Domingo, 18 de Março de 2012

J. EDGAR HOOVER - UMA BIOGRAFIA EM HQ

 


Bertol Brecht tinha razão - infeliz é o país que precisa de heróis. O dos Estados Unidos, não podia ser diferente e o herói não podia ser outro e ... obviamente não passaria despercebido da industria cinematografica, principalmente se o diretor for um consevador como Clint Eastwood. Industria esta, frizesse, que esteve a serviço do paladino do americanismo e que através de seu Bureau tantas vezes perseguiu os liberais e os "esquerdistas" de Hollywood. Não vamos falar de sua vida suspeita de misogino e sequer o fato dele ser amigo ferrenho de alguns de seus auxiliares. Pois bem, o "pato feio" do FBI tem agora sua vida quadrinizada. Sinceramente, a forma burocratica como foi criada bem merece ficar perdida nos arquivos poerentos do "impoluto" FBI. (E.C.)




O LIVRO
J. EDGAR HOOVER - UMA BIOGRAFIA EM HQ
de Rick Geary
Capa dura - pb
Páginas: 112

O LIVRO
O livro conta a biografia em HQ do personagem que inspirou o filme "J. Edgar", estrelado por Leonardo Dicaprio. Durante 55 anos servindo o povo americano, J. Edgar Hoover assumiu vários papéis, tais como combatente do crime, exterminador de comunistas e protetor da moral, mas ele, certamente, enxergava a si mesmo como um verdadeiro herói do FBI. Nas mãos do premiado cartunista Rick Geary, sua vida torna-se um amplo e atual guia histórico do século XX, ao retratar a eleição de oito presidentes norte-americanos e tudo o que aconteceu na época - Lei Seca, mafiosos, Segunda Guerra Mundial, Guerra Fria, espionagem, escutas telefônicas e muito mais.

O FILME

J. Edgar – Ele guardou os segredos deles, ele controlou os medos deles

Sob a direção de Clint Eastwood, Leonardo DiCaprio estrela no papel título em “J. Edgar,” um drama que explora a vida pública e privada de uma das figuras mais poderosas, controversas e enigmáticas do século 20.

 




O PERSONAGEM
John Edgar Hoover (Washington, D.C., 1 de janeiro de 1895-Washington, D.C., 2 de maio de 1972) foi durante 48 anos o chefe do FBI, a mais importante organização policial do mundo, sendo considerado seu patrono.


Trabalhou na Biblioteca do Congresso Americano e de educação luterana, formou-se em Direito aos 22 anos. Empregou-se logo em seguida no Departamento de Justiça dos Estados Unidos, onde sua carreira foi rápida. No ano de 1919 foi indicado para investigar estrangeiros suspeitos de subversão. Sua missão resultou na expulsão do país de um grande número de pessoas. Com o sucesso em seu trabalho, foi nomeado para trabalhar como assistente do diretor do FBI. Poucos anos depois, em 1924, Hoover tornou-se o chefe do Departamento.

FBI
Durante o tempo em que ficou na chefia do departamento (até sua morte), serviu 8 presidentes americanos e 18 secretários de Justiça. Mudou a história do FBI: a antiga e ineficiente organização de 657 (muitas vezes corruptos) agentes, tornou-se a maior organização policial do planeta, com mais de 16 000 funcionários, além de modernos métodos de investigação criminal. No ano de sua morte, os arquivos do FBI possuiam mais de 200 milhões de impressões digitais. Nos anos 30, sua fama começou a crescer quando combatia gângsters famosos, como John Dillinger, Pretty Boy Floyd e Baby Face. Na mesma década, também participou da captura do raptor de filho do aviador Charles Lindberg, fato que havia tomado conta da imprensa americana. Durante a Segunda Guerra Mundial, participou na caça de espiões e comunistas.


Praticamente intocável durante sua longa carreira, no final de sua vida passou a ser alvo de críticas da sociedade. Na década de 1960, passou mais tempo censurando o telefone de congressistas e perseguindo líderes do movimento negro do que combatendo criminosos comuns de fato.

Curiosidade
Muitos escritores o citaram em suas obras, entre eles Robert Ludlum no romance O Arquivo de Chancellor, onde sua morte é detalhadamente descrita como um assassinato.
Em 2011, foi feito um filme baseado na sua história, intitulado "J. Edgar (filme)". No filme o ator Leonardo Dicaprio interpreta John Edgar

UM LANÇAMENTO







publicado por o editor às 18:09
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds