Segunda-feira, 22 de Junho de 2015

Fundação abre consulta pública para o “Edital – Livre” do Fundo Municipal da Cultura

 

 

 



A Fundação Cultural de Curitiba abriu nesta sexta-feira (18) a consulta pública para o “Edital – Livre” do Fundo Municipal da Cultura. A consulta estará disponível até as 12 horas do dia 29 de junho de 2015. As sugestões e os comentários podem ser preenchidos em formulário on line no site da Fundação Cultural de Curitiba, no link Lei de Incentivo, menu Consultas Públicas http://www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/leideincentivo/fmc-consultas-publicas .

Serão contemplados projetos nas áreas das artes e da cultura: música; artes cênicas, compreendendo teatro, dança, circo e ópera; audiovisual – cinema, vídeo, internet, televisão e rádio; literatura; artes visuais – fotografia, artes plásticas, design e artes gráficas e tecnológicas; patrimônio histórico, artístico e cultural; folclore, artesanato, cultura popular e demais manifestações culturais tradicionais, contempladas pelo Programa de Apoio e Incentivo à Cultura, mediante o custeio de despesas decorrentes do projeto, para cachês, passagens, hospedagens, alimentação, transportes, aquisição de material de consumo, locações de equipamentos e serviços.
O valor total disponível para o Edital será definido pela Secretaria Municipal de Finanças até a publicação do texto final. O valor mínimo para os projeto será de R$ 5 mil e o valor máximo de R$ 50 mil.

Inscrição online – Para facilitar o processo de inscrição, a Fundação Cultural de Curitiba e a Secretaria de Estado da Cultural estabeleceram uma parceria para o uso do SISPROFICE, sistema desenvolvido pela Celepar para o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná. As inscrições serão realizadas exclusivamente pelo sistema e o link para o cadastro dos projetos estará disponível na publicação do Edital.
 

 

 
tags: ,
publicado por o editor às 12:00
link | comentar | favorito

Cursos do Museu da Gravura são opção para as férias de julho

 

 

 



O Museu da Gravura Cidade de Curitiba – Solar do Barão promove em julho cursos intensivos de férias de gravura em metal, serigrafia e litografia. As inscrições estarão abertas a partir de 22 de junho. O período de aulas vai de 6 a 31 de julho. Para a gravura em metal há duas opções: um dos cursos enfatiza, além das práticas tradicionais, as técnicas de “chine colée” e “marmorizado”. No caso da litografia, também são dois cursos, sendo que em um deles haverá abordagem sobre a técnica litográfica da policromia, que utiliza a sobreposição de duas ou mais cores.
Inscrições e informações podem ser obtidas na secretaria de cursos do Museu da Gravura – Solar do Barão (R. Carlos Cavalcanti, 533), pelos telefones (41) 3321-3373 e 3321-3277, ou pelo e-mail odsantos@fcc.curitiba.pr.gov.br. Confira mais informações sobre os cursos:
GRAVURA EM METAL
Curso intensivo 1
Orientador: Maikel da Maia 
Ementa: práticas de gravura em metal
Dias e horários: Curso 1 – 2ª a 6ª feira das 09h às 12h
Curso 2 – 2ª a 6ª feira das 14h às 18h
Valor: R$ 60,00
Curso intensivo 2
Orientadora: Jessica Luz
Ementa: práticas de gravura em metal / chine colée e marmorizado 
Dias e horários: 2ª, 4ª e 5ª das 19h às 22h
Valor: R$ 60,00
SERIGRAFIA
Curso intensivo
Orientadora: Cyntia Werner
Ementa: práticas de serigrafia à base d´água
Dias e horários: 3ª, 4ª e 5ª feira das 19h às 22h 
Valor: R$ 90,00

LITOGRAFIA
Curso 1
De 07 a 16 de julho
Orientadora: Maria Lucia de Julio
Ementa: Prática da técnica litográfica da policromia, que utiliza a sobreposição de duas ou mais cores, visando desenvolver processo artístico e criativo. Dirigido a jovens, adultos, estudantes, artistas ou apreciadores de arte. O curso oferece suporte para desenvolvimento e análise crítica do trabalho.
Dias e horários: 3ª e 5ª das 14h às 18h
Valor: R$ 60,00
Curso 2
Orientadora: Stely Marchesini
Ementa: Práticas de litografia. Dirigido a jovens, adultos, estudantes, artistas ou apreciadores de arte. 
Dias e horários: 2ª, 4ª e 6ª das 14h às 18h
Valor: R$ 60,00

 

 
publicado por o editor às 11:59
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Junho de 2015

Prestes a lançar novo álbum, Maglore apresenta as faixas "Se Você Fosse Minha" e “Invejosa”

 

 

 

 
 

“III” estreia no dia 23 de junho; turnê do disco tem primeiras datas anunciadas
 
A uma semana da première do álbum “III”, o Maglore oferece mais duas prévias do CD produzido por Rafael Ramos (Pitty, Titãs), que será lançado pela Deck: "Se Você Fosse Minha" e "Invejosa".
 
Ao lado de "Mantra" e "Dança Diferente", as canções que a banda libera no canal do YouTube da gravadorahttps://www.youtube.com/watch?v=J5dMn5zaIJU reforçam a verve pop do terceiro disco de Teago Oliveira (voz e guitarra), Rodrigo Damati (voz e baixo) e Felipe Dieder (bateria e percussão).
 
Gravado ao vivo em fita de rolo, entre janeiro e maio deste ano, no Estúdio Tambor (Rio de Janeiro), “III” conta com onze faixas marcadas por texturas setentistas, letras reflexivas e referências de rock e música brasileira.
 
A turnê do novo trabalho começa no Nordeste, no início de julho — em casa, na capital baiana, eles se apresentam no Pelourinho no dia 05. Radicado em São Paulo, o Maglore toca na capital paulista em 02 de agosto, no Auditório Ibirapuera. Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre recebem o grupo no mesmo mês (detalhes a seguir).
 
Em boa parte das apresentações, o trio Dingo Bells divide a noite com o Maglore.
 
Agenda:
03/07 — República (Aracaju/SE)
04/07 — Antiquário (Feira de Santana/BA)
05/07 — Largo Pedro Arcanjo/Pelourinho (Salvador/BA)
02/08 — Auditório Ibirapuera (São Paulo/SP)
20/08 — Opinião (Porto Alegre/RS)
21/08 — Jokers (Curitiba/PR)
22/08 — A Autêntica (Belo Horizonte/MG)
03/10 — Theatro Treze de Maio (Santa Maria/RS)
 

 

 
publicado por o editor às 13:15
link | comentar | favorito

projeção Para sempre teu, Caio F. | Casa de Rui Barbosa 22.06

 

 

 



 

 
publicado por o editor às 13:15
link | comentar | favorito

Glauber Rocha está na programação desta semana na Cinemateca

 

 

 

 
 
 
            A Cinemateca de Curitiba exibe neste sábado e domingo (20 e 21) alguns dos principais filmes de Glauber Rocha. Serão exibidos os quatro filmes mais premiados deste grande nome do cinema brasileiro – Barravento, Terra em Transe, Deus e o Diabo na Terra do Sol e O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro. A entrada é gratuita.
“Barravento” foi premiado no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary na Tchecoslováquia em 1964. Um ano depois, “Deus e o diabo na terra do sol” conquistou o Grande Prêmio no Festival de Cinema Livre da Itália e o Prêmio da Crítica no Festival Internacional de Cinema de Acapulco. Foi com “Terra em Transe” que Glauber Rocha se tornou reconhecido internacionalmente, conquistando o Prêmio da Crítica do Festival de Cannes, o Prêmio Luis Buñuel na Espanha, o Prêmio de Melhor Filme do Locarno International Film Festival, e o Golfinho de Ouro de melhor filme do ano, no Rio de Janeiro. Outro filme premiado de Glauber foi “O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro”, prêmio de melhor direção no Festival de Cannes e, outra vez, o Prêmio Luiz Buñuel na Espanha.
            Glauber Rocha (1939-1981) foi um cineasta controvertido e incompreendido no seu tempo, além de ter sido patrulhado tanto pela direita como pela esquerda brasileira. Ele tinha uma visão apocalíptica de um mundo em constante decadência e toda a sua obra denotava esse seu temor. A seleção de filmes de Glauber Rocha será exibida em comemoração ao Dia do Cinema Nacional (19 de junho).
 
Programação:
 
Data: 20/06 às 18h30
Atração: BARRAVENTO (1959, pb, 81’)
Sinopse: Numa aldeia de pescadores de xaréu, cujos antepassados vieram da África como escravos, permanecem antigos cultos místicos ligados ao candomblé. A chegada de Firmino, antigo morador que se mudou para Salvador fugindo da pobreza, altera o panorama pacato do local, polarizando tensões.
Elenco: Antonio Pitanga, Aldo Teixeira, Luiza Maranhão, Lucy Carvalho.
Classificação Indicativa: 12 anos
 
Data: 20/06 às 20hs
Atração: TERRA EM TRANSE (1967, pb, 107’)
Sinopse: Num país imaginário chamado Eldorado, o jornalista e poeta Paulo Martins hesita entre as diversas forças políticas em luta pelo poder. Dom Porfírio Diaz é líder de direita, político paternalista da capital litorânea de Eldorado, Felipe Vieira é um político populista e Júlio Fuentes, dono do império de comunicações. Em conversa com a militante Sara, Paulo conclui que o povo de Eldorado precisa de um líder político, e apoia Vieira.
Elenco: Jardel Filho, Paulo Autran, José Lewgoy, Glauce Rocha, Paulo Gracindo, Hugo Carvana, Danusa Leão.
Classificação Indicativa: 14 anos
 
Data: 21/06 às 18hs
Atração: DEUS E O DIABO NA TERRA DO SOL (1964, pb, 125’)
Sinopse: Revoltado contra a exploração de que é vitima por parte do coronel Morais, o vaqueiro Manuel mata-o durante uma briga. Começa então a fuga de Manuel e de sua esposa Rosa, que são perseguidos por jagunços até se integrarem aos seguidores do beato Sebastião, no lugar sagrado de Monte Santo. Ao mesmo tempo, o matador de aluguel Antônio das Mortes, a serviço dos latifundiários e da Igreja Católica, extermina os seguidores do beato, o que faz com que o casal tenha de continuar fugindo e se encontre com Corisco, cangaceiro remanescente do bando de Lampião.
Elenco: Geraldo Del Rey, Yoná Magalhães, Maurício do Valle, Othon Bastos.
Classificação Indicativa: 14 anos
 
Data: 21/06 às 20h10
Atração: O DRAGÃO DA MALDADE CONTRA O SANTO GUERREIRO (1969, cor, 99’)
Sinopse: Numa cidadezinha chamada Jardim das Piranhas, aparece um cangaceiro que se apresenta como a reencarnação de Lampião. Seu nome é Coirana. Anos depois de ter matado Corisco, Antônio das Mortes vai à cidade para ver o cangaceiro. É o encontro dos mitos, o início do duelo do dragão da maldade contra o santo guerreiro. Outros personagens vão povoar o mundo de Antônio das Mortes. Entre eles, um professor desiludido e sem esperanças; um coronel com delírios de grandeza, um delegado com ambições políticas; e uma linda mulher, que vive uma trágica solidão.
Elenco: Maurício do Valle, Odete Lara, Othon Bastos, Hugo Carvana, Jofre Soares, Lorival Pariz.
Classificação Indicativa: 14 anos
 
Cinemateca de Curitiba: R. Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
Entrada gratuita.

 

 
publicado por o editor às 13:13
link | comentar | favorito

DESTAQUES DO BLUES INTERNACIONAL SE APRESENTAM NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

 

Nuno Mindelis e Flávio Guimarães levam seus recentes trabalhos ao palco de 25 a 28 de junho

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta dois músicos consagrados no show Blues Brasil: Nuno Mindelis, apontado pela crítica especializada como um dos maiores guitarristas do gênero da atualidade, e o gaitista Flávio Guimarães, fundador da banda Blues Etílicos. Mindellis sobe ao palco nos dias 25 e 26 de junho, enquanto Guimarães se apresenta nos dias 27 e 28.

 

Angolano de origem portuguesa, Nuno Mindelis veio com a família para o Brasil ainda muito jovem, em meados dos anos 1970, fugindo da guerra civil em seu país. Suas influências são ricas, consequência de alguém com uma trajetória pessoal singular. O músico sonhava tanto em tocar guitarra que, quando criança, na impossibilidade de comprar uma, fez ele próprio o seu primeiro instrumento com uma lata de azeite, um cabo de madeira e cordas de aço. Em Curitiba, Mindelis apresentará seu trabalho mais recente, o álbum It's All About Love.

 

Flávio Guimarães é o principal nome da gaita de blues no Brasil. O músico é fundador e membro da mais popular banda nacional nesse estilo, a Blues Etílicos, com quem já lançou onze álbuns. Flávio se dedica ainda à carreira solo, que já rendeu oito discos. Gravou com Alceu Valença, Cássia Eller, Djavan, Ed Motta, Erasmo Carlos, Luiz Melodia, Paulo Moura, Renato Russo, Rita Lee, Titãs, Zeca Baleiro e Zélia Duncan, entre outros. Pode se orgulhar de já ter dividido o palco com grandes ícones do blues americano, como Buddy Guy, Taj Mahal e Charlie Musselwhite, além de ter feito shows de abertura para B. B. King e Robert Cray.

 

Flávio também é presença frequente em importantes festivais dos EUA e Europa. No projeto Blues Brasil, ele terá a companhia do guitarrista Netto Rockfeller. Os dois apresentarão o primeiro resultado dessa parceria, intitulado Nice and Easy, álbum de composições próprias, vocais e instrumentais.

 

Serviço:

Blues Brasil – Nuno Mindelis e Flávio Guimarães

Local: CAIXA Cultural Curitiba - Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro

Data: 25 a 28 de junho de 2015

Horário: quinta-feira a sábado, às 20h. Domingo, às 19h

Ingressos: vendas a partir de 20 de junho (sábado). R$ 20 e R$ 10 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA. A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura)

Bilheteria: (41) 2118-5111. Funciona de terça a sábado, das 12h às 20h, e domingo, das 16h às 19h

Classificação etária: não recomendado para menores de 12 anos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)Guimarães é o principal nome da gaita de blues no Brasil. O músico é fundador e membro da mais popular banda nacional nesse estilo, a Blues Etílicos, com quem já lançou onze álbuns. Flávio se dedica ainda à carreira solo, que já rendeu oito discos. Gravou com Alceu Valença, Cássia Eller, Djavan, Ed Motta, Erasmo Carlos, Luiz Melodia, Paulo Moura, Renato Russo, Rita Lee, Titãs, Zeca Baleiro e Zélia Duncan, entre outros. Pode se orgulhar de já ter dividido o palco com grandes ícones do blues americano, como Buddy Guy, Taj Mahal e Charlie Musselwhite, além de ter feito shows de abertura para B. B. King e Robert Cray.

 

Flávio também é presença frequente em importantes festivais dos EUA e Europa. No projeto Blues Brasil, ele terá a companhia do guitarrista Netto Rockfeller. Os dois apresentarão o primeiro resultado dessa parceria, intitulado Nice and Easy, álbum de composições próprias, vocais e instrumentais.

 

publicado por o editor às 13:12
link | comentar | favorito

VIOLÃO FLAMENCO COM TOQUE BRASILEIRO É ATRAÇÃO NA CAIXA CULTURAL CURITIBA

 

 

Radicado na Espanha há quase 30 anos, paranaense David Tavares apresenta-se, no dia 23 de junho, pela Série Solo Música

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 23 de junho (terça-feira), o concerto de violão flamenco de David Tavares. Radicado na Espanha e especialista no instrumento, o paranaense integra a programação da Série Solo Música.

 

Nascido em Guarapuava, Tavares deixou o Brasil, em 1987, rumo a Madrid, capital espanhola, para estudar violão flamenco. Tendo Paco de Lucia (1947-2014) como principal referência, a intenção dele era dominar o gênero musical que havia se tornado sua paixão. Quase três décadas depois, David continua residindo na capital espanhola e traz em sua música algo que o flamenco conquistou após a atuação de Paco: tornou-se linguagem universal.

 

O flamenco é música, canto e dança e tem origem nas culturas cigana e mourisca, principalmente da região da Andaluzia, na Espanha. É um dos símbolos da cultura espanhola e, em 16 de novembro de 2010, tornou-se patrimônio imaterial da humanidade. Em termos musicais, sua explosão mundial teve seu estopim com os discos de Paco de Lucia, ícone do gênero desde a segunda metade dos anos 1960.

 

No recital, Tavares faz uma homenagem ao violão flamenco dos séculos 20 e 21 e traz obras de compositores do calibre de Paco de Lucia Estevan de San Lucar (1910-1989), Mario Escudero (1928-2004) e Salvador Gutierrez (1970). O show também incluirá composições próprias e de autores brasileiros como Murillo da Rós e Fernando Deghi. O programa passeará por ritmos diversos que formam o flamenco, entre eles a granaína, o soleares, a buleria e a alegria.

 

Um brasileiro em Madrid

David Tavares nasceu em Guarapuava, interior do Paraná. Estudou violão com Valdomiro Prodóssimo em Curitiba e, em 1987, viajou a Madrid para estudar violão flamenco com Oscar Herrero, que mais tarde o convidou para participar das suas turnês. Desde então, tem participado em várias turnês e gravações de artistas como Diego el Cigala, Pasión Vega, Carmen Linares, Pastora Soler, Victoria Abril, Carlos Cano, Azucar Moreno e Joaquin Cortes. Subiu ao palco, também, para acompanhar Jorge Benjor, Maria Creuza, Gilberto Gil, Naná Vasconcelos e Armandinho Macedo em shows na Espanha.

 

O violonista participou de festivais importantes, entre eles o Yamaha Music Quest (Japão), Womad (Caceres), Cannes Guitarre Pasión (França), Festival de Guitarra de Córdoba, Festival de Guitarra de Rabat (Marrocos) e Percpan (Salvador). Trabalhou como produtor musical em discos de vários artistas como Corto García, Beatrice Binotti, Paul Velmore y Fernando Cea e Eliza Borges. Em 2002, lançou o primeiro disco, Un brasileño en Madrid,com a participação de vários artistas de flamenco. Três anos depois, foi a vez do DVD gravado em concerto ao vivo no Palácio Real de Madrid. Seu mais recente álbum, Un toque de color, é recheado por uma trabalho autoral que mescla as músicas brasileira e flamenca

 

 

Serviço:

Música: Série Solo Música apresenta David Tavares (violão flamenco)

Local: CAIXA Cultural Curitiba - Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro

Data: 23 de junho de 2015 (terça-feira)

Hora: 20h

Ingressos: vendas a partir de 20 de junho (sábado). R$ 10 e R$ 5 (meia - conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA. A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura)

Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sábado, das 12h às 20h. Domingo, das 16h às 19h)

Classificação etária: livre para todos os públicos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes) 

 

publicado por o editor às 13:10
link | comentar | favorito

Zeca Baleiro apresenta músicas de Zé Ramalho em show no Teatro Guaíra

 

 

 

 
 
Músico faz show de lançamento do disco e DVD "Chão de Giz" em Curitiba no dia 21 de junho
 
Zeca Baleiro nunca escondeu a admiração que tem por um dos ícones da música brasileira, Zé Ramalho. A identificação é tanta que o maranhense resolveu gravar um CD e DVD apenas com canções escritas pelo ídolo. Batizado de "Chão de Giz - Zeca Baleiro Canta Zé Ramalho", o novo trabalho será lançado em show em Curitiba no dia 21 de junho, domingo, no palco do Teatro Guaíra. Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro e pelo Disk Ingressos.
 
"É muito bom ter a chance de dedicar um show inteiro à obra de um ídolo como o Zé", comenta Baleiro. "É um trabalho instigante e prazeroso. Certos pontos de contato foram se revelando aos poucos, durante os ensaios e as apresentações. E isso é bonito de ver", completa o músico, que celebra os 40 anos de carreira de Zé Ramalho. Concebido inicialmente em 2013 como um show apresentado em algumas cidades do Brasil, o projeto ganhou força e transformou-se em CD e DVD neste ano.
 
O público curitibano terá a oportunidade de ouvir grandes sucessos, como “Chão de Giz”, “Vila do Sossego”, “Taxi Boy”, “A Terceira Lâmina”, “Eternas Ondas” e “Avohai” na voz e no estilo de Zeca, além de “Rei do Rock”, criada em parceria com o próprio Zé Ramalho. Algumas surpresas também farão parte do repertório. A banda de Zeca Baleiro é formada por Tuco Marcondes (guitarras e vocais), Fernando Nunes (baixo), Pedro Cunha (teclados, samplers, sintetizadores e acordeon), Adriano Magoo (teclados, samplers, sintetizadores e acordeon) e Kuki Stolarski (bateria e percussão).
 
Nordeste em comum

Zé Ramalho e Zeca Baleiro são do Nordeste. Apesar da origem comum, a diversidade da região possibilita que ambos localizem-se em diferentes universos musicais. Natural de Brejo da Cruz, na Paraíba, Zé Ramalho foi influenciado pela obra de Luiz Gonzaga. Com um tom épico e apocalíptico, começou a fazer sucesso nacional em 1978, ano de lançamento do seu primeiro álbum, que continha clássicos como "Avohai", "Chão de Giz" e "Vila do Sossego". Com mais de 30 discos lançados, já foi chamado de "profeta do sertão" e "Bob Dylan da caatinga".
 
Zeca Baleiro é natural de São Luis, mas foi criado em Arari, no interior do Maranhão. Começou a se destacar entre os grandes nomes da música brasileira em 1997, com o lançamento do primeiro álbum, "Por Onde Andará Stephen Fry?". Se por um lado mostra versatilidade em suas composições – conciliando canções de lirismo mordaz, temas de ritmos regionais, samba, reggae e blues –, paralelamente, revelou-se um sagaz intérprete de obras alheias – talento que poderá ser comprovado no show que apresenta no Teatro Guaíra.
 
Serviço:
Show: Chão de Giz - Zeca Baleiro canta Zé Ramalho
Dia 21 de junho, domingo, às 21h
Local: Teatro Guaíra - R. XV de Novembro, 971, Centro
Ingressos: Plateia R$ 180 (R$ 90 meia), 1o. balcão R$ 140 (R$ 70 meia), 2o. balcão R$ 120 (R$ 60 meia)
Bilheteria do Teatro Guaíra: de segunda a domingo, das 10h às 22h
Disk Ingressos: www.diskingressos.com.br / (41) 3315-0808

 

 
publicado por o editor às 13:10
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Junho de 2015

KATIA VELO REALIZA EXPOSIÇÃO COMEMORATIVA NO SHOPPING SÃO JOSÉ

 

 

 

 

Exposição inaugura as celebrações dos 10 anos da coluna cultural da artista plástica

Shopping São José realiza entre os dias 19 a 27 de junho, a exposição “Minhas Cores” da artista plástica Katia Velo. Conhecida pelo uso dos motivos florais, das formas curvilíneas e orgânicas com forte apelo ornamental, a artista apresenta parte das obras pertencentes a sua mais recente produção, a série Minhas Cores.  “Ao se contemplar o resultado da pesquisa, é possível dizer que as cores são para a Katia Velo uma forma de expressão e, acima de tudo, de diálogo com o mundo.” Descreveu Oscar D’Ambrosio, doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie e mestre em Artes pelo Instituto de Artes da UNESP.
Pela quinta vez, Katia Velo participa de uma exposição no Shopping São José.  A primeira em 2012, a artista realizou a exposição “Retrospectiva” onde foram apresentadas obras das exposições: Símbolos, Arabescos, Adornos e Tapisserie. A segunda participação foi em 2013 com a exposição “Releituras” com obras de seus alunos da Escola Evolutiva onde a artista é professora de Arte.   No ano passado, em duas ocasiões: uma durante as comemorações do Dia Nacional de Trânsito, 22 de setembro, participou como colaboradora na curadoria e com um painel expositivo da exposição “A 2ª Melhor Invenção do Homem”- mostra de bicicletas, idealizada e realizada pelo jornalista Marcos Rosa e depois nos meses de novembro e dezembro, no Espaço da Cultura realizado pela Secretaria Municipal de Cultura de São José dos Pinhais. 
Agora, a exposição “Minhas Cores” tem como objetivo ser um marco inicial das comemorações de sua coluna cultural - Katia Velo www.katiavelo.com.br que completará 10 anos. “Sou paulistana e há doze anos escolhi São José dos Pinhais para morar, ao expor minhas obras no Shopping São José, sinto como é notória a possibilidade de ampliar a visibilidade da minha trajetória artística”, destaca Katia.  A mostra permanecerá aberta para visitação pública até 27 de junho.

Serviço:                                            
Local: Shopping São José – Piso 1
Endereço: Rua Izabel A Redentora, 1434 – Centro, São José dos Pinhais/PR
Tel.: (41) 3035-1500
Data: De 19 a 27 de junho de 2014
Horário de visitação: Durante o funcionamento do Shopping São José de segunda a segunda das 10h às 22h 
Classificação: Livre
Preço: Gratuito

Sobre Katia Velo
Paulistana, residente em São José dos Pinhais há 12 anos. Bacharelada e Licenciada em Letras pela Universidade Anhembi Morumbi- São Paulo/ SP. Possui cursos de especialização na área de educação pela USP – Universidade de São Paulo. Especialista em História da Arte Moderna e Contemporânea pela EMBAP/PR. É Agente cultural do Paraná, professora de arte, colunista cultural, curadora, artista plástica e fotógrafa. Realiza palestras com temas que englobam museologia, história da arte e técnicas de pintura. Tem atuado de forma significativa nas áreas relacionadas à arte, educação, cultura e entretenimento. Frequentemente participa de workshops, palestras e viagens culturais, nacionais e internacionais. Atuou como chefe de divisão de Artes Plásticas, Música e Literatura e Assessora e Curadora na Secretaria Municipal de Cultura de São José dos Pinhais. Fez parte do CACEV – Centro de Arte Contemporânea Edilson Viriato. É Diretora de Comunicação na APAP/PR e Professora de Arte da Escola Evolutiva.  Possui em seu currículo mais de 15 exposições individuais e mais de 100 coletivas (nacionais e internacionais); participações e premiações em vários Salões de Arte (nacionais e internacionais). Por sua atuação tem recebido homenagens através de certificados, medalhas, menções honrosas e troféus de órgãos públicos e privados. É colaborada do Jornal FOLHA DA MULHER e assina há 10 anos coluna com o seu nome www.katiavelo.com.br

 

 
publicado por o editor às 13:02
link | comentar | favorito

CAIXA CULTURAL CURITIBA OFERECE OFICINA GRATUITA DE VIDEO MAPPING

 

 

 

Encontro no dia 23 de junho faz parte do projeto que trouxe a exposição Folclore Digital a Curitiba

 

A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, no dia 23 de junho (terça-feira), a oficina Mapeando Superfícies com Projeções. O workshop será ministrado por Manolo Fraga e faz parte do projeto Folclore Digital, instalação multimídia em cartaz até o dia 28 de junho.

 

O encontro propões uma visão geral do software MadMapper, utilizado para vídeo mapping, e algumas formas de interação entre projetores como Stack e Blend. A ideia é desmistificar o mapeamento de vídeo e descrever seus parâmetros básicos, analisando também o conceito de mapeamento e distorção de telas e máscaras, input e output selection, edição de pontos e presets.

 

São 20 vagas e as inscrições devem ser feitas até o dia 17 de junho (quarta-feira) pelo e-mail caixacultural08.pr@caixa.gov.br. A seleção será feita por ordem de inscrição. A oficina é destinada a interessados em artes visuais, instalações, vídeo e projeções.

 

Manolo Fraga é VJ e, com o projeto ILUMINOUS, explora a técnica da projeção mapeada, desenvolvendo cenários e instalações visuais para shows, festas e festivais. Teve seu trabalho exibido em eventos em Roma e Ostuni, na Itália e também na Alemanha.

 

Folclore Digital

Em cartaz desde maio, a instalação Folclore Digital, da dupla VJ Suave, propõe um mergulho nas lendas do folclore brasileiro utilizando elementos tecnológicos multimídia. Combinando grafite digital, poesia, personagens animados, luzes e música, os artistas Ygor Marotta e Cecilia Soloaga proporcionam aos visitantes uma performance sensorial.

 

A ideia da instalação é dar a crianças e adultos a oportunidade de explorar imagens e sons da natureza, familiarizar-se com lendas do folclore brasileiro e ter contato com novas linguagens de mídia. As antigas histórias populares ganharão vida combinadas com a tecnologia da projeção em video mapping – projeção de imagens em superficies irregulares.


 

Serviço:

Oficina: Mapeando Superfícies com Projeções

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Galeria Térreo (Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba)

Data: 23 de junho de 2015

Hora: terça-feira, das 20h às 22h

Inscrições: gratuitas pelo e-mail caixacultural08.pr@caixa.gov.br até 17 de junho

 

ExposiçãoFolclore Digital

Local: CAIXA Cultural Curitiba – Galeria Térreo (Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba)

Visitação: 13 de maio a 28 de junho

Horário da Galeria: terça a sábado das 10h às 20h. Domingo, das 10h às 19h

Ingressos: entrada franca

Informações: (41) 2118-5111

Classificação etária: livre para todos os públicos

 

publicado por o editor às 13:01
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds