Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Os portões de John Connolly

 

   

Os portões

de  John Connolly

 

Título Original:     The Gates
Tradutor:     Dênia Sad

Páginas:     304
Formato:     16 x 23 cm
  

Como todas as suas obras voltadas para o público jovem, John Connolly, em Os portões, apresenta uma história extremamente criativa, com uma linguagem típica dos jovens e várias citações literárias importantes, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica. Como o próprio autor afirma, “um livro precisa, acima de tudo, ensinar às pessoas amar a literatura”. Escrito para um público mais novo do que o de O livro das coisas perdidas, sua obra anterior publicada pela Bertrand, mas, da mesma forma, original, o livro possui várias citações e mensagens subliminares ao longo de toda a trama. Connolly, conhecido por sua criatividade mágica, consegue novamente produzir uma história diferente de todas as demais do gênero. Os portões é uma narrativa divertida e mágica de um menino de 11 anos que, ao lado dos dois melhores amigos e seu cachorro, precisa evitar que os demônios vindos do inferno dominem o planeta Terra. O título do livro refere-se às portas que se abrem para a saída dessas criaturas malignas.  John Connolly mistura fantasia, humor e ciência numa história arrebatadora, que prova que aprender também pode ser muito divertido. Com certeza, todo leitor vai se divertir com as notas de rodapé do autor.  “Demoníaco e sombriamente cômico, salpicado de ciência, história e notas de rodapé engraçadas sobre todos os assuntos, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica.” (Daily Telegraph) “Chocante!” (Jeffrey Deaver) “Connolly tem uma mente repleta de histórias fantásticas.” (O Estado de S. Paulo)
 




O AUTOR
John Connolly
nasceu em Dublin em 1968. É o autor irlandês mais conhecido pelo mundo na atualidade e o primeiro autor não americano a ganhar o prêmio US Shamus.



Lançamento








publicado por o editor às 00:33
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds