Quinta-feira, 19 de Março de 2015

Mercado de trabalho apresenta nova retração em fevereiro

 

 

Mercado de trabalho apresenta nova retração em fevereiro: O mercado de trabalho no Brasil, após apresentar desaceleração na criação de vagas ao longo de 2014, inicia o ano de 2015 no negativo, com saldo de fechamento de postos de trabalho. De acordo com o Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged), o Brasil apresentou um fechamento liquido (o saldo entre novas vagas e vagas encerradas) de 2,4 mil postos de trabalho em fevereiro, após já ter apresentado saldo negativo de 78,3 mil vagas no mês de janeiro. Com este resultado, o volume de vagas com carteira assinada foi de 41,125 milhões, menor do que o registrado no ano passado. A composição dos cortes mostra que o setor que mais demitiu foi o comércio (-30,4 mil postos), e a construção civil (-25,8 mil), enquanto a indústria apresentou saldo positivo de 2 mil vagas (27 mil no mês de janeiro) e o setor de serviços 52,3 mil postos de trabalho, em igual intervalo de comparação. A criação de vagas no setor industrial está mais concentrado no setor calçadista (5,4 mil), mas o resultado mostra fechamento de vagas em setores de maior valor agregado, como mecânica (-1,2 mil) e material de transportes (-4,6 mil), decorrente da crise no setor automotivo. Fatores como o carnaval e a baixa atividade econômica são apontados para explicar a queda na geração de novas vagas nos serviços e indústria, assim como o início das aulas ajuda a explicar o saldo positivo de vagas no setor de serviços, dada a contratação de profissionais na área de educação.


Comentário: A queda na geração de vagas formais é um resultado esperado da redução no nível de atividade da econômica. Apesar do mercado de trabalho ter apresentado resistência ao longo de 2014, já era visível a redução no ritmo de criação de novas vagas, que agora em 2015 deve se traduzir em uma elevação nas taxas de desemprego e no fechamento líquido de postos de trabalho. A expectativa de retração econômica para o ano, conjugada as recorrentes dificuldades no setor industrial (segundo a LCA consultoria, a expectativa é que 2015 apresente queda de 160 mil vagas, depois de perder 185 mil vagas em 2014 no cálculo com ajuste sazonal), devem abalar o mercado de trabalho brasileiro nos próximos meses, podendo afetar a renda e a confiança do consumidor. Mesmo o setor de serviços, que apresentava grandes saldos de contratação e mantinha o desemprego em queda, tem revelado forte desaceleração, com o acumulado de doze meses de fevereiro de 2014 sendo de 592,3 mil vagas e, agora em 2015, apenas 324,5 mil. A maioria dos especialistas concorda que os efeitos do ajuste fiscal ainda não se fizeram sentir no mercado de trabalho, o que na realidade representa uma perspectiva pessimista para os próximos meses do ano. A esperança reside no fato de que, com a desvalorização cambial, o impacto da concorrência internacional no mercado interno diminua, forçando os produtores nacionais a procurar fornecedores locais e acelerando as contratações em setores ligados as exportações no médio prazo. 

* As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade do seu autor, não representando a visão da FPA ou de seus dirigentes.



 

 
publicado por o editor às 18:41
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds