virar do avesso – Maíra Lour
Peixe-espada – Juliana Adur
Coágulo – Gabriel Machado

06 de dezembro – sexta-feira às 20h

Abrupta – Mariana Mello
Não quero água, obrigado. – Douglas Sartori
Meus quadris não mentem – Thaisa Marques

Conversa com Olga Nenevê após as apresentações

parapeito
07 e 08 de dezembro – sábado e domingo às 20h
Vila Arte Espaço de Dança
Rua Saldanha Marinho, 76 – sala 03 – Centro

Entrada Gratuita
publicado por o editor às 16:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Novembro de 2013

Carioca Micheline Torres traz dança contemporânea à Bienal Internacional de Curitiba

 

No dia 9 de novembro, a partir das 17h, a Casa Hoffmann recebe a bailarina, coreógrafa e performer carioca Micheline Torres que apresenta o espetáculo de dança contemporânea "A Seguir". O evento faz parte da programação da Bienal Internacional de Curitiba 2013 na Virada Cultural.
Os trabalhos da artista situam-se entre a dança contemporânea, a performance e as artes visuais. "A Seguir" mostra um personagem em árdua negociação entre estar sozinho e acompanhado, com dinheiro e sem dinheiro, em todo tipo de contexto econômico, político e cultural. A partir daí, diversos questionamentos dão origem a uma pequena aventura dançada em um mar de possibilidades.
Este espetáculo, que vem pela primeira vez a Curitiba, recebeu o prêmio Rumos Dança do Itaú Cultural 2012-2014. "A Seguir" é a quarta obra do projeto "Meu corpo é minha política" contemplado no programa Funarte Klauss Vianna de Dança (2009 e 2011), FADA 2012 e Circuito Estadual das Artes 2012 e 2013. "Meu corpo é minha política" vem sendo desenvolvido desde 2007 através de encontros, colaborações e deslocamentos geográficos pelo mundo.
Micheline Torres estudou Artes Cênicas (UNIRIO) e Filosofia (UFRJ) já participou de projetos de residência no Centre National de la Danse (Paris) e NRW/TanzHaus Dusseldorf (Alemanha). Seus trabalhos já circularam por 18 cidades do Brasil, além de oito países.
Ficha Técnica: “A Seguir”
Concepção, direção, texto, dramaturgia e interpretação: Micheline Torres
Colaboração artística e ensaiadora: Marcelle Sampaio
Colaboração dramatúrgica: Marcia Zanelatto
Concepção audiovisual: Juliano Gomes
Trilha Sonora Original: Marcio MM Meirelles
Luz: Renato Machado
Preparação Corporal: Sylvia Barreto (ballet clássico) e Orlando Cani (yoga)
Realização: Um Mar de Possibilidades Produções Artísticas
Itaú Unibanco
O Itaú Unibanco apoia as artes visuais no país e reconhece a cultura como elemento fundamental na formação de uma sociedade mais crítica. Com o Instituto Itaú Cultural, busca inspirar e ser inspirado pela sensibilidade e pela criatividade para gerar experiências transformadoras no mundo da arte e da cultura brasileiras. Dessa forma, também incentiva o Festival de Teatro de Curitiba, o Festival de Dança de Joinville, Festa Literária Internacional de Paraty, entre outros.
Patrocínio
A Prefeitura Municipal de Curitiba/Fundação Cultural de Curitiba e o Banco Itaú apresentam a Bienal Internacional de Curitiba 2013, realizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (Lei Rouanet). Esta edição também conta com o patrocínio Petrobrás, BNDES, Votorantim Cimentos e Volvo, além da Copel e Sanepar, por meio da Conta Cultura. Tem copatrocínio da Barigui Financeira e Construtora JL, além do apoio do Governo do Paraná/Secretaria de Estado da Cultura, Sesi no Paraná e Sistema Fecomércio Sesc Senac PR.
Serviço:
Bienal Internacional de Curitiba 2013
"A Seguir", espetáculo de dança de Micheline Torres
Data: 9 de novembro
Horário: 17h
Local: Casa Hoffmann (Rua Claudino dos Santos, 58 - Largo da Ordem)
Tel.: (41) 3321-3228
Ingresso: Gratuito
Redes sociais: Facebook, Twitter e Youtube
Informações:
www.bienaldecuritiba.com.br
publicado por o editor às 00:32
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Outubro de 2013

CAIXA Cultural / UM ESPETÁCULO BORBULHANTE NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 





   






     

 



UM ESPETÁCULO BORBULHANTE NA CAIXA CULTURAL CURITIBA


Dança contemporânea representa a criação do universo num espetáculo lúdico e inovador



A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 25 a 27 de outubro (sexta-feira a domingo), o espetáculo “Borbulho”, da companhia chameckilerner; uma apresentação de dança contemporânea diferente, futurista e inovadora. Num cenário flutuante, balões representam o Sol, os planetas e a Lua, num espaço repleto de bolhas. A direção é de Rosane Chamecki e Andrea Lerner. O patrocínio é da Caixa Econômica Federal.


No palco, a coreografia mostra uma jornada sobre a criação do mundo, a plasticidade da vida e um contínuo estado de metamorfose. A criação do universo, a natureza, suas transformações e a relação do homem com seu meio são a temática deste espetáculo, que tem como ponto de partida a Teoria de Gaia, que coloca a simbiose entre os seres como condição para a evolução das espécies.


Os elementos cênicos sugerem um lugar familiar, porém fantástico e surreal. São seres que caminham, brincam e se alimentam de uma maneira nova. Demonstrando desejo e a capacidade de adaptação, trazem à tona questões sociais e ambientais.


“Borbulho” é um espetáculo de dança, mágico e lúdico. Trata-se de um espetáculo bem-humorado, audacioso e instigante para todas as idades. A trilha sonora, a ausência de falas e a profusão de movimentos seduzem, divertem e emocionam.


A Companhia:

A chameckilerner foi criada há 20 anos, em Nova Iorque, pelas coreógrafas curitibanas Rosane Chamecki e Andrea Lerner, que assinam também a direção do espetáculo. Além de “Borbulho”, Rosane e Andrea já criaram mais de 15 trabalhos de palco e seis filmes.


Com uma carreira internacional reconhecida, e em parceria com bailarinos brasileiros, a companhia ganhou, em 2008, um dos mais conceituados prêmios dos Estados Unidos, o “The Guggenheim Fellowship”, conquistado pelo conjunto do trabalho no campo da dança.


Ficha técnica:

Direção: Rosane Chamecki e Andrea Lerner

Coreografia: Rosane Chamecki, Andrea Lerner, Cristina Latici, Maria Hassabi, Elizabeth Finger, Ricardo Marinelli, Mariana Batista, Israel Becker, Flavia Mattos e Juliana Alves

Cenário e Figurinos: Janaina Tschape

Música: DJ Dolores e Chico Correa

Iluminação: Concepção de Lap Chi-Chu, adaptado por Lucas Amado

Elenco: Mariana Batista, Israel Becker, Flavia Mattos, Juliana Alves e Ryan Lebrão


Informações e entrevistas:

Sandra Moser e Taísa Rodrigues

(47)9179-7484 e (47) 8864-3373

sandra@santacultura.com.br / taisa@santacultura.com.br


Serviço:

Dança: “Borbulho”

Data: de 25 a 27 de outubro de 2013 (sexta-feira a domingo)

Hora: sexta-feira e sábado às 20h, domingo às 19h

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA)

Capacidade: 125 lugares (2 para cadeirantes)

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira, das 12h às 20h; sábado, das 16h às 20h; domingo, das 16h às 19h)

Classificação indicativa: livre
publicado por o editor às 20:54
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Outubro de 2013

Greve dos Correios altera prazos e procedimentos dos editais da dança

Os editais de Pesquisa em Dança e Difusão em Dança tiveram o prazo de inscrições prorrogado até 8 de outubro. As inscrições para o edital de Produção em Dança podem ser feitas até 9 de outubro. As mudanças nos editais do Fundo Municipal da Cultura se devem à greve dos Correios. Em razão desse movimento, a entrega das propostas deve ser feita pessoalmente, junto ao Setor de Protocolo da Lei de Incentivo, na R. Engenheiros Rebouças n.º 1.732, no horário das 9h às 17h30. Servidores da Diretoria de Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba emitirão protocolo de comprovante de entrega com a data e nome do projeto inscrito. Os editais, com as alterações, estão disponíveis no site da Fundação Cultural de Curitiba (www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br)

tags: ,
publicado por o editor às 14:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Setembro de 2013

British Council traz delegação escocesa das áreas de dança e artes cênicas ao Brasil

 


Uma delegação composta por produtores, artistas, autoridades e as principais organizações de artes fará uma visita de reconhecimento do setor das artes cênicas e da dança e das oportunidades de engajamento com o Brasil.
O grupo desembarca em São Paulo no dia 24, e, no Rio de Janeiro, no dia 28 de setembro. A iniciativa faz parte do Transform, programa de artes do British Council, idealizado para conectar produtores, artistas, autoridades e as principais organizações de artes do Brasil e do Reino Unido.
Em São Paulo, os onze integrantes da delegação escocesa visitarão, em companhia de dirigentes e curadores da área, importantes instituições culturais como o Itaú Cultural, Centro Cultural Vergueiro, SP Escola de Teatro, Teatro Alfa, e SESC.
Kath Mainland, diretora executiva do Fringe Festival de Edimburgo, uma das integrantes da delegação, apresentará, no dia 26, às 19h00, no auditório do Centro Brasileiro Britânico, um panorama sobre um dos maiores mercados internacionais de artes do mundo, o de Edimburgo, e seu Fringe Festival, que, desde 1947, se consolidou como uma vitrine internacional das mais variadas formas de artes performáticas. Em três semanas de programação em agosto na capital escocesa, o festival recebe cerca de 20 mil artistas que sobem ao palco em mais de 250 espaços, promovendo 42 mil apresentações e 2.500 espetáculos.
Desde 2012, a Creative Scotland, agência que fomenta e financia a arte escocesa, e o British Council mantém uma parceria ampla de aproximação dos dois países – Brasil e Escócia.
“A proposta é promover um intercâmbio de ideias e projetos entre  artistas, gestores e organizações do Brasil e da Escócia em algumas áreas, como por exemplo, a conexão entre os festivais”, afirma Liliane Rebelo, gerente de projetos do British Council. A entidade já enviou delegações brasileiras aos Festivais de Edimburgo, na Escócia, em 2011, 2012 e 2013.
Danilo Santos de Miranda, do SESC, Celso Curi, curador do Festival de Teatro de Curitiba, Paula de Renor, diretora do Festival Janeiro de grandes espetáculos e Morgana Rissinger, do Inhotim, entre outros, integraram a delegação brasileira em Edimburgo este ano. O grupo foi convidado especialmente para conferir a programação dos cinco festivais que acontecem simultaneamente na cidade de Edimburgo no mês de agosto, dentre eles o Fringe Festival, o maior festival de artes cênicas do mundo.
Compõem a delegação escocesa Linda Crooks, diretora artística do Traverse Theatre, Fleur Darkin, diretora artística do Scottish Dance Theatre, Margaret O’Donnell, produtora independente representando a companhia Janice Parker, Ellen Potter, NVA (organização de arte pública e trabalhos site-specific), Eileen O’Reilly, National Theatre of Scotland, Kath Mainland, diretora executiva do Edinburgh Fringe Festival, Vicky Rutherford, produtora do Catalyst Dance Management/ Dance Base, Margaret Maxwell, do Creative Scotland, Fiona Sturgeon Shea, diretora do Playwrights Studio Scotland e Susannah Armitage, produtora do projeto  A play, a pie and a Pint e Kate Bowen, produtora independente.
Sobre o Transform
O Transform é um programa de artes do British Council, com duração de quatro anos, idealizado para conectar produtores, artistas, autoridades e as principais organizações de artes do Brasil e do Reino Unido, buscando fortalecer os laços entre estes profissionais e instituições de ambos os países para resultados de longo prazo - www.britishcouncil.org.br/transform
Sobre o British Council
O British Council é a organização internacional do Reino Unido para oportunidades educacionais e relações culturais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços através do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. Atua em cinco áreas: Educação, Língua Inglesa, Artes, Esportes e Exames. A organização está presente em 223 cidades e 109 países, com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não governamentais e iniciativa privada. No Brasil, tem escritórios em Brasília, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo. Para mais informações, visite o site www.britishcouncil.org.br.
Serviço:
Debate Kath Mainland -  diretora artística do Fringe Festival de Edimburgo.
Data: 26 de setembro, às 19h00
Local: Auditório do Centro Brasileiro Britânico
Endereço: Rua Ferreira de Araújo, 741 – térreo
RSVP: Email até 25/09
Evento gratuito e com tradução consecutiva
publicado por o editor às 03:03
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Setembro de 2013

Inscrições abertas para editais de dança do Fundo Municipal da Cultura

 

 Estão abertas as inscrições para três editais do Fundo Municipal da Cultura de Curitiba para a área de dança, com foco na difusão, produção e pesquisa. O valor total disponibilizado será de R$ 802.500,00. As inscrições devem ser feitas até 7 de outubro. Os editais estão disponíveis no site da Fundação Cultural de Curitiba (fundacaoculturaldecuritba.com.br/lei de incentivo). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: paicatendimento@fcc.curitiba.pr.gov.br.
Os editais foram montados após consulta pública com a classe, realizada no último mês de julho. Os interessados tiveram oportunidade de apresentar sugestões, para que o documento atendesse melhor as expectativas dos artistas e produtores. Este ano, conforme instrução normativa da FCC, todos os editais do Fundo Municipal da Cultura passaram a ser precedidos de consulta à comunidade artística e demais interessados.
            O edital de Difusão em Dança concede apoio financeiro para a pós-produção e apresentações de espetáculos, devendo a proposta incluir espetáculos e atividades para as regionais de Curitiba. A intenção é fazer com que esses projetos proporcionem a capilaridade e a abrangência da arte da dança, estimulando a formação de plateias e promovendo a inclusão social por meio da cultura. Para este edital serão destinados R$ 262.500,00, para beneficiar até oito projetos.
            O edital de Produção em Dança tem o propósito de auxiliar a produção e a apresentação de espetáculos inéditos de dança, em todos os estilos. Podem participar companhias com no mínimo três integrantes que sejam artistas profissionais. Será investido um total de R$ 342.500,00 e serão selecionados até quatro projetos, sendo que cada um deverá contemplar 16 apresentações gratuitas para o público em geral. A execução das propostas se dará no Teatro Londrina (Memorial de Curitiba) e no Auditório Antonio Carlos Kraide (Portão Cultural).
            Pesquisa em Dança é o objeto do terceiro edital, para o qual será disponibilizado o montante de R$ 197.500,00. O apoio financeiro visa o desenvolvimento de pesquisas e investigações de linguagens na área de dança, para serem feitas de fevereiro a setembro de 2013, na Casa Hoffmann – Centro de Estudos do Movimento. Os projetos terão acompanhamento de profissionais interlocutores que poderão contribuir na articulação de dinâmicas, estudos e workshops.

tags: ,
publicado por o editor às 02:31
link do post | comentar | favorito
Domingo, 4 de Agosto de 2013

O NORDESTE EM MOVIMENTO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 





Lamira Cia de Dança explora o mundo artístico popular nordestino no espetáculo “Fela da Gaita”





A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, de 9 a 11 de agosto (sexta-feira a domingo), o espetáculo de dança “Fela da Gaita”, da Lamira Cia de Dança. A montagem é baseada no cancioneiro popular do nordeste brasileiro, com histórias retiradas dos cordéis e do teatro de mamulengo. O grupo realiza ainda, uma oficina para bailarinos e atores.



Segundo o diretor e coreógrafo, João Vicente, uma única linguagem artística não foi suficiente para conceber a narrativa do espetáculo: “Colocamos em cena vários elementos do teatro, da dança, da literatura e da música, para compor esse espetáculo que é, na verdade, uma grande homenagem aos artistas populares nordestinos e suas ricas obras”, explica. A base principal é a commedia dell'arte, o uso de máscaras na construção de personagens e a movimentação articular existente na manipulação de marionetes.



Em cena, se vê uma poética pautada em situações do cotidiano dos repentistas. Algumas personagens saem do cordel e se materializam no palco, vivendo situações comuns da vida social. A diretora geral do espetáculo, Carolina Galgane, explica que a proposta é fazer uma releitura, que relaciona o universo do romanceiro popular com o universo urbano e globalizado da atualidade. “O intuito é produzir uma nova experiência estética para o público”, comenta.



Lamira Cia de Dança:

Em atividade desde 2010, em Palmas (TO), a companhia realiza pesquisa e propagação artística pela dança, sempre partindo da interação de coreógrafos, pesquisadores e as mais diversas áreas. Um dos principais interesses é estabelecer um diálogo entre a região norte e as demais regiões do Brasil, fortalecendo o intercâmbio cultural brasileiro, sem perder sua proposta de comunicação com o resto do mundo.



A montagem de “Fela da Gaita” já dura cinco meses, chegando a ter cinco horas de ensaio por dia. Mais de 40 profissionais estão envolvidos diretamente na produção e execução do espetáculo, que alcançou a primeira colocação estadual no Prêmio Arnaud Rodrigues, em 2011. A Lamira também tem como pretensão fomentar, fortalecer e desenvolver a dança como linguagem artística, investindo em produções de espetáculos, pesquisas coreográficas, palestras, formação de plateia, democratização do acesso à dança e formação de profissionais cênicos.



Ficha técnica:

Coordenação Geral: Carolina Galgane

Concepção, Direção e Coreografia: João Vicente

Cenografia: Renato Moura

Cenotécnica: Renato Moura e Vivian de Oliveira

Iluminação: Lúcio de Miranda

Figurino: Patrícia Fregonesi



Informações e entrevistas:

Fernando de Proença: (41)9996-5292 / 3434-4891 fernandodproenca@gmail.com



Serviço:

Espetáculo de Dança “Fela da Gaita”

Data: de 9 a 11 de agosto de 2013 (sexta-feira a domingo)

Hora: sexta-feira e sábado às 20h, domingo às 19h

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntista CAIXA)

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira das 12h às 20h, sábado das 16h às 20h e domingo das 16h às 19h)

Classificação etária: Livre para todos os públicos

Lotação: 125 lugares (2 para cadeirantes)



Workshop sobre dança contemporânea

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 10 de agosto de 2013 (sábado)

Hora: das 14h às 17h

Inscrições: Entrada franca. As inscrições devem ser encaminhada para o e-mail caixacultural08.pr@caixa.gov.br

Vagas: 20
publicado por o editor às 02:02
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds