Segunda-feira, 3 de Março de 2014

7/3 REPERTÓRIO DE VERÃO GRUPO TAPA - A MANDRÁGORA e CREDORES

 

Repertório de Verão do Grupo Tapa
Estreia dia 7 de março de 2014,
no Teatro de Arena
O Grupo Tapa reedita, entre março e abril,
o  projeto vencedor do 24º Premio Shell, categoria especial,
pela defesa da política de repertório.
A Mandrágora
de Nicolau Maquiavel
dias 7,8 , 9 e 21, 22 e 23 de março
Sexta e Sábado, às 21h,  e Domingo, às 19h.
Credores
14,15 e 16 de março
Sexta e Sábado, às 21h, e Domingo, às 19h.
Teatro de Arena Eugênio Kusnet
Rua Dr. Teodoro Baima, 94 – República
Tel: 11. 3256.9463
Capacidade: 98 lugares
Ingressos: R$ 20,00 / R$ 10,00 meia
Bilheteria abre uma hora antes do espetáculo
Vendas só em dinheiro
A Mandrágora
A Mandrágora estreou em 2004 erendeu a Guilherme Sant`Anna o
premio APCA de melhor ator e uma indicação
ao prêmio Shell, na mesma categoria.
A peça conta a história de um jovem e rico italiano
que se faz passar por médico para conquistar
o amor de uma mulher casada, que sofre por não conseguir engravidar.
Com o consentimento do marido, do padre e da mãe da moça,
o falso doutor receita um suspeito tratamento à base de mandrágora,
uma raiz conhecida por suas propriedades afrodisíacas.
Escrita em 1503 por Nicolau Maquiavel – o mestre da ciência política - 
A Mandrágora, é considerada um marco do teatro ocidental: 
é a primeira comédia moderna que atinge a dimensão de grande peça.
Nela a engrenagem da inteligência e da astúcia humana
vem para primeiro plano e se exibem com todo vigor,
com a liberdade e o brilho do homem do Renascimento.
“Os fins justificam os meios”, dizia Maquiavel, que constrói um
texto em que a conquista amorosa, com suas urgências e exaltações,
serve como pretexto para desenvolver um tratado prático e saboroso sobre estratégia política,
sobre a arte de envolver, manipular,
convencer e, por fim, conquistar um objetivo.
Serviço:
A Mandrágora, de Nicolau Maquiavel
Direção: Eduardo Tolentino
Elenco: Guilherme Sant`Anna , Brian Penido, Flavio Tolezani
Paulo Marcos, Bruno Barchesi.
Temporada: dias 7,8 , 9 e 21, 22 e 23 de março
Sexta e Sábado, às 21h,  e Domingo, às 19h.
Classificação: 14 anos
Duração: 1h15 minutos
Capacidade: 98 lugares
Ingressos: R$ 20,00 / R$ 10,00 meia
Bilheteria abre uma hora antes do espetáculo
Vendas só em dinheiro
Teatro de Arena Eugênio Kusnet
Rua Dr. Teodoro Baima, 94 – República
Tel: 11. 3256.9463
Credores
Apresentada pela primeira vez em 2009, Credores, de August Strindberg,
conta a chegada de um desconhecido
chamado Adolfo (Andre Garolli)
em um hotel de veraneio abala o equilíbrio
delicado da relação do casal Tekla (Simone Boer)
e Gustavo (Bruno Barchesi).
O encontro evidencia marcas do passo que nunca cicatrizaram.
“Essa é uma peça que se aprofunda nos dilemas entre os personagens,
que expõem seus conflitos,
questão longe de se resolver nos tempos contemporâneos”,
diz o diretor Eduardo Tolentino de Araújo.
O espetáculo mexe com a ideia de "o inferno são os outros",
uma questão do filósofo francês Jean-Paul Sartre que se fundamenta
no reconhecimento da relação com outro.
O visual da montagem ganhou um ar escultural com a composição da luz e o corpo dos atores.
Sempre atual
Credores foi escrito em 1888. Apesar do tempo, a história dialoga bem com
a época contemporânea, característica que comprova o lado visionário do dramaturgo sueco.
O autor tem peças montadas constantemente no Brasil e no mundo.
Outra característica importante da obra do dramaturgo é a misoginia,
ou seja, o desprezo ao sexo feminino. Uma das explicações
atribuídas para essa particularidade foi o fracasso do seu primeiro casamento.
“Strindberg é pai do teatro moderno, presenciou momentos
importantes como o nascimento da psicanálise de Sigmund Freud,
a teoria da relatividade com  Albert Einstein, o mundo passava por intensas mudanças.
Ele é um autor que sabe tocar em sentimentos profundos da alma”, conta Tolentino.
Puro jazz
Uma “jam session” de jazz existencialista é uma metáfora perfeita
para os conflitos conjugais de Credores. A encenação de Tolentino já foi encenada em diversos espaços,
sempre com um frescor, evidenciando uma nova camada da trama,
característica que aproxima o teatro das notas musicais desse gênero americano.
“No jazz, o músico interpreta a música de forma peculiar,
nunca executando uma composição exatamente da mesma forma mais de uma vez.
A peça tem uma partitura, porém os três atores têm uma liberdade,
o que faz cada apresentação ser diferente uma da outra”; finaliza o diretor.
Serviço
Credores de August Strindberg
Direção e tradução: Eduardo Tolentino de Araújo
Elenco: Andre Garolli, Bruno Barchesi e Simone Boer
Temporada: dias 14, 15 e 16 de março
Sexta e Sábado, às 21h, e Domingo, às 19h.
Capacidade: 98 lugares
Ingressos: R$ 20,00 / R$ 10,00 meia
Bilheteria abre uma hora antes do espetáculo
Vendas só em dinheiro
Teatro de Arena Eugênio Kusnet
Rua Dr. Teodoro Baima, 94 – República
Tel: 11. 3256.9463
Ficha Técnica
Cênica Texto: August Strindberg
Direção e tradução: Eduardo Tolentino de Araújo
Elenco: Andre Garolli, Bruno Barchesi e Simone Boer
Cenários e figurinos:  Lola Tolentino
Iluminação: Nelson Ferreira
Produção: Grupo Tapa

 

publicado por o editor às 16:13
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds