Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Setor de Patrimônio Cultural é tema do último Papo de Classe do ano

 

 

A Fundação Cultural de Curitiba promoveu nesta segunda-feira (16) o último Papo de Classe do ano. Desta vez o tema foi o Patrimônio Cultural. No encontro, que aconteceu no Solar do Barão, os 35 participantes debateram e tiraram dúvidas sobre a conservação de acervos, o acesso a documentos e obras e a criação de uma Lei do Patrimônio. 
 
O diretor de Patrimônio Cultural da FCC, Mauro Tietz, que conduziu o encontro, disse que a existência do Museu é uma das exigências do Sistema Nacional de Cultura, ao qual o município aderiu no início do ano. Ainda não há, no entanto, um cronograma detalhado para sua implantação.
 
Tietz lembrou que o órgão vem fazendo, ao longo do ano, um grande diagnóstico da situação patrimonial da cultura da cidade, através de uma série de mapeamentos e inventários. “Isso está nos permitindo rever situações internas e reordenar setores. Sempre priorizando o atendimento à população”, afirmou.
 
Demandas – A jornalista e pesquisadora Ana Carolina Caldas elogiou a inciativa da FCC de realizar o encontro para o setor, e comemorou anúncios como o Museu da Cidade e a Lei do Patrimônio, mas também cobrou a realização de mais parcerias e lamentou a falta de editais para a área este ano. “Ao se pensar em Política Pública de Cultura, memória, registro e identificação deveriam ser o carro chefe”, lembrou.
 
Veio da historiadora Tatiana Marchette a preocupação com uma Lei Municipal de Patrimônio e se os setores de memória e história terão espaço para opinar durante sua elaboração. Tietz lamentou que Curitiba ainda não tenha essa lei, mas anunciou que sua elaboração está bem encaminhada e que ela já deve começar a tramitar na Câmara Municipal no início de 2014, fase em que a participação popular será possível.
 
Já o ilustrador Luiz Henrique ‘Judah’ se mostrou preocupado com a conservação do acervo da Gibiteca, principalmente em relação a exemplares raros que estão no local. Tietz esclareceu que o quadro geral de conservação é de documentos e obras é crítico, mas que há um plano mínimo de estancamento, a partir do que for identificado nos levantamentos que estão sendo feitos. “E hoje temos, no poder central, pessoas com consciência da situação e interesse para que situação se modifique”, informou.
 
Participação – Os primeiros encontros setoriais abertos foram realizados nos meses de agosto e setembro e tiveram a participação de 434 artistas, produtores e gestores. As maiores participações aconteceram nas reuniões de música, que contou com a presença de 74 representantes, e a de teatro, com 61. Foram discutidas questões específicas das áreas de música, teatro, literatura, dança, artes visuais, audiovisual, fotografia, circo e novas linguagens.
 
Os debates serviram para que a FCC levantasse as principais demandas da classe, ouvisse críticas e sugestões, com vistas às mudanças nas políticas públicas culturais da cidade. Ao mesmo tempo, possibilitou que a atual gestão da Fundação Cultural apresentasse os programas e avanços feitos nos primeiros meses de gestão. 
 
Para Marcos Cordiolli o resultado foi positivo, pois estabeleceu o diálogo entre a FCC e os artistas. “Propusemos um pacto com todos os segmentos em benefício da cultura da cidade. A partir desse contato mais aproximado, temos condições de construir juntos uma política cultural que atenda os interesses dos artistas e da sociedade”, afirmou.

 

tags:
publicado por o editor às 00:18
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds