Terça-feira, 11 de Novembro de 2014

A Árvore do Halloween de Ray Bradbury

 

 


A Árvore do Halloween
de    Ray Bradbury
Título Original:     The Halloween Tree
Tradutor:     Natalie Gerhardt

Páginas:     160
Formato:     16 x 23 cm


O MESTRE DA FICÇÃO CIENTÍFICA RAY BRADBURY ESCREVENDO PARA JOVENS

Na noite do dia 31 de outubro, em uma pequena cidade dos Estados Unidos, oito garotos vestem suas fantasias e saem às ruas em busca de “Gostosuras ou Travessuras”. Ao perceberem o desaparecimento de um nono integrante, o grupo decide explorar a casa mal-assombrada do outro lado da imensa ravina. Nos fundos da propriedade, eles descobrem uma gigantesca e magnífica árvore, repleta de abóboras de diferentes tons, formas e tamanhos. Em cada uma delas, há um rosto talhado. Eles nem imaginam o que estão prestes a conhecer.

A trama, por meio de metáforas e personagens históricos, dá uma aula a respeito desta data tão comemorada ao redor do planeta. Os jovens, na perseguição pelo amigo desaparecido, viajam pelo tempo, passando pelo Egito Antigo, pela Grécia dos filósofos, e pela Paris medieval, aprendendo as origens do Halloween, bem como o porquê do terror, das mortes e das assombrações associados a ele.




um lançamento




 
publicado por o editor às 12:50
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Os 13 segredos (Vol. 3) de Michelle Harrison

 

 

Os 13 segredos (Vol. 3)
de Michelle Harrison


Título Original:The thirteen Secrets

Tradutor:Carolina Selvatici



Gênero:Juvenil

Coleção:Trilogia 13 tesouros

Páginas:392

Formato:16 x 23 cm




    
A AGUARDADA CONCLUSÃO DA TRILOGIA QUE CONQUISTOU MILHARES DE FÃS AO REDOR DO MUNDO

Depois de se mudar para o solar Elvesden, Red começou a usar seu nome verdadeiro, Rowan, e a fazer o possível para começar uma vida nova. Só que andar na linha está sendo mais difícil do que ela esperava, principalmente porque os mensageiros das fadas não a deixam em paz – não importa quantas proteções mágicas use para mantê-los afastados. Perseguida por aqueles que gostariam de vê-la novamente no mercado de changelings, Rowan também é assombrada por pesadelos com o chalé da Bruxa Solitária e o prisioneiro Eldritch, que jurou vingança quando a menina o deixou para trás.

Ao chegar à mansão para passar as férias, Tanya percebe que existe algo de errado com a amiga e decide descobrir o que ela está escondendo. Mas, quando o passado começa a perseguir Rowan, obrigando-a a embarcar em uma perigosa missão, será que Tanya conseguirá ajudá-la?



• Foi premiado com o Waterstone’s Children’s Book Prize – uma das mais importantes premiações britânicas direcionadas a livros infantis – e finalista de diversos outros prêmios como o Heart of Hawick Children’s Book Award 2010 e o Manchester Book Award 2010.

LANÇAMENTO




 


 

publicado por o editor às 20:00
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013

Os portões de John Connolly

 

   

Os portões

de  John Connolly

 

Título Original:     The Gates
Tradutor:     Dênia Sad

Páginas:     304
Formato:     16 x 23 cm
  

Como todas as suas obras voltadas para o público jovem, John Connolly, em Os portões, apresenta uma história extremamente criativa, com uma linguagem típica dos jovens e várias citações literárias importantes, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica. Como o próprio autor afirma, “um livro precisa, acima de tudo, ensinar às pessoas amar a literatura”. Escrito para um público mais novo do que o de O livro das coisas perdidas, sua obra anterior publicada pela Bertrand, mas, da mesma forma, original, o livro possui várias citações e mensagens subliminares ao longo de toda a trama. Connolly, conhecido por sua criatividade mágica, consegue novamente produzir uma história diferente de todas as demais do gênero. Os portões é uma narrativa divertida e mágica de um menino de 11 anos que, ao lado dos dois melhores amigos e seu cachorro, precisa evitar que os demônios vindos do inferno dominem o planeta Terra. O título do livro refere-se às portas que se abrem para a saída dessas criaturas malignas.  John Connolly mistura fantasia, humor e ciência numa história arrebatadora, que prova que aprender também pode ser muito divertido. Com certeza, todo leitor vai se divertir com as notas de rodapé do autor.  “Demoníaco e sombriamente cômico, salpicado de ciência, história e notas de rodapé engraçadas sobre todos os assuntos, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica.” (Daily Telegraph) “Chocante!” (Jeffrey Deaver) “Connolly tem uma mente repleta de histórias fantásticas.” (O Estado de S. Paulo)
 




O AUTOR
John Connolly
  nasceu em Dublin em 1968. É o autor irlandês mais conhecido pelo mundo na atualidade e o primeiro autor não americano a ganhar o prêmio US Shamus.



Lançamento







publicado por o editor às 21:06
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Os portões de John Connolly

 

   

Os portões

de  John Connolly

 

Título Original:     The Gates
Tradutor:     Dênia Sad

Páginas:     304
Formato:     16 x 23 cm
  

Como todas as suas obras voltadas para o público jovem, John Connolly, em Os portões, apresenta uma história extremamente criativa, com uma linguagem típica dos jovens e várias citações literárias importantes, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica. Como o próprio autor afirma, “um livro precisa, acima de tudo, ensinar às pessoas amar a literatura”. Escrito para um público mais novo do que o de O livro das coisas perdidas, sua obra anterior publicada pela Bertrand, mas, da mesma forma, original, o livro possui várias citações e mensagens subliminares ao longo de toda a trama. Connolly, conhecido por sua criatividade mágica, consegue novamente produzir uma história diferente de todas as demais do gênero. Os portões é uma narrativa divertida e mágica de um menino de 11 anos que, ao lado dos dois melhores amigos e seu cachorro, precisa evitar que os demônios vindos do inferno dominem o planeta Terra. O título do livro refere-se às portas que se abrem para a saída dessas criaturas malignas.  John Connolly mistura fantasia, humor e ciência numa história arrebatadora, que prova que aprender também pode ser muito divertido. Com certeza, todo leitor vai se divertir com as notas de rodapé do autor.  “Demoníaco e sombriamente cômico, salpicado de ciência, história e notas de rodapé engraçadas sobre todos os assuntos, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica.” (Daily Telegraph) “Chocante!” (Jeffrey Deaver) “Connolly tem uma mente repleta de histórias fantásticas.” (O Estado de S. Paulo)
 




O AUTOR
John Connolly
nasceu em Dublin em 1968. É o autor irlandês mais conhecido pelo mundo na atualidade e o primeiro autor não americano a ganhar o prêmio US Shamus.



Lançamento








publicado por o editor às 00:33
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Novembro de 2013

Namíbia, não! Texto teatral em um ato

 

 



Namíbia, não! 

Texto teatral em um ato

de Aldri Anunciação
Ano: 2012
Área: Literatura portuguesa

Edição:

Nº de Páginas: 159
Dimensões: 11 x 18 cm
Acabamento: Brochura
Peso: 220 g
Idioma: Português

Esta obra reúne texto, imagens de apresentações e fotos dos atores da peça Namíbia, não!, que marca a estreia de Aldri Anunciação como dramaturgo. Este texto logo se destaca por ser de ficção futurística, gênero não muito presente nos palcos, atraindo a atenção dos leitores e espectadores. Com bom humor e senso crítico, aborda a segregação racial: dois primos são surpreendidos por uma medida que determina que os cidadãos brasileiros com traços que indiquem ascendência africana devem ser capturados e devolvidos aos seus países de origem.

Aldri Anunciação conquista o Prêmio Jabuti de Literatura 2013, categoria Juvenil, pelo livro Namíbia,não!

Aldri Anunciação, com o seu livro Namibia Não!, é o vencedor do Prêmio Jabuti de Literatura 2013,categoria Juvenil. O resultado da 55ª Edição do Prêmio Jabuti foi divulgado hoje (17/10) e a cerimônia de entrega será realizada em São Paulo, dia 13 de novembro de 2013.

O Prêmio Jabuti de Literatura, um dos mais tradicionais da literatura no Brasil, contempla 27 categorias que vão de tradução e design gráfico de livros a temáticas específicas. Ao todo, foram avaliadas mais de 2 mil obras publicadas em 2012. No caso de Aldri Anunciação, a indicação (e agora premiação) foi para a categoria Literatura Juvenil, que considera o conteúdo da obra. Os critérios de avaliação na categoria em questão são: 1) construção de personagem e trama 2) ajuste para a idade a que se destina e 3) originalidade da ideia.

O livro foi oficialmente lançado na Bahia em março de 2012, após ganhar o Prêmio Braskem de Teatro 2011 de Melhor Texto. A obra foi adaptada para os palcos e contou com a direção de Lázaro Ramos, em estreia movimentada, em março de 2011, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves, na Bahia. Vale lembrar que em dezembro de 2012, através de votação popular, o Portal R7 considerou este o Melhor Texto de Teatro do ano também.

Os melaninas acentuadas estão arrebentando! Desde a primeira lista dos indicados ao Prêmio Jabuti, Namíbia, Não! - o livro - foi simplesmente o mais votado. Para o resultado final todos os pontos foram zerados e os 10 indicados passaram por nova votação, na qual Namíbia, Não! e Aldri Anunciação sairam vencedores.

Em novembro deste ano será publicada a versão em alemão pela editora FischerTheater Verlag, com tradução do renomado pesquisador e brasilianista Henry Thorau (tradutor responsável, do português para o alemão, pelas obras de Nelson Rodrigues)


 LANÇAMENTO

publicado por o editor às 21:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Outubro de 2013

DESTINOS de Aprilynne Pike

 


DESTINOS
de Aprilynne Pike


(Série Fadas #4)

    Depois de mais de um milhão de exemplares vendidos nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha e figurar nas principais listas de mais vendidos em vários países, “Destinos”, quarto volume da Série Fadas, é a conclusão da saga de fantasia que conquistou fãs em todo o mundo. Laurel sempre achou que fosse uma garota comum de Crescent City, Califórnia. Ela nunca poderia imaginar que há um mundo mágico chamado Avalon e que, nele, ela é uma fada. Depois de descobrir sua natureza não humana e enfrentar inimigos perigosos que queriam assassiná-la, a protagonista terá que lutar ao lado de seus amigos para evitar que Avalon seja destruída. Ao mesmo tempo, um momento crucial se aproxima na vida da jovem: ela terá de decidir, de uma vez por todas, entre o amor do humano David e o elfo Tamani. Ao produzir uma teia unindo mitologia e realismo, Aprilynne criou uma série incrível, emocionante e absolutamente maravilhosa. E, em virtude do realismo criado por ela e da narrativa intensa, o leitor terá a nítida sensação de estar na mente de Laurel, habitando o mundo mágico de Avalon.






Lançamento


publicado por o editor às 20:56
link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Outubro de 2013

O pesadelo (vol. 7)

 

 

O pesadelo (vol. 7)

de    Joseph Delaney

Título Original:     The Spook s Nightmare
Tradutor:     Ana Resende


Coleção:     As aventuras do Caça-Feitiço
Páginas:     320
Formato:     14 x 21 cm

Com seis volumes que encantaram e conquistaram fãs ao redor do planeta, muitos se perguntaram: é possível que Joseph Delaney ainda consiga surpreender o leitor? O pesadelo é a resposta perfeita à indagação. Até hoje, ele é considerado um dos capítulos mais importantes de As Aventuras do Caça-Feitiço, a história que provocou a maior reviravolta na série. 
Após a viagem à Grécia, o cenário para O pesadelo é outra vez o Condado. Mas tudo mudou, e uma grande surpresa os aguarda: o que era para ser um simples retorno à terra natal se transforma em um pesadelo das maiores proporções. A fuga para a Ilha de Mona não sairá impune; afinal, o local não é deserto, e logo o trio descobrirá que há uma criatura nativa nada amigável.  
Além de um enredo sombrio e muita ação, As Aventuras do Caça-Feitiço tornou-se mania entre os jovens devido à qualidade de Joseph Delaney, que elaborou um rol de personagens bem-elaborados e um mundo mágico impressionante. 
Os títulos anteriores são: O aprendiz, A maldição, O segredo, A batalha, O erro e O sacrifício.

Lançamento


publicado por o editor às 01:22
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Julho de 2013

Reestréia do espetáculo Avenida Q será no dia 6 de julho

 

Atenção:

 

A reestréia do espetáculo Avenida Q

 

será no dia 6 de julho,

 

sábado, às 16h, no Teatro Sérgio Cardoso

 



Sucesso em todo o Brasil,

visto por mais de  200.000.00 espectadores,

musical volta a São Paulo

em curta temporada popular

AVENIDA Q

Estreia no dia 6 de julho,sábado, às 16h

Recomendação: 14 anos





Sucesso de crítica e público em cidades como em Londres e Nova Iorque, onde lota diariamente o Golden Teather desde 2.003, Avenida Q é um retrato irreverente e politicamente incorreto da sociedade contemporânea.



Apesar de apresentar no palco a interação entre bonecos e atores, ele é indicado, e até recomendado, para maiores de 14 anos, por abordar temas atuais, como: a descoberta do sexo e do amor, a homossexualidade, o desemprego, a navegação na Internet, especialmente em busca de pornografia, entre outros, vão dando vida a uma galeria de tipos que travam uma árdua luta pela sobrevivência, mas sem nunca perder o bom humor.



O personagem principal desta história é Princeton, um jovem recém formado, de olhos vivos e brilhantes, que tem pouco dinheiro e muitos sonhos.



Ele acaba indo morar na Avenida Q, endereço onde consegue pagar o aluguel, e acaba encontrando vizinhos receptivos: o casal de noivos Brian e JapaNeuza (ele desempregado e com sonho de ser comediante e ela uma psicóloga que não têm pacientes), Nick e Rod (companheiros de quarto, sendo que Rod guarda um grande segredo pessoal), Trekkie (um monstro viciado em internet), Katie (uma linda professora-assistente do jardim de infância) e o zelador Gary (Gary Colleman, um menino que fez sucesso na TV).



No desenrolar da história, Princeton se depara com as dificuldades que surgem no dia a dia e fica numa grande dúvida quanto ao rumo que deve tomar em sua vida


A História do espetáculo



Avenida Q começou sua carreira no circuito off - broadway, no Vineyard Theatre, em Março de 2003, onde ganhou opiniões entusiasmadas e foi prorrogada mais de quatro vezes.



Ganhou o Prêmio Lucille Lortel Outstanding New Musical em 2003, bem como uma nomeação para o prêmio Outer Critics Circle Outstanding Off-Broadway Musical. A carreira na Broadway, no Golden Theatre, começou em 11 de Julho de 2003 com as pré-temporadas e com lançamento em 31 de julho de 2003.



Em uma repetição das suas realizações em New York, durante o 2.004 TONY AWARDS em que ganhou, entre outros, o prêmio de Melhor Musical, em Londres Avenue Q bateu toda a concorrência e ficou com o Variety Club Award 2006. Anunciado em uma cerimônia no Hotel Savoy no domingo, 19 de novembro, o Prêmio foi recebido por todo o elenco.



Sucesso de crítica e público em diversas cidades como em Londres e Nova Iorque, onde lota diariamente o Golden Teather desde 2.003.







Serviço

Avenida Q

.Texto: Jeff Whitty

.Versão Brasileira Original: Claudio Botelho

.Direção Original: Charles Möeller

.Direção Geral: Christina Trevisan

.Direção Musical e Preparação Vocal: Adriano DiSidney

Elenco: Marilice Cosenza / Roberto Donadelli / Will Anderson /

Leandro Lacava / Carla Masumoto / Adriano DiSidney

Andreza Medeiros / Rafael Pucca / Marcos Lanza

Talitha Pereira / Andrei Presser

Reestreia: dia 6 de julho de 2013, sábado, às 16h.

Temporada: até 25 de agosto

Horários: quartas e quinta feiras às 21h

e  aos sábados e domingos, às 16h.

. Classificação etária: Indicado para maiores de 14 anos

. Duração: 2h15

Gênero: Comédia Musical

Capacidade: 856 lugares

. Preços: R$ 40,00 inteira e R$20,00 meia entrada

.Bilheteria do teatro: De quarta a domingo a partir das 14 hs até a hora do espetáculo

.Vendas antecipadas: De quarta a sábado das 14 ás 19 hs

Local: Teatro Sergio Cardoso – Sala Sergio Cardoso

Rua Rui Barbosa, 153 - Bela Vista - SP

(11) 3288 0136

Vendas pela Internet: Ingresso Rápido

www.ingressorapido.com.br

4003.1212

















FICHA TÉCNICA

AVENIDA Q

.Letras e Musicas

Robert Lopez e Jeff Marx

.Texto

Jeff Whitty

.Baseado na idéia Original de

Robert Lopez e Jeff Marx

.Versão Brasileira

Claudio Botelho

.Direção Original

Charles Möeller

.Direção Geral

Christina Trevisan

.Direção Musical e Preparador Vocal

Adriano DiSidney

.Coordenação de Manipulação de Bonecos

João Bresser

.Bonecos Concebidos e Desenhados por

Rick Lyon

.Cenário

Rogério Falcão

.Figurinos

Mareu Nitschke

.Iluminação Original

Paulo César Medeiros

.Designer de Som Original

Marcelo Claret

.Orquestrações

Stephen Oremus

.Vídeos

Renato Jabuka

O elenco do espetáculo musical Avenida Q,

para o Brasil, é composto por:

.Roberto Donadelli

(Princeton e Rod)

.Marilice Cosenza

Kate Monstra e Lucy De Vassa

.Jonathas Joba

(Brian)

.Leandro Lacava

(Nick e Trekkie Monstro)

.Carla Masumoto

(Japa Neusa)

.Adriano DiSidney

(Gary Coleman)

.Andreza Medeiros

(Ursinha do Mal, Trekkie Monstro / “Kate Monstro, Lucy De Vassa” (Swing)

.Rafael Pucca

(Ursinho do Mal / “Princeton, Rod” (Swing)

.Will Anderson

(“Brian” (Swing)

.Marcos Lanza

(“Trekkie Monstro / Nicky e Ursinho do Mal Azul” (Swing)

.Talitha Pereira

(“Japa Neusa / Ursinha do Mal / Dona Coisa Ruim” (Swing)

.Andrei Presser

(Teclado 01)

.Confecção Das Cabeças Gigantes

Fernando Gomes

.Confecção das Caixinhas Cantantes

LFC Bonecos

.Confecção do Inflável

Air Show

.Cenógrafa Assistente

Natália Lana

.Cenotecnico

André Salles e Equipe

.Cenotecnico - SP

Jorge Basto

.Produção de Objetos e Adereços

Natália Lana

.Pintura Cenográfica

Naira Santana

.Pintura Cenográfica - Manutenção - SP

Fabinho Nascimento

.Ilustrações de Plotagens

Barbara Lana

.Assistente de Figurino

Priscila Peliks

.Costureira – SP

Raimundo – Erivelto

.Visagismo

Beto Carramanhos

.Perucaria

Simone Momo

.Iluminador Assistente

Darhiel Souza

.Sonoplastia

Marcelo Claret

.Camareira

Rita Andrade

.Contrarregras

André Ferreira

Rogério Febraio

.Operador de Luz

Leandro Justino

.Operador de Som

Bruno dos Reis

.Microfonista

Felipe Marcondes

.Direção de Técnica

Giselle Said

.Programação Visual e Fotos

Erik Almeida

.Gestão Cultural

Via Cultura

.Assistente de Produção

Elis Braga

.Direção de Produção

Valdir Archanjo

Ubirajara Saide
publicado por o editor às 01:24
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Junho de 2013

Bom de briga de Markus Zusak

 


   

Bom de briga

de  Markus Zusak   

Páginas:     208
Formato:     14 x 21 cm




Na continuação do sucesso O azarão, Markus Zusak apresenta o emocionante Bom de briga. Se no primeiro título o autor traz um romance de formação de um jovem incorrigível, infeliz consigo mesmo e com sua condição marginalizada, agora ele exibe dois irmãos em busca de um propósito na vida.

 Bom de briga retrata a evolução dos irmãos Cameron e Ruben Wolfe como seres humanos. No primeiro livro, a dupla estava sempre atrás de algo errado para fazer. Dessa vez eles entram no mundo das lutas amadoras de boxe, buscando independência para suas vidas. Enquanto Ruben mostra um talento nato para a coisa, o outro tenta apenas sobreviver.

 Tudo que é ruim é normal no dia a dia da família Wolfe: como os silêncios, as brigas, a pobreza, a mediocridade. Eles já se acostumaram com isso e sempre têm uma justificativa para tanto. Cameron, o mais novo, é o exemplo do jovem batalhador. Desde cedo apanha e se levanta, mostrando que o que importa não é a força da pancada, mas se você tem a força necessária para se reerguer.

 É interessante notar como Zusak intercala, dentro do mesmo capítulo, cenas do passado e do presente dos personagens, ressaltando a diferença dos seus sentimentos ao longo do tempo.



O AUTOR
Markus Zusak nasceu em 1975 em Sydney, Austrália. É filho de imigrantes e caçula de quatro irmãos. Passou a maior parte de sua infância jogando futebol e brigando com seus irmãos e amigos, mas começou a escrever aos dezesseis anos. Estudou na universidade durante quatro anos, mas estava mais preocupado com sua escrita. Vive em Sydney onde é professor em meio período.





Lançamento





 

publicado por o editor às 00:41
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Maio de 2013

A montanha prateada de Catherine Cooper

 



A montanha prateada

de Catherine Cooper


Título Original: Silver Hill
Tradutor: Maria de Fátima Oliva Do Coutto

Coleção: As aventuras de Jack Brenin
Páginas: 280
Formato: 16 x 23 cm




Leitura obrigatória para os fãs de aventura e magia

Após A Noz de Ouro e O Portal de Glasruhen, Catherine Cooper, autora vencedora do Brit Writers Awards, apresenta o volume mais esperado da série As Aventuras de Jack Brenin: A montanha prateada. Presente nas principais listas de mais vendidos da Inglaterra, a série já vendeu mais de 500 mil exemplares no Reino Unido.

Tentando equilibrar as exigências da sua vida “real” e as necessidades e obrigações que tem como O Eleito de um universo mágico, Jack Brenin precisará evitar sozinho que os últimos dragonetes restantes na Terra sejam assados em um banquete dos Spriggans. Usando seu Livro das Sombras como guia e com seus amigos Camelin, o corvo, e Timmery, o morcego, Jack parte para o ataque na montanha prateada.

Neste terceiro volume, Jack terá que explorar o seu potencial ao máximo, tomar atitudes maduras e decisões importantes, além de enfrentar enormes desafios para ajudar seus amigos e, por fim, resolver os problemas em Annwn.

Catherine criou uma história para todas as idades que fará com que os mais velhos e mais experientes sejam transportados à época de uma juventude já esquecida. A trama é bem-elaborada e rapidamente os leitores perderão as noções de tempo e espaço. Alguns dos ingredientes que tornam a obra tão especial são o senso de magia e o charme intrínseco à narrativa.

A série As aventuras de Jack Brenin já vendeu mais de 3 milhões de exemplares em todo o mundo.

Saiba mais em www.asaventurasdejackbrenin.com.br

A AUTORA
Nascida em Wellinton, Shropshire, Catherine Cooper foi professora primária durante 29 anos antes de decidir que adoraria escrever para crianças. Até o momento, publicou três livros que promoveu e distribuiu sozinha. O amor de Catherine por história, mitos e lendas e pela região rural de Shropshire ganham brilho graças a suas encantadoras histórias.


Lançamento










  

********
 
publicado por o editor às 02:48
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds