Terça-feira, 8 de Dezembro de 2015

Novelas da Rede Globo: estudo discute a sub-representação da população negra

 

 

 

 
Texto para discussão recém-lançado pelo Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa (GEMAA), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da UERJ (IESP-UERJ), apresenta dados sobre a diminuta participação de personagens negras nos elencos das telenovelas produzidas pela Rede Globo de Televisão desde 1984.
Embora os dados detectem uma tímida tendência à diversificação dos elencos ao longo dos anos, as 162 telenovelas da Rede Globo que foram ao ar entre 1984 e 2014 possuem, em média, 91,3% dos seus personagens centrais representados por atores e atrizes brancos, como mostra o gráfico abaixo. Tendo em vista que 47,9% da população brasileira se reconheceu como tal no último censo de 2010, há uma substantiva sub-representação desse grupo. O estudo ainda aponta que ocorre uma repetição de atores e atrizes negros, o que mostra o diminuto número de atores e atrizes pretos ou pardos com destaque no mundo da telenovela.
Percentual médio de atores e atrizes em cada novela de acordo com sua cor (1984-2014)
No rol de novelas “menos brancas”, o estudo aponta que são mais frequentes as ambientadas em espaços considerados subalternos: há maior probabilidade de as novelas com maior número de pretos e pardos se situarem nas regiões Norte e Nordeste do país, seguidas da região Centro-Oeste e de novelas ambientadas Sudeste (onde se passam 75% das novelas realizadas pela Globo) têm proporção menor de não brancos que as novelas ambientadas na Europa: a região é representada como mais branca que a própria Europa.
Ainda, os dados sugerem que as novelas que se passam no período em que ainda havia escravidão no país (Brasil Colônia e Império) tendem a apresentar relativamente mais personagens pretos e pardos. Os autores mostram que existe a visão de que a negritude seja um fato do passado e próprio das esferas “atrasadas” do espaço social, como o campo e as favelas.

 

 
publicado por o editor às 15:21
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds