Domingo, 4 de Maio de 2008

Adeus, China


Autobiografia conta a emocionante história de superação

de um dos mais importantes bailarinos do mundo

Adeus, China

de Li Cunxin

400 páginas

NESTE MOMENTO EM QUE MAIS QUE NUNCA A CHINA E SEU REGIME ESTÃO EM EVIDÊNCIA, A Editora Fundamento NOS BRINDA COM ESTE
OPORTUNO LANÇAMENTO.

" Dançando pela vida

Li Cunxin é uma das figuras mais importantes do mundo da dança. Já se apresentou com algumas das maiores companhias do mundo e é reverenciado por milhares de bailarinos. Mas todos concordam que ainda mais impressionante que a leveza de seus movimentos é sua história. O caminho que ele teve de percorrer da infância miserável na China comunista até a glória é narrado na autobiografia Adeus, China, que a Editora Fundamento lança agora no Brasil.

Muito mais que um relato sobre um garoto pobre da província de Qingdao, escolhido para fazer parte da Academia de Dança de Pequim, Adeus China é uma história de coragem, determinação, família e amor. Unindo histórias de sua infância com o panorama político do país que passava pela Revolução Comunista, sob o comando de Mao Tsé-tung, Li Cunxin descreve de maneira vívida e intensa seus anos de árduo treinamento e suas impressões do ocidente.

Amigo de presidentes americanos e estrelas de cinema, o bailarino escreveu suas memórias em linguagem simples, que promete agradar mesmo àqueles que não conhecem seu nome e sua reputação como dançarino do Australian Ballet e do Houston Ballet. Nem mesmo a questão histórica e as características da China comunista, ainda pouco conhecidas no ocidente, se tornam obstáculos em uma história escrita com sentimentos intensos.

Sorte e perseverança

Não se pode dizer que a China de Mao era uma “terra de oportunidades”: o povo chinês, além de isolado do restante do mundo, era oprimido pela intensa pobreza. Em uma casa minúscula, sem aquecimento, e se alimentando quase que exclusivamente de inhame, viviam Li Cunxin, seus pais e seus seis irmãos. A vida difícil, contudo, não foi sinôn imo de uma infância sem amor. Durante toda sua vida, o autor encontrou forças no amor de sua família para seguir em frente.

Ao ser escolhido para estudar na Academia de Dança de Pequim, o jovem Cunxin se tornou o orgulho de sua família e de sua aldeia. No começo, odiava a dança; depois, acabou se apaixonando pela arte e se entregou de corpo e alma a ela.

A história desse homem vitorioso, escrita de forma simples e tocante, é um bestseller na Austrália, onde Adeus, China venceu o Book of the Year Award. Nos Estados Unidos, o livro recebeu o Christopher Award for Literature e foi um dos finalistas do National Biography Award. Publicado em mais de 20 países, Adeus China já se tornou roteiro cinematográfico pelas mãos dos produtores de Shine – Brilhante e em breve começará a ser filmado.

Sobre o autor
Li Cunxin foi um grande bailarino, mas, desde 1999, após uma lesão, trabalha no mercado de ações. Vive na Austrália com a esposa Mary e três filhos.

Sua autobiografia Adeus, China é considerada pela crítica internacional uma história de determinação, integridade e amor, repleta de valiosas lições de coragem e esperança."


Um lançamento da

publicado por o editor às 13:45
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds