Quinta-feira, 19 de Março de 2015

QUE MEDA! “Vingadores: a Era de Ultron 3D”

 

 

 

Cinesystem começa nesta quinta venda antecipada de ingressos para “Vingadores: a Era de Ultron 3D” que terá pré-estreia no dia 22 de abril
 
 
Fãs já podem se adiantar e garantir ingresso para a aguardada sequência. Longa entra em cartaz em todos os cinemas da Rede no dia 23 de abril.
 
Começa nesta quinta (19/03) na Rede Cinesystem a venda antecipada de ingressos para a sequência da Marvel “Os Vingadores: A Era de Ultron 3D”. O filme só chega às telonas em abril, mas quem quiser pode garantir o ingresso inclusive para as sessões de pré-estreia do longa, que acontecem no dia 22 de abril, às 20 horas, em todos os multiplex do Cinesystem em Curitiba – nos shoppings Cidade, Curitiba e Total.
 
“Os Vingadores: A Era de Ultron” estreia primeiro no Brasil, uma semana antes da data de estreia nos Estados Unidos - que será em 1º de maio. Este será o filme mais longo da Marvel, com duração de 150 minutos. A sequência também tem o recorde de efeitos especiais confirmado: serão 3 mil cenas com efeitos especiais, contra 2,5 mil de “Capitão América: O Soldado Invernal” e 2.250 de “Guardiões da Galáxia”.
 
A direção e roteiro ficam novamente por conta de Joss Whedon (“Thor: Mundo Sombrio”, “Os Vingadores”). A aventura gira em torno do programa de paz virtual de Tony Stark. As coisas não saem como planejado  e cabe aos Vingadores enfrentar um teste derradeiro enquanto o destino do planeta está em jogo. Homem de Ferro, Capitão América, Thor, Hulk, Viúva Negra e Gavião Arqueiro voltam a se reunir no longa para derrotar Ultron, um vilão tecnológico disposto a provocar a extinção humana. Pelo caminho, ainda enfrentarão dois poderosos seres, a Feiticeira Escarlate e o Mercúrio, além de conhecerem um velho amigo em uma nova forma, quando J.A.R.V.I.S se torna o Visão.
 
Integram o elenco Robert Downey Jr. (Homem de Ferro), Chris Hemsworth (Thor), Clark Gregg (agente Coulson da S.H.I.E.L.D.), Scarlett Johansson (Viúva Negra), Jeremy Renner (Gavião Arqueiro), Chris Evans (Capitão América), Samuel L. Jackson (Nick Fury) e Mark Ruffalo (“Hulk”).
 
Os ingressos podem ser adquiridos nos caixas dos cinemas, totens de autoatendimento, aplicativos para tablet e smartphones e pelo sitewww.cinesystem.com.br.

 

 

 
publicado por o editor às 18:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015

CRIADOR DE V DE VINGANÇA ABRE CENA HQ NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 

Projeto inicia seu quarto ano com a leitura do quadrinho online do artista inglês David Lloyd

 

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 04 de março, a leitura deAces Weekly: Valley Of Shadows, de David Lloyd e David Jackson, abrindo o quarto ano consecutivo do projeto Cena HQ. Lloyd, que ficou célebre pela graphic novel V de Vingança, criada em conjunto com o roteirista Alan Moore, participa de bate-papo com o público após a encenação. A leitura tem direção de Paulo Rosa e elenco formado por Ed Canedo, Angela Stadler, Vida Santos e Diego Perin. O espetáculo será encenado em português e o debate terá tradução consecutiva.

 

Aces Weekly: Valley Of Shadows, inédita no Brasil, é uma HQ online que narra a vida de Buddy Chaplin, um homem sem perspectivas no casamento ou no trabalho, até que surge a oportunidade de uma virada inesperada em sua vida. O quadrinho é parte da antologia de histórias ilustradas digitais por assinatura Aces Weekly, que reúne trabalhos de autores do mundo todo (www.acesweekly.co.uk/).

 

O artista:

O desenhista inglês David Lloyd ficou mundialmente famoso pela criação, junto com o roteirista Alan Moore, da premiada série anarquista V de Vingança, também adaptada para o cinema. Em seu portfolio, Lloyd acumula trabalhos para a Marvel UK, para a lendária revista britânica Warrior e para diversas séries da linha Vertigo da DC Comics,  revistas da Dark Horse e Heavy Metal. No Brasil, publicouKickback e Cidades ilustradas - São Paulo.

 

Sobre o projeto:

Vencedor do Troféu HQ Mix 2014 na categoria Produção para Outras Linguagens, o Cena HQ foi concebido no final de 2009, quando a CiaVigor Mortis, sob direção de Paulo Biscaia Filho, foi convidada a apresentar no Espaço Cênico uma leitura dramática com obra literária de um autor curitibano. A primeira ideia que lhe veio à mente foi buscar um autor que dialogasse com a linguagem da Vigor Mortis. O diretor resolveu então encenar uma leitura de Folheteen, do quadrinhista José Aguiar, com quem depois escreveu Vigor Mortis Comics.

 

O formato de ler em cena uma obra em quadrinhos foi tão interessante que Biscaia e Aguiar resolveram ampliar a ideia para um projeto de diversas leituras. Em 2012 o projeto tomou corpo e apresentou mensalmente nove leituras, entre março e novembro. Em 2013 e 2014, o projeto passou a trazer autores estrangeiros.  Agora o Cena HQ chega a seu quarto ano de sucesso.

 

Com curadoria de autores de José Aguiar e de encenadores de Paulo Biscaia Filho, o programa faz com que esses inusitados encontros  entre quadrinhos e cena deflagrem discussões sobre a produção de quadrinhos no Brasil. Cada leitura é seguida de um debate entre o encenador e o autor da obra. Mais informações na Fun Page do facebook: https://www.facebook.com/cenahqbrasil

 

 

 

 

Serviço:

Literatura: Cena HQ – Aces Weekly: Valley Of Shadows

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 04 de março de 2015 (quarta-feira)

Horário: 20h

Ingressos: Entrada franca. Retirada de ingressos a partir das 19h do dia da apresentação

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: Não recomendado para menores de 14 anos

 

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 14:21
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Janeiro de 2015

Oficina de desenho e criação de histórias para crianças no Solar do Barão

 

 

 

 

Crianças de 8 a 12 anos podem participar de oficina de desenho e criação de histórias ministrada pelas artistas visuais e educadoras Patrícia Stuart, Franciny Ferreira e Elisângela Corrêa Gonçalves. As três formam a equipe educativa da exposição “Cabeça de brócoli e a descoberta do amor ou notas sobre um amigo que escapou do afogamento”, de Luiz Rodolfo Annes, em cartaz desde 26 de novembro passado.

“A oficina foi desenvolvida a partir da convivência das mediadoras com a exposição”, explica o artista. Marcada para a próxima quarta-feira (21), das 15 às 17h, a oficina é gratuita. As crianças não precisem levar nenhum material, mas precisam estar inscritas – as vagas são limitadas. Para inscrições ou informações, escreva paraeducativa.irannes@gmail.com ou ligue para (41) 3321-3275.

Sobre a exposição
Desenhos à mão, no computador e uma instigante animação que induz a participação do espectador ao reproduzir o ambiente dos videogames são os suportes de “Cabeça de Brócoli e a descoberta do amor ou notas sobre um amigo que escapou do afogamento”, exposição de Luiz Rodolfo Annes que o Museu da Gravura Cidade de Curitiba, no Solar do Barão.
A mostra, aberta para visitação até 22 de fevereiro de 2015, reúne três vertentes da produção do artista: os desenhos digitais impressos em papel fotográfico de “O sussurro de Jo Jo Dog e Cara de Coxinha enquanto animais são usados em testes de cosméticos”, os desenhos à mão, nanquim sobre papel, da série “Ele baba no sonho”, e um vídeo interativo chamado “O homem permanecido”.

Sobre o artista
Luiz Rodolfo Annes nasceu Ponta Grossa, Paraná, em 1978. Estudou Pintura na Escola de Música e Belas Artes do Paraná e fez especialização em Fundamentos do Ensino da Arte na Faculdade de Artes do Paraná, ambas em Curitiba, onde vive e trabalha.

Serviço
O que: Oficina de desenho e criação de histórias para crianças de ito a 12 anos com as artistas visuais e educadoras Patrícia Stuart, Franciny Ferreira e Elisângela Corrêa Gonçalves (ação educativa da exposição de desenhos e vídeo-animação “Cabeça de Brócoli e a descoberta do amor ou notas sobre um amigo que escapou do afogamento”, de Luiz Rodolfo Annes)
Onde: Museu da Gravura Cidade de Curitiba, Solar do Barão
Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 553, Centro. (41) 3321 3367
Quando: quarta-feira (21/1), das 15 às 17h
Quanto: grátis. É preciso fazer inscrição pelo e-maileducativa.lrannes@gmail.com ou o telefone (41) 3321-3275

 

 
publicado por o editor às 13:59
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

VENCEDOR DO TROFÉU HQ MIX, CENA HQ RECEBE AUTOR ARGENTINO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

CENA HQ RECEBE AUTOR ARGENTINO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA
Projeto vencedor do 26º Troféu HQ Mix apresenta leitura cênica do quadrinho El Hipnotizador, com presença do quadrinista Juan Sanza Valiente

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 08 de outubro, a leitura cênica do quadrinho El Hipnotizador, dos argentinos Pablo de Santis e Juan Sanza Valiente, em mais uma edição do Cena HQ, projeto que acaba de vencer o 26º Troféu HQ Mix na categoria Produção para Outras Linguagens. O diretor convidado é o ator, dramaturgo e cineasta Marcelo Munhoz, que conversa com Valiente em um bate-papo após a apresentação. Fazem parte do elenco Andrei Moscheto, Greice Barros, Hique Veiga e Marcio Juliano. A música é de Luís Otávio Almeida. 
Com roteiro de Pablo De Santis e desenhos de Juan Saenz Valiente, o quadrinho é uma mistura de thriller policial e aventura paranormal narrada pelo administrador do antigo Hotel The Violet, Mr. Salinero. O protagonista de suas histórias fantásticas é um solitário, insone e misterioso hóspede do hotel, o Sr. Arenas, que abandonou a profissão de médico para se dedicar ao hipnotismo. Em sua missão de recuperar episódios traumáticos da vida de seus pacientes, o hipnotizador mergulha nos labirintos complexos e, por vezes, sangrentos da memória.
Os autores:
El Hipnotizador, que marca o retorno do escritor Pablo De Santis aos roteiros de quadrinhos, foi originalmente serializada na revistaFierro, em 2010, e depois transformado em livro pela editora Casterman (França) e pela Editorial Sudamericana (Argentina).
De Santis foi considerado pela revista Fierro, na década de 1980, como um dos artistas mais promissores de sua geração, antes de se tornar um renomado romancista autor de livros premiados comoO Enigma de Paris (2007). Seu trabalho é marcado por uma escrita de diálogos precisos, descrições elaboradas e história engenhosa.
Juan Sanz Valiente, conhecido por um desenho de tratamento elaborado, de expressão excêntrica e com um toque delicado de humor, cria uma Buenos Aires na fronteira entre o real e o fantástico, mas com incrível verossimilhança.
Sobre o Cena HQ:
O projeto estreou na CAIXA Cultural Curitiba em 2012 e desde então, já foram apresentadas mais de 20 leituras. Em 2013, o Cena HQ trouxe, pela primeira vez, autores estrangeiros à cena e, este ano, chega à sua terceira edição com a premiação no 26º Troféu HQ Mix, na categoria Produção para Outras Linguagens, em cerimônia realizada no dia 13 de setembro no Teatro do Sesc Pompéia, em São Paulo. “É a prova de que conseguimos transformar o projeto em referência para o cenário de quadrinhos no Brasil”, analisa Paulo Biscaia.
Com curadoria de autores do quadrinista José Aguiar e curadoria de encenadores do cineasta e dramaturgo Paulo Biscaia Filho, o Cena HQ promove discussões sobre a produção de quadrinhos no Brasil por meio de suas leituras, sempre seguidas de um debate entre o encenador e o autor da obra. Mais informações podem ser encontradas no facebook do projeto/cenahqbrasil.
Serviço:
Literatura: Cena HQ – El Hipnotizador
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 08 de outubro de 2014 (quarta-feira)
Horário: quarta-feira às 20h
Ingressos: Entrada franca. Retirada de ingressos a partir das 19h
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h, edomingo, das 16h às 19h)
Classificação etária: Não recomendado para menores de 14 anos
Lotação: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

publicado por o editor às 20:20
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

Quadrinhos - Olympe de Gouges

 


   

Olympe de Gouges

de  José-Louis Bocquet e Catel Muller

Tradutor:     André Telles

Gênero:     Quadrinhos
Páginas:     488
Formato:     16 x 24 cm


A HISTÓRIA DE UMA MULHER FORTE E CORAJOSA DURANTE A REVOLUÇÃO FRANCESA

Em Montauban de 1748, nasce Marie Gouze, criada sob as convenções da França setecentista. Aos 18 anos, mãe e viúva, se vê livre para expressar suas ideias e adota o pseudônimo Olympe de Gouges. Anos depois se muda para Paris, onde participará ativamente da vida política e cultural. Fiel leitora de Rousseau, inspiradas pelas ideias libertárias da França pré-revolucionária, Olympe se dedica intensamente à escrita – atividade que levaria até os últimos dias de sua vida e que a causaria muitos problemas. Conquistou inimizades e escandalizou os mais conservadores, porém jamais deixou de defender seus ideais libertários. Em 1791, redigiu a Declaração dos direitos da mulher e da cidadã, reivindicando a igualdade entre os sexos e o direito ao voto. Com muita beleza, esta graphic novel conta a trajetória de uma mulher que carimbou seu nome na história da Revolução Francesa. Dos consagrados quadrinistas José-Louis Bocquet e Catel Muller, a HQ retrata através de belos traços os incríveis cenários e personalidades da França do século XVIII.




OS AUTORES
José-Louis Bocquet e Cat Muller são autores da graphic novel Kiki de Montparnasse, também publicada pela Editora Record e vencedora do Grand Prix RTL de Comic Strip e do Essentiel Fnac-SNCF (Angoulême 2008).

Catel Muller ilustrou mais de cinquenta livros. Nos quadrinhos, criou a série Lucie, com a escritora Véronique Grisseaux. Também coassinou, com De Metter, Le Sang dês Valentines, publicado pela Casterman e vencedor do Prêmio Angoulême, em 2005.
José-Louis Bocquet escreveu biografias dedicadas a Henri-Georges Clouzot, Georges Lautner e René Goscinny. Nos quadrinhos, José-Louis assinou uma dezena de álbuns com artistas como Serge Clerc, Arno, Max, Philippe Berthet, Francis Vallès, Andréas Geffe e Stanilas.

Conheça também

Kiki de Montparnasse
José-Louis Bocquet e Catel Muller
 




um lançamento






 

publicado por o editor às 15:06
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Novembro de 2013

QUADRINHO ARGENTINO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA


O artista portenho Diego Agrimbau participa do projeto Cena HQ
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, na próxima quarta-feira (6), pelo projeto Cena HQ, mais um quadrinho argentino. A graphic novel “La Burbuja de Bertold”, de Diego Agrimbau, será lida por Ranieri Gonzales, Gabriel Gorosito, Mah Ribeiro, Nena Inoue e Nina Ribas, com direção de Nena Inoue. A sessão conta ainda, com um bate-papo com o autor portenho, após a leitura.
A HQ “La Burbuja de Bertold” ainda não foi publicada no Brasil, sendo traduzida pela primeira vez, para o público brasileiro, pelo projeto Cena HQ. Condenado por assassinato, Bertold teve seus membros amputados. Tempos depois o mestre titereteiro Froilan precisa de um novo ator para seu Teatro de Marionetes Vivas e, com seu ajudante Lorenzo, encontram Bertold atuando como o boneco de um ventríloquo morto. Mas Bertold tem seus próprios planos e, mesmo sem braços, pernas ou o controle de seus movimentos, tentará mudar seu destino. Publicada na França, Espanha, Grécia, Itália e Argentina, “La Burbuja de Bertold” é uma obra sobre os diferentes modos de transmissão do poder, dominação e mecanismos simbólicos, que criam uma revolução.
Sobre o autor:
Premiado autor de quadrinhos, publicados em várias editoras ao redor do mundo, Diego Agrimbau recebeu vários prêmios, dos quais se destacam o Prix Utopiales 2005, por La Burbuja de Bertold; o I Premio Planeta DeAgostini de Cómics 2009, por “Planeta Extra”; e o Premio Dibujando entre Culturas 2011, por “Los autómatas del Desierto”. Atualmente, colabora com a revista Fierro e escreve os roteiros da tira “Canillitas” no jornal Tiempo Argentino.
Cena HQ:
O projeto Cena HQ promove encontros inusitados entre quadrinhos e cena, provocando discussões sobre a produção de graphic novels no Brasil. Cada leitura é seguida de um debate entre o encenador e o autor da obra. A curadoria de autores é de José Aguiar, e a de encenadores, de Paulo Biscaia Filho. Mais informações podem ser encontradas no facebook do projeto /cenahqbrasil.
Ficha técnica:
Quadrinho: “La Burbuja de Bertold”, de Diego Agrimbau
Direção: Nena Inoue
Elenco: Ranieri Gonzales, Gabriel Gorosito, Mah Ribeiro, Nena Inoue, Nina Ribas
Serviço:
Literatura: Cena HQ
Data: 6 de novembro de 2013 (quarta-feira)
Hora: 20h
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Ingressos: um livro não didático ou um livro de quadrinhos
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira, das 12h às 20h, sábado, das 16h às 20h e domingo, das 16h às 19h)
Lotação: 125 lugares (2 para cadeirantes)
Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
publicado por o editor às 00:35
link do post | comentar | favorito
Domingo, 29 de Setembro de 2013

ARGENTINA EM QUADRINHOS NA CAIXA CULTURAL CURITIBA




Projeto literário Cena HQ apresenta a leitura do quadrinho “Noturno” de Salvador Sanz



A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, na próxima quarta-feira (2), a leitura do quadrinho “Noturno”, de Salvador Sanz, no projeto Cena HQ, realizado pela Vigor Mortis em parceria com a Quadrinhofilia. A leitura cênica é dirigida por Talita Neves com atuação de Sávio Malheiros, Juliane Souto, Isadora Terra e Manolo Kottwitz


Noturno marca a primeira visita de um artista internacional ao Cena HQ. Salvador Sanz, apresenta sua onírica obra, editada no Brasil pela Zarabatana. Utilizando sua arte e técnica narrativa, Sanz nos transporta para uma Argentina ao mesmo tempo fantástica e real, onde nos faz acompanhar um inacreditável conto de fantasia e terror, nesta que já pode ser considerada uma graphic novel clássica do gênero.


O quadrinho é uma das mais recentes criações de Sanz, famoso por seus desenhos hiperrealistas de cidades argentinas, e por suas histórias macabras, como a do quadrinho de terror Legión. ”Noturno” virou série na revista argentina Fierro, entre maio de 2007 e julho de 2009, e dá início à Coleção Fierro da Zarabatana Books.


O autor:

Salvador Sanz nasceu em Buenos Aires, em 1975. Teve publicações do seu trabalho na revista franco-argentina Ex Abrupto, na antologia de autores do Mercosul Sudamérika e, em 2005, desenhou a série Ángela Della Morte para a revista Bastión Unlimited. Também dirigiu dois curtas de animação: El Inivisor e Gorgonas, este último ganhador do prêmio de melhor curta de animação na Comicon 2005, em San Diego – Califórnia (EUA).


Em 2006, Sanz publicou Legión que, mais tarde, chegou ao mercado americano pela IDW Publishing. Em 2007, publicou Desfigurado. Atualmente, combina sua atividade de quadrinista com a realização de storyboards para cinema e publicidade, além de dar aulas sobre quadrinhos.


Cena HQ:

O projeto promove encontros inusitados entre quadrinhos e cena, provocando discussões sobre a produção de graphic novels no Brasil. Cada leitura é seguida de um debate entre o encenador e o autor da obra. A curadoria de autores é de José Aguiar, e a de encenadores, de Paulo Biscaia Filho. Mais informações podem ser encontradas no facebook do projeto /cenahqbrasil.


Serviço:

Literatura: Cena HQ

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)

Data: 2 de outubro de 2013 (quarta-feira)

Hora: 20h

Ingressos: um livro não didático ou um livro de quadrinhos

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira, das 12h às 20h, sábado, das 16h às 20h e domingo, das 16h às 19h)

Lotação: 125 lugares (2 para cadeirantes)

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
publicado por o editor às 01:58
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Julho de 2013

Cursos da Gibiteca com matrículas abertas para o segundo semestre

 





A Gibiteca de Curitiba (Solar do Barão – Rua Carlos Cavalcanti, 533 – Centro), uma das unidades da Fundação Cultural de Curitiba, está recebendo inscrições para os cursos de Histórias em Quadrinhos – HQ (níveis Básico, Intermediário e Avançado) e Mangá (quadrinhos japoneses), que serão desenvolvidos no segundo semestre de 2013. As matrículas estão abertas até o dia 9 de agosto, na própria Gibiteca. Qualquer um dos cursos tem custo mensal de R$ 45 (quatro parcelas) e o pagamento da primeira mensalidade deve ser feito no ato da inscrição. Informações no local ou pelo telefone (41) 3321-3250.

As aulas têm início em agosto, prosseguindo até o mês dezembro, e os alunos contam com opções de turmas em dias e horários diferenciados. Os interessados em participar precisam ter idade mínima de 10 anos para os cursos ofertados às segundas-feiras, e 12 anos completos para os cursos ministrados às sextas-feiras e aos sábados.



Confira os dias e horários dos cursos:



HQ NÍVEL BÁSICO

Sextas-feiras

Período: de 9 de agosto a 29 de novembro de 2013

Professor: André Caliman

Horário: das 16h às 18h

Vagas: 20



Sábados

Período: de 3 de agosto a 7 de dezembro de 2013

Professor: André Caliman

Horário: das 11h às 13h

Vagas: 20



HQ NÍVEL INTERMEDIÁRIO

Sábados

Período: de 3 de agosto a 7 de dezembro de 2013

Professor: André Caliman

Horário: das 14h às 16h

Vagas: 20



HQ NÍVEL AVANÇADO

Sábados

Período: de 3 de agosto a 7 de dezembro de 2013

Professor: André Caliman

Horário: das 16h30 às 18h30

Vagas: 20



CURSO DE MANGÁ (Quadrinhos japoneses)

Segundas-feiras

Período: de 12 de agosto a 25 de novembro de 2013

Professor: João Felipe

Horário: das 14h às 16h

Vagas: 20

publicado por o editor às 19:41
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Junho de 2013

Exposição “Heróis Urbanos” da fotógrafa Katia Arantes,

 



Espaço Cultural Porto Seguro convida

para o coquetel de abertura da exposição

“Heróis Urbanos” da fotógrafa Katia Arantes,






O Incrível Hulk no Edifício Copan? O Batman invadindo o Mosteiro de São Bento? Ou que tal o Homem-Aranha pendurado na Estação da Luz?



A mostra “Heróis Urbanos”, da fotógrafa Katia Arantes, une pontos turísticos de São Paulo a bonecos de famosos super-heróis dos quadrinhos, games e filmes. Além das imagens, a exposição traz os bastidores da composição dos 27 painéis, com imagens de making of, alguns bonecos utilizados e um vídeo sobre o tema.



As fotos foram feitas com uma lente grande angular. Desta forma, os bonecos, que têm cerca de 30 centímetros de altura, ganham tamanho real. Mulher-Maravilha, Thor, Wolverine e outros heróis são apresentados em cartões postais de São Paulo, como a Ponte Octávio Frias de Oliveira e o Edifício Copan.





Segundo Katia Arantes, idealizadora da mostra “Heróis Urbanos”, o conceito da exposição não é casual e está diretamente ligado à luta diária dos trabalhadores da metrópole. "Vivemos em uma cidade com mais de 11 milhões de habitantes que lutam pela sobrevivência. Essas pessoas são heroínas de uma batalha que travam todos os dias. Às vezes, São Paulo pode parecer dura e fria, mas possui uma beleza singular", afirma a fotógrafa.



Aproveitando a deixa, alguns funcionários e prestadores de serviço da Porto Seguro foram entrevistados, revelando que também são verdadeiros heróis.



“O que são os super-heróis urbanos da nossa metrópole? Quem são estes heróis disfarçados de gente comum? Quais suas histórias, desejos e conquistas? Quais superpoderes do Super-Homem são mais interessantes do que um executivo de uma grande e bem sucedida empresa? Quem tem mais atividades: a Mulher-Maravilha ou a dona de casa, que acorda cedo, cozinha, leva seu filho para a escola e ainda deixa a casa em ordem? Uma cidade que não para está, sim, repleta de heróis disfarçados de pessoas normais, que batalham e soam a camisa para sobrevivência deles e de suas famílias. A mostra de fotos de Katia Arantes nos faz viajar pelo universo dos cartoons, onde o bem vence o mal e nos inspira a continuar com nossas vidas tão atarefadas.”

Marco Griesi



“Encontros no meio da multidão, desencontros em meio às máscaras. Heróis disfarçados, com pegadas no chão, pegadas invisíveis, porém marcantes, se é que me entendem. Conheci o trabalho da Katia Arantes por indicação de um amigo e, quando percebi, já estava apaixonada pelas histórias desses heróis, pela energia de cada um, com suas teias, seus poderes para voar, suas incansáveis lutas contra o mal, suas paixões proibidas, seus mistérios e seus poderes de Greiscow. E por que São Paulo? Por que as locações de uma cidade intensa, explosiva, viva, fugaz, heroína , incansável que amedronta e, ao mesmo tempo, tem o poder de nos fazer ir à frente, em busca, na luta? Essa é a maior comparação que podemos fazer desses heróis com a cidade de São Paulo, com os heróis que encontramos todos os dias, escondidos em ternos finos, em macacões de trabalhadores, pendurados em cordas, em arranha-céus, passando ao nosso lado com seus olhares destemidos, em busca do horizonte, do novo, da conquista. São os heróis urbanos que nos cercam nessa selva de pedra, louca e desvairada que tantos amam, se perdem e voltam a se encontrar para serem heróis de si mesmos!”

Deolinda Patrício

 

Serviço:

convite_eletronico



Exposição “Heróis Urbanos”

Autoria: Katia Arantes.

Curadoria: Marco Griesi e Deolinda Patricio.

Onde: Espaço Cultural Porto Seguro (Avenida Rio Branco, 1.489 – Campos Elísios/São Paulo/SP).

Visitação: de 15/5 a 28/7, de terça a sexta-feira, das 10h às 19h, e aos sábados e domingos, das 10h às 17h.

Entrada gratuita.
publicado por o editor às 14:57
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Junho de 2013

Desenhista José Aguiar lança história em quadrinhos e abre exposição na Gibiteca

 


O desenhista curitibano José Aguiar lança nesta terça-feira (4), às 19h, na Gibiteca de Curitiba, o livro de história em quadrinhos Folheteen – Direto ao Ponto. Na mesma noite, ele realiza uma palestra sobre o processo de criação do projeto e autografa a sua obra. Na quarta-feira (5), José Aguiar abre uma exposição reunindo originais, rascunhos e impressões dessa história em quadrinhos ambientada em Curitiba. O projeto foi viabilizado pelo edital do Mecenato Subsidiado (Lei Municipal de Incentivo à Cultura).  
O personagem principal de Folheteen é a adolescente Malu, que vive em um estranho mundo habitado por irmãos chatos, pais separados, amigos tapados e subempregos, que mais atrapalham do que ajudam. Essa adolescente, que se sente sempre fora de contexto, busca a si mesma numa Curitiba imaginária, que poderia ser qualquer cidade do planeta. Este livro narra uma nova história sobre como pode ser dura ou adorável a vida de alguém que não sabe ir direto ao ponto.
A história com a personagem Malu foi vencedora do I Concurso Internacional de Quadrinhos do Senac-SP, prêmio que lhe rendeu a publicação do seu primeiro livro – Folheteen (Devir, 2007). Depois, José Aguiar publicou a coletânea Folheteen - Tiras pra todo lado (Quadrinhofilia, 2012), uma antologia das suas melhores tiras publicadas no jornal Gazeta do Povo.  O livro Folheteen – Direto ao ponto é uma homenagem do autor aos 320 anos de Curitiba, onde seu livro é ambientado.
O curitibano José Aguiar é arte-educador formado pela Faculdade de Artes do Paraná e quadrinista premiado, com obras publicadas no Brasil e exterior. Atualmente publica as tiras Folheteen e Nada Com Coisa Alguma no jornal Gazeta do Povo, no qual também é colunista. Seu último trabalho foi o livro Reisetagebuch – Uma Viagem Ilustrada pela Alemanha. José Aguiar é curador e cocriador de dois eventos de difusão da cultura das histórias em quadrinhos: Gibicon – Convenção Internacional de Quadrinhos de Curitiba e Cena HQ, que realiza leituras dramáticas de HQs no Teatro da Caixa.
Serviço:
Lançamento, palestra e sessão de autógrafos do livro Folheteen – Direto ao Ponto, de José Aguiar.
Local: Gibiteca de Curitiba – Solar do Barão (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 – Centro).
Data e horário: 4 de junho de 2013 (terça-feira), às 19h.
Na noite do lançamento, o público poderá adquirir o livro em troca de uma lata de leite em pó que será revertida a uma instituição beneficente. A troca é limitada a apenas um exemplar por pessoa.
Abertura da exposição Folheteen – Direto ao Ponto
Local: Museu da Gravura Cidade de Curitiba – Solar do Barão (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533 – Centro) 2º andar.
Data e horário: 5 de junho de 2013 (quarta-feira), às 20h. Até 11 de agosto, de terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h; sábados e domingos, das 12h às 18h
Entrada franca
Informações: (41) 3321-3250
publicado por o editor às 00:24
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds