Sábado, 18 de Abril de 2015

INÉDITOS - A POESIA DE MYRTHA RAC'Z - 21

 

 

 


POEMA VIII


Você que nasceu
com a marca do grilhão-avô
com olhar insubmisso
dos novos negros que virão
A você meninino-noite
que brinca com fuzis no Congo
esperando os trapos sujos
das instituições internacionais
A você menino-noite
dedico meu poema
Que o grito dos tam-tans
sejam ouvidos
pelas Onus do universo
Que cicatrizes ancestrais
mudem o curso do rio de sangue
que ficou atrás
Meu menino-noite
que todo o leito
que lhe foi negado
sirva de estrume 
para os que virão
poder cantar
à noite seus spirituals
Poder bailar altivo
Viver sem muros
sem a paralisia da cor
Menino-noite de todos os universos
seu canto será cantado
seu sonho será sonhado
se u grito será ouvido
seu sangue devolvido
pelos negros que virão
Menino-noite da Africa esquecida
toca seu tambor também
bate seu bater batido
A igualdade nunca virá sem luta
Apressa a pressa
os tempos são mudados
é hora de investir
A tradição apodrece nos convênios
nas assembléias
nas casas de prostituição
Sorri !
Pois sua luta é a nossa
Sua liberdade é o nosso preço
para que as gerações vindouras
de meninos negros
seja apenas mais uma geração
de meninos fortes
que cantam e dançam
sob o mesmo sol.




Myrtha

 

 
publicado por o editor às 17:01
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds