Quarta-feira, 25 de Junho de 2008

EVENTOS EM CURITIBA

Programações literárias movimentam a semana

Encontro de escritores – Na quinta-feira (26), às 19h30, acontece mais uma edição do projeto literário Nova Cartografia. O evento, no Palacete Wolf, conta com a participação das escritoras Maria Esther Maciel, de Belo Horizonte (MG), e Assionara Souza, de Curitiba, sob a mediação de Flávio Stein, também de Curitiba.

Criado com o propósito de possibilitar o encontro entre um escritor local e um autor de outra região do Brasil, o projeto literário Nova Cartografia abre espaço para que os convidados façam análises e leituras mútuas de suas obras. O objetivo é incentivar diálogos regionais entre produtores de literatura e apresentar à população curitibana tanto a produção local quanto de outros estados.

Assionara Souza nasceu em Caicó (RN), mas vive em Curitiba, onde leciona Literatura Brasileira e Produção Textual. É mestranda em Estudos Literários pela Universidade Federal do Paraná e, em 2005, publicou o livro de contos Cecília Não é Um Cachimbo, pela Editora & Letras. A escritora convidada, Maria Esther Maciel, é professora de Teoria da Literatura e Literatura Comparada da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Mestre em Literatura Brasileira pela UFMG e doutora em Literatura Comparada pela mesma instituição, com pós-doutorado em Cinema pela Universidade de Londres, Maria Esther publicou os livros Dos Haveres do Corpo (poesia, 1985), As vertigens da lucidez: poesia e crítica em Octavio Paz (ensaio, 1995), A lição do fogo (ensaio, 1998), Triz (poesia, 1998), Vôo Transverso (ensaios, 1999), A memória das coisas (ensaios, 2004), O Livro de Zenóbia, (ficção, 2004) e, recentemente, lançou O Livro dos Nomes (ficção, 2008), pela Editora Companhia das Letras. Tem ensaios, contos e poemas publicados em diversas revistas nacionais e estrangeiras.



Textos clássicos – O programa literário Odisséia da Palavra tem continuidade neste domingo (29), às 9h30, no Palacete Wolf, com a leitura de mais dois textos clássicos da Antigüidade. Desta vez, serão lidas as obras Teogonia e Trabalhos e Dias, de Hesíodo. O leitor guia é o professor Roosevelt Araújo da Rocha Júnior.

Os encontros têm como objetivo apresentar ao público os textos clássicos da Antigüidade, considerando a contribuição das culturas grega e latina para a formação da civilização ocidental. Neste primeiro módulo estão sendo lidos textos da Antiga Grécia. Num segundo momento serão lidas obras da Civilização Romana. O programa também inclui, nas próximas edições, textos de Ésquilo, Sófocles, Eurípedes e Aristófanes, entre outros autores clássicos.

Projeto Nova Cartografia

Com Maria Esther Maciel (Belo Horizonte/MG) e Assionara Souza (Curitiba/PR); mediação de Flávio Stein (Curitiba/PR)

Data: 26 de junho de 2008 (quinta-feira), às 19h30

Local: Palacete Wolf – Praça Garibaldi, 7

Entrada franca

Informações: (41) 3321-3317



Roda de Leitura do ciclo A Casa da Leitura Lê Loucura, com o escritor Paulo Sandrini, que aborda a obra O Louco do Cati, de Dyonélio Machado

Local: Casa da Leitura (Rua Batista Ganz, 453 – Parque Barigüi)

Data: 28 de junho de 2008 (sábado), às 15h

Entrada franca

Informações: (41) 3240-1101



Odisséia da Palavra – Leitura dos textos Teogonia e Trabalhos e Dias, de Hesíodo, com orientação do professor Roosevelt Araújo da Rocha Júnior.

Data: 29 de junho de 2008 (domingo), às 9h30

Local: Palacete Wolf – Praça Garibaldi, 7

Entrada franca.

Informações: (41) 3321-3317

João Batista de Andrade participa de debate na Cinemateca

Diretor de filmes premiados em festivais nacionais e internacionais,

João Batista de Andrade é o convidado do próximo ciclo de debates, que acontece nesta quarta-feira (25), às 19h, com entrada franca.



O cineasta João Batista de Andrade, autor de O homem que virou suco, O país dos tenentes e de vários documentários premiados em festivais nacionais e internacionais, é o convidado do Ciclo de Debates – O Documentário em Foco, que será promovido pela Fundação Cultural de Curitiba, na próxima quarta-feira (25), às 19h, na Cinemateca. Na ocasião será exibido o primeiro documentário de João Batista de Andrade, Liberdade de Imprensa, produzido em 1967. A entrada é franca.

Com 25 minutos de duração, o filme concentra-se nos primeiros tempos do golpe militar de 1964 e tem o propósito de discutir os reflexos da ditadura sobre a imprensa, então atingida por uma lei restritiva. Este filme, apreendido pelo exército no Congresso da UNE em Ibiúna (SP), em 1968, ficou proibido durante vários anos e foi recentemente restaurado. A mediadora do debate será a jornalista e professora Solange Stecz.

O documentário Liberdade de Imprensa é um marco brasileiro no gênero e na carreira de João Batista de Andrade. Participante ativo de movimentos sociais, o cineasta dirigiu também Greve, documentário sobre o movimento operário. Tem também vasta experiência em televisão. Foi repórter especial do telejornal A Hora da Notícia, editado por Wladimir Herzog, quando dirigiu vários curtas-metragens documentais premiados como Migrantes, Ônibus e Pedreira.

Ao lado de diretores como Eduardo Coutinho, Walter Lima Jr., Maurice Capovilla e Paulo Gil Soares, João Batista de Andrade foi um dos diretores do período áureo do programa Globo Repórter, pelo qual produziu documentários premiados como O Caso Norte, O Mercúrio Nosso de Cada Dia e Wilsinho Galiléia.



Serviço:

Ciclo de Debates – O Documentário em Foco, com João Batista de Andrade e exibição do filme Liberdade de Imprensa (1967)

Data: 25 de junho de 2008 (quarta-feira), às 19h

Local: Cinemateca de Curitiba – Rua Carlos Cavalcanti, 1.174

Entrada franca

Grupo Baque Solto faz show na Universidade Tuiuti


A apresentação integra a série Cidadania Musical, que acontece nos bairros da cidade, numa promoção da Fundação Cultural de Curitiba. A entrada é franca.


 

O Grupo Baque Solto, formado por um quinteto de instrumentistas que se dedica à música popular brasileira, faz uma apresentação nesta quarta-feira (25), às 19h30, na Universidade Tuiuti do Paraná – Campus Barigüi, no bairro Santo Inácio. O show, aberto ao público, integra a série Cidadania Musical, promovida pela Fundação Cultural de Curitiba nas regionais da cidade.

O elemento diferencial do grupo é a integração de dois instrumentos musicais normalmente contextualizados como regionais – o acordeom e a viola – , que aparecem na formação do grupo ao lado do contrabaixo elétrico, da guitarra, da bateria, da percussão e da flauta doce. A diversidade de estilos da música popular brasileira de várias regiões do país, como samba, baião, maracatu, xote, afoxé, choro e milonga, é o foco do quinteto, que trabalha na composição dos arranjos procurando criar sonoridades próprias, misturando e reinventado ritmos e estilos, buscando apresentar uma nova visão para a música brasileira.

Formado por Doriane Conceição (voz e flauta doce), Marina Camargo (acordeom), Marcelo Pereira (contrabaixo), Eduardo Gomide (guitarra, viola e voz) e Alexandre Rogoski (bateria), o Baque Solto vem atuando com êxito no cenário musical curitibano desde 2002, participando de shows em teatros, festivais de música e eventos culturais diversos, além de se apresentar freqüentemente em bares e casas noturnas. O grupo foi convidado este ano para participar do Circuito Off da 26ª Oficina de Música de Curitiba, apresentado show autoral. Além da Oficina de Música, o grupo apresentou-se em outros projetos da Fundação Cultural, como o Música nos Parques, Domingo Onze e Meia e Terça Brasileira no Paiol. Em 2007, foi selecionado pelo projeto MPB da Melhor Qualidade no Teatro do SESC da Esquina, apresentado o show Elis.

 


Serviço: Cidadania Musical – Grupo Baque Solto Data: 25 de junho de 2008 (quarta-feira), às 19h30 Local: Universidade Tuiuti do Paraná – Campus Barigüi (Rua Sydnei Antonio Rangel Santos, 238 – Santo Inácio – Regional Santa Felicidade) Entrada franca

 

publicado por o editor às 00:25
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds