Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012

Evangélicos: origens e transformações da fé que seduz o Brasil

 




Jornalista Eduardo Refkalefsky e a historiadora Silvia Patuzzi discutem a religião que atrai milhões de seguidores no País e no mundo.



O tradicional encontro do Biblioteca Fazendo História, promovido pela Biblioteca Nacional através da Revista de História da Biblioteca Nacional (RHBN), traz para o ultimo evento do ano, o tema “Evangélicos: origens e transformações da fé que seduz o Brasil”. O evento recebe o jornalista Eduardo Refkalefsky e a historiadora Silvia Patu­zzi para debater as transformações e as po­lêmicas da religião que mais cresce no Brasil. O debate tem a entrada franca, e acontece dia 10/12, às 16h00, no Auditório Machado de Assis da Biblioteca Nacional.



A alta popularidade da religião encontrou nas páginas da atual edição a história dessa fé que fascina multidões não só no nosso País, mas também no mundo. Quando em 1517, Martin Lutero fundou, na Alemanha, a Igreja Luterana ele não imaginava a proporção que ela tomaria. Só no Brasil estima-se que existam cerca de 43 milhões de fiéis. O que a torna tão atrativa?


Para entender a evolução dessa religião, os organizadores convidaram dois especialistas no assunto. O jornalista e professor de comunicação da ECO/UFRJ, Eduardo Refkalefsky, autor da tese "Comunicação e Posicionamento da Igreja Universal do Reino de Deus: um estudo do Marketing Religioso", e Silvia Patu­zzi, historiadora e professora de História Moderna na PUC-RJ, que realiza pesquisas e trabalhos com temas ligados a política e cultura religiosa.



A série mensal de debates Biblioteca fazendo História traz temas relevantes da história do Brasil abordados em cada edição da RHBN. O objetivo é trazer à tona temas históricos publicados na revista e aproximá-la do público leitor. A presença no evento dá direito a certificado de participação, que pode ser utilizado por alunos e professores como horas de atividades complementares.





Biblioteca Fazendo História
Evangélicos: origens e transformações da fé que seduz o Brasil
 10 de dezembro no Auditório Machado de Assis
 Endereço: Rua México, s/nº - Centro – Rio de Janeiro - RJ (acesso pelo jardim)

Horário: 16h
Entrada Franca

publicado por o editor às 18:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012

Projeto idealizado por Darcy Ribeiro distribuirá 2,7 milhões de livros

 



Fundação Biblioteca Nacional vai viabilizar a distribuição de livros para as bibliotecas públicas cadastradas no SNBP. Em três anos serão distribuídos 900 mil livros às bibliotecas brasileiras.


Nesta quinta-feira, dia 25 de outubro, a Biblioteca Nacional abre as portas do Auditório Machado de Assis para a realização do sonho do professor, antropólogo, educador e escritor, imortal da Academia Brasileira de Letras: Darcy Ribeiro. É o lançamento da Coleção Biblioteca Básica Brasileira – BBB, que chega para homenagear os 90 anos de nascimento desse mineiro de Montes Claros.E como imaginou o seu idealizador, essa coleção será destinada às bibliotecas públicas brasileiras.

Darcy Ribeiro planejou a Coleção Biblioteca Básica Brasileira na década de 60, quando era Reitor da Universidade de Brasília, para proporcionar à sociedade um conhecimento mais profundo de sua história e cultura. E agora o seu projeto está sendo concretizado pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN), pela Fundação Darcy Ribeiro e pela Editora UnB.

O livro América Latina: A Pátria Grande, escrito por Darcy Ribeiro, terá um relançamento especial para marcar o inicio do projeto e homenagear o seu autor. Ele abre a série dessa primeira coleção que contará com nomes como Rui Barbosa, Euclides da Cunha e Machado de Assis, entre outros. Serão levados em conta temas definidos pelo próprio Darcy Ribeiro: O Brasil e os Brasileiros, Os Cronistas da Edificação, Cultura Popular e Cultura Erudita, Estudos Brasileiros e A Criação Literária.

Ao todo a Coleção Biblioteca Básica Brasileira contará com 150 títulos, divididos em três partes com 50 obras em cada. A previsão é que a cada bimestre, a partir de janeiro de 2013, 10 novos títulos cheguem às prateleiras das bibliotecas públicas brasileiras ao longo dos próximos 3 anos, com o auxílio do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, da Fundação Biblioteca Nacional (SNBP/FBN). Essa é a primeira das quatro fases do projeto.

A segunda fase é a criação do site Cultive um Livro, no qual qualquer usuário poderá se cadastrar e escolher um dos 50 títulos da lista inicial da BBB e sugerir seu envio gratuito a uma escola, ponto de cultura ou pessoa física cadastrados no site. Serão 9 mil coleções, distribuindo um total de 450 mil exemplares. Outras 1.800 coleções, somando 90 mil exemplares, serão destinadas aos patrocinadores e Ministério da Cultura, totalizando 540 mil livros distribuídos nesta fase. Na fase seguinte, o SNBP e o site Cultive um Livro publicarão e distribuirão 50 obras de direito protegido [não estão em domínio público], num total de 15 mil coleções. Outras 3 mil coleções serão destinadas aos patrocinadores e Ministério da Cultura, somando 18 mil coleções, totalizando 900 mil livros. Na quarta e última fase, serão publicadas e distribuídas 50 obras de direito protegido por meio do SNBP e do site Cultive um Livro, perfazendo mais 15 mil coleções. Outras 3.000 coleções serão destinadas aos patrocinadores e Ministério da Cultura, completando 18 mil coleções, totalizando 900 mil livros.

Nas quatro fases do projeto serão publicados e distribuídos gratuitamente 2.700.000 exemplares (54 mil coleções). Sendo 900 mil livros (18 mil coleções) distribuídos para as bibliotecas cadastradas no SNBP e outros 1.260.000 livros (25 mil e 200 coleções) pelo Site Cultive um Livro. 270 mil exemplares (5.400 coleções) serão destinados ao Ministério da Cultura e 270 mil exemplares (5.400 coleções) para os patrocinadores.

Darcy nasceu em Montes Claros (MG), em 26 de outubro de 1922, e faleceu em Brasília, DF, em 17 de fevereiro de 1997.

publicado por o editor às 20:13
link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Outubro de 2012

Inscrições abertas para o Colóquio França Brasil: Olhares Cruzados

 

 Inscrições abertas para o Colóquio França Brasil: Olhares Cruzados


Evento faz parte da parceria entre as bibliotecas nacionais do Brasil e da França

Estão abertas as inscrições para o Colóquio França Brasil: Olhares Cruzados, que será realizado pela Fundação Biblioteca Nacional nos dias 22 e 23 de outubro, em parceria com a Biblioteca Nacional da França, a Mediateca da Maison de France e o Consulado Geral da França no Rio de Janeiro. O colóquio faz parte de um calendário de eventos anuais criados em 2008 pelas Bibliotecas Nacionais do Brasil e da França e que têm como objetivo debater cultura e literatura, tendo como ponto central as particularidades franco-brasileiras.

O colóquio contará com palestras de especialistas franceses e brasileiros, como Michel Riaudel, professor da Université de Paris X (Nanterre) e doutor em Literatura, RéginePiersanti, Diretora da Biblioteca Nacional da França, Angela Monteiro Bettencourt, Diretora da Biblioteca Nacional Digital, Augusto Ivan de Freitas Pinheiro, Urbanista e Escritor, entre outros.

A abertura do evento terá ainda a participação de dois renomados chefs de cozinha, Renato Freire, da Confeitaria Colombo, e Damien Montecer, do Restaurante Térèze, ambos do Rio de Janeiro, que contarão um pouco de suas histórias e da mistura das gastronomias francesa e brasileira. Após a palestra, haverá ainda o lançamento da Revista Gastronomia Rio.

As inscrições devem ser feitas através do email coloquiofrbr@bn.br. Mais informações pelo telefone 21 2220-4281.

Como resultado da parceria entre as Bibliotecas Nacionais, foi criado um portal que congrega um acervo de documentos representativos –– mapas e fotografias, textos impressos e desenhos – da história das relações entre a França e o Brasil desde os albores do século XVI até o início do século XX. O portal pode ser acessado no endereço www.bndigital.bn.br/francebr.

Dia 22 de outubro:
17h30 - Abertura por Galeno Amorim, presidente da Fundação Biblioteca Nacional e Jean-Claude Moyret, Consul Geral da França no Rio de Janeiro
18h - O elo histórico e gastronômico entre o Brasil e a França: Debate de amizade gastronômica - Chef Renato Freire da Confeitaria Colombo e Chef Damien Montecer Relais & Châteaudo Restaurante Térèze.
19h - Lançamento da Revista Gastronomia Rio

Dia 23 de outubro:
10h-11h - Literatura em mão dupla: o caso da França e do Brasil - Michel Riaudel
11h- 12h - Fotografia franco-brasileira : olhares refletidos – Joaquim Marçal
12h-14h - Almoço
14h-15h - A Herança francesa no cenário do Rio de Janeiro – Augusto Ivan de Freitas Pinheiro
15h-16h - Viajar e escrever / viagens da escrita: peregrinação e circulação da informação (século XVII- século XIX) - Ilda Mendes dos Santos                   
17h-17h30 - O desenvolvimento do portal: RéginePiersantie Angela Monteiro Bettencourt


Serviço:
Colóquio França Brasil: Olhares Cruzados
Data: 22 e 23/10
Horário: dia 22/20, das 17h30 às 19h e dia 23/10, das 10h às 18h
Inscrições: coloquiofrbr@bn.br

publicado por o editor às 01:49
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Outubro de 2012

ÚNICO ATLAS DE CIERA DO MUNDO RECEBE IMPORTANTE NOMEAÇÃO DA UNESCO

 


Atlas de Ciera, que faz parte do acervo da Divisão de Cartografia da FBN, integra o Registro Memória do Mundo do Brasil da UNESCO – MOWBrasil. Em dezembro acontece a cerimônia de diplomação.
 
O comitê brasileiro do Programa Registro Memória do Mundo da UNESCO (MOWBrasil), nomeou o Atlas e Mapa do Cartógrafo Miguel Antônio Ciera, que delineou a região sul do país e suas fronteiras, como peça rara e importante para o acervo mundial. Essa peça de 1758 faz parte da Divisão de Cartografia da Fundação Biblioteca Nacional – FBN/MinC e é única no mundo. A conquista ganha mais destaque porque a cada ano aumenta o número de candidatos concorrendo a essa diplomação, que este ano aconteceu na sede do Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro.  
 
O atlas, proveniente da Coleção Real Biblioteca, traça a geografia do Rio Paraguai até a foz do Rio Jauru. Depois o grupo voltou à Assunção, explorou o Rio Iguatemi e prosseguiu até o Aguaraí, um afluente do Ipané-Guaçu. Em 1755 deram por encerrados os trabalhos. Era a primeira vez que a região estava sendo mapeada. O trabalho contém 35 folhas desenhadas a lápis e tinta ferrogálica e coloridas a aquarela. Sua visualização é possível através do site da Fundação Biblioteca Nacional Digital nas páginas http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_cartografia/cart90559.djvu e http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_cartografia/cart90559.pdf.
 
Miguel Antônio Ciera nasceu em Pádua, Itália, não se tendo conhecimento de sua vida antes estabelecer relações com os portugueses. Foi contratado pela Coroa portuguesa para trabalhar nas demarcações de fronteiras entre as possessões portuguesa e espanhola no sul da América Meridonal. Após o seu retorno para Portugal, casou-se com Dona Antonia Margarida Violante de Lima, em 1761, com quem teve quatro filhos. Um deles, Francisco Antonio de Ciera, seguiu a profissão do pai, tornando-se um grande cartógrafo.
 
O Comitê Nacional do Brasil acolheu candidaturas de entidades públicas ou privadas, além das candidaturas de pessoas físicas com posse de documentos que possuem um valor inquestionável e excepcional para a memória coletiva da sociedade brasileira, como o Atlas de Ciera. O Comitê recebeu ao todo 36 propostas de candidatura, e reunidos na sede do AN aprovou a proposta da FBN e outras nove instituições para o ano de 2012.
 
Poderiam se candidatar documentos textuais (manuscritos ou impressos), audiovisuais (vídeos, filmes e registro sonoro), iconográficos (fotografia, gravura e desenho) ou cartográficos (em suporte convencional ou digital). Além do Atlas, foram nomeados o Arquivo Herbert de Souza; a Coleção Carlos Gomes do Museu Imperial e os Negativos de Vidro do Fundo Instituto Oswaldo Cruz – IOC. As propostas nomeadas serão reconhecidas por Portaria da Ministra de Estado da Cultura, e a cerimônia de diplomação será dia 4 de dezembro desse ano, na sede do AN.
publicado por o editor às 23:44
link do post | comentar | favorito

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA O PRÊMIO LITERÁRIO BIBLIOTECA NACIONAL 2012

 


Cada vencedor, além do troféu, recebe R$ 12.500,00

Estão abertas até o dia 17 de novembro as inscrições para o Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2012, cujo objetivo é premiar autores, tradutores e projetistas gráficos em reconhecimento à qualidade intelectual e estética de suas obras, publicadas no período de 1º de setembro de 2011 a 31 de agosto de 2012, no Brasil.

O Prêmio BN está dividido nas seguintes categorias:

    Prêmio Alphonsus de Guimaraens, de Poesia;
    Prêmio Machado de Assis, de Romance;
    Prêmio Clarice Lispector, de Conto;
    Prêmio Sérgio Buarque de Holanda, de Ensaio;
    Prêmio Paulo Rónai, de Tradução;
    Prêmio Aloísio Magalhães, de Projeto Gráfico;
    Prêmio Sylvia Orthof, de Literatura Infantil;
    Prêmio Glória Pondé, de Literatura Juvenil.


Os Prêmios, intitulados em homenagem a intelectuais destacados na cultura brasileira, contemplarão as obras, em primeira edição, publicados no período de 1º de setembro de 2011 e 31 de agosto de 2012, que estejam em dia com a Lei do Depósito Legal (Lei n.10.994, de 14 de dezembro de 2004) e que possuam número de ISBN (International Standard Book Number).

Poderão participar do Prêmio pessoas físicas brasileiras ou naturalizadas, sendo habilitadas somente as obras redigidas em língua portuguesa e publicadas por editoras brasileiras. As obras deverão ser inscritas pelo autor, de acordo com as categorias premiadas.

Em caso de dúvidas, as mesmas deverão ser encaminhadas ao endereço de e-mail: economiadolivro@bn.br, ou através do telefone (21) 2220-3040, ramal 2216.

Veja aqui o edital. Clique aqui para obter a ficha de inscrição e aqui para baixar o Termo de Doação
publicado por o editor às 23:43
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Setembro de 2012

R$ 516 mil é o investimento da Fundação Biblioteca Nacional no Programa Nacional de Apoio à Pesquisa 2012

 


Em 2012, iniciativa conta com 25 bolsas para projetos ligados ao acervo da instituição
Graduandos, graduados, mestrandos, mestres, doutorandos e doutores podem se inscrever até o próximo dia 24/9 no edital do Programa Nacional de Apoio à Pesquisa (PNAP) da Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC). Completando oito anos de existência, a iniciativa tem por objetivo incentivar trabalhos acadêmicos que se utilizem do acervo da FBN como principal fonte de pesquisa. Em 2012, o PNAP oferece 25 bolsas em sete categorias, que representam um investimento total de R$ 516 mil.
Pesquisadores das áreas de Biblioteconomia e Ciências da Informação, Ciências Sociais, Comunicação, Educação, História e Letras estão aptos a concorrer. "Este ano, voltamos a contemplar projetos de iniciação científica, que podem ser apresentados por graduandos ou recém-graduados”, comenta Aníbal Bragança, Coordenador-geral do Centro de Pesquisa e Editoração (CPE). Para eles, são oferecidas bolsas de R$ 6 mil, a serem pagas em 12 parcelas de R$ 500 num período de um ano. De acordo com os níveis de formação, o valor das quantias varia.
No caso de mestrandos, há oferta de cinco bolsas de R$ 20.400. Cinco pesquisadores-mestres receberão R$ 22.800 para desenvolver seus trabalhos. Doutorandos e doutores selecionados ganharão bolsas no valor de R$ 26.400 e R$ 30 mil, respectivamente. Uma novidade do edital em 2012 são as duas vagas destinadas a pesquisadores estrangeiros que estejam fazendo mestrado e doutorado. Nesses casos, as bolsas têm duração de seis meses e valores totais de R$ 20.400 e R$ 26.400, respectivamente.
"Além de mantermos como foco principal no PNAP a pesquisa nos acervos especiais da BN, direcionamos o edital para trabalhos que tenham, em qualquer enfoque disciplinar, o estudo da formação da cultura letrada no Brasil", explica Bragança. Consistência, base teórica, metodologia e planejamento serão critérios avaliados pela comissão formada por pesquisadores de todo país envolvida no programa. Criado em 2004, ele já ajudou na realização de cerca de 150 trabalhos.
Contando a princípio com 10 bolsas, a iniciativa tem um histórico de mais de 120 textos publicados em sites, livros e outros veículos. Em 2011, quase 300 projetos foram enviados para avaliação. “Assim, a FBN está contribuindo para o desenvolvimento das práticas e do conhecimento científico no país”, conclui o coordenador-geral do CPE. O edital do programa está disponível no portal da Biblioteca Nacional: http://www.bn.br

publicado por o editor às 23:21
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

Publicados editais do Circuito de Feiras e Caravana de Escritores

 


No dia 23/4, a Fundação Biblioteca Nacional lançou os dois primeiros editais de 2012: um para incentivo ao Circuito de Feira de Livros e Festivais Literários e outro para apoio ao projeto de Caravanas de Escritores. O Edital do Circuito de Feiras tem como objetivo o repasse de recursos financeiros para apoiar municípios, estados, Distrito Federal, Instituições Públicas de Ensino Superior (IPES) e Organizações Não Governamentais (ONGs) na implementação de feiras de livro abertos a toda comunidade. Acesse o edital na íntegra.
http://www.bn.br/portal/arquivos/pdf/Edital%20Chamada%2002%20circuito%20nacional%20de%20feiras.pdf

Já a Caravana de Escritores é um Projeto de apoio cultural às feiras de livros e festivais literários que possibilita a participação incentivada  de autores  nos eventos  programados pelas entidades solicitantes. Esse apoio acontecerá através de inscrição prévia das feiras e festivais no Circuito Nacional, do pagamento de passagens e cachês aos autores selecionados e orientação técnica da Coordenação Geral do projeto quanto à produção das caravanas. Acesse o edital da Caravana de Escritores na íntegra.
http://www.bn.br/portal/arquivos/pdf/Edital%20Chamada%2001%20Caravana%20de%20Escritores.pdf

Em caso de dúvida, escreva para circuitodefeirasdelivro@bn.br ou para caravanadeescritores@bn.br.

publicado por o editor às 00:47
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Dezembro de 2011

Brasil e Argentina firmam parceria cultural

 

PARCERIA INTERNACIONAL

A Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e o presidente da Fundação Biblioteca Nacional, Galeno Amorim, assinaram convênio com a Biblioteca Nacional da Argentina na última terça, 15/11, em Buenos Aires. No acordo, a BN entregou cópias digitalizadas de centenas de documentos históricos, entre eles manuscritos e planos sobre a fundação de Buenos Aires. Os documentos digitalizados entregues ao governo argentino podem ser acessados no site da BN digital aqui.

publicado por o editor às 18:34
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

MIDIANEWS - Biblioteca Nacional agora tem blog!

 

A BN lança mais um canal na internet. O Blog da Biblioteca Nacional, a partir de hoje, publicará entrevistas, cobertura de eventos, galeria de imagens e tudo sobre a agenda cultural da Biblioteca. Fique por dentro! www.bn.br/blog

publicado por o editor às 15:33
link do post | comentar | favorito

Notícia - Escritores lançam antologia sobre literatura negra na Biblioteca Nacional

 

No dia 28/11, a Biblioteca Nacional recebe autores do livro “Literatura e afrodescendência no Brasil: antologia crítica” (Editora UFMG) para o lançamento da coleção de quatro volumes, que reúne ensaios e referências bibliográficas sobre o tema. Organizado pelo professor Eduardo de Assis Duarte, da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, o trabalho reúne pesquisas de 61 estudiosos de 21 universidades brasileiras e seis estrangeiras. Saiba mais

publicado por o editor às 15:31
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.FALE COM A GENTE


.subscrever feeds