Quinta-feira, 13 de Junho de 2013

Mary Del Priore lança livro em Curitiba

 

 


A escritora e historiadora Mary del Priore estará em Curitiba na próxima terça-feira, dia 18, para debate e lançamento do livro “Castelo de Papel” (Rocco), que narra a biografia cruzada da Princesa Isabel e seu marido, o Conde D’ Eu. O encontro, que tem entrada franca, acontece às 19h30, no Teatro Regina Vogue, sendo realizado dentro do projeto Sempre Um Papo, que conta com o patrocínio da Volvo.

“Castelo de Papel”

Ele, um nobre europeu, neto do último Rei da França. Ela, obediente filha e herdeira do Império do Brasil. Em comum, a formação rígida e a devoção religiosa. A união por interesses familiares não impediu, no entanto, que fossem apaixonados por toda a vida, representando o retrato acabado do romance do século XIX.

Através da história dos dois, o livro revela a tensa atmosfera de um mundo em transição. Na Europa, monarquias estavam em crise e a industrialização criava um proletariado cada vez mais ativo. A nobreza defendia seus direitos em arranjos familiares e alianças dinásticas. Enquanto no Brasil, o Império parecia imune aos novos ventos.

Junto com seu tempo, o casal também muda. Das rusgas com o sogro, à atuação controversa na Guerra do Paraguai, o jovem príncipe descobre aos poucos que, embora a monarquia resista no novo mundo, ela parece mais identificada com o novo sistema burguês do que o Antigo Regime. A princesa, obediente e reclusa, acaba por assinar a Lei Áurea, que a tornaria inesquecível na História do Brasil.

Baseado em uma vasta documentação, o livro reconstrói o mundo que dava sentido ao romance dos dois personagens, conduzindo o leitor a um dos períodos mais interessantes de nossa história. Um tempo onde reis perdiam suas coroas, barões eram aposentados de sua grandeza, mas que, como mostra o romance, príncipes e princesas ainda casavam e eram felizes para sempre.

Mary Del Priore é especializada em História do Brasil, reconhecida por transformar fatos históricos em crônicas. Com mais de 20 livros publicados, Mary recebeu diversos prêmios, entre eles o Jabuti por “História da Vida Privada” e “História das Mulheres no Brasil”. Publicou também “Uma Breve História do Brasil”, em conjunto com Renato Venancio, e o mais recente, “A Carne e o Sangue – A imperatriz D. Leopoldina, D. Pedro I e Domitila, a Marquesa de Santos”. Lecionou em diversas universidades do país e continua dando aulas. Atualmente, mora em uma chácara, na região serrana do Rio.

Sempre Um Papo

Há 27 anos, o "Sempre Um Papo – Literatura em Todos os Sentidos” promove a difusão do livro e seu autor. Já atuou em mais de 30 cidades brasileiras, tendo realizado mais de 4.500 eventos com um público presente estimado em 1,5 milhão de pessoas. O encontro presencial converge para a televisão, sendo exibido, todo sábado e domingo, há 10 anos, na TV Câmara. Desdobra-se para a série de DVDs educativos “Cultura Para a Educação”, em sua quinta edição, distribuída para mais de 6.000 escolas brasileiras. E no site www.sempreumpapo.com.br, estão disponíveis mais de 400 programas com escritores brasileiros e internacionais, gratuitamente, além de diversos seminários, na íntegra.


Serviço:

Sempre um Papo com Mary Del Priore

Dia: 18 de junho de 2013, terça-feira, às 19h30

Local: Teatro Regina Vogue - Avenida 7 de setembro, 2775, Shopping Estação

Entrada Franca

Informações: (41) 2101.8292 – www.sempreumpapo.com.br
publicado por o editor às 19:29
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Notícias Rocco


ROCCO NO
PORTUGAL
TELECOM
O escritor e jornalista
Bernardo Ajzenberg
é um dos dez finalistas
do Prêmio Portugal
Telecom com o seu
sétimo livro, o romance
Olhos secos, publicado
pela Rocco no ano
passado. O livro
conta a história de
um homem dividido
entre o passado e o
presente; entre o desejo
de partir e voltar para
casa; entre as tradições
da família judia e suas
próprias escolhas; entre
a admiração e o ódio
ao próprio pai; entre
a passividade de seu
temperamento e a
necessidade de reagir
às ameaças que passa
a sofrer de um cliente
do cartório em que
trabalha. Os três
livros vencedores
serão anunciados
no dia 8 de novembro.





NO PRELO


Azul-corvo, Adriana Lisboa


A libélula dos seus oito anos, Martin Page


O guia da Alagaësia de Eragon, Christopher Paolini




 

publicado por o editor às 14:29
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

NOVIDADES


CLARICE NA
BIENAL
Clarice Lispector
é a grande homenageada
da XXI Bienal de
São Paulo,
que começou na
última quinta-feira.
Entre os eventos
dedicados à autora,
estão a mesa “Clarice
na cabeceira”, tema
que dá título a recente
lançamento da Rocco,
com Affonso Romano
de Sant’Anna, José
Castello, Bianca
Ramoneda e Teresa
Montero falando
sobre seus contos
preferidos de Clarice,
neste domingo,
dia 15, às 19 horas.
Já na quarta-feira, dia 18,
às 17 horas, a biógrafa
Teresa Montero, autora
de Eu sou uma pergunta,
divide a mesa “Itinerários
de Clarice” com Nádia
Gotlib. Ambos
os encontros
acontecerão no Salão
de Ideias.


FALA SÉRIO,
THALITA!
Uma das mais
bem-sucedidas autoras
infantojuvenis do país,
Thalita Rebouças
também será destaque
na programação da Bienal
de São Paulo.
A autora contará
como realizou o
sonho de se tornar
uma “fazedora de
livros” na mesa
“Fala sério, Thalita!”,
neste domingo, às 15
horas, no Salão de Ideias.
Além disso, Thalita
autografará seus
sucessos (com distribuição
de senhas) no sábado,
dia 14, das 15 às
18 horas, e no
domingo, dia 15,
das 16:30 às 18:30,
no estande da Rocco.


MAIS UM LIVRO
NO CINEMA
O livro Guerra
mundial Z será
adaptado para
o cinema, segundo
confirmou o autor
Max Brooks durante
o Comic-Con, evento
de cultura pop
realizado em San
Diego. O ator Brad
Pitt foi confirmado
para estrelar o
longa-metragem,
que deve chegar
aos cinemas em
julho de 2012.
Recém-lançado pela
Rocco, o livro
mostra um integrante
da ONU viajando
pelo mundo recolhendo
relatos de sobreviventes
após conflito envolvendo
humanos e zumbis.





NO PRELO


Azul-corvo,
Adriana Lisboa


A libélula dos seus oito anos,
Martin Page


Latitudes piratas,
Michael Crichton

LANÇAMENTO DA

tags:
publicado por o editor às 10:13
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

A SERPENTE NO JARDIM de Janet Gleeson



A SERPENTE NO JARDIM
de Janet Gleeson


Páginas:392


Concentrado em uma tela, o retratista Joshua Pope é surpreendido no meio da noite por uma mulher misteriosa que entra furtivamente em seu estúdio. Encapuzada e pouco disposta a se identificar, ela mostra ao pintor um colar de esmeraldas em forma de serpente que o faz tremer. A joia traz lembranças de um episódio, ocorrido há mais de 20 anos, que ele preferia ter esquecido por completo. É justamente sobre esses acontecimentos que a visitante quer conversar. Ela pretende pagar com o exótico colar qualquer informação que ele possa lhe dar. Sem aceitar o objeto, ele propõe à mulher outra forma de pagamento: se ele escrever tudo o que lembra, ela concordará em dizer quem é e o motivo do pedido. São as memórias de Joshua Pope que a escritora do Sri Lanka, radicada na Inglaterra, apresenta no thriller histórico A serpente no jardim.

Vinte anos antes, meses após perder a mulher e o filho em um acidente no Tâmisa, Joshua Pope foi contratado para pintar o retrato do casal de noivos Herbert Bentnick e Sabine Mercier. No verão de 1766, Pope partiu para a ampla propriedade de Bentnick, nos arredores de Londres. Nem bem a pintura foi iniciada, a morte de um homem desconhecido abalou a tranquilidade do lugar. Para aumentar a tensão, o colar mais estimado de Sabine desaparece logo depois dela tê-lo confiado ao retratista. Pope é acusado de ladrão por Bentnick. Só lhe resta uma alternativa: investigar o que realmente aconteceu para provar sua inocência.

Quanto mais informações reúne, mais a história complica-se. Pope descobre que um processo judicial está ligado ao colar. Sabine era casada com Charles Mercier e morava em Barbados, no Caribe, quando ganhou a joia. Após a morte do marido, ela toma conhecimento de que ele deixara a joia para uma filha que teve muitos anos antes. Revoltada, Sabine decide ignorar o testamento. A moça injustiçada contrata então advogados para ter não só o colar, mas a herança deixada pelo pai. Nesse meio-tempo, Jane e Herbert Bentnick viajam a Barbados e conhecem Sabine, renomada produtora de abacaxis. Durante a viagem, Jane adoece e morre. Sabine consola Bentnick. Quando decide retornar à Inglaterra, ele pede Sabine em casamento.

Na Inglaterra, Sabine deixa de lado o processo movido pela filha bastarda do antigo marido e concentra-se nos preparativos do casamento. O assunto, porém, volta à tona da pior maneira quando um homem é encontrado morto na estufa de seus amados abacaxis. Por meio de sua investigação, Joshua Pope descobre que se trata de um dos advogados contratados pela moça para reaver o colar que agora se encontra desaparecido. O retratista descobre também que a joia guarda uma maldição. Está montado o cenário ideal para uma história de suspense de tirar o fôlego, um quadro mais rico em nuances do que qualquer outro jamais imaginado por Joshua Pope, mas cujo mistério ele terá que desvendar.


A AUTORA Janet Gleeson nasceu no Sri Lanka, onde seu pai era plantador de chá. Formou-se em história da arte e, em 1991, ingressou na Reed Books, onde foi responsável pela idealização e redação de Miller’s Antiques & Collectibles. Já trabalhou em casas de leilão famosas, como a Sotheby’s, onde era responsável pelo departamento de pintura impressionista, e a Bonham’s. Trabalhou também, ainda no setor de antigüidades, em diversas revistas britânicas, como a House & Garden e a The Antiques Collector. Atualmente, ela vive em Londres.

Dela, a Rocco já publicou O arcano, O inventor de papel e A caixa de granadilho, seu primeiro romance.

LANÇAMENTO DA

 

publicado por o editor às 15:15
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

NOVIDADES


LIVRO DE 50 CENT
SAI PELA ROCCO
O rapper nova-iorquino
50 Cent, que está em
turnê pelo Brasil, também
poderá ser encontrado
nas livrarias de todo
o país a partir de agosto.
A 50ª lei, escrito pelo
rapper em parceria
com Robert Greene,
autor do bestseller
As 48 leis do poder,
chega às prateleiras
pela Rocco. O livro
é um guia para
o sucesso na vida
e nos negócios baseado
na trajetória de superação
de 50 Cent, que teve
uma infância pobre e
se envolveu com o
tráfico de drogas e a
criminalidade. O livro tem lançamento previsto
para agosto, pela
Editora Rocco.



PRÓXIMO LIVRO DE SILVIANO SANTIAGO
Já estão na Rocco os
originais do próximo
livro do escritor, professor, crítico literário e ensaísta
Silviano Santiago.
Três vezes vencedor do
Jabuti – com Em liberdade
(romance, 1982), Uma
história de família
(romance, 1993)
e Keith Jarret no
Blue Note (contos, 1997),
Silviano acaba de
receber o Prêmio
Governo de Minas
Gerais de Literatura
pelo conjunto de
sua obra. Seu romance
mais recente,
Heranças, recebeu
o Prêmio ABL de
Ficção 2009 e ficou
entre os finalistas do
Jabuti e do Portugal
Telecom. O novo livro,
uma coletânea de
contos intitulada
Anônimos, chega às
lojas em agosto,
elevando para
14 o número de
títulos do autor
publicados pela Rocco.



NO PRELO


A Lei,
John Grisham


Latitudes piratas,
Michael Crichton


Sudd,
Gabi Martínez

 

publicado por o editor às 00:42
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 14 de Julho de 2010

JOGOS VORAZES de Suzanne Collins



JOGOS VORAZES
de Suzanne Collins


Páginas:400


Mistura de ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia com muita ação e aventura, Jogos vorazes é o novo fenômeno da literatura jovem. Com um mote surpreendente, o livro, que está há mais de 85 semanas na lista de mais vendidos do The New York Times e de outras publicações de prestígio dos EUA, ganhou elogios de Rick Riordan, Stephenie Meyer e outros formadores de opinião e rendeu à autora Suzanne Collins lugar na badalada lista de 100 personalidades mais influentes do ano da revista Time.

Ambientado num futuro sombrio, Jogos vorazes é pioneiro de uma tendência que vem ganhando força no mercado de best sellers juvenis: a dos romances distópicos e pós-apocalípticos. Primeiro volume de uma trilogia, o livro narra uma luta mortal encenada por crianças e transmitida ao vivo para todos os habitantes de uma nação construída sobre as ruínas de um lugar anteriormente conhecido como América do Norte. Com sua narrativa ágil e ousada, Jogos vorazes foi traduzido para mais de 30 idiomas e vem atraindo leitores de diversas faixas etárias.

Constituída por uma suntuosa Capital cercada de 12 distritos periféricos, a nação de Panem se ergueu após a destruição dos Estados Unidos. Como represália por um levante contra a capital, a cada ano os distritos são forçados a enviar um menino e uma menina entre 12 e 18 anos para participar dos Jogos Vorazes. As regras são simples: os 24 tributos, como são chamados os jovens, são levados a uma gigantesca arena e devem lutar entre si até só restar um sobrevivente. O vitorioso, além da glória, leva grandes vantagens para o seu distrito.

Quando Katniss Everdeen, de 16 anos, decide participar dos Jogos Vorazes para poupar a irmã mais nova, causando grande comoção no país, ela sabe que essa pode ser a sua sentença de morte. Mas a jovem usa toda a sua habilidade de caça e sobrevivência ao ar livre para se manter viva. As reviravoltas do jogo e as dificuldades enfrentadas pela protagonista levam os leitores a sofrer junto com ela, enquanto descobrem um pouco sobre seu passado e seu relacionamento com Peeta Mellark, o outro tributo enviado pelo Distrito 12 para lutar nos Jogos Vorazes.

Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade do espetáculo atual e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador.

A AUTORA
Suzanne Collins
nasceu nos Estados e vive com a família em Connecticut. Ela começou sua carreira escrevendo roteiros infantis para o canal Nickelodeon e atualmente trabalha no terceiro volume da série Jogos Vorazes.




LANÇAMENTO DA

 

publicado por o editor às 13:30
link do post | comentar | favorito

ENTRE VIVOS E MORTOS de Amy Mackinnon



ENTRE VIVOS E MORTOS
de Amy Mackinnon


Páginas:256


Clara Marsh tem uma profissão no mínimo excêntrica. Ela é responsável por remover, transportar e melhorar a aparência de corpos mortos, preparando-os para o velório. Protegida por Linus, dono da Funerária Bartholomew, e pela sua esposa Alma Victorian, ela luta para dar sentido à vida e entender a complexa rede de sentimentos que une as pessoas. Este é o mote do romance Entre vivos e mortos, livro de estreia da norte-americana Amy Mackinnon. Com domínio narrativo surpreendente, a autora aborda com segurança e sensibilidade questões controversas e delicadas, como a convivência com a rotina da morte, a pedofilia e o maus-tratos a crianças e adolescentes.

Cética e presa a duras lembranças, a contida vida de Clara começa a mudar quando ela conhece Trecie, de apenas oito anos. Brincando no salão de um velório, a garota, abandonada, implora por carinho. A vida da garota, no entanto, parece estar cruelmente ligada à de outra garota, cujo corpo, abandonado na floresta e nunca identificado, ganhou o apelido de Flor sem nome. A retomada da investigação em torno deste caso traz à tona mais do que Clara gostaria de encarar – seus próprios fantasmas.

Escrito em primeira pessoa, Entre vivos e mortos traça o perfil da agente funerária Clara de modo contundente. Oscilando entre o passado e o presente, a autora revela aos poucos os paradoxos de sua existência, marcada por traumas de infância, que a levam a se identificar com as crianças que são vítimas de adultos perversos e inescrupulosos. Tudo o que ela deseja no fundo é protegê-las. Mas não se sente capacitada para tal tarefa.

No corpo e na alma de Clara convivem a frieza e o cálculo, indispensáveis na sua profissão, mas também a carência e a necessidade de entregar-se à vida, encarando-a de frente. E é este paradoxo, que mostra as fragilidades de uma mulher tentando o tempo todo negar seus sentimentos, que torna o romance de estréia de Amy Mackinnon extremamente envolvente, capaz de levar o leitor a lê-lo num só fôlego.

A AUTORA
AMY MACKINNON
mora em Boston, com marido e três filhos. Para saber mais sobre a autora, acesse www.amymackinnon.com .


LANÇAMENTO DA

 

publicado por o editor às 13:29
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Junho de 2010

O TORCEDOR ACIDENTAL de Artur Xexéo



O TORCEDOR ACIDENTAL
de Artur Xexéo

Páginas:176


Espalhadas pela redação do diário carioca O Globo, diversas TVs ficam ligadas o dia inteiro e às vezes concentrando uma pequena plateia diante delas. Sem surpresa para ninguém, por ali as transmissões de jogos de futebol têm um dos ibopes mais altos. No entanto, o cronista Artur Xexéo, quatro Copas do Mundo no currículo, dificilmente vai ser encontrado nessas rodinhas de espectadores. Vai estar dois ou três televisores mais ao fundo da redação, totalmente vidrado numa trama de Gilberto Braga, nas táticas de guerra dos participantes do Big Brother Brasil ou, como não?, nos conflitos de Sally Field e sua grande família na série Brothers & Sisters.

É o olhar desse tricolor que, ainda de calças curtas, nos anos 1950, elegeu seu último grande ídolo no futebol há 50 anos, o goleiro Castilho, que o leitor vai encontrar em O torcedor acidental, livro que reúne, em 21 crônicas inéditas, memórias das andanças do cronista carioca durante suas quatro coberturas de Copa do Mundo (Estados Unidos, 1994; França, 1998; Coreia/Japão, 2002; e Alemanha, 2006). Como o próprio Xexéo ressalta (e o colunista esportivo Fernando Calazans testemunha no prefácio do livro), futebol é apenas o pano de fundo para suas coberturas do Campeonato Mundial de Futebol. Para usar uma palavra da moda, o cronista vai buscar a matéria-prima para seus textos na periferia dos palcos principais, longe dos fortes holofotes dos estádios.

Nas quatro Copas, Artur Xexéo bateu muita perna, caçando assuntos “estranhos” para abastecer suas crônicas para o Jornal do Brasil (1994 e 1998) e O Globo (2002 e 2006). Nunca voltou sem uma história, mesmo quando confinado, na Alemanha, num lugar onde nos 180 graus à sua frente só se viam morangos e, nos outros 180, aspargos. Tudo com aquela mistura de humor ferino e nostalgia que marca os textos do escritor. Também em O torcedor acidental, o leitor vai encontrar causos hilariantes como o da camareira marroquina cuja libido foi posta em ebulição por Luis Fernando Verissimo, uma visita a um castelo alugado por Gilberto Gil, o labirinto em que pode se transformar as ruas de uma cidade no Japão ou a vez em que Frank Sinatra pediu aflito a Xexéo que lhe apontasse o banheiro do estádio.

Outro trunfo deste segundo projeto editorial solo de Artur Xexéo – o primeiro foi uma biografia de Janete Clair – é revelar ao leitor um pouco do seu dia a dia e de seus colegas de equipe (na Alemanha, por exemplo, a delegação de O Globo contava 23 pessoas, entre repórteres, editores, colunistas e cronistas): “Seguir o circo da seleção brasileira na Copa do Mundo é levar vida de tartaruga. Você bota a casa nas costas e vai em frente.”

Lançamento mais do que oportuno, O torcedor acidental – título que alude ao bestseller de Anne Tyler O turista acidental, sobre um escritor de guias de viagens – reafirma todas as qualidades que fizeram de Artur Xexéo um dos cronistas mais admirados da imprensa brasileira.


O AUTOR
Artur Xexéo




Carioca nascido em 1951 no bairro da Urca e criado em Copacabana, o jornalista Artur Xexéo torce pelo Fluminense e pela escola de samba Vila Isabel. Trabalhou no Jornal do Brasil, nas revistas Veja e IstoÉ. Escreve no jornal O Globo há quase uma década, onde assina uma coluna de artes e cultura, além de colaborar com outros veículos de comunicação.


LANÇAMENTO DA






*******

 

publicado por o editor às 14:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

FELICIDADE À PARTE de Lolly Winston



FELICIDADE À PARTE
de Lolly Winston


Páginas:320


Um caso extraconjugal é o fio condutor do livro Felicidade à parte, de Lolly Winston. Em seu segundo romance, a autora de Doce lamento mostra personagens que poderiam ser encontrados facilmente na vida real, imersos em uma narrativa envolvente que levanta uma série de questões relacionadas ao casamento e à vida a dois. Ao longo das páginas, os leitores testemunham o doloroso processo de três pessoas reconhecendo os próprios erros e buscando um modo de consertá-los.

Logo no primeiro capítulo, Elinor Mackey, uma advogada bem-sucedida, descobre que Ted, seu marido, tem um romance com Gina, professora de ginástica da academia onde ele se exercita. Chocada, ela fica sem saber o que fazer, até que decide surpreender Ted e a amante colocando-os frente a frente. Ele termina o caso, mas Elinor precisa de um tempo sozinha para refletir sobre sua vida e o que fazer dali em diante.

Emocionalmente exausta depois de três anos de tentativas de fertilização artificial, que resultaram em um aborto espontâneo, Elinor percebe que tanto sua vida pessoal quanto a profissional foram abaladas pelo esforço para engravidar. Aos poucos, ela foi se afastando do marido, que encontrou em Gina alguém que precisava dele e lhe dava o carinho e a atenção ausentes em seu casamento.

Paralelamente, vemos que a trajetória de Gina também não é das mais fáceis. Mãe solteira de Toby, um garoto de 10 anos, ela acumula relacionamentos malsucedidos, que incluem um ex-namorado alcoólatra e extremamente ciumento. Quando o filho começa a ter problemas na escola, ela pede a Ted que ajude o menino a entender algumas matérias. Incapaz de recusar o pedido da ex-amante, ele concorda, sem desconfiar que isso acabaria por reaproximá-los.

Os perfis psicológicos dos personagens de Felicidade à parte estão entre os trunfos da obra. Lolly Winston consegue fazer com que o trio de protagonistas conquiste a simpatia dos leitores, que ficam tão divididos quanto Ted diante das duas mulheres que ama.



A AUTORA
Lolly Winston
nasceu e foi criada na cidade de Hartford, no Connecticut. É mestra em Escrita Criativa pelo Sarah Lawrence College. Viveu no Havaí durante oito anos, onde trabalhou como copywriter. É jornalista freelancer e atualmente reside com o marido na Califórnia.

LANÇAMENTO DA

 

publicado por o editor às 01:21
link do post | comentar | favorito

Novidades na ROCCO


BOOK TRAILER
DE PATRÍCIA
MELO

O book trailer do
mais novo lançamento
de Patrícia Melo,
Ladrão de cadáveres,
já está no ar no
You Tube. O vídeo
tem narração do
maestro John
Neschling. Confira aqui!



PRÊMIO PELO
CONJUNTO DA
OBRA
O escritor, professor
e crítico literário
Silviano Santiago é
o grande vencedor
do Prêmio Governo
de Minas Gerais de
Literatura, pelo
conjunto de sua
obra. Em sua
terceira edição, o
prêmio é uma
iniciativa do governo
do estado que inclui
também as categorias
ficção, poesia e jovem
escritor mineiro.

Três vezes vencedor do
Prêmio Jabuti – com
os livros Em liberdade
(romance, 1982), Uma
história de família
(romance, 1993) e
Keith Jarrett no Blue Note
(contos, 1997), todos
publicados pela Rocco,
Santiago é hoje um
dos nomes mais
respeitados da cena
literária brasileira e
um incansável e sempre
original analista das
identidades brasileira e
latino-americana. Seu
romance mais recente,
Heranças (2008), também
publicado pela Rocco,
recebeu o Prêmio ABL
de Ficção 2009 e ficou
entre os finalistas dos
prêmios Jabuti e
Portugal Telecom.




NO PRELO


Fordlândia,
Greg Grandin


Sudd,
Gabi Martínez


Fascinação,
William Boyd

 

publicado por o editor às 01:20
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds