Domingo, 23 de Março de 2014

Mercearia Bresser apoia a cultura

 

 
Durante a edição de 2014 do Festival de Teatro de Curitiba, que acontece de 25 de março a 13 de abril, quem for jantar na Mercearia Bresser e apresentar o ticket de entrada de qualquer uma das peças ganha um Torradinho Joli, entrada elaborada com azeite de oliva, sal grosso e alecrim sobre fina massa de pizza.
A Mercearia Bresser tem visto sua história, que completa 9 anos em 2014, envolvida em diversas atividades culturais. A casa, hoje com dois endereços em Curitiba, é conhecida por suas premiadas pizzas, mas também como apoiadora de atividades culturais. Tudo começou no 2º aniversário da pizzaria, comemorado com show do grupo “Os Demônios da Garoa” na Mercearia Bresser do Batel.
A escolha da atração foi feita por Eduardo Vivacqua, Glauco Barranco e Murilo Prieto, sócios-proprietários da pizzaria, que fizeram questão de celebrar a data tão especial com uma atração que realmente admirassem. O resultado foi tão positivo, que os três decidiram que a Mercearia Bresser deveria manter contato com a boa música, o teatro e as artes em geral. Eventos como o que aconteceu no aniversário de dois anos devem voltar a ocorrer e o apoio à cultura é mantido através de ações constantes.
Artistas como Wilson das Neves, Juliana Cortes e Rebadulaque, além de locais culturais como a capela Santa Maria e o Conservatório de MPB e eventos como o Festival de Teatro de Curitiba, já firmaram parcerias com a Bresser.
Os estabelecimentos que apoiam a cultura tem a oportunidade de firmar não apenas um vínculo de marca, mas um forte vínculo afetivo com a classe artística e seu público. Na minha rotina, frequento exclusivamente restaurantes que são historicamente ligados aos apoios culturais como a Mercearia Bresser.”, conta a cantora Juliana Cortes, uma das artistas apoiadas pela casa.
Serviço:
Mercearia Bresser
Data:
Diariamente
Horário: A partir das 18h30
Locais: Mercearia Bresser Batel (Av. Sete de Setembro, 5831 I tel.: 41 3029-0880 I Curitiba-PR) e Mercearia Bresser Cabral (Av. Munhoz da Rocha, 530 I tel.: 41 3053-0880 I Curitiba-PR)Cartões: Diners, Mastercard e Visa. Todos os cartões de débito.
Tem calefação, acessibilidade para portadores de deficiência, acesso wi-fi,
Disk CookDelivery e é child-friendly.
Clube de benefícios: Cartão Teatro Guaíra, Claro Clube, Advantage Club, Smiles e Multiplus.
Redes Sociais: Facebook, Twitter, Foursquare, Instagram, Pinterest, TripAdvisor
Informações:
www.merceariabresser.com.br
publicado por o editor às 15:44
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013

Contiuação - 1º/10 GRÁTIS - DIA NACIONAL DO IDOSO COM ATIVIDADES CULTURAIS



3ª Jornada da Longevidade – Arte e Cultura

Programação completa




NÚCLEO - MÚSICA



Curadoria: Fátima Morais



Show Eduardo Dussek: Começou a carreira artística como pianista de peças de teatro aos quinze anos, quando estudava na Escola Nacional de Música. Mais tarde passou a compor suas próprias canções e montou uma banda, que acabou apadrinhada por Gilberto Gil. Sempre gostou de aliar a sátira e o bom humor. 

Com o carnaval fazendo parte de sua história, criou recentemente um show de marchinhas de carnaval junto com sua banda. 

Este Show será um grande Baile de Carnaval.



Data: 01 de outubro

Horário: 13h00

Local: Clube Juventus - Rua: Juventus, 690





Solera (Cover Roberto Carlos):

Aos 5 anos aprendeu a tocar Gaita de 12 baixos. Nos anos seguintes estudou  Violão, Guitarra, Baixo e Acordeon de 120 baixos. 

Interpreta as canções do Rei desde criança. Conhece toda a carreira de Roberto Carlos assim como as músicas.



Data: 04 de outubro

Horário: 14h00

Local: CRI Norte - Rua: César Zama, 1 - Santana





Canto Livro: O Projeto Canto Livro de Música e Literatura consiste na apresentação de shows temáticos com principal enfoque em autores brasileiros ou de língua portuguesa, onde a narrativa dos textos é permeada por canções afinadas com a temática do autor em questão. Para este show será apresentada a obra de Vinicius de Moraes que neste mês de outubro completa 100 anos do seu nascimento.

Jean Garfunkel – voz e violão;

Joana Garfunkel – voz; 

Pratinha Saraiva – bandolim e flauta



Data: 08 de outubro

Horário: 14h00

Local: Parque da Água Branca - Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca TATERSAL

Data: 09 de outubro

Horário: 14h00

Local: CRI Norte - Rua: César Zama, 1 – Santana




NUCLEO DE ARTES VISUAIS

Unir num mesmo espaço duas vertentes da produção artística: pintura e fotografia com objetivo permitir ao visitante ampliar seu conhecimento e a sensibilidade.



ARTES PLÁSTICAS



Curadoria: Miguel de Almeida



Artistas convidados:



Antonio Henrique Amaral:

Antônio Henrique Abreu Amaral nasceu no ano de 1935. É formado em Direito pela Universidade de São Paulo.
Iniciou sua formação artística em 1952, na Escola do Museu de Arte de São Paulo, MASP, com Roberto Sambonet.

Expõe com regularidade em várias capitais do Brasil, apresentando-se também em individuais, salões e coletivas no exterior.
Vive e trabalha em São Paulo.



Emanoel Araujo:

Emanoel Alves de Araújo (Santo Amaro da Purificação BA 1940). Escultor, desenhista, ilustrador, figurinista, gravador, cenógrafo, pintor, curador e museólogo Interessado na reestruturação do universo da arte africana, o artista enfatiza em suas gravuras, relevos e esculturas as formas geométricas aliadas a contrastes e cores fortes. Vive e trabalha em São Paulo. 



Luiz Áquila da Rocha Miranda

Pintor, desenhista, gravador e professor, Luiz Áquila da Rocha Miranda nasceu em 1943. Em 1959 começou a ter aulas de pintura com Aluísio Carvão e de xilogravura com Oswaldo Goeldi. Já realizou mais de vinte exposições individuais, além de ter exposto suas obras em dezenas de exposições coletivas.

O pintor vive em Petrópolis desde 1988.



*Artista Homenageada: 



Tomie Ohtake:

Tomie Ohtake Nasceu em Quioto, 21 de novembro de 1913 é uma pintora japonesa naturalizada brasileira.

É uma das principais representantes do abstracionismo informal. Sua obra abrange pinturas, gravuras e esculturas. Foi premiada no Salão Nacional de Arte Moderna, em 1960; e em 1988, foi condecorada com a Ordem do Rio Branco pela escultura pública comemorativa dos 80 anos da imigração japonesa, em São Paulo. 



Data: de 01 a 13 de outubro

Horário: Das 9h00 as 18h00 exposição

Local: Memorial da América Latina – Sala dos Atos

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda São Paulo. 



FOTOGRAFIA



Curadoria: SIMONETTA PERSICHETTI



Fotógrafa convidada: Fifi Tong



Formada no Art Center College of Design, Los Angeles, CA, atua como fotógrafa há 28 anos, no mercado de publicidade, retratos, sempre desenvolvendo seus trabalhos autorais. Publicou o livro ORIGEM- Retratos de Família no Brasil, em 2009, com exposição no Memorial do Imigrante, SP. Em 2010 a mesma exposição abriu o Festival de La Luz, em Buenos Aires, e desde então já exibiu em mais 6 espaços, inclusive no Museo de Arte Comtemporáneo, da Salta, Argentina. Em 2012, foi convidada a participar do Festival de La Luz novamente, com a exposição, El Tiempo está Pasando, no Centro Cultural Recoleta. Fez parte da exposição, O Mais Parecido Possível - O Retrato, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, com curadoria de Diógenes Moura.

Para a Jornada da Longevidade organizou a Exposição Entretempos: Memória com imagens marcantes de seus trabalhos e algumas inéditas no Brasil.



Exposição – Entretempos: memória



Data: de 01 a 13 de outubro

Horário: Das 9h00 as 18h00 exposição

Local: Memorial da América Latina – Sala dos Atos

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda São Paulo. 



03 de outubro às 11h00 

A Jornada da Longevidade realizará um bate papo entre artistas e publico, com a presença da homenageada, Tomie Ohtake.










NUCLEO DE ARTESANATO



Curadoria: Lala Andreotti – Elza Almeida 



Professoras convidadas: Cris Guimarães, Ia Santos, Rosana Pardo, Vera Petrocchi, Lili Negrão



O objetivo é criar possibilidades para que os idosos de diferentes regiões e classes sociais entrem em contato com diversos trabalhos e técnicas artesanais e identifiquem segundo suas habilidades e interesses, o tipo de artesanato que gostariam de escolher como entretenimento de seu dia-a-dia ou como fonte de renda.







02/ Outubro 

CEE Santo Amaro: Av. Padre Maria, 555 – Santo Amaro

Oficina de reciclagem com Cris Guimarães: 

09h00 às 12H00 Peça: Pote organizador. 

 14h00 às 17h00 Peça: Chaveiro e cachepô.



03/ Outubro 

Parque da Água Branca: Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca

Oficina de encadernação e origami com Ia Santos

09h00 às12hrs- Peça: Bloco de anotações com costura copta e papel reciclado.

14h00 às 17h00- Peça: Móbile. 



CRECI - Centro de Referência da Cidadania do Idoso  Rua: Formosa, 215 - Anhangabaú

Oficina de reciclagem com Cris Guimarães

09h00 às12h00 - Peça: Chaveiro e Cachepô 



  14h00 às 17h00- Peça: Pote organizador em EVA



04/ outubro:

Parque da Água Branca: Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca

Oficina de costura com Rosana Pardo

09h00 às 12h00 - Peça: Sacola de tecido aplicada

14h00 às 17h00 - Peça: Boneca  de pano

07/outubro:

MOPI – Movimento Pro Idoso - Rua: Germaine Burchard, 344 - Perdizes

Oficina de Mosaico e Bijoux com Rosana Pardo

9h00 às 12h00- Peça: Aparador de prato

14h00 às 17h00 - Peça: Colar com botões e sementes



8/outubro: 

CRECI – Centro de Referência da Cidadania do Idoso - Rua: Formosa, 215 - Anhangabaú

Oficina de pintura em tela com Vera Petrocchi



09h00 às12h00 - Pintura sobre tela  



14h00 às 17h00 - Pintura sobre tela  



Esporte Clube Corinthians: Rua São Jorge 777 - Tatuapé

Oficina de pintura em tecido e vidro com Lili Negrão

9h00 às 12h00- Peça: Eco Bag com  pintura e aplicação

14h00 às17h00 - Peça: Garrafa decorada



9/ outubro – 



CEE Jardim São Paulo: Rua: VIRI, 425, Jd. São Paulo



Oficina de- Bijoux e decoração com Rosana Pardo

09h00 as 12h00- Peça: Colar com botões e sementes

14h00 às 17h00- Peça: Espelho com moldura decorada 



Céu Jaguaré: Av. Kenkiti Simomoto, 80 – Jaguaré. 



Oficina de customização e feltro com Rosana Pardo



9h00 às 12h00 - Peça: Ecobag com Patch Colagem e pintura



14h00 as 17h00 - Peça: Enfeite de porta para Natal





10/ outubro



Céu Jaguaré: Av. Kenkiti Simomoto, 80 – Jaguaré. 



Oficina de reciclagem e pintura com Lili Negrão

9h00 às 12h00 - Peça: Porta retrato com flores recicladas



14h00 às 17h00 - Peça: Caixa de madeira e sabonete pintado





11/ Outubro 

CEE Jardim São Paulo: Rua: VIRI, 425, Jd. São Paulo

Oficina de encadernação e origami com Ia Santos

09h00 às12h00- Peça: Bloco de anotações com costura copta e papel reciclado.

14h00 ás 17h00 Peça: Móbile.






NÚCLEO - CINEMA



Curadoria: Marina de Soveral



2/outubro 



MOPI – MOVIMENTO PRO IDOSO -  Rua: Germaine Burchard, 344 Perdizes



Filme: A Partilha,  às 15 horas



Diretor: Daniel Filho

Sinopse: 

Após muito tempo afastadas, quatro irmãs se reencontram durante o enterro da mãe, para fazer um levantamento dos bens da família e rediscutir suas próprias vidas.



Elenco: 

Glória Pires – Selma

Lília Cabral - Lúcia

Andréa Beltrão - Regina

Paloma Duarte - Laura

Herson Capri - Luis Fernando

Marcello Antony - Bruno Diegues

Bianca Castanho - Angela 

Chica Xavier - Bá Toinha 

Dênis Carvalho - Carlos

Fernanda Rodrigues - Simone

Guta Stresser - Célia

Thiago Fragoso – Maurício





3/outubro –





·       Filme: Trair e coçar é só começar, às 15 horas



Parque da Água Branca - Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca



Diretor: Moacir Góes



Sinopse:

Olímpia (Adriana Esteves) é uma confusa e intrometida empregada, que trabalha em um condomínio de classe média alta, seus patrões, Inês (Bianca Byington), uma arquiteta, e Eduardo (Cássio Gabus Mendes), um médico. Eles estão prestes a completar 15 anos de casados, sabendo disso Olímpia e Inês preparem uma surpresa a Eduardo, que está retornando de um congresso em Brasília. Porém a empregada Olímpia erroneamente supõe que Eduardo esteja traindo a esposa com uma dançarina que Eduardo conheceu na viagem de volta, a Salete (Lívia Rossy). Logo ele começa a pensar que Inês está tendo um caso com Cláudio (Otávio Muller), o síndico do prédio. Cristiano (Mário Schoemberger) e Lígia (Mônica Martelli), que também são casados e se amam, são também vítimas de interpretações erradas, que causam ainda mais confusões.



Elenco:

Adriana Esteves – Olímpia

Cássio Gabus Mendes – Eduardo

Ailton Graça – Nildomar 

Bianca Byington – Inês

Mônica Martelli – Lígia

Mário Schoemberger – Cristiano

Márcia Cabrita – Vera

Otávio Müller –  Cláudio

Cristina Pereira – Dona Orávia 

Thiago Fragoso – Carlos Alberto

Lívia Rossy – Salete Bueno

Fabiana Karla – Zefinha 





·       Filme: Depois Daquele Baile 

Cri Norte Rua: César Zama, 1 – Santana às 14 horas 



Diretor: Roberto Bomtempo 

Sinopse: 

Dóris (Irene Ravache) é uma viúva sensual, que mora em Belo Horizonte e leva a vida cuidando de uma pensão. Ela é ajudada por Bete (Ingrid Guimarães), sua sobrinha, que veio para a cidade com o objetivo de estudar enfermagem. Entre os clientes mais assíduos de Dóris estão Freitas (Lima Duarte) e Otávio (Marcos Caruso), dois amigos que têm em torno de 60 anos e que disputam o coração da viúva. É quando Freitas propõe uma aposta a Otávio, em que quem ganhar terá um mês para conquistar Dóris e, se perder, será obrigado a abrir caminho para o rival.

Principais prêmios e indicações:

Festival de Brasília 2005

Recebeu Troféu Candango na categoria de melhor filme.

Grande Prêmio Cinema Brasil 2007

Indicado na categoria de melhor roteiro adaptado.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá 2006

Venceu na categoria de melhor roteiro.

Mostra de Tiradentes

Venceu na categoria de melhor filme - voto popular.

Elenco: 

Irene Ravache – Dóris

Lima Duarte – Freitas

Marcos Caruso – Otávio

Ingrid Guimarães – Bete 





Bate Papo com o diretor do filme Depois Daquele Baile – Roberto Bomtempo  APÓS O FILME Cri Norte Rua: César Zama, 1 – Santana



Roberto Bomtempo de Castro Júnior: (Rio de Janeiro, 27 de maio de 1963) é um ator e diretor de cinema brasileiro. É também professor de teatro, diretor de televisão e teatro e preparador de elenco para filmes.





4/outubro 



Filme: Depois Daquele Baile



Esporte Clube Corinthians: Rua: São Jorge 777 – Tatuapé – às 14h





Diretor: Roberto Bomtempo 

Sinopse: 

Dóris (Irene Ravache) é uma viúva sensual, que mora em Belo Horizonte e leva a vida cuidando de uma pensão. Ela é ajudada por Bete (Ingrid Guimarães), sua sobrinha, que veio para a cidade com o objetivo de estudar enfermagem. Entre os clientes mais assíduos de Dóris estão Freitas (Lima Duarte) e Otávio (Marcos Caruso), dois amigos que têm em torno de 60 anos e que disputam o coração da viúva. É quando Freitas propõe uma aposta a Otávio, em que quem ganhar terá um mês para conquistar Dóris e, se perder, será obrigado a abrir caminho para o rival.

Principais prêmios e indicações:

Festival de Brasília 2005

Recebeu Troféu Candango na categoria de melhor filme.

Grande Prêmio Cinema Brasil 2007

Indicado na categoria de melhor roteiro adaptado.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá 2006

Venceu na categoria de melhor roteiro.

Mostra de Tiradentes

Venceu na categoria de melhor filme - voto popular.

Elenco: 

Irene Ravache – Dóris

Lima Duarte – Freitas

Marcos Caruso – Otávio

Ingrid Guimarães – Bete 





7/ outubro 



Filme: Se Eu Fosse Você1 



Cri Norte Rua: César Zama, 1 – Santana às 14 horas



Diretor: Daniel Filho

Sinopse:

Cláudio e Helena são um casal rotineiro, e deverás isso, possuem algumas discussões. Ele, publicitário bem sucedido e ela, professora de música, após

discutirem e começarem estranhamente a falar as mesmas palavras juntos, e na mesma hora, quando despertam no dia seguinte após adormecerem loho após tais eventos ocorridos, percebem-se que estão em corpos trocados: Helena está no corpo de Cláudio e vice-versa.

Elenco:

Glória Pires – Helena 

Tony Ramos - Cláudio)

Thiago Lacerda - Marcos

Danielle Winits – Cibele

Lavínia Vlasak – Bárbara

Maria Ceiça – Márcia

Maria Gladys – Cida

Antônia Frering – Tereza

Lara Rodrigues – Bia

Patrícia Pillar - Dra. Cris

Dênis Carvalho – Arnaldo

Ary Fontoura – Padre

Jorge Fernando – Ufólogo

Glória Menezes – Vivinha

Thomas Morkos – Cauê 

Leandro Hassun – Maurício

Carla Daniel – Regina

Marcela Muniz – Marília

Helena Fernandes – Débora







9/ outubro 



Filme: A Guerra dos Rocha

CRECI - Rua: Formosa, 215 - Anhangabaú



Diretor: Jorge Fernando

Sinopse:

Dina Rocha é uma engraçada e divertida velhinha que não tem para onde ir e que vive sendo rejeitada por seus três filhos: Marcos Vinicius, César e Marcelo. Ela vê seus filhos crescidos, bem-sucedidos e casados e, agora, para eles, ela é apenas um encosto. Mas o destino prepara uma cômica e hilária surpresa para essa família: de repente, os três filhos, preocupados com o sumiço da mãe, recebem uma notícia de que ela poderia ter sido atropelada por um caminhão. Entretanto, ela estava vivendo inúmeras aventuras ao lado de uma antiga amiga sua, a atrapalhada Nonô, afinal as duas estavam sequestradas por dois bandidos que de maus não tinham nada. Porém, por trás desse pano de fundo cômico, existe uma lição de moral séria e dura.

Elenco:

Ary Fontoura - Dona Dina

Lúcio Mauro Filho - Marcelo

Taís Araújo – Carol

Marcelo Antony - César

Giulia Gam - Júlia

Diogo Vilela - Marcos Vinícius

Ludmila Dayer - Paola

Ailton Graça - Marcondes

Nicete Bruno - Nonô 

Cecília Dassi - Bebel 

Felipe Dylon - Bilinho

Ângelo Paes Leme - Curió

Zéu Brito – Magrão 



10/ outubro 

Filme: Depois Daquele Baile 

Parque da Água Branca - Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca às 15horas



Diretor: Roberto Bomtempo 

Sinopse: 

Dóris (Irene Ravache) é uma viúva sensual, que mora em Belo Horizonte e leva a vida cuidando de uma pensão. Ela é ajudada por Bete (Ingrid Guimarães), sua sobrinha, que veio para a cidade com o objetivo de estudar enfermagem. Entre os clientes mais assíduos de Dóris estão Freitas (Lima Duarte) e Otávio (Marcos Caruso), dois amigos que têm em torno de 60 anos e que disputam o coração da viúva. É quando Freitas propõe uma aposta a Otávio, em que quem ganhar terá um mês para conquistar Dóris e, se perder, será obrigado a abrir caminho para o rival.

Principais prêmios e indicações:

Festival de Brasília 2005

Recebeu Troféu Candango na categoria de melhor filme.

Grande Prêmio Cinema Brasil 2007

Indicado na categoria de melhor roteiro adaptado.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá 2006

Venceu na categoria de melhor roteiro.

Mostra de Tiradentes

Venceu na categoria de melhor filme - voto popular.

Elenco: 

Irene Ravache – Dóris

Lima Duarte – Freitas

Marcos Caruso – Otávio

Ingrid Guimarães – Bete 



11/outubro – 



Filme: Trair e Coçar é só Começar



Esporte Clube Corinthians - Rua: São Jorge 777 – Tatuapé – às 14horas

Diretor: Moacir Góes

Sinopse:

Olímpia (Adriana Esteves) é uma confusa e intrometida empregada, que trabalha em um condomínio de classe média alta, seus patrões, Inês (Bianca Byington), uma arquiteta, e Eduardo (Cássio Gabus Mendes), um médico. Eles estão prestes a completar 15 anos de casados, sabendo disso Olímpia e Inês preparem uma surpresa a Eduardo, que está retornando de um congresso em Brasília. Porém a empregada Olímpia erroneamente supõe que Eduardo esteja traindo a esposa com uma dançarina que Eduardo conheceu na viagem de volta, a Salete (Lívia Rossy). Logo ele começa a pensar que Inês está tendo um caso com Cláudio (Otávio Muller), o síndico do prédio. Cristiano (Mário Schoemberger) e Lígia (Mônica Martelli), que também são casados e se amam, são também vítimas de interpretações erradas, que causam ainda mais confusões.

Elenco:

Adriana Esteves – Olímpia

Cássio Gabus Mendes – Eduardo

Ailton Graça – Nildomar 

Bianca Byington – Inês

Mônica Martelli – Lígia

Mário Schoemberger – Cristiano

Márcia Cabrita – Vera

Otávio Müller –  Cláudio

Cristina Pereira – Dona Orávia 

Thiago Fragoso – Carlos Alberto

Lívia Rossy – Salete Bueno








NÚCLEO - CIRCO



Parlapatões



O grupo Parlapatões, formado em 1991, desenvolve um trabalho diferenciado voltado para a comédia e uma dramaturgia própria, utilizando técnicas circenses e recursos do teatro de rua.



Espetáculo O Burguês Fidalgo: Do dramaturgo francês Molière, é a mais nova montagem dos Parlapatões.

Com visão crítica e bem humorada, a peça retrata o sonho burguês de nobreza e a busca por prestígio social.



Data: 04/10

Horário: das 15h00 às 17h00

Local: Espaço Parlapatões Praça Franklin Roosevelt, 158-Centro

Ficha Técnica



Texto: Molière

Direção: Hugo Possolo

Tradução e Adaptação: Adonis Comelato, Hugo Possolo e Rafael Fanganiello

Elenco:

Hugo Possolo, Raul Barretto, Fabek Capreri,

Alexandre Bamba, Lívia Camargo, Fernando Fecchio
João Paulo Bienemann, Fani Feldman e Débora Veneziani

Cantora: Dani Nega 

Músico: Demian Pinto

Figurinos: Cássio Brasil

Trilha Sonora: Pedro Vilhena

Coreografia: Rogério Maia



Espetáculo Parapapá:



Data: 10 de outubro 

Horário: 15h00 

Local: Espaço Parlapatões – Praça Franklin Roosevelt, 158 - Centro 



Parapapá! Circo Musical é um espetáculo de características visuais e musicais bem brasileiras, inspirado no artesanato e brincadeiras populares. Fruto da pesquisa de 19 anos dos Parlapatões em torno da arte da palhaçaria e dos brincantes brasileiros. Resgata músicas e jogos que fizeram o nascimento do circo brasileiro. 



Roteiro e textos: 
Hugo Possolo

Direção: 
Hugo Possolo e Henrique Stroeter

Direção Musical e Arranjos: 
Alexandre Dalóia

Elenco: 
Raul Barretto
Henrique Stroeter
Fabek Capreri
Hélio Pottes
Renata Versolatto
Wallace Alcântara
Nayara Nascimento



RIO DE JANEIRO




NÚCLEO - DANÇA



Espetáculo Lúmini



Espetáculo Matéria: MATÉRIA é um espetáculo da Lúmini em que são apresentadas algumas das sensações do homem, resultantes de sua interação com o mundo, através de uma concepção baseada em conhecimentos físico-químicos. Os jogos de luzes tornam os bailarinos invisíveis e possibilita substituir o corpo humano por figuras geométricas e pela dança de pássaros e borboletas.



Direção geral: Sergio Machado

Direção artística: Vivien Saraiva

Direção de produção Linda Miriam

Assistente de produção: Alexandra Ayram

Direção teatral: Priscila Lessa 

Programação visual: Alexandra Ayram 

Cenografia: Ana Caldas

Figurino: Maria Ignez Pereira

Preparação física: Gerson de Oliveira

Maitre de ballet: Alexandre Prates 





Data: 08 de outubro

Horário: 19h30min 

Local: Centro Coreográfico da cidade do Rio de Janeiro 

Rua Jose Higino, 115 – Tijuca 










NÚCLEO - MÚSICA



Show Zé Menezes Quarteto



Zé Menezes começou sua carreira de instrumentista de forma precoce: aos oito anos de idade, já tocava cavaquinho profissionalmente no cinema de Juazeiro do Norte.

Segue na ativa fazendo shows e workshops de música pelo País, que funcionam também como uma espécie de arquivo vivo de nossa história da música. 



Zé Menezes- Violão Tenor e Bandolim

Daniela Spielmann- Sax / Flauta

Marcelo Caldi- Piano e Acordeom

Beto Cazes- Percussão







Data: 09 de outubro

Horário: 19h30min

Centro Municipal de Referencia da Musica Carioca Artur da Távola

Sala - Maestro Paulo Moura

Rua Conde de Bonfim, 824 - Tijuca










Serviço



Jornada da Longevidade – 3ª Jornada Cultural para a Maturidade – Arte e Cultura



Data: 1 a 13 de outubro de 2013

Cidade: São Paulo – capital e Rio de Janeiro

Horários: confira a programação de atividades para checar locais e horários

Realização: Alice Carta Promoções

Patrocínio: Bradesco Seguros 

Portal oficial: ECOD

Apoio: 

Informações:   www.alicecarta.com.br 

Reserva de ingressos: todas as atividades são gratuitas 

reserva de ingresso pelo email: secretaria@alicecarta.com.br




publicado por o editor às 17:29
link do post | comentar | favorito

1º/10 GRÁTIS - DIA NACIONAL DO IDOSO COM ATIVIDADES CULTURAIS

 

Programação cultural gratuita, que inclui 

shows, exposição de fotos, teatro, artesanato e exibição de filmes, 

celebra o Dia Nacional do Idoso.



3ª JORNADA DA LONGEVIDADE 

Arte e Cultura



de 1ª a 13 de outubro em São Paulo e no Rio de Janeiro.



Homenagem à artista plástica Tomie Othake,

que completa 100 anos em novembro próximo.







4.jpg





Pelo terceiro ano consecutivo, a Alice Carta Promoções e Eventos realiza a Jornada da Longevidade – Arte e Cultura, projeto voltado à pessoas com mais de 60 anos,  que celebra o Dia Nacional do Idoso.

A data é comemorada no dia 1º de Outubro, dia da promulgação do estatuto que tem como objetivo valorizar e sensibilizar a população sobre o respeito à pessoa idosa.



A abertura da 3ª Jornada da Longevidade será no próprio dia 1º, durante  o  já consagrado Baile “Vem Dançar”, realizado mensalmente no clube Juventus, mas numa edição especial que contará com a participação do cantor Eduardo Dussek comandando um grande baile de carnaval a partir das 13h.



Até o dia 13 de outubro, a cultura brasileira será o pano de fundo para mais de 20  atividades gratuitas nas áreas de artes plásticas, fotografia, artes visuais, cinema, música e circo espalhadas pela cidade de São Paulo. 



Pela primeira vez o projeto chega a cidade do  Rio de Janeiro,  com a apresentação de espetáculos de dança e música.



Destaques da Programação: 



·        Mostra de Artes Visuais no Memorial da América Latina, com exposição 

de fotos de Fifi Tong e Artes Plásticas com obras de

Luiz Áquila, Emanuel Araujo, Antonio Henrique Amaral 

e participação especial de Tomie Othake.



A artista, que completa 100 anos em novembro próximo,

será a homenageada deste ano e participará

de um bate papo com o público no dia 3 de outubro.





·        Bate papo com o diretor  Roberto Bomtempo

após a exibição do longa

Depois Daquele Baile, dia 3 de outubro, no

Cri Norte, na  Rua César Zama, 1 – Santana.



·        Aulas de Artesanato com o objetivo

de entretenimento ou nova  fonte de renda.



·        Apresentação do grupo Lúmini,

no Rio de Janeiro, no dia 8 de Outubro,

no  Centro Coreográfico da cidade do Rio de Janeiro.







A Jornada da Longevidade – Arte e Cultura tem patrocínio do Bradesco Seguros e conta com o apoio da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer, Secretaria do Desenvolvimento Social de São Paulo, Memorial da América Latina, Governo de Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, Centro Municipal de Referencia da Musica Carioca Artur da Távola, Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro.



Para conhecer a agenda completa das atividades,  e participar do evento, basta solicitar a reserva do ingresso pelo e-mail: secretaria@alicecarta.com.br.



Mais informações no site:  www.alicecarta.com.br 



5.jpg



3ª Jornada da Longevidade – Arte e Cultura

Programação completa




NÚCLEO - MÚSICA



Curadoria: Fátima Morais



Show Eduardo Dussek: Começou a carreira artística como pianista de peças de teatro aos quinze anos, quando estudava na Escola Nacional de Música. Mais tarde passou a compor suas próprias canções e montou uma banda, que acabou apadrinhada por Gilberto Gil. Sempre gostou de aliar a sátira e o bom humor. 

Com o carnaval fazendo parte de sua história, criou recentemente um show de marchinhas de carnaval junto com sua banda. 

Este Show será um grande Baile de Carnaval.



Data: 01 de outubro

Horário: 13h00

Local: Clube Juventus - Rua: Juventus, 690





Solera (Cover Roberto Carlos):

Aos 5 anos aprendeu a tocar Gaita de 12 baixos. Nos anos seguintes estudou  Violão, Guitarra, Baixo e Acordeon de 120 baixos. 

Interpreta as canções do Rei desde criança. Conhece toda a carreira de Roberto Carlos assim como as músicas.



Data: 04 de outubro

Horário: 14h00

Local: CRI Norte - Rua: César Zama, 1 - Santana





Canto Livro: O Projeto Canto Livro de Música e Literatura consiste na apresentação de shows temáticos com principal enfoque em autores brasileiros ou de língua portuguesa, onde a narrativa dos textos é permeada por canções afinadas com a temática do autor em questão. Para este show será apresentada a obra de Vinicius de Moraes que neste mês de outubro completa 100 anos do seu nascimento.

Jean Garfunkel – voz e violão;

Joana Garfunkel – voz; 

Pratinha Saraiva – bandolim e flauta



Data: 08 de outubro

Horário: 14h00

Local: Parque da Água Branca - Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca TATERSAL

Data: 09 de outubro

Horário: 14h00

Local: CRI Norte - Rua: César Zama, 1 – Santana




NUCLEO DE ARTES VISUAIS

Unir num mesmo espaço duas vertentes da produção artística: pintura e fotografia com objetivo permitir ao visitante ampliar seu conhecimento e a sensibilidade.



ARTES PLÁSTICAS



Curadoria: Miguel de Almeida



Artistas convidados:



Antonio Henrique Amaral:

Antônio Henrique Abreu Amaral nasceu no ano de 1935. É formado em Direito pela Universidade de São Paulo.
Iniciou sua formação artística em 1952, na Escola do Museu de Arte de São Paulo, MASP, com Roberto Sambonet.

Expõe com regularidade em várias capitais do Brasil, apresentando-se também em individuais, salões e coletivas no exterior.
Vive e trabalha em São Paulo.



Emanoel Araujo:

Emanoel Alves de Araújo (Santo Amaro da Purificação BA 1940). Escultor, desenhista, ilustrador, figurinista, gravador, cenógrafo, pintor, curador e museólogo Interessado na reestruturação do universo da arte africana, o artista enfatiza em suas gravuras, relevos e esculturas as formas geométricas aliadas a contrastes e cores fortes. Vive e trabalha em São Paulo. 



Luiz Áquila da Rocha Miranda

Pintor, desenhista, gravador e professor, Luiz Áquila da Rocha Miranda nasceu em 1943. Em 1959 começou a ter aulas de pintura com Aluísio Carvão e de xilogravura com Oswaldo Goeldi. Já realizou mais de vinte exposições individuais, além de ter exposto suas obras em dezenas de exposições coletivas.

O pintor vive em Petrópolis desde 1988.



*Artista Homenageada: 



Tomie Ohtake:

Tomie Ohtake Nasceu em Quioto, 21 de novembro de 1913 é uma pintora japonesa naturalizada brasileira.

É uma das principais representantes do abstracionismo informal. Sua obra abrange pinturas, gravuras e esculturas. Foi premiada no Salão Nacional de Arte Moderna, em 1960; e em 1988, foi condecorada com a Ordem do Rio Branco pela escultura pública comemorativa dos 80 anos da imigração japonesa, em São Paulo. 



Data: de 01 a 13 de outubro

Horário: Das 9h00 as 18h00 exposição

Local: Memorial da América Latina – Sala dos Atos

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda São Paulo. 



FOTOGRAFIA



Curadoria: SIMONETTA PERSICHETTI



Fotógrafa convidada: Fifi Tong



Formada no Art Center College of Design, Los Angeles, CA, atua como fotógrafa há 28 anos, no mercado de publicidade, retratos, sempre desenvolvendo seus trabalhos autorais. Publicou o livro ORIGEM- Retratos de Família no Brasil, em 2009, com exposição no Memorial do Imigrante, SP. Em 2010 a mesma exposição abriu o Festival de La Luz, em Buenos Aires, e desde então já exibiu em mais 6 espaços, inclusive no Museo de Arte Comtemporáneo, da Salta, Argentina. Em 2012, foi convidada a participar do Festival de La Luz novamente, com a exposição, El Tiempo está Pasando, no Centro Cultural Recoleta. Fez parte da exposição, O Mais Parecido Possível - O Retrato, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, com curadoria de Diógenes Moura.

Para a Jornada da Longevidade organizou a Exposição Entretempos: Memória com imagens marcantes de seus trabalhos e algumas inéditas no Brasil.



Exposição – Entretempos: memória



Data: de 01 a 13 de outubro

Horário: Das 9h00 as 18h00 exposição

Local: Memorial da América Latina – Sala dos Atos

Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda São Paulo. 



03 de outubro às 11h00 

A Jornada da Longevidade realizará um bate papo entre artistas e publico, com a presença da homenageada, Tomie Ohtake.










NUCLEO DE ARTESANATO



Curadoria: Lala Andreotti – Elza Almeida 



Professoras convidadas: Cris Guimarães, Ia Santos, Rosana Pardo, Vera Petrocchi, Lili Negrão



O objetivo é criar possibilidades para que os idosos de diferentes regiões e classes sociais entrem em contato com diversos trabalhos e técnicas artesanais e identifiquem segundo suas habilidades e interesses, o tipo de artesanato que gostariam de escolher como entretenimento de seu dia-a-dia ou como fonte de renda.







02/ Outubro 

CEE Santo Amaro: Av. Padre Maria, 555 – Santo Amaro

Oficina de reciclagem com Cris Guimarães: 

09h00 às 12H00 Peça: Pote organizador. 

 14h00 às 17h00 Peça: Chaveiro e cachepô.



03/ Outubro 

Parque da Água Branca: Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca

Oficina de encadernação e origami com Ia Santos

09h00 às12hrs- Peça: Bloco de anotações com costura copta e papel reciclado.

14h00 às 17h00- Peça: Móbile. 



CRECI - Centro de Referência da Cidadania do Idoso  Rua: Formosa, 215 - Anhangabaú

Oficina de reciclagem com Cris Guimarães

09h00 às12h00 - Peça: Chaveiro e Cachepô 



  14h00 às 17h00- Peça: Pote organizador em EVA



04/ outubro:

Parque da Água Branca: Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca

Oficina de costura com Rosana Pardo

09h00 às 12h00 - Peça: Sacola de tecido aplicada

14h00 às 17h00 - Peça: Boneca  de pano

07/outubro:

MOPI – Movimento Pro Idoso - Rua: Germaine Burchard, 344 - Perdizes

Oficina de Mosaico e Bijoux com Rosana Pardo

9h00 às 12h00- Peça: Aparador de prato

14h00 às 17h00 - Peça: Colar com botões e sementes



8/outubro: 

CRECI – Centro de Referência da Cidadania do Idoso - Rua: Formosa, 215 - Anhangabaú

Oficina de pintura em tela com Vera Petrocchi



09h00 às12h00 - Pintura sobre tela  



14h00 às 17h00 - Pintura sobre tela  



Esporte Clube Corinthians: Rua São Jorge 777 - Tatuapé

Oficina de pintura em tecido e vidro com Lili Negrão

9h00 às 12h00- Peça: Eco Bag com  pintura e aplicação

14h00 às17h00 - Peça: Garrafa decorada



9/ outubro – 



CEE Jardim São Paulo: Rua: VIRI, 425, Jd. São Paulo



Oficina de- Bijoux e decoração com Rosana Pardo

09h00 as 12h00- Peça: Colar com botões e sementes

14h00 às 17h00- Peça: Espelho com moldura decorada 



Céu Jaguaré: Av. Kenkiti Simomoto, 80 – Jaguaré. 



Oficina de customização e feltro com Rosana Pardo



9h00 às 12h00 - Peça: Ecobag com Patch Colagem e pintura



14h00 as 17h00 - Peça: Enfeite de porta para Natal





10/ outubro



Céu Jaguaré: Av. Kenkiti Simomoto, 80 – Jaguaré. 



Oficina de reciclagem e pintura com Lili Negrão

9h00 às 12h00 - Peça: Porta retrato com flores recicladas



14h00 às 17h00 - Peça: Caixa de madeira e sabonete pintado





11/ Outubro 

CEE Jardim São Paulo: Rua: VIRI, 425, Jd. São Paulo

Oficina de encadernação e origami com Ia Santos

09h00 às12h00- Peça: Bloco de anotações com costura copta e papel reciclado.

14h00 ás 17h00 Peça: Móbile.






NÚCLEO - CINEMA



Curadoria: Marina de Soveral



2/outubro 



MOPI – MOVIMENTO PRO IDOSO -  Rua: Germaine Burchard, 344 Perdizes



Filme: A Partilha,  às 15 horas



Diretor: Daniel Filho

Sinopse: 

Após muito tempo afastadas, quatro irmãs se reencontram durante o enterro da mãe, para fazer um levantamento dos bens da família e rediscutir suas próprias vidas.



Elenco: 

Glória Pires – Selma

Lília Cabral - Lúcia

Andréa Beltrão - Regina

Paloma Duarte - Laura

Herson Capri - Luis Fernando

Marcello Antony - Bruno Diegues

Bianca Castanho - Angela 

Chica Xavier - Bá Toinha 

Dênis Carvalho - Carlos

Fernanda Rodrigues - Simone

Guta Stresser - Célia

Thiago Fragoso – Maurício





3/outubro –





·       Filme: Trair e coçar é só começar, às 15 horas



Parque da Água Branca - Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca



Diretor: Moacir Góes



Sinopse:

Olímpia (Adriana Esteves) é uma confusa e intrometida empregada, que trabalha em um condomínio de classe média alta, seus patrões, Inês (Bianca Byington), uma arquiteta, e Eduardo (Cássio Gabus Mendes), um médico. Eles estão prestes a completar 15 anos de casados, sabendo disso Olímpia e Inês preparem uma surpresa a Eduardo, que está retornando de um congresso em Brasília. Porém a empregada Olímpia erroneamente supõe que Eduardo esteja traindo a esposa com uma dançarina que Eduardo conheceu na viagem de volta, a Salete (Lívia Rossy). Logo ele começa a pensar que Inês está tendo um caso com Cláudio (Otávio Muller), o síndico do prédio. Cristiano (Mário Schoemberger) e Lígia (Mônica Martelli), que também são casados e se amam, são também vítimas de interpretações erradas, que causam ainda mais confusões.



Elenco:

Adriana Esteves – Olímpia

Cássio Gabus Mendes – Eduardo

Ailton Graça – Nildomar 

Bianca Byington – Inês

Mônica Martelli – Lígia

Mário Schoemberger – Cristiano

Márcia Cabrita – Vera

Otávio Müller –  Cláudio

Cristina Pereira – Dona Orávia 

Thiago Fragoso – Carlos Alberto

Lívia Rossy – Salete Bueno

Fabiana Karla – Zefinha 





·       Filme: Depois Daquele Baile 

Cri Norte Rua: César Zama, 1 – Santana às 14 horas 



Diretor: Roberto Bomtempo 

Sinopse: 

Dóris (Irene Ravache) é uma viúva sensual, que mora em Belo Horizonte e leva a vida cuidando de uma pensão. Ela é ajudada por Bete (Ingrid Guimarães), sua sobrinha, que veio para a cidade com o objetivo de estudar enfermagem. Entre os clientes mais assíduos de Dóris estão Freitas (Lima Duarte) e Otávio (Marcos Caruso), dois amigos que têm em torno de 60 anos e que disputam o coração da viúva. É quando Freitas propõe uma aposta a Otávio, em que quem ganhar terá um mês para conquistar Dóris e, se perder, será obrigado a abrir caminho para o rival.

Principais prêmios e indicações:

Festival de Brasília 2005

Recebeu Troféu Candango na categoria de melhor filme.

Grande Prêmio Cinema Brasil 2007

Indicado na categoria de melhor roteiro adaptado.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá 2006

Venceu na categoria de melhor roteiro.

Mostra de Tiradentes

Venceu na categoria de melhor filme - voto popular.

Elenco: 

Irene Ravache – Dóris

Lima Duarte – Freitas

Marcos Caruso – Otávio

Ingrid Guimarães – Bete 





Bate Papo com o diretor do filme Depois Daquele Baile – Roberto Bomtempo  APÓS O FILME Cri Norte Rua: César Zama, 1 – Santana



Roberto Bomtempo de Castro Júnior: (Rio de Janeiro, 27 de maio de 1963) é um ator e diretor de cinema brasileiro. É também professor de teatro, diretor de televisão e teatro e preparador de elenco para filmes.





4/outubro 



Filme: Depois Daquele Baile



Esporte Clube Corinthians: Rua: São Jorge 777 – Tatuapé – às 14h





Diretor: Roberto Bomtempo 

Sinopse: 

Dóris (Irene Ravache) é uma viúva sensual, que mora em Belo Horizonte e leva a vida cuidando de uma pensão. Ela é ajudada por Bete (Ingrid Guimarães), sua sobrinha, que veio para a cidade com o objetivo de estudar enfermagem. Entre os clientes mais assíduos de Dóris estão Freitas (Lima Duarte) e Otávio (Marcos Caruso), dois amigos que têm em torno de 60 anos e que disputam o coração da viúva. É quando Freitas propõe uma aposta a Otávio, em que quem ganhar terá um mês para conquistar Dóris e, se perder, será obrigado a abrir caminho para o rival.

Principais prêmios e indicações:

Festival de Brasília 2005

Recebeu Troféu Candango na categoria de melhor filme.

Grande Prêmio Cinema Brasil 2007

Indicado na categoria de melhor roteiro adaptado.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá 2006

Venceu na categoria de melhor roteiro.

Mostra de Tiradentes

Venceu na categoria de melhor filme - voto popular.

Elenco: 

Irene Ravache – Dóris

Lima Duarte – Freitas

Marcos Caruso – Otávio

Ingrid Guimarães – Bete 





7/ outubro 



Filme: Se Eu Fosse Você1 



Cri Norte Rua: César Zama, 1 – Santana às 14 horas



Diretor: Daniel Filho

Sinopse:

Cláudio e Helena são um casal rotineiro, e deverás isso, possuem algumas discussões. Ele, publicitário bem sucedido e ela, professora de música, após

discutirem e começarem estranhamente a falar as mesmas palavras juntos, e na mesma hora, quando despertam no dia seguinte após adormecerem loho após tais eventos ocorridos, percebem-se que estão em corpos trocados: Helena está no corpo de Cláudio e vice-versa.

Elenco:

Glória Pires – Helena 

Tony Ramos - Cláudio)

Thiago Lacerda - Marcos

Danielle Winits – Cibele

Lavínia Vlasak – Bárbara

Maria Ceiça – Márcia

Maria Gladys – Cida

Antônia Frering – Tereza

Lara Rodrigues – Bia

Patrícia Pillar - Dra. Cris

Dênis Carvalho – Arnaldo

Ary Fontoura – Padre

Jorge Fernando – Ufólogo

Glória Menezes – Vivinha

Thomas Morkos – Cauê 

Leandro Hassun – Maurício

Carla Daniel – Regina

Marcela Muniz – Marília

Helena Fernandes – Débora







9/ outubro 



Filme: A Guerra dos Rocha

CRECI - Rua: Formosa, 215 - Anhangabaú



Diretor: Jorge Fernando

Sinopse:

Dina Rocha é uma engraçada e divertida velhinha que não tem para onde ir e que vive sendo rejeitada por seus três filhos: Marcos Vinicius, César e Marcelo. Ela vê seus filhos crescidos, bem-sucedidos e casados e, agora, para eles, ela é apenas um encosto. Mas o destino prepara uma cômica e hilária surpresa para essa família: de repente, os três filhos, preocupados com o sumiço da mãe, recebem uma notícia de que ela poderia ter sido atropelada por um caminhão. Entretanto, ela estava vivendo inúmeras aventuras ao lado de uma antiga amiga sua, a atrapalhada Nonô, afinal as duas estavam sequestradas por dois bandidos que de maus não tinham nada. Porém, por trás desse pano de fundo cômico, existe uma lição de moral séria e dura.

Elenco:

Ary Fontoura - Dona Dina

Lúcio Mauro Filho - Marcelo

Taís Araújo – Carol

Marcelo Antony - César

Giulia Gam - Júlia

Diogo Vilela - Marcos Vinícius

Ludmila Dayer - Paola

Ailton Graça - Marcondes

Nicete Bruno - Nonô 

Cecília Dassi - Bebel 

Felipe Dylon - Bilinho

Ângelo Paes Leme - Curió

Zéu Brito – Magrão 



10/ outubro 

Filme: Depois Daquele Baile 

Parque da Água Branca - Rua: Francisco Matarazzo, 455- Água Branca às 15horas



Diretor: Roberto Bomtempo 

Sinopse: 

Dóris (Irene Ravache) é uma viúva sensual, que mora em Belo Horizonte e leva a vida cuidando de uma pensão. Ela é ajudada por Bete (Ingrid Guimarães), sua sobrinha, que veio para a cidade com o objetivo de estudar enfermagem. Entre os clientes mais assíduos de Dóris estão Freitas (Lima Duarte) e Otávio (Marcos Caruso), dois amigos que têm em torno de 60 anos e que disputam o coração da viúva. É quando Freitas propõe uma aposta a Otávio, em que quem ganhar terá um mês para conquistar Dóris e, se perder, será obrigado a abrir caminho para o rival.

Principais prêmios e indicações:

Festival de Brasília 2005

Recebeu Troféu Candango na categoria de melhor filme.

Grande Prêmio Cinema Brasil 2007

Indicado na categoria de melhor roteiro adaptado.

Festival de Cinema e Vídeo de Cuiabá 2006

Venceu na categoria de melhor roteiro.

Mostra de Tiradentes

Venceu na categoria de melhor filme - voto popular.

Elenco: 

Irene Ravache – Dóris

Lima Duarte – Freitas

Marcos Caruso – Otávio

Ingrid Guimarães – Bete 



11/outubro – 



Filme: Trair e Coçar é só Começar



Esporte Clube Corinthians - Rua: São Jorge 777 – Tatuapé – às 14horas

Diretor: Moacir Góes

Sinopse:

Olímpia (Adriana Esteves) é uma confusa e intrometida empregada, que trabalha em um condomínio de classe média alta, seus patrões, Inês (Bianca Byington), uma arquiteta, e Eduardo (Cássio Gabus Mendes), um médico. Eles estão prestes a completar 15 anos de casados, sabendo disso Olímpia e Inês preparem uma surpresa a Eduardo, que está retornando de um congresso em Brasília. Porém a empregada Olímpia erroneamente supõe que Eduardo esteja traindo a esposa com uma dançarina que Eduardo conheceu na viagem de volta, a Salete (Lívia Rossy). Logo ele começa a pensar que Inês está tendo um caso com Cláudio (Otávio Muller), o síndico do prédio. Cristiano (Mário Schoemberger) e Lígia (Mônica Martelli), que também são casados e se amam, são também vítimas de interpretações erradas, que causam ainda mais confusões.

Elenco:

Adriana Esteves – Olímpia

Cássio Gabus Mendes – Eduardo

Ailton Graça – Nildomar 

Bianca Byington – Inês

Mônica Martelli – Lígia

Mário Schoemberger – Cristiano

Márcia Cabrita – Vera

Otávio Müller –  Cláudio

Cristina Pereira – Dona Orávia 

Thiago Fragoso – Carlos Alberto

Lívia Rossy – Salete Bueno








NÚCLEO - CIRCO



Parlapatões



O grupo Parlapatões, formado em 1991, desenvolve um trabalho diferenciado voltado para a comédia e uma dramaturgia própria, utilizando técnicas circenses e recursos do teatro de rua.



Espetáculo O Burguês Fidalgo: Do dramaturgo francês Molière, é a mais nova montagem dos Parlapatões.

Com visão crítica e bem humorada, a peça retrata o sonho burguês de nobreza e a busca por prestígio social.



Data: 04/10

Horário: das 15h00 às 17h00

Local: Espaço Parlapatões Praça Franklin Roosevelt, 158-Centro

Ficha Técnica



Texto: Molière

Direção: Hugo Possolo

Tradução e Adaptação: Adonis Comelato, Hugo Possolo e Rafael Fanganiello

Elenco:

Hugo Possolo, Raul Barretto, Fabek Capreri,

Alexandre Bamba, Lívia Camargo, Fernando Fecchio
João Paulo Bienemann, Fani Feldman e Débora Veneziani

Cantora: Dani Nega 

Músico: Demian Pinto

Figurinos: Cássio Brasil

Trilha Sonora: Pedro Vilhena

Coreografia: Rogério Maia



Espetáculo Parapapá:



Data: 10 de outubro 

Horário: 15h00 

Local: Espaço Parlapatões – Praça Franklin Roosevelt, 158 - Centro 



Parapapá! Circo Musical é um espetáculo de características visuais e musicais bem brasileiras, inspirado no artesanato e brincadeiras populares. Fruto da pesquisa de 19 anos dos Parlapatões em torno da arte da palhaçaria e dos brincantes brasileiros. Resgata músicas e jogos que fizeram o nascimento do circo brasileiro. 



Roteiro e textos: 
Hugo Possolo

Direção: 
Hugo Possolo e Henrique Stroeter

Direção Musical e Arranjos: 
Alexandre Dalóia

Elenco: 
Raul Barretto
Henrique Stroeter
Fabek Capreri
Hélio Pottes
Renata Versolatto
Wallace Alcântara
Nayara Nascimento



RIO DE JANEIRO




NÚCLEO - DANÇA



Espetáculo Lúmini



Espetáculo Matéria: MATÉRIA é um espetáculo da Lúmini em que são apresentadas algumas das sensações do homem, resultantes de sua interação com o mundo, através de uma concepção baseada em conhecimentos físico-químicos. Os jogos de luzes tornam os bailarinos invisíveis e possibilita substituir o corpo humano por figuras geométricas e pela dança de pássaros e borboletas.



Direção geral: Sergio Machado

Direção artística: Vivien Saraiva

Direção de produção Linda Miriam

Assistente de produção: Alexandra Ayram

Direção teatral: Priscila Lessa 

Programação visual: Alexandra Ayram 

Cenografia: Ana Caldas

Figurino: Maria Ignez Pereira

Preparação física: Gerson de Oliveira

Maitre de ballet: Alexandre Prates 





Data: 08 de outubro

Horário: 19h30min 

Local: Centro Coreográfico da cidade do Rio de Janeiro 

Rua Jose Higino, 115 – Tijuca 










NÚCLEO - MÚSICA



Show Zé Menezes Quarteto



Zé Menezes começou sua carreira de instrumentista de forma precoce: aos oito anos de idade, já tocava cavaquinho profissionalmente no cinema de Juazeiro do Norte.

Segue na ativa fazendo shows e workshops de música pelo País, que funcionam também como uma espécie de arquivo vivo de nossa história da música. 



Zé Menezes- Violão Tenor e Bandolim

Daniela Spielmann- Sax / Flauta

Marcelo Caldi- Piano e Acordeom

Beto Cazes- Percussão







Data: 09 de outubro

Horário: 19h30min

Centro Municipal de Referencia da Musica Carioca Artur da Távola

Sala - Maestro Paulo Moura

Rua Conde de Bonfim, 824 - Tijuca










Serviço



Jornada da Longevidade – 3ª Jornada Cultural para a Maturidade – Arte e Cultura



Data: 1 a 13 de outubro de 2013

Cidade: São Paulo – capital e Rio de Janeiro

Programação cultural gratuita, que inclui 

shows, exposição de fotos, teatro, artesanato e exibição de filmes, 

celebra o Dia Nacional do Idoso.




publicado por o editor às 17:26
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2013

O CCBB apresenta entre os dias 12 e 27 de janeiro série de shows concebidos para crianças de todas as idades.

 


O Centro Cultural Branco do Brasil de Brasilia sedia, entre os dias 12 e 27 de janeiro, a primeira edição do projeto Pequenos Contemporâneos, que prevê a realização de uma série de shows, com diferentes artistas e estilos, dedicados às crianças. Shows inteligentes que agradam aos pequenos pela ludicidade e sagacidade; música de qualidade que apetece também aos adultos que partilham com os pequenos suas vidas. Trabalhos que versam direta ou indiretamente sobre as relações entre o universo adulto e infantil, que fomentam trocas entre pessoas em diferentes fases da vida, fases essas que se retroalimentam, se complementam e carentes de iniciativas culturais capazes de uni-las em um mesmo ato fruitivo-afetivo. Trabalhos artísticos infantis de gente grande: infantis, mas não infantiloides.
Esta primeira edição, que será realizada no CCBB de Brasília, contará com seis shows: três deles já existentes e três concebidos especialmente para o Pequenos Contemporâneos. As atrações são: Tum Pá (Barbatuques), Pequeno Cidadão (Edgard Scandurra, Antonio Pinto e Taciana Barros) e Kleiton e Kledir e o Grupo Thorll com o show Par ou Impar. Os shows interpretados e rearranjados serão os clássicos Saltimbancos (Chico Buarque), Arca de Noé (Vinicius de Morais) e Quero Passear (Grupo Rumo). O primeiro pelo grupo Bixiga 70 e cantores convidados como Anelis Assumpção, Alzira Espindola, Mauricio Pereira e Skowa, o segundo por André Abujanra e músicos convidados como Kiko Dinucci, Melina Mulazani, Theo Werneck, metais e vocal da banda Móveis Coloniais de Acajú e o terceiro pela cantora Tulipa Ruiz
Não é novidade que estamos em um mundo onde a facilidade de produção e circulação de trabalhos musicais é tão maior que no mundo de outrora, tendo em vista as nossas novas possibilidades tecnológicas. Também sabemos que temos cada vez mais estilos musicais convivendo simultaneamente e maiores possibilidades de fruição de músicas de diferentes lugares, tendo em vista a translocalidade contemporânea do mercado musical (afinal de contas podemos conhecer novos produtores, artistas e estilos musicais de diferentes lugares a partir de nossos computadores, celulares, tablets conectados à internet, e assim diversificar nosso consumo e pluralizar nossas referências).
Frente a isso, chega a ser no mínimo estranha a constatação da dificuldade em encontrar produções musicais diversas e de qualidade voltadas para as crianças (também ou exclusivamente) e em circulação no mercado musical nacional. Adultos com vozes infantilizadas e arranjos musicais simplistas, nada audazes ou criativos, ainda integram um modus operandi de fazer música para crianças, como se estas pessoas, as crianças, subestimadas, fossem seres humanos incompletos e, portanto, fadados a ouvir uma música “menor”. E, pobres dos pais que, por vezes com poucas opções, acabam por vivenciar as experiências musicais infantiloides de seus filhos, que mais os distanciam destes que promovem situações onde pais e filhos podem compartilhar um mesmo trabalho artístico, cada um ao seu modo.
É claro que, ao longo dos tempos, várias exceções à indústria musical massiva despontaram, escapando de diferentes formas e graus de suas práticas predominantes. Alguns acabam descambando para uma ditadura do “didatismo” sobre o lúdico e o poético, como se os primeiros fossem prioridade sobre os demais e como se a brincadeira e a poesia não propiciassem formas de experienciar o mundo e, consequentemente, levassem ao aprendizado – aprendizado este que, muitas vezes, nenhum processo didático poderia substituir.
O projeto Pequenos Contemporâneos em Brasília tem por objetivo levar ao público do CCBB da cidade parte da nova produção cultural brasileira, pesquisas musicais de qualidade, de artistas brasileiros “de peso”, relacionadas ao universo infantil. Shows que podem ser apreciados tanto por adultos quanto por crianças, propiciando momentos de compartilhamentos entre estes e atendendo seus diferentes interesses. A intenção é incluir o público infantil e seus responsáveis – carentes de ações culturais que os atendam – na grade programática de um dos principais centros culturais brasileiros (o CCBB Brasília) comprometidos e preocupados com a qualidade artística dos projetos que incentivam, democratizando assim o acesso à cultura para estes pequenos cidadãos. E, em última instância, incentivar novas pesquisas e produções relacionadas aos “pequenos brasileiros”, tendo em vista a carência destes no mercado musical brasileiro.

Programação:

O projeto Pequeno Cidadão nasceu em 2009 da iniciativa de um antigo grupo de amigos da década de 1980, que se conheceram justamente através da música e que se reencontraram pelo fato de seus filhos frequentarem a mesma escola. São eles:Edgard Scandurra (ex-Ira!), Taciana Barros (ex-Gang 90) e Antônio Pinto(compositor de trilhas sonoras de filmes como Central do Brasil). O gênero do trabalho é, segundo seus próprios autores, música psicodélica para crianças. Suas letras versam sobre os primeiros problemas existenciais do ser humano. O myspace do grupo afirma: “as músicas são inspiradas nos nossos filhos, na nossa experiência como pais e também nas nossas lembranças de infância. Os temas são: sapo-boi, lagartixa, chupeta, uirapuru, futezinho na escola, leitinho... e aí vai.... Os shows estão muito divertidos!”. E são divertidos de fato: playground, malabares, fantasias e desenhos animados projetados em telões o compõe. Em Pequeno Cidadão, temas infantis são realizados através de ritmos adultos que vão do pop rock ao forró. É música popular brasileira contemporânea para os pequenos contemporâneos do mundo em que vivemos.
Kleiton & Kledir tiraram um coelho da cartola. Os irmãos K&K tinham uma carta na manga e acabam de alegrar o mercado fonográfico brasileiro com um delicioso disco feito especialmente para crianças. Depois de vários anos fazendo sucesso entre os adultos, K&K fizeram uma viagem ao país da garotada e criaram uma dezena de canções inspiradas nesse universo cheio de fantasia e imaginação. São músicas que falam de bichos, mágicos, bruxas, pirulitos estranhos, pum perfumado, brincadeiras de rua e, no meio disso tudo, surge até uma versão infantil da eterna guerra dos sexos: um desafio, onde um guri e uma guria se enfrentam em forma de versos rimados. “Par ou Ímpar” resgata um tempo em que nossos grandes autores escreviam canções para crianças. Kleiton & Kledir criaram temas como “O Mágico Estrambólico”, “Pirulito Esquisito”, “Formiga Atômica” e “Bicho Gente” que certamente irão povoar de histórias e personagens o imaginário de toda uma nova geração. Com letras inspiradas e um vocabulário rico e diversificado, o disco é uma ótima diversão para crianças de todas as idades, em especial para as que estão em fase de alfabetização. Ao mesmo tempo, deve funcionar como uma boa ferramenta para professores em sala de aula, nesse momento em que o ensino de música nas escolas passa a ser obrigatório.
Fundado em 1996, o grupo Barbatuques é referência no trabalho musical com percussão corporal, ou seja, na produção de música orgânica utilizando os corpos dos músicos como instrumento (voz, palmas, estalos, batidas de mãos e pés...). Neste ano de 2012, o Barbatuques criou seu primeiro CD e show dedicado ao público infantil: Tum Pá. O trabalho já circulou pelos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Tum Pá traz sons cotidianos (da natureza, da cidade, do mundo) em uma grande viagem musical através dos corpos dos músicos e do público.

A Arca de Noé interpretadas e rearranjadas pelo irreverente cantor, compositor, multi-instrumentista Andre Abujamra e convidados como Kiko Dinucci, Melina Mulazani, Theo Werneck, metais e vocal da banda Móveis Coloniais de Acajú.
A Arca de Noé é um clássico infantil de Vinícius de Moraes criado na década de 1980. O álbum fez parte da infância de grande parte dos pais de hoje e ainda “faz a cabeça” da criançada. A proposta aqui é levar ao público de Pequenos Contemporâneos as músicas de

Tulipa Ruiz é cantora, compositora e ilustradora da nova safra artistica brasilira. Gravou seu primeiro disco ”Efemêra”, em 2010, o album foi recebido com grande entusiasmo pela mídia e público – eleito o melhor do ano pelo jornal Folha de São Paulo, Revista Rolling Stone e Prêmio MultiShow. Em julho de 2012, lançou “Tudo Tanto” o album que listado como melhor do ano nas maiores listas de melhores discos do pais.
O disco escolhido pela cantora para a participação no projeto Pequenos Contemporâneos foi ''Quero Passear'' do grupo Rumo, grupo musical brasileiro surgido em 1974 e dissolvido em 1991. O Rumo foi constituído em 1974 por um grupo de alunos da Escola de Comunicação e Artes da USP liderados por Luiz Tatit e com nomes com Ná Ozzetti, Paulo Tatit, Ciça Tuccori, Gal Oppido, Fábio Tagliaferri, na sua trajetoria. Em ''Quero Passear'' o grupo canta canções para crianças. Com destaque para a primeira faixa, 'canção do carro', que é uma adaptação de 'car song' do Woodie Guthrie, e para a nona faixa 'noite no castelo' que ganhou um Prêmio Sharp de melhor música infantil.

Já o musical Saltimbancos ganhou projeção a partir da versão brasileira de Chico Buarque e sua montagem no Canecão no final da década de 1970. Nosso intuito é produzir uma versão show do musical com músicas interpretadas e rearranjadas pelo grupo Bixiga 70 e cantores convidados como Anelis Assumpção, Alzira Espindola, Mauricio Pereira e Skowa. A ascensão deste conjunto instrumental paulistano foi meteórica. No final de 2010 o grupo fez sua primeira apresentação, tendo como inspiração máxima a obra do nigeriano Fela Kuti (1938-1997), o afrobeat, no entanto, foi apenas o ponto de partida de um repertório que ganhou temas próprios rapidamente. “Luz Vermelha” e “Tema di Malaika” (ambas do pianista Mauricio Fleury) e “Mancaleone” (do baixista Marcelo Dworecki) estão entre as gemas próprias que fidelizaram uma platéia animada e participativa.


Serviço:

12/01 - Pequeno Cidadão às 16h

13/01 - ‘’Par ou Ímpar’’ - Klayton e Kledir e Grupo Throll às 16h
17 e 18 /01 - ‘’Tum Pá’’ - Barbaturques às 19h
19 e 20/01 - ‘’Arca de Noe’’ com Andre Abujamra e convidados às 16h
24/01 - ‘’Quero Passear’’ com Tulipa Ruiz as 19h
26 e 27/01 - Saltimbancos com Bixiga 70 e convidados - às 16h
O CCBB disponibiliza ônibus gratuito, identificado com a marca do Centro Cultural. O transporte funciona de terça a domingo, saindo do Teatro Nacional a partir das 11h.
Consulte todos os locais e horários de saída no site e no facebook.
CCBB Brasília
Aberto de terça-feira a domingo das 9h às 21h
SCES Trecho 2 – Brasília/DF Tel: 61 3108-7600
e-mail: ccbbdf@bb.com.br site: bb.com.br/cultura
redes sociais: facebook.com/ccbb.brasilia e twitter.com/CCBB_DF
publicado por o editor às 14:40
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Dezembro de 2012

Mundo Pensante é o novo espaço cultural do Bixiga

 



Criado por Paulo Papaleo, a casa promove ações que envolvem shows, palestras, cursos e exposições



O famoso bairro do Bixiga, em São Paulo, acaba de ganhar mais um point de eventos que agrega artes visuais, música e artes do corpo, o Mundo Pensante. O espaço oferece um lounge para bebericar, saborear bons pratos, assistir shows, apreciar exposições de arte e conversar com os amigos.

Idealizado por Paulo Papaleo, o local conta com 120 metros quadrados e capacidade para receber 150 pessoas. Um dos destaques do Mundo Pensante é o projeto itinerante de artes visuais desenvolvido pelo idealizador da casa, no qual a cada nova exposição, o público conta com um novo conceito no interior da casa. “O objetivo é ter um espaço multicultural que fortaleça a cena artística da cidade, incentivando projetos novos e autênticos”, afirma Paulo.

Além das exposições temporárias, um outro diferencial do espaço é o palco móvel. A cada novo espetáculo, o palco muda de lugar, dependendo do tipo de espetáculo.

O cardápio também promete: além das bebidas clássicas, a cada evento, drinks temáticos são criados pelo barman do Mundo Pensante. Os pratos rápidos são o carro chefe do local, como bruschetta, kebab e salagados vegetarianos.

A programação das atrações é bem variada, com shows em  diversos horários e dias, permitindo uma maior comunicação com o público. Investindo também em cultura, o local está sempre aberto a outras vertentes da arte nacional e internacional como teatro, palestras, performances, espetáculos de danças, entre outros.



Serviço:

Espaço Mundo Pensante

Rua 13 de Maio, 825, Bixiga (Bela Vista)

Informações: 11 5082 2657

Site: http://www.mundopensante.com.br/



Programação:



04/12- Inauguração do Mundo Pensante

O grupo Gestos Sonoros faz uma apresentação, onde o músico Bruno Duarte comanda nove instrumentistas ( cordas, sopro e percussão), em uma improvisação musical. A ocasião também abraça uma vernissage para a mostra de showroom de arte contemporânea “Ponder 70”.

Horário: 19h30

Preço: gratuito



07/12- Sexta Pensante- Cinema, vinho e música

Exibição do filme “Efeito Reciclagem”, de Sean Walsh. O longa traz o universo informal da reciclagem, revelando o cotidiano das pessoas que fazem do material reciclável o seu sustento e integração social.

Show: A banda Loungetude46 lança o DVD gravado, ao vivo, no Théâtre das Mazades”, em Toulouse.

Buscando encontrar uma linguagem híbrida e abrangente, as composições do grupo paulistano trazem reflexo do cotidiano da cidade de São Paulo.

Horários:  Filme- 20h

              Show- 23h30



Preço: gratuito até às 22h

·      a permanência na casa após às 22h implica na cobrança da entrada de R$20 (por pessoa).





08/12- Sábado Antropofágico

Show: Tigre Dente de Sabre

O Mundo Pensante recebe a dupla Tigre Dente de Sabre para um show que reúne música moderna e erudita em ato dançante de linguagem eletrônica. Os músicos definem o seu gênero musical como “Rave Erudita”.

Horário: 23h

Preço: R$ 20



11/12- Terça Jazz

Show: Caixa Cubo

A banda Caixa Cubo é destaque na primeira edição do “Terça Jazz”, no Mundo Pensante.

Resultado do trabalho conjunto do baterista João Fidelis  e do pianista Henrique Gomide, o Caixa Cubo é um projeto de música instrumental contemporânea, com influência do samba, do baião e do jazz.

Horário: 22h
publicado por o editor às 18:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 14 de Julho de 2012

Portão Cultural garante opções de lazer no fim de semana

 





Diversão e cultura aliam-se na programação oferecida pelo Portão Cultural, proporcionando um fim de semana com atrações em diversas linguagens das artes. O Espaço de Convivência e a Sala de Mídias abrigam, no sábado (14), oficina e apresentações comandadas pelo DJ Dante. O espetáculo teatral “Clarice Matou os Peixes”, da Cia. do Abração, é o cartaz do Auditório Antônio Carlos Kraide, no sábado e no domingo (14 e 15), às 16h.

Nas salas do MuMA – Museu Municipal de Arte de Curitiba, continuam abertas exposições que colocam ao alcance do público obras do acervo municipal, enquanto que, no Centro de Arte Digital, pode ser apreciada a mostra “In.flexão”. Na área da Literatura, a atração fica por conta da contação de histórias a cargo do arte-educador Elcio Di Trento, na Casa da Leitura Wilson Bueno, às 14h30 de domingo (15). Toda a programação é gratuita.

No Cine Guarani, de sexta a domingo, com ingressos a R$ 5, R$ 2,50 (meia-entrada) e R$ 1 (no domingo), filmes para diferentes faixas etárias. Na sessão das 16h, o épico de animação “Belowars” (2009), com classificação para 12 anos. Dirigido pelo paranaense Paulo Munhoz, o filme conta a história de um humilde garoto do campo em busca do sonho de aprender a arte da guerra. Com exibições às 18h e 20h, tem o filme “Heleno” (2011), do diretor José Henrique Fonseca, com classificação para 14 anos. A produção aborda a vida de Heleno de Freitas (1920 – 1959), um jogador de futebol famoso pelo talento nos gramados e pelo charme que ostentava na noite carioca.  No elenco estão Rodrigo Santoro, Othon Bastos e Alinne Moraes.



Música – Desde 2005 envolvido com a música eletrônica – e idealizador de alguns dos mais importantes projetos nessa área, no Rio Grande do Sul –, o DJ Dante responde pela oficina “O que o DJ precisa para tocar em eventos”, que acontece no sábado (14), na Sala de Mídias, das 15h às 19h, aberta a todos os interessados. Antecedendo a oficina, no Espaço de Convivência, das 13h às 15h, performance de alunos de Dante.

Como produtor, Dante já teve faixas lançadas pelo NüLogic Records (USA), selo do qual passou a fazer parte do casting oficial,
em meados de 2007. Algumas dessas faixas alcançaram o Weekly Bestsellers de sites como Juno, Dance Tracks Digital e Beatport, além de ter sido
executadas por DJs como John Acquaviva, James Zabiella e Christian Fischer.



Teatro – Inspirada na obra da escritora Clarice Lispector, a peça “Clarice Matou os Peixes”, da Cia. do Abração, tem apresentações agendadas no Auditório Antônio Carlos Kraide, no sábado e no domingo (14 e 15), às 16h, com entrada franca. No elenco estão Blas Torres, Fabiana Ferreira e Simão Cunha, com direção de Letícia Guimarães e coreografia a cargo de Fabiana Ferreira. 

A montagem levanta a questão da relação das pessoas com seus bichos de estimação, além de enfrentar tabus dos espetáculos direcionados a crianças: como lidar com a morte e entender o sentimento da perda. No palco, três personagens – Clarão, Clarito e Esclarecida – discutem quem é o culpado pela morte dos peixinhos e a ligação de cada um com os seus animais de estimação. O desafio duplo de levar à cena a dramaticidade e a sensibilidade do universo infantil proporciona ao público um espetáculo poético e único.



Serviço:

Portão Cultural (Av. República Argentina, 3.430 – Portão – telefone geral: 3229-4484)

Programação de fim de semana:

Espaço de Convivência: Performance de alunos do DJ Dante, das 13h às 15h de sábado (14). Entrada franca.

Sala de Mídias – Oficina “O que o DJ precisa para tocar em eventos”, comandada pelo DJ Dante, das 15h às 19h de sábado (14). Entrada franca.

Centro de Arte Digital: Exposição “In.flexão”, com horário de visitas de terça-feira a domingo, das 10h às 19h. Entrada franca.

MuMA – Museu Municipal de Arte de Curitiba: exposições nas Salas 1 e 2 e na Sala Célia Neves Lazzarotto, com horário de visitas de terça-feira a domingo, das 10h às 19h. Entrada franca.

Auditório Antônio Carlos Kraide: em cartaz a peça “Clarice Matou os Peixes”, da Cia. do Abração, com apresentações nos dias 14 e 15 (sábado e domingo), às 16h, com classificação livre. Entrada franca.

Casa da Leitura Wilson Bueno: às 14h30 de domingo (8), contação de histórias a cargo da arte-educadora Adriane Havro. Entrada franca. 

Cine Guarani: de sexta-feira a domingo (13 a 15), em cartaz, na sessão das 16h, o épico de animação “Belowars” (2009), com classificação para 12 anos. Nas sessões das 18h e 20h, o filme “Heleno” (2011), com classificação para 14 anos. Ingressos a R$ 5, R$ 2,50 (meia-entrada) e R$ 1 (no domingo). A mesma programação permanece até o dia 19 de julho, com exceção de segunda-feira, quando o Cine Guarani permanece fechado.
publicado por o editor às 02:00
link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Março de 2012

Projeto PERPENDICULAR FORTALEZA reúne três artistas visuais de Minas Gerais e mais três do Ceará

 

Uma iniciativa em que três artistas de Minas Gerais e três do Ceará são convidados a trabalhar e a conviver diariamente, buscando formas de parceria e troca que estimulem a criação de projetos artísticos a serem apresentados ao público no interior do Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro) e nas ruas da capital cearense.

Contemplado pelo Programa Rede Nacional Funarte Artes Visuais - 8ª edição, o projeto "PERPENDICULAR FORTALEZA" acontecerá em Fortaleza no período de 21 a 24 deste mês (de quarta-feira a sábado da próxima semana).

A programação incluirá performances, ações e intervenções urbanas, além da construção de instalações, lançamento de livros, palestras, apresentação de portfólios e mesas de conversa abertas ao público.

As atividades acontecerão nas seguintes datas e horários: dia 21 (quarta-feira), às 16h; dia 22 (quinta-feira), às 18h; dia 23 (sexta-feira), às 10h; e 24 (sábado), às 17h.

Criado e realizado pelo artista visual, pesquisador de arte e performer mineiro Wagner Rossi Campos, o projeto conta com a participação, ainda, dos seguintes artistas convidados: Sabyne Cavalcanti, Uirá dos Reis e Yuri Firmeza (os três do Ceará); Raquel Versieux e Fernando Ancil, ambos de Minas Gerais.

publicado por o editor às 17:59
link do post | comentar | favorito
Domingo, 4 de Dezembro de 2011

Ministra Ana de Hollanda entrega o Prêmio Mais Cultura de Literatura de Cordel no CCBNB-Fortaleza - EVENTO

 

O Prêmio Mais Cultura de Literatura de Cordel 2010 - Edição Patativa do Assaré será entregue no cineteatro do Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - 2º andar - Centro - fone: (85) 3464.3108), na próxima quarta-feira, 7, em solenidade com início às 14 horas e término às 16h30. O evento contará com a presença da ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e do diretor de Livro, Leitura e Literatura do MinC, Fabiano dos Santos.

A solenidade será um grande encontro para a entrega dos certificados do Prêmio, ressaltando o papel fundamental dos cordelistas, emboladores e poetas populares na construção da identidade e da diversidade cultural brasileira.

O Prêmio Mais Cultura de Literatura de Cordel premiou 200 iniciativas culturais dedicados à criação e produção, pesquisa, formação e difusão da Literatura de Cordel e de linguagens afins como repente, cantoria, xilogravura, coco, entre outras linguagens. O edital contemplou pessoas físicas e jurídicas que concorreram em quatro categorias.

O Edital de Literatura de Cordel integra as ações do Programa Mais Cultura, realizadas pelas iniciativas culturais com a diretoria do Livro, Leitura e Literatura, pela secretaria de Articulação Institucional do Ministério da Cultura e pela Fundação Biblioteca Nacional.

O Prêmio Mais Cultura de Literatura de Cordel 2010 - Edição Patativa do Assaré é o primeiro edital lançado pelo MinC nessa área. O Prêmio vem atender uma importante demanda gerada no Seminário de Políticas Públicas do I Encontro Nordestino de Cordel, evento realizado em Brasília, em maio de 2009, pelo Ministério da Cultura.

O Encontro reuniu vários representantes do setor, entre escritores, artistas, editores, professores, pesquisadores, gestores públicos, políticos, empresários e dirigentes de entidades do terceiro setor, em torno de propostas estruturantes para a Literatura de Cordel e suas manifestações afins.

O Encontro também pautou uma agenda positiva e o compromisso público do Governo Federal, através do MinC, de promover efetivamente ações de fortalecimento da Literatura de Cordel em suas políticas de promoção do livro.

Programação:

14h00 - Mestre de Cerimônia

14h15 - Apresentação Artística

14h40 - Premiação em Categorias

15h00 - Falas

16h00 - Encerramento

tags: ,
publicado por o editor às 23:27
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Novembro de 2011

evento - 2/12 PALAVRA CANTADA EM POCKETS GRATUITOS

 

PALAVRA CANTADA lança filme 3D nos formatos

DVD e Blue Ray e faz 3 POCKETS SHOWS,

entre eles 2 gratuitos, nos dias 2 e 3 de dezembro









Livraria Cultura do Shopping Villa Lobos

Av. das Nações Unidas, 4.777 - Alto de Pinheiros São Paulo



Data: dia 2 de dezembro, sexta-feira

Horário: 16h

Para participar:

Compre um produto (DVD ou Blu-ray)

e ganhe um par de ingressos para o pocket.



Fnac Pinheiros

Praça dos Omaguás, 34 - São Paulo



Data: dia 3 de dezembro, sábado

Horário: 11h

Gratuito



Saraiva Alphaville

Iguatemi Alphaville - Alameda Rio Negro, 111

Piso 2 Loja 301 - Alphaville Industrial

Data: dia 3 de dezembro, sábado

Horário: 18h

Gratuito

Cerca de 100 senhas começarão a ser distribuídas

1h antes do evento

dvd blue ray 2.jpg



Sobre o Filme



Depois do sucesso nos cinemas, chega aos formatos Blu-ray e dvd o primeiro show infantil filmado em 3D no Brasil: Palavra Cantada 3D - Show Brincadeiras Musicais

Nos 60 minutos de duração, Paulo Tatit e Sandra Peres estão acompanhados pelos músicos Estevão Marques, Daniel Aires, Julia Pittier, Marina Pittier e Wem e por um grupo de crianças.

O show é interativo, e durante as sessões no cinema a identificação com os pequenos espectadores era imediata: ninguém ficava sentado na poltrona.

Com certeza não será diferente em cada casa, com a vantagem que, munidas do controle remoto, as crianças poderão assistir ao filme várias vezes para aprender a brincar junto com a turma do filme.

Entre as músicas que fazem parte do filme estão algumas das mais queridas do público, como “Sopa”, “Fome Come”, “Duelo de Mágicos” e “Ciranda” e algumas inéditas, como “O Caramujo e a Saúva”, “Vem Dançar com a Gente” e “Bolinha de Sabão”, que reserva uma deliciosa surpresa.

O resultado é uma verdadeira experiência musical que aumenta a proximidade e a intimidade entre a dupla e as crianças. Boas Férias para todos!



DVD 3D + 2D + 2 óculos: Preço Sugerido: R$ 39,90

disponível nas lojas a partir de 25 de novembro

DVD Blueray 3D + 2D: Preço Sugerido: 79,90

disponível nas lojas a partir de 5 de dezembro




Sobre a Palavra Cantada


Criada em 1994 por Sandra Peres e Paulo Tatit, a Palavra Cantada ultrapassa hoje a venda de dois milhões de exemplares, entre seus treze CDs e cinco DVDs. O trabalho da dupla conquistou um amplo público formado por pais e filhos e passou a fazer parte do cotidiano de escolas de todo o país, graças à qualidade com a qual as canções são produzidas: letras, melodias e arranjos. Nos shows de grande porte que realizam, toda a família se diverte e se emociona. Escolas públicas e particulares de todo o país já adotaram os produtos do catálogo da Palavra Cantada em suas atividades cotidianas. Tendo alcançado sucesso de público e de crítica, sete dos lançamentos do selo receberam os maiores prêmios dedicados a este gênero musical. Depois de tantos anos dedicados a esse público, algumas coisas não mudaram: o compromisso com a qualidade e respeito inteligência da criança.

***** ********

publicado por o editor às 14:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 11 de Novembro de 2011

evento -Exposição do Museu do Futebol chega a Araraquara

 

Realizada pela Secretaria de Estado da Cultura, Olhar com Outro Olhar mostra que cegos, surdos ou pessoas com mobilidade reduzida têm um mundo próprio de percepções e sensibilidades; entrada é franca

A Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), realiza a exposição Olhar com Outro Olhar em Araraquara. A mostra será aberta ao público no dia 10 de novembro no Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria. A itinerância é realizada em parceria com o Museu do Futebol e a prefeitura municipal. A entrada é gratuita.

Em Olhar com Outro Olhar, uma única fotografia de jogo de futebol é apresentada por meio de cinco recursos sensoriais – braile, relevo, alto-contraste, maquete tátil e audiodescrição. O público poderá utilizar as mãos e ouvidos para entender o conteúdo e significado da imagem. Os passos dos visitantes serão conduzidos por um audioguia, que sinalizará o trajeto pelo espaço.

“O Museu do Futebol é um exemplo de como a questão da acessibilidade universal pode ser enfrentada. Levar esta exposição para Araraquara é dar a oportunidade para que pessoas de fora da capital também conheçam esse trabalho”, afirma o secretário de Estado da Cultura, Andrea Matarazzo.

De acordo com o curador da exposição, Leonel Kaz, Olhar com Outro Olhar propõe aproximar as diferenças. “Vai mostrar que cegos, surdos ou pessoas com mobilidade reduzida têm um mundo próprio de percepções e sensibilidades. Vale a pena alargar nossos próprios sentidos e experiências de mundo”, afirma.

A mostra também apresenta o universo do futebol de cinco, esporte praticado por pessoas com deficiência visual, em que o Brasil coleciona títulos. A primeira conquista veio com a medalha de ouro na Paraolímpiada de Atenas (2004) e a segunda, em Pequim (2008).

Em cartaz até janeiro de 2012, a mostra pode ser vista às segundas-feiras, das 13h às 18h, de terça a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 18h, e aos sábados, das 9h às 12h. O Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria está localizado à praça Pedro de Toledo, s/nº, Centro. Mais informações pelo telefone (16) 3322- 4887.

A exposição faz parte das ações itinerantes do SISEM-SP que buscam levar a outros públicos, do interior e litoral, conteúdo artístico e cultural antes apenas encontrado na capital.

Sistema Estadual de Museus

O SISEM-SP reúne e articula todos os museus do Estado em busca de promover o desenvolvimento e fortalecimento institucional. É coordenado pela Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico da Secretaria de Estado da Cultura (UPPM) e atualmente reúne cerca de 415 instituições, públicas e privadas, de 190 municípios. Entre as principais ações do SISEM, está a realização de exposições itinerantes e de estudos detalhados sobre cada museu e cidades onde estão localizados. O SISEM promove, ainda, programas de formação, capacitação e aperfeiçoamento técnico de profissionais, além de convênios entre os museus do Estado e instituições nacionais e internacionais, com o objetivo de aprimorar e valorizar as próprias instituições e seus acervos. Para saber mais acesse: www.cultura.sp.gov.br

Museu do Futebol

O Museu Do Futebol é administrado pelo IFB - Instituto da Arte do Futebol Brasileiro, Organização Social de Cultura, entidade jurídica sem fins lucrativos que celebra seu objeto contratual junto à Secretaria do Estado da Cultura. Desenvolve um contrato de gestão que gera e rege o programa de trabalho e prestação de serviços.

Serviço:
Exposição Olhar com Olhar
Abertura: 10/11/2011, às 10h
Período: de 10/11 a 15/1/2012
Local: Museu Histórico e Pedagógico Voluntários da Pátria (praça Pedro de Toledo, s/nº, Centro – Araraquara/SP)
Horário: de segunda das 13h às 18h, terça a sexta, 9h às 12h e 13h às 18h; aos sábado das 9h às 12h
Informações:             (16) 3322-4887      

publicado por o editor às 13:07
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds