Quarta-feira, 26 de Março de 2008

APENAS UM HERÓI



APENAS UM HERÓI

de Daniel Frazão

Páginas:208

"Daniel Frazão é um dos mais instigantes escritores da geração que se tornou adulta nesta virada de século e milênio."

Antonio Cícero




Plínio Sandoval é tudo, menos o herói que o título deste segundo romance do escritor carioca Daniel Frazão sugere. Desempregado, passa os dias observando as moscas de seu decadente apartamento em Copacabana morrerem dilaceradas pelo ventilador de teto enquanto cultiva pensamentos homicidas em relação a seus vizinhos de prédio – o síndico boçal e o casal que transa enquanto ouve sinfonias de Wagner – e toda a humanidade. Isso quando não pensa em
dar cabo da própria vida. Sandoval só consegue esboçar um sorriso solitário quando lembra de Julia Monerat, seu amor platônico da adolescência, que ficou para trás na cidade natal, no interior do estado.

Sem nenhum amigo além dos colegas de trabalho e uma velha prostituta, Plínio tenta sobreviver numa cidade voraz, lidando com as desilusões, injustiças e desigualdades cotidianas. Sua trajetória muda, mas ainda assim sem nenhum ato heróico, quando recebe um telefonema do irmão, que ainda mora no interior, informando da morte de um tio do qual ele nem se lembra e da possibilidade de uma polpuda herança. Era a chance que ele tanto esperava para finalmente mudar de vida. Com seus últimos trocados, Plínio compra um terno barato para o enterro, a passagem de ônibus, e retorna à cidade de sua infância para encarar seus fantasmas.

Mas a papelada se atrasa e, para sobreviver enquanto espera a leitura do inventário, o trágico anti-herói resolve arrumar um emprego. O único adequado para suas qualificações – ele cursara apenas um período de faculdade para em seguida abandonar tudo – é o de ajudante de
médico-legista no Instituto Médico Legal. Enquanto esquarteja corpos em decomposição, Sandoval reflete sobre a própria existência e fantasia sobre o seu amor perdido de juventude. Quando o testamento finalmente é aberto, seu conteúdo é inesperado.

Um relato original e tragicamente divertido sobre a efemeridade da existência humana, protagonizado por um herói relutante e de caráter duvidoso, criado pela prosa fluida e gótica deste novo e promissor talento da literatura nacional.


Um lançamento da




publicado por o editor às 12:06
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds