Terça-feira, 16 de Agosto de 2016

Cinemateca apresenta mostra do cinema polonês atual

 

 
 
 

            A atual produção de cinema na Polônia poderá ser conferida a partir da próxima quarta-feira (17), na Cinemateca de Curitiba. A Semana do Cinema Polonês reúne seis filmes de longa-metragem e seis curtas, a maioria realizada nos últimos dois anos. A programação é a seguinte:
 
Dia 17/08 às 18hs
DEUSES (Bogowie, Polônia, 2014, 112’)
O filme descreve o começo da carreira do famoso cardiologista Zbigniew Religa que em 1985 realizou o primeiro transplante de coração bem-sucedido na Polônia. O professor Religa proporcionava aos pacientes o sentido de segurança e a certeza de que estaria fazendo tudo para salvá-los. Não era religioso, mas a palavra ”santo” se apegou a ele.  Para várias pessoas, a memória dele é santa. “Era um homem santo” – dizem os pacientes. Os médicos diziam que tinha a paciência de um santo perante os doentes. As enfermeiras – que sempre as respeitava. Santo? Nem tanto. Excelente? Com certeza.
Direção: Łukasz Palkowski
Elenco: Tomasz Kot, Piotr Głowacki, Szymon Piotr Warszawski, Magdalena Czerwińska.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 17/08 às 20h30
BLOCO DE CURTAS 1 (60’)
O OBJETO de Paulina Skibińska (Obiekt, Polônia, 2015, 15’)
É uma imagem criativa e abstrata em torno de uma pesquisa submarina. A ação se desenvolve nas dimensões de dois mundos: o deserto de gelo e as profundezas das águas. A história é contada do ponto de vista da equipe de resgate do mergulhador que entra no mundo subaquático e das pessoas comuns que esperam o seu retorno.
NOSSA MALDIÇÃO de Tomasz Śliwiński (Nasza Klątwa, Polônia, 2013, 28’)
O filme mostra o cotidiano do jovem diretor e sua esposa, que enfrentam a terrível condição de seu filho recém-nascido Leo, que sofre de uma doença incurável – a síndrome de Ondine. Leo não consegue respirar enquanto dorme e para sobreviver, o bebê precisa estar constantemente ligado a aparelhos. O filme, indicado ao Oscar em 2015 na categoria de melhor documentário de curta-metragem, mostra o processo de adaptação à nova situação.
ROGALIK / (Rogalik, Polônia, 2012, 17’)
Viajando entre as pessoas e objetos, descobrimos um mundo normalmente considerado como feio e pouco atraente. Esta viagem de sonho não é um sonho. Quem são as pessoas neste "grande aquário"? E qual é a nossa posição em relação a elas? É uma curta viagem visual através de várias famílias, mostrando vários lugares diferentes com um clima único.
Classificação indicativa: livre
 
Dia 18/08 às 18hs
A MOÇA DO ARMÁRIO (Dziewczyna Z Szafy, Polônia, 2012, 88’)
É a história dos irmãos Jacek e Tomek e da moça mencionada no título. Cada um deles é solitário e alienado de seu jeito. A protagonista condena a si mesma à reclusão. Tomek padece da síndrome do sábio – uma disfunção específica do cérebro que o isola da sociedade, enquanto Jacek limita seu contato com o mundo à interação por meio da Internet. O filme fala sobre a solidão, o anonimato e o isolamento, decorrentes de várias causas – escolha própria, mas também uma habilidade “extraordinária” do cérebro que gera comportamentos inusitados.
Direção: Bodo Kox
Elenco: Magdalena Różańska, Wojciech Mecwaldowski, Piotr Głowacki.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 18/08 às 20hs
PRÉDIOS FLUTUANTES (Płynące Wieżowce, Polônia, 2013, 89’)
À primeira vista, a vida de Kuba parece fácil e arrumada. Vive com a namorada que ama, estuda na Academia de Educação Física, treina natação, é um dos atletas mais promissores e um dos candidatos mais fortes para vencer a próxima competição. Vive uma vida normal, como outros na sua idade. Numa festa, conhece Michał. Um laço forte nasce entre os homens, de repente Kuba descobre sua homossexualidade. Aterrorizado pelos sentimentos que estão nascendo dentro dele, não consegue se adaptar a esta nova situação. Sua relação forte e constante com Sylwia fica cada vez mais complicada...
Direção: Tomasz Wasilewski
Elenco: Mateusz Banasiuk, Bartosz Gelner, Marta Nieradkiewicz, Katarzyna Herman.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 19/08 às 18hs
VARSÓVIA 44 (Miasto 44, Polônia, 2014, 122’)
1944, Varsóvia ocupada pelos alemães.  Stefan, de 18 anos, trabalha para sustentar a mãe e o irmão mais novo. O Comando do AK (exército clandestino polonês) decide atacar os alemães – enfraquecidos, em fuga para o Oeste. Stefan quer lutar contra o inimigo ao lado dos amigos e da namorada. Os primeiros dias do Levante são cheios de alegria, o inimigo está em retirada. Mas a felicidade dura pouco, o exército alemão invade Varsóvia, o levante está condenado ao fracasso...
Direção: Jan Komasa
Elenco: Józef Pawłowski, Zofia Wichłacz, Anna Próchniak, Antoni Królikowski, Maurycy Popiel.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 19/08 às 20h30
BLOCO DE CURTAS 2 (56’)
SUPERUNIDADE de Teresa Czepiec (Superjednostka, Polônia, 2014, 19’)
A “Superunidade” é o maior prédio da Polônia, construído na década de 60., de acordo com a idéia de Le Corbusier de "máquina de habitação". Com 15 andares, o edifício pode acomodar cerca de 3.000 pessoas. Num labirinto de corredores e escadas, as emoções pulsam, as expectativas nascem e os desejos são realizados - ou não. Há 762 portas de apartamentos e cada uma tem a sua história. Vamos abrir apenas algumas delas.  
PONTO DE PARTIDA de Michał Szcześniak (Punkt Wyjścia, Polônia, 2014, 25’)
É uma história sobre o crime e o castigo, a redenção e a esperança, mas também sobre o medo de liberdade e suas consequências. Aneta se rebelou aos 19 anos e foi presa por assassinato.  Nove anos depois, muda sua rotina diária, passando a trabalhar numa casa de idosos. Todos os dias ela sai da prisão para ir cuidar de Helena que sofre de reumatismo. Aneta percebe o valor da vida e começa a acreditar em si mesma.
SETE HOMENS DE DIFERENTES IDADES de Sławomir Witek (Siedmiu Mężczyzn W Różnym Wieku, Polônia, 2013, 12’)
O filme refere-se ao documentário clássico de Krzysztof Kieslowski, “Sete mulheres de diferentes idades”.  Dirigido por Sławomir Witek, é semelhante também em sua forma: apresenta sete homens em diferentes momentos de sua carreiras de boxeadores - desde a infância até a velhice. O filme que deriva da tradição da escola polonesa de documentário é uma impressão poética do destino e uma história universal sobre a passagem do tempo.
Classificação indicativa: livre
 
Dia 20/08 às 18hs
A PROMESSA (Obietnica, Polônia/Dinamarca, 2014, 93’)
Lila e Janek, alunos de ensino médio numa cidade grande, pertencem a uma geração que se comunica principalmente pelo Skype e Facebook. Com os amigos, aproveitam da vida ao máximo. Frequentam baladas, experimentam álcool, maconha, até que um dia, Lila de repente rompe com o Janek e o acusa de traição. O jovem apaixonado vai ter que pagar caro por um erro inocente. Se cumprir a promessa que a moça impôs a ele, nada será como antes…
Direção: Anna Kazejak
Elenco: Eliza Rycembel, Mateusz Więcławek, Magdalena Popławska, Dawid Ogrodnik, Andrzej Chyra.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Dia 20/08 às 20hs
JEZIORAK (Jeziorak, Polônia, 2014, 94’)
Iza Dereń, uma policial de um vilarejo provinciano, conduz uma investigação sobre a morte de uma jovem mulher. Ao mesmo tempo ocorre a busca de dois policiais desaparecidos em serviço. Um deles é o parceiro de Iza e pai de gêmeos que estão para nascer em breve.
Direção: Michał Otłowski
Elenco: Jowita Budnik, Sebastian Fabijański, Mariusz Bonaszewski, Michał Żurawski.
Classificação indicativa: 16 anos
 
Local: Cinemateca – R. Carlos Cavalcanti, 1174 – São Francisco
 
Ingresso: Gratuito

 

publicado por o editor às 12:37
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds