Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

Conferência Internacional de Cidades Inovadoras


De 10 a 13 de março, em Curitiba, milhares de pessoas de cidades do mundo inteiro estarão juntas em uma Conferência Durante a CICI2010, especialistas dos 5 continentes irão abordar diferentes temas ligados à construção coletiva de realidades urbanas mais inovadoras e humanizadas.
Confira alguns destaques:


A Cidade como "Organismo Vivo"- Steven Johnson

Crítico social, formado em semiótica, estudioso de tecnologia digital. Professor da Universidade de Nova Iorque e autor de seis
best-sellers ligados à interseção da ciência, da tecnologia e da experiência pessoal.


A Cidade como Rede e a Sustentabilidade das Cidades- Pierre Lévy

Filósofo da informação, professor universitário e autor de vários livros do ciberespaço. Entende que inteligência coletiva tem a ver com software livre, blogs, TV digital e educação a distância, além de explorar a internet como a nova grande metrópole mundial.


Experiências em Inovações para a Sustentabilidade- Marc Weiss

Presidente da organização Global Urban Development com representações em Washington, Barcelona, Pequim, Praga, Cingapura e Sidney. Líder do Projeto Climate Prosperity por todo os EUA.

Cadastre-se e saiba mais


tags:
publicado por o editor às 14:30
link | comentar | favorito

Programação de 25 a 28 de Fevereiro no CLP


:: Dia 25 | Quinta-feira

Piano-bar

18h00

Saber Ouvir - Curso Livre de História da Música.


Auditório

21h30

Ciclo de Colóquios da UMAR

(última 5ª feira de cada mês, com excepção de Agosto)

Tertúlia «Amor e paixão: uma perspectiva feminista»


Oradores: Sofia Neves e Manuel Damas


Org.: UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta.

Piano-bar

22h00

Concerto

ByeByeAdriana
“StranJazz”

:: Dia 26 | Sexta-feira

Auditório

23h15

XaTa - Projecto de Poesia Teatral
Org.: Associação Cultural Tenda de Saias.

Piano-bar

22h00

Duo Insieme

BrunoR (viola dedilhada e eléctrica)
Joana Barata (piano)

:: Dia 27 | Sábado

Auditório

15h00

Workshop de Teatro «Sherlock Holmes do Clube Literário»


O projecto http://worldtheatre.blogspot.com pretende proporcionar o contacto com as técnicas de teatro nas suas diversas variantes. O workshop é realizado segundo o mote de Peter Brook, «O teatro é a vida, uma vida mais legível, mais intensa, mais concentrada», fazendo a ligação constante entre o teatro e a vida.

Programa: Peter Brook * Introdução ao teatro * Jogos de apresentação * Aquecimento e relaxamento * Confiança * Concentração * Dinâmica de grupo * Improvisação * As emoções * Exercício final

Entrada livre, sujeita a inscrição para o email: clubeliterario@fla.pt

Piano-bar

17h00

Apresentação do romance

«Deus, o Biombo eterno»

de Rui Almeida Branco.

Apresentação pelo Prof. Ferreira do Amaral

Editora: Lugar da Palavra

Uma viagem alucinante ao mundo das novas seitas religiosas

É a religião salvação ou perdição? Em nome de Deus, que crimes podem ser cometidos? Em Deus, o Biombo Eterno, Rui Almeida Branco conduz-nos, pela mão de um pastor dividido entre o arrependimento e a ânsia de singrar na vida, a uma visita guiada ao submundo das novas seitas religiosas (a IGDU), onde o sotaque é, iminentemente, brasileiro.

Um romance envolvente onde não falta o amor ardente, o crime e o mistério.

E sempre, sempre… o eterno desejo do poder.

22h00

Curso de jazz da ESMAE

Hugo Gama, saxofone tenor
Ricardo Pinto, piano

Num duo formado especialmente para este concerto, Hugo Lopes e Ricardo Pinto interpretam standards de jazz clássicos e alguns temas originais, numa sonoridade intimista e minimalista, onde a simplicidade instrumental estimula a improvisação colectiva e a expressão da personalidade da cada um dos músicos.

:: Dia 28 | Domingo

Auditório

16h00

«O meu computador é um local seguro? – Segurança informática em casa e nas instituições»

Com Nuno Carvalho (director de segurança informática da RTP – Porto, comentador da especialidade no JN) e de um docente do ISEP, do departamento de engenharia informática.

Piano-bar

17h00
26º Café Filosófico

http://filosofiacritica.wordpress.com

organizado pela revista «Um Café»

Direcção: Tomás Magalhães Carneiro


Piano-bar

21h30

Concerto
ENSEMBLE CARL ORFF
“Corais de Bach (2)”

Clube Literário do Porto Rua Nova da Alfândega, n.º 22 4050-430 Porto T. 222 089 228 Fax. 222 089 230 Email: clubeliterario@fla.pt URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt


publicado por o editor às 14:29
link | comentar | favorito

PROGRAMAÇÃO CINEMA CURITIBA


De 26 de fevereiro a 4 de março de 2010


CINEMATECA - Sala Groff - Rua Carlos Cavalcanti nº 1174 fone 41 3321-3252 (diariamente das 9h às 12h e das 13h30 às 22h30 – sábados e domingos das 14h30 às 22h30) www.fccdigital.com.br

QUANTO DURA O AMOR? (BR/2009 – 35mm – 80’). Direção de Roberto Moreira. Com Silvia Lourenço, Paulo Vilhena, Danni Carlos.

Três personagens em busca de alguém para amar dividem um endereço no conturbado coração de São Paulo. Recém-chegada do interior, a aspirante a atriz Marina mergulha na noite sedutora da cidade, sem calcular riscos. A advogada Suzana vive uma paixão promissora, mas guarda um segredo que pode mudar tudo. O romântico Jay, um escritor esquecido, tenta achar uma brecha em um coração de acesso difícil. Entre elevadores e elevados, esbarrões e tropeços, eles vão descobrir quanto dura o amor. Classificação 14 anos

Sessões às 16h e 20h

Ingresso pago: R$ 5 (inteira)

R$ 2,50 (meia)

R$ 1 (domingo)


tags:
publicado por o editor às 14:28
link | comentar | favorito

Esqueletos são personagens nos quadrinhos de André Ducci




O desenhista abre a exposição “Esqueletos são simpáticos” nesta sexta-feira (26), às 19h, no Centro de Criatividade de Curitiba.

Esqueletos risonhos, que gostam de pescar, ouvir MPB e se divertem marcando encontros aportam na forma de histórias em quadrinhos, no Centro de Criatividade de Curitiba, com a exposição “Esqueletos são Simpáticos”. A obra do artista curitibano André Ducci é inspirada nas intensas pesquisas sobre anatomia e medicina, que também lhe renderam a série “Anatomista”, com desenhos que unem corpo humano, design, cores e traços criativos, fugindo da frieza dos traços e temas da anatomia tradicional. A exposição abre nesta sexta-feira (26), às 19h.

Para Ducci, os esqueletos estão sempre rindo e sorrindo. Nesse trabalho ele mostrou o flutuar da inocência e do humor quase sombrio das caveiras. As figuras são quase tridimensionais. Elas navegam deliciosamente por entre uma ou outra catástrofe, mas escutam Dorival Caymmi, se jogam, lançam-se ao mar para divertir quem os vê. A exposição tem curadoria de Karen Tortato, artista plástica, escritora, designer e também criadora do Espaço Arte Independente, no James Bar, em Curitiba.

Filho de médico e desenhista, André Ducci, 31 anos, é formado em Gravura pela Escola de Música e Belas Artes e editor de vídeos cirúrgicos no Hospital Pequeno Príncipe. Iniciou seus trabalhos como ilustrador para as marcas de skateboard Drop Dead e Child em Curitiba, em 1997, e também para o Jornal Rascunho. Em 2003 participou da mais recente edição da revista eslovena Stripburger, da antibélica Warburger e de mostras de HQ de Lodz, na Polônia. Desenvolveu projetos de intervenção urbana com as suas séries Anatomista e Join Girls. Seus trabalhos foram publicados na Revista Boca de Recife e no site Cartazêra. Colaborou também para a Revista Simples e diversas exposições de arte, entre elas o Projeto Arte Independente do James Bar de Curitiba.


Serviço: Exposição “Esqueletos são Simpáticos”, de André Ducci Local: Centro de Criatividade de Curitiba – R. Mateus Leme, 4.700 – Parque São Lourenço Data: De 26 de fevereiro (abertura às 19h) a 4 de abril de 2010. Horário: De segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 20h. Sábados, das 8h30 às 12h e das 14h às 18h. Entrada franca.


 

publicado por o editor às 14:28
link | comentar | favorito

Teatro do Piá tem espetáculo na linguagem das sombras




O espetáculo “O Rei que ficou cego”, da Companhia Karagozwk, une a milenar técnica do teatro de sombras à simplicidade dos contos populares.

Entra em cartaz neste domingo (28), no Teatro do Piá, a peça infantil “O Rei que ficou cego”, da Companhia Karagozwk. O espetáculo, que integra a tradicional programação dominical promovida pela Prefeitura de Curitiba, foi selecionado por meio do Edital Formas Animadas do Fundo Municipal da Cultura. As apresentações acontecem até o dia 4 de abril, sempre aos domingos, às 11h. A entrada é franca.

A versão do conto popular “O Rei que ficou cego”, de Ricardo Azevedo, ganhou uma primorosa adaptação para a linguagem cênica. Sob a direção de Marcello Andrade dos Santos, a montagem usa a milenar técnica do teatro de sombras para refletir sobre valores éticos, morais e familiares. A luz e a sombra, metáforas para o entendimento dos sentimentos humanos, embasam um espetáculo de magia e encanto.

A Karagozwk desenvolve desde 1985 um trabalho representativo no teatro de sombras, e é uma das únicas companhias brasileiras a dominar essa técnica, que já era conhecida na China, antes de Cristo. O grupo produz em seu ateliê todo o equipamento necessário para a criação de imagens em tempo real.



Serviço: Peça “O Rei que ficou cego”, da Companhia Karagozwk Local: Teatro do Piá (Praça Garibaldi, 7 – Setor Histórico) Data e horário: de 28 de fevereiro a 4 de abril de 2010, com sessões sempre aos domingos, às 11h Entrada franca


publicado por o editor às 14:27
link | comentar | favorito

Instrumentos e vozes invadem o Bosque da Fazendinha



O programa “Música nos Parques”, patrocinado pela OI, proporciona espetáculos com artistas curitibanos, na tarde deste domingo (28).

O Bosque da Fazendinha é o endereço musical deste domingo (28), com mais uma apresentação do programa Música nos Parques, desenvolvido pela Fundação Cultural de Curitiba. O show “Saudosos Malucos” é a atração das 15h, com Cris Lemos, Silvia Contursi e Cláudio Menandro. Na sequência, às 17h, entra em cena o espetáculo “Violas e Flautas”, a cargo de Rogério Gulin, Plínio Silva e Hely Carvalho. Em 2010, o programa conta com o patrocínio da OI, que também presenteia o público com bonés, cangas e lenços.

Em “Violas e Flautas”, o público descobre as composições de Rogério Gulin, músico curitibano que se inspira nas raízes da viola caipira e na tradição da música instrumental brasileira para criar uma obra premiada nacionalmente. Unindo novas linguagens e experiência musical, Gulin executa um trabalho pontuado pelo rock folk e pelo rock dos anos 70, em seu lado mais acústico. O show conta com a participação dos músicos Plínio Silva – nas flautas e Krumhorn (instrumento de sopro renascentista) – e Hely Carvalho, no baixo.

Estética do samba – O samba em variados estilos, mas resguardado em sua estética, é a linha mestra do espetáculo “Saudosos Malucos”, que une as cantoras Cris Lemos e Silvia Contursi, mais o instrumentista Cláudio Menandro (violão, cavaquinho e bandolim). Os artistas, vindos respectivamente de São Paulo, Rio Grande do Sul e Bahia, encontraram em Curitiba, há muitos anos, o palco ideal para sua arte.

Composições de Adoniran Barbosa e músicas inéditas de Cláudio Menandro integram o repertório que cria um divertido diálogo entre obras célebres e novos sambas da melhor qualidade. A produção de Cris, Silvia e Menandro evidencia a contribuição do trio para a cultura local.


Serviço:

Música nos Parques

Local: Bosque da Fazendinha

Data: 28 de fevereiro de 2010 (domingo)

Horários:

Às 15h – show “Saudosos Malucos”, com Cris Lemos, Silvia Contursi e Cláudio Menandro

Às 17h – show “Violas e Flautas”, com Rogério Gulin, Plínio Silva e Hely Carvalho

Entrada franca


tags: ,
publicado por o editor às 14:26
link | comentar | favorito

Taylorismo: Após 100 anos nada superou o modelo de gestão?


Taylorismo ou Administração científica é o modelo de administração desenvolvido pelo engenheiro Frederick Winslow Taylor (1856-1915), que é considerado o pai da administração científica. Caracteriza-se pela ênfase nas tarefas, objetivando o aumento da eficiência ao nível operacional.

Primeiros estudos essenciais de Taylor

* Em relação ao desenvolvimento do pessoal e seus resultados objetivamente: acreditava que, oferecendo instruções sistemáticas e adequadas aos trabalhadores, ou seja, treinando-os, haveria possibilidade de fazê-los produzir mais e com melhor qualidade..

Em relação ao planejamento da atuação dos processos: achava que todo e qualquer trabalho necessita, preliminarmente, de um estudo para que seja determinada uma metodologia própria, visando sempre o seu máximo desenvolvimento.

* Em relação à produtividade e à participação dos recursos humanos: estabelecia a co-participação entre o capital e o trabalho, cujo resultado refletia em menores custos, salários mais elevados e, principalmente, em aumentos de níveis de produtividade.

* Em relação ao autocontrole das atividades desenvolvidas e às normas procedimentais: introduziu o controle com o objetivo de que o trabalho seja executado de acordo com uma seqüência e um tempo pré-programados, de modo a não haver desperdício operacional. Inseriu, também, a supervisão funcional, estabelecendo que todas as fases de um trabalho devem ser acompanhadas, de modo a verificar se as operações estão sendo desenvolvidas em conformidades com as instruções programadas. Finalmente, apontou que estas instruções programadas devem, sistematicamente, ser transmitidas a todos os empregados.

Frederick Winslow Taylor (Filadélfia, Pensilvânia, 20 de Março de 1856 - Filadélfia, Pensilvânia, 21 de Março de 1915) mais conhecido por F. W. Taylor, foi um engenheiro mecânico estadunidense, inicialmente técnico em mecânica e operário, formou-se engenheiro mecânico estudando à noite. É considerado o "Pai da Administração Científica" por propor a utilização de métodos científicos cartesianos na administração de empresas. Seu foco era a eficiência e eficácia operacional na administração industrial.

Sua orientação cartesiana extrema é ao mesmo tempo sua força e fraqueza. Seu controle inflexível, mecanicista, elevou enormemente o desempenho das indústrias em que atuou, todavia, igualmente gerou demissões, insatisfação e estresse para seus subordinados e sindicalistas.


O LIVRO
Taylorismo: Após 100 anos nada superou o modelo de gestão?
de Paulo Moreira da Costa (Organizador)


Número de Páginas: 148
Um livro que alinha o consagrado conceito taylorista aos novos modelos gestão em ascensão neste início de século XXI.

Em 1911, o engenheiro norte-americano Frederick Taylor criou um modelo de gestão que praticamente dominou o mundo empresarial no século XX, e ainda deve permanecer vivo por muitas décadas. Em linhas gerais, o Taylorismo, se caracteriza por ser um conceito que objetiva a execução do trabalho, em conformidade com instruções programadas e metodologia própria, para elevar os níveis de produtividade nas organizações. Com o passar do tempo, o modelo ganhou novos contornos, impulsionados, principalmente, pelo avanço tecnológico e os métodos de relacionamento interpessoal nas corporações. Taylorismo: após 100 anos, nada superou esse modelo de gestão? é uma reflexão que objetiva mostrar novos questionamentos e diálogos em torno da maneira taylorista de produzir. Elaborado por renomados profissionais com vivência prática nas empresas e na área acadêmica nas disciplinas de Administração e Ciências Sociais, o livro incita a realização de novos debates, palestras, seminários e publicações sobre o tema. Ações que contribuirão ainda mais para o alinhamento do taylorismo aos novos modelos gestão em ascensão neste início de século XXI. Afinal, em tempos modernos, só obterão lucro e eficácia corporativa as organizações que efetivamente readaptarem e modernizarem seus conceitos de gestão empresarial.

OS AUTORES
Organizador: Paulo Moreira da Costa é Doutor em Ciências Sociais e Mestre em Administração pela PUC-SP. Administrador pela FIMP-RJ. Avaliador do INEPMEC e Professor de Graduação e Pós-Graduação na Universidade Cruzeiro do Sul e na FASB – Faculdade de São Bernardo do Campo – SP.

Coautores: Edson Keyso de Miranda Kubo é Doutorando em Administração pela FGV-SP e Mestre em Administração pela Kobe University, Tókio, Japão. Administrador pela UNESP-SP. Atua como professor de Graduação e Pós-Graduação no IMES-SP e na Universidade Cruzeiro do Sul.

Ricardo Di Bartolomeo é Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP. Mestre em Administração pela Unifecap, graduado em Administração pela FAAB e Coordenador do curso de Administração da Uninove – Universidade Nove de Julho.

Christian Frederico da Cunha Bundt é Mestre em Administração pela UFSC e Administrador pela UFSM. Professor e Diretor Institucional da Faculdade Metropolitana de Curitiba. Atua como empresário do setor de indústria e serviços em São José dos Pinhais – PR.
Fernando de Almeida Santos é Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP. Mestre em Administração pela Universidade Mackenzie, Administrador pela Fundação Instituto de Ensino de Osasco e Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Católica Dom Bosco. Trabalha também, como Professor da PUC-SP e da Universidade São Judas Tadeu – SP.

Angela Lazagna é Doutoranda em Ciências Políticas. É Mestre em Sociologia e Graduada em Ciências Sociais pela Unicamp – Universidade Estadual de Campinas – SP.

UM LANÇAMENTO






 

publicado por o editor às 14:26
link | comentar | favorito

LANÇAMENTO EM BH | COLEÇÃO AMORÍMPAR | MANOEL DE BARROS E MARIA GABRIELA LLANSOL.



clique para ampliar


publicado por o editor às 14:24
link | comentar | favorito

Belo Horizonte sedia neste sábado (27/2) ‘2° Encontro de Twitteiros Culturais’


A contribuição das redes sociais para a literatura e a formação dos leitores
é o tema desta edição do ETC-BH, coordenado pela Estação do Saber.

Não há dúvidas de que as redes sociais já se tornaram grandes e populares veículos de comunicação e divulgação de idéias. Atualmente, no Brasil, a febre é o Twitter, microblog para troca de mensagens rápidas que vem ganhando espaço entre celebridades e anônimos.

Recente estudo divulgado em janeiro comprova o crescimento e a popularidade do Twitter no Brasil, que ocupa a segunda posição em número de usuários no mundo. O país responde por 8,8% do mercado da rede, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

Para ampliar a discussão, como já acontece no mundo virtual, sobre a utilização de novas tecnologias de forma eficiente, principalmente, no segmento cultural, os twitteiros de Belo Horizonte se preparam para o 2º ETC-BH (Encontro de Twitteiros Culturais de Belo Horizonte). Com o tema “Twittando e lendo: twitter, livros e leitura”, o 2º ETC-BH será realizado neste sábado, 27 de fevereiro, às 16h30, no Espaço de Convívio do Uni-BH – Campus Diamantina (Rua Diamantina, 567 - Lagoinha), com entrada franca. A coordenação do evento é da Estação do Saber e este ano conta com Patrocínio da UNI-BH e apoio do Shopping Pátio Savassi.

A primeira edição do ETC-BH foi realizada em novembro de 2009. O objetivo do evento é mobilizar e reunir profissionais de literatura, música, cinema, multimídia, jornalismo e áreas afins, que são ligados em cultura e presentes no Twitter, para um debate democrático e descontraído, parecido com o que se encontra na própria página.

Segundo a coordenadora do ETC-BH, e sócia diretora da Estação do Saber, Júlia Ramalho Pinto, nesta segunda edição o objetivo é debater como as novas tecnologias podem colaborar para a literatura e a formação dos leitores.

Para conduzir os debates, que serão mediados por Julia Ramalho Pinto (@arpjulia), coordenadora do ETC-BH, foram convidados a jornalista e Mestre em Estudos de Linguagem, Raquel Camargo (@raquelcamargo); o Mestre em Lingüística, Wagner Carvalho (@wgnercarv) , professor do Uni-BH e Alan Alencar (@AlenAlencar), graduado em Ciências da Computação e especialista em novas tecnologias.

Sobre o ETC
O evento é uma iniciativa da Poiesis e do PUBLISHNEWS, com parceria da Estação do Saber. O encontro vem tomando proporções cada vez maiores, ao todo são 12 cidades participantes e 11 Estados. Em março, em Curitiba, na Conferência Internacional de Cidades Inovadoras (CICI), acontece o ETC Brasil. Julia Ramalho Pinto representará o @ETC_BH no evento.

O principal foco é reunir as ‘carinhas’ do Twitter em um relacionamento ao vivo, numa conversa descontraída, sobre assuntos variados, a relação do Twitter com a cultura, forma de utilização e como o Twitter pode auxiliar na difusão de informações para públicos não interessados na área. A platéia poderá interagir com perguntas e colocações.

O debate poderá ser acompanhado através do Twitter (www.twitter.com/@twiterBH) com postagem de frases e comentários ao vivo das apresentações e haverá transmissão via ustream pelo site da Estação do Saber (http://www.estacaodosaber.art.br).

Agenda: “ECT (Encontro de Twitteiros Culturais)”
Datas: 27 de fevereiro de 2010, sábado // Horário: 16h30.
Local: Uni-BH – Espaço de Convívio - Campus Diamantina (Rua Diamantina, 567 - Lagoinha)
Entrada Franca // Informações: (31)2551-7663


tags:
publicado por o editor às 14:23
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2010

EXPOSIÇÃO IMPERDÍVEL



clique para ampliar


publicado por o editor às 12:50
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub