Quinta-feira, 28 de Junho de 2012

Projeto Livros Grátis - 2012

 

Para Bernúncia os livros são os melhores amigos.

Não podemos deixar morrer esta idéia.


Repassando.......


DIVULGUEM PARA NÃO PERDERMOS O PROJETO POR DESUSO.

É só clicar no título para  ler ou imprimir.


1. A Divina Comédia -Dante Alighieri 2. A Comédia dos Erros -William Shakespeare 3. Poemas de Fernando Pessoa -Fernando Pessoa 4. Dom Casmurro -Machado de Assis 5. Cancioneiro -Fernando Pessoa 6. Romeu e Julieta -William Shakespeare 7. A Cartomante -Machado de Assis 8. Mensagem -Fernando Pessoa 9. A Carteira -Machado de Assis 10. A Megera Domada -William Shakespeare 11. A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca -William Shakespeare 12. Sonho de Uma Noite de Verão -William Shakespeare 13.. O Eu profundo e os outros Eus. -Fernando Pessoa 14. Dom Casmurro -Machado de Assis 15.. Do Livro do Desassossego -Fernando Pessoa 16. Poesias Inéditas -Fernando Pessoa 17. Tudo Bem Quando Termina Bem -William Shakespeare 18. A Carta -Pero Vaz de Caminha 19. A Igreja do Diabo -Machado de Assis 20. Macbeth -William Shakespeare 21. Este mundo da injustiça globalizada -José Saramago 22. A Tempestade -William Shakespeare 23. O pastor amoroso -Fernando Pessoa 24. A Cidade e as Serras -José Maria Eça de Queirós 25. Livro do Desassossego -Fernando Pessoa 26. A Carta de Pero Vaz de Caminha -Pero Vaz de Caminha 27. O Guardador de Rebanhos -Fernando Pessoa 28. O Mercador de Veneza -William Shakespeare 29. A Esfinge sem Segredo -Oscar Wilde 30. Trabalhos de Amor Perdidos -William Shakespeare 31. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 32. A Mão e a Luva -Machado de Assis 33. Arte Poética -Aristóteles 34. Conto de Inverno -William Shakespeare 35. Otelo, O Mouro de Veneza -William Shakespeare 36. Antônio e Cleópatra -William Shakespeare 37. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões 38. A Metamorfose -Franz Kafka 39. A Cartomante -Machado de Assis 40. Rei Lear -William Shakespeare 41. A Causa Secreta -Machado de Assis 42. Poemas Traduzidos -Fernando Pessoa 43. Muito Barulho Por Nada -William Shakespeare 44. Júlio César -William Shakespeare 45. Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente 46.. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 47. Cancioneiro -Fernando Pessoa 48. Catálogo de Autores Brasileiros com a Obra em Domínio Público -Fundação Biblioteca Nacional 49. A Ela -Machado de Assis 50. O Banqueiro Anarquista -Fernando Pessoa 51. Dom Casmurro -Machado de Assis 52. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho 53. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 54. Adão e Eva -Machado de Assis 55. A Moreninha -Joaquim Manuel de Macedo 56. A Chinela Turca -Machado de Assis 57. As Alegres Senhoras de Windsor -William Shakespeare 58. Poemas Selecionados -Florbela Espanca 59. As Vítimas-Algozes -Joaquim Manuel de Macedo 60. Iracema -José de Alencar 61. A Mão e a Luva -Machado de Assis 62. Ricardo III -William Shakespeare 63. O Alienista -Machado de Assis 64. Poemas Inconjuntos -Fernando Pessoa 65. A Volta ao Mundo em 80 Dias -Júlio Verne 66. A Carteira -Machado de Assis 67. Primeiro Fausto -Fernando Pessoa 68. Senhora -José de Alencar 69. A Escrava Isaura -Bernardo Guimarães 70. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 71. A Mensageira das Violetas -Florbela Espanca 72. Sonetos -Luís Vaz de Camões 73. Eu e Outras Poesias -Augusto dos Anjos 74. Fausto -Johann Wolfgang von Goethe 75. Iracema -José de Alencar 76. Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa 77. Os Maias -José Maria Eça de Queirós 78. O Guarani -José de Alencar 79. A Mulher de Preto -Machado de Assis 80. A Desobediência Civil -Henry David Thoreau 81. A Alma Encantadora das Ruas -João do Rio 82. A Pianista -Machado de Assis 83. Poemas em Inglês -Fernando Pessoa 84. A Igreja do Diabo -Machado de Assis 85. A Herança -Machado de Assis 86. A chave -Machado de Assis 87.. Eu -Augusto dos Anjos 88. As Primaveras -Casimiro de Abreu 89. A Desejada das Gentes -Machado de Assis 90. Poemas de Ricardo Reis -Fernando Pessoa 91. Quincas Borba -Machado de Assis 92. A Segunda Vida -Machado de Assis 93. Os Sertões -Euclides da Cunha 94. Poemas de Álvaro de Campos -Fernando Pessoa 95. O Alienista -Machado de Assis 96. Don Quixote. Vol. 1 -Miguel de Cervantes Saavedra 97. Medida Por Medida -William Shakespeare 98. Os Dois Cavalheiros de Verona -William Shakespeare 99. A Alma do Lázaro -José de Alencar 100. A Vida Eterna -Machado de Assis 101. A Causa Secreta -Machado de Assis 102. 14 de Julho na Roça -Raul Pompéia 103. Divina Comedia -Dante Alighieri 104. O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós 105. Coriolano -William Shakespeare 106. Astúcias de Marido -Machado de Assis 107. Senhora -José de Alencar 108. Auto da Barca do Inferno -Gil Vicente 109. Noite na Taverna -Manuel Antônio Álvares de Azevedo 110. Memórias Póstumas de Brás Cubas -Machado de Assis 111. A 'Não-me-toques' ! -Artur Azevedo 112. Os Maias -José Maria Eça de Queirós 113. Obras Seletas -Rui Barbosa 114. A Mão e a Luva -Machado de Assis 115. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco 116. Aurora sem Dia -Machado de Assis 117. Édipo-Rei -Sófocles 118. O Abolicionismo -Joaquim Nabuco 119. Pai Contra Mãe -Machado de Assis 120. O Cortiço -Aluísio de Azevedo 121. Tito Andrônico -William Shakespeare 122. Adão e Eva -Machado de Assis 123. Os Sertões -Euclides da Cunha 124. Esaú e Jacó -Machado de Assis 125. Don Quixote -Miguel de Cervantes 126. Camões -Joaquim Nabuco 127. Antes que Cases -Machado de Assis 128. A melhor das noivas -Machado de Assis 129. Livro de Mágoas -Florbela Espanca 130. O Cortiço -Aluísio de Azevedo 131. A Relíquia -José Maria Eça de Queirós 132. Helena -Machado de Assis 133. Contos -José Maria Eça de Queirós 134. A Sereníssima República -Machado de Assis 135. Iliada -Homero 136. Amor de Perdição -Camilo Castelo Branco 137. A Brasileira de Prazins -Camilo Castelo Branco 138.. Os Lusíadas -Luís Vaz de Camões 139. Sonetos e Outros Poemas -Manuel Maria de Barbosa du Bocage 140. Ficções do interlúdio: para além do outro oceano de Coelho Pacheco. -Fernando Pessoa 141. Anedota Pecuniária -Machado de Assis 142. A Carne -Júlio Ribeiro 143. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós 144. Don Quijote -Miguel de Cervantes
145. A Volta ao Mundo em Oitenta Dias -Júlio Verne 146. A Semana -Machado de Assis 147. A viúva Sobral -Machado de Assis 148. A Princesa de Babilônia -Voltaire 149. O Navio Negreiro -Antônio Frederico de Castro Alves 150. Catálogo de Publicações da Biblioteca Nacional -Fundação Biblioteca Nacional 151. Papéis Avulsos -Machado de Assis 152. Eterna Mágoa -Augusto dos Anjos 153. Cartas D'Amor -José Maria Eça de Queirós 154. O Crime do Padre Amaro -José Maria Eça de Queirós 155. Anedota do Cabriolet -Machado de Assis 156. Canção do Exílio -Antônio Gonçalves Dias 157. A Desejada das Gentes -Machado de Assis 158. A Dama das Camélias -Alexandre Dumas Filho 159. Don Quixote. Vol. 2 -Miguel de Cervantes Saavedra 160. Almas Agradecidas -Machado de Assis
161. Cartas D'Amor - O Efêmero Feminino -José Maria Eça de Queirós 162. Contos Fluminenses -Machado de Assis 163. Odisséia -Homero 164. Quincas Borba -Machado de Assis 165. A Mulher de Preto -Machado de Assis 166. Balas de Estalo -Machado de Assis 167. A Senhora do Galvão -Machado de Assis 168. O Primo Basílio -José Maria Eça de Queirós 169. A Inglezinha Barcelos -Machado de Assis 170. Capítulos de História Colonial (1500-1800) -João Capistrano de Abreu 171. CHARNECA EM FLOR -Florbela Espanca 172. Cinco Minutos -José de Alencar 173. Memórias de um Sargento de Milícias -Manuel Antônio de Almeida 174. Lucíola -José de Alencar 175.. A Parasita Azul -Machado de Assis 176. A Viuvinha -José de Alencar 177. Utopia -Thomas Morus 178. Missa do Galo -Machado de Assis 179. Espumas Flutuantes -Antônio Frederico de Castro Alves 180. História da Literatura Brasileira: Fatores da Literatura Brasileira -Sílvio Romero 181. Hamlet -William Shakespeare 182. A Ama-Seca -Artur Azevedo 183. O Espelho -Machado de Assis 184. Helena -Machado de Assis 185. As Academias de Sião
--
Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por DESUSO,
já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação,
divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos,
a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.

publicado por o editor às 17:33
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Março de 2012

Toninho Vaz vai lançar seu livro Solar da Fossa.

 

Toninho Vaz vai lançar seu livroSolar da Fossa.

Quando:Dia 21 de março, 19 horas
Onde:BADESC - Rua Visconde de Ouro Preto,216 - Centro - Florianópolis-SC
Convidado especial:Gutembera Guarabyra

Bernúncia Editora




publicado por o editor às 22:23
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Março de 2010

LANÇAMENTOS DA BERNUNCIA


publicado por o editor às 20:18
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Novembro de 2009

PILOTO DE BERNUNÇA


A Bernúncia Editora, a Academia Catarinense de Letras e o Fundação
Cultural BADESC, convidam para o coquetel de lançamento do livro
PILOTO DE BERNUNÇA, de Sérgio da Costa Ramos. Dia 24.11.2009
(terça-feira) a partir das 18h30

Local: Fundação Cultural BADESC
Rua Visconde do Ouro Preto, 216 / Centro


Confirmadas presenças dos colaboradores do livro: Deonísio da Silva,
Vera Sabino, Dante Mendonça, Raul Caldas e Arthur Moreira Lima.

Lançamento da Bernúncia Editora e Academia Catarinense de Letras

publicado por o editor às 20:58
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

FEIRA DE ARTES E ARTESANATO


FEIRA DE ARTES E
ARTESANATO do shopping CASA & DESIGN, (Rodovia SC-401, 4850. Próximo
ao Floripa Shopping), que será realizada neste sábado dia 26 de
Setembro das 15:00 às 21:00 hs.

A entrada franca e a Feira tem o apoio da Secretaria de Cultura do
Estado de Santa Catarina e será montada ao redor da praça do Café do
Francês, com direito à musica ao vivo. Neste sábado teremos uma banda
de Blues.

Venha conhecer as novidades dos expositores de diversos segmentos,
entre eles : sebo, brecho, antiguidades, artistas plasticos, rendas,
objetos antigos de decoração, velas, pathwork, projetos sociais,
discos, lustres, acessórios...

IMPORTANTE: Como a Feira é ao ar livre, em caso de chuva o evento
será cancelado.

Contamos com sua presença!!

Bernúncia Editora e Livraria

publicado por o editor às 18:45
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Agosto de 2009

Duas Violas Arteiras


Duas Violas Arteiras
de Flávio José Cardozo e Sérgio da Costa Ramos


162 páginas

Como bem diz Lauro Jumkes - a crônica mastiga, rumina nosso diário feijão-com arrroz. Flávio José Cardozo e Sérgio da Costa Ramos não se fazem de rogados, e acabam por palitar os dentes em Times New Roman. O genial Dante Mendonça aproveita e dá no pé de orelha a seguinte dica , você estará prestes a conhcer e se deliciar com os moleques do sul , gentes da ilha outrora chamada Desterro. Só lendo mesmo... (E.C.)


Lançamento da Bernúncia Editora e Academia Catarinense de Letras

E pondo um ponto final -



Mas o que é BERNÚNCIA
?

Bernúncia: Animal fantástico do folclore catarinense, personagem na dança do boi-de-mamão, vivificado por dois ou mais indivíduos sob uma armação de madeira coberta por um pano colorido e munida de uma cabeçorra com uma grande mandíbula móvel por onde se "engolem" pessoas.
Segundo Cascudo, proveniente de abrenuntìo "renuncio (ao diabo)", termo de esconjuro, donde também as formas abernunça, abernúncia, abrenunza, bermunça, bernunça, bernunza, brenunça, brenúncia e brenunza.


publicado por o editor às 06:51
link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Agosto de 2009

O Circo



O Circo
de
Hamilton Alves


Este é um livro sedutor. Seriam cronicas, parábolas ? Uma novela intensa onde um ser humano convive com animais amestrados? Um texto para leitores não amestrados que querem refletir sobre o picadeiro que a vida é ! (E.C.)



UM LANÇAMENTO DA
Bernúncia Editora





Mas o que é BERNÚNCIA
?

Bernúncia: Animal fantástico do folclore catarinense, personagem na dança do boi-de-mamão, vivificado por dois ou mais indivíduos sob uma armação de madeira coberta por um pano colorido e munida de uma cabeçorra com uma grande mandíbula móvel por onde se "engolem" pessoas.
Segundo Cascudo, proveniente de abrenuntìo "renuncio (ao diabo)", termo de esconjuro, donde também as formas abernunça, abernúncia, abrenunza, bermunça, bernunça, bernunza, brenunça, brenúncia e brenunza.


publicado por o editor às 08:30
link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Junho de 2009

Curitiba melhores defeitos piores qualidades




Curitiba melhores defeitos piores qualidades
de Dante Mendonça


290 páginas

Este é um livro típico de "perco o amigo mas, não perco a piada". Dante Mendonça é um catarinense de Nova Trento que radicou-se em Curitiba desde 1970. É Cidadão Honorário do Paraná e chargista desde 1972. Foi o fundador da Banda Polaca , a agremiação carnavalesca de maior importância para o tão combalido carnaval curitibano (quanto antagonismo) e hoje já finada (tal qual a data do tríduo momesco que só nos deixou as "garotas bem boladas"). Cronista de O Estado do Paraná, neste livro descasca esse pinhão que é essa cidade "iniciática". O livro tem orelhas respeitáveis de Jaime Lerner e em seu corpo um humor fino e cáustico que percorre os des-caminhos de uma "Gente Arredia e Fria" (pag.17) e pretende esclarecer "Como dói viver em Curitiba" (pág.139). Enfim, no saber de Fabrício Carpinejar, citado por Dante - "Não se procura Curitiba para pecar". Pano rápido, leiam este livro! (E.C.)

UM LANÇAMENTO DA
Bernúncia Editora





Mas o que é BERNÚNCIA
?

Bernúncia: Animal fantástico do folclore catarinense, personagem na dança do boi-de-mamão, vivificado por dois ou mais indivíduos sob uma armação de madeira coberta por um pano colorido e munida de uma cabeçorra com uma grande mandíbula móvel por onde se "engolem" pessoas.
Segundo Cascudo, proveniente de abrenuntìo "renuncio (ao diabo)", termo de esconjuro, donde também as formas abernunça, abernúncia, abrenunza, bermunça, bernunça, bernunza, brenunça, brenúncia e brenunza.

publicado por o editor às 13:53
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: