Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Lançamento - Imprensa, humor e caricatura: a questão dos estereótipos culturais

 



Isabel Lustosa (org.)

Coleção: Humanitas
2011. 563 p.



Ao abordar as várias práticas da imprensa ilustrada, da caricatura, da fixação e da negação de estereótipos que tiveram lugar em diferentes épocas, do século XVIII ao XXI, este livro traça um divertido retrato das produções e publicações de humor na América Latina e na Europa. Além de conter importante documentação histórica, a obra analisa politicamente o humor e sua contextualização na cultura e na história de vários países.




>

LANÇAMENTO DA

publicado por o editor às 20:19
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

Design Gráfico Cambiante


Design Gráfico Cambiante
de Rudinei Kopp


Páginas: 134



 

O tema desenvolvido por Rudinei é fascinante por sua atualidade, inquietante pelas reflexões que suscita, e complexo pelos desdobramentos que pode sugerir. Até há bem pouco, o conceito de design visual não deixava dúvidas de que se tratava de um processo de busca de soluções funcionais de relativo longo prazo para problemas de comunicação envolvendo tipografia e imagens. Mas as conceituações de design e as realidades que elas estimulam, são cambiantes, como já nos alerta o título deste livro. Prof. Dr. Flávio V. Cauduro na Apresentação.


CONTEÚDO

LISTA DE FIGURAS

APRESENTAÇÃO
Flávio Vinicius Cauduro

1 Introdução

2 Sólidos e Fluidos: Modernidade e Pós-Modernidade

3 Design Gráfico Moderno e Pós-Moderno
3.1 Design gráfico: aproximações ao termo
3.2 Design Gráfico Moderno
3.2.1 Origens
3.2.2 Estilo Vitoriano
3.2.3 Artes e Ofícios
3.2.4 Art Nouveau
3.2.5 Os primeiros modernismos
3.2.6 Simplificar e padroniza
3.2.7 Bauhaus
3.2.8 O design popular
3.2.9 Regras para o "bom design "
3.3 O Design pós-modernista
3.3.1 Revivalismo e vernacular
3.3.2 New Wave e Punk
3.3.3 Desconstrução e Academia de Arte Cranbrook
3.3.4 Grapus, Memphis, Neville Brody e Retro
3.3.5 A revolução digital
3.3.6 David Carson
3.3.7 A nova simplicidade
3.3.8 Políticas de estilo

4 Design Gráfico Cambiante
4.1 Introdução
4.2 Music Television
4.3 Relógios Swatch
4.4 Projetos Gráficos Cambiantes
4.4.1 Ray Gun
4.4.2 Big
4.4.3 Matiz
4.4.4 Sexta Feira
4.4.5 Outras publicações

5 Considerações Finais

6 Referências

Um Lançamento

publicado por o editor às 01:09
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

Era uma vez um casal diferente

Era uma vez um casal diferente
A temática homossexual na educação literária infanto-juvenil

de Lúcia Facco

Esta obra discute até que ponto a educação literária de crianças e adolescentes pode diminuir o preconceito e a discriminação, mostrando como determinados títulos trabalham a temática de forma adequada. Com caderno de atividades especialmente direcionadas a professores.


O livro mostra como a literatura infanto-juvenil pode ajudar os educadores a trabalhar temas delicados como a discriminação por diferença de classe social, de etnia, de orientação sexual, de gênero etc. A autora mistura depoimentos pessoais em um texto com forte embasamento teórico. A obra traz ainda um encarte com sugestões de trabalhos a serem desenvolvidos com estudantes de diversas faixas etárias, com pais e professores, tudo a partir da literatura.

“O título já define com irretocável precisão seu conteúdo: “Era uma vez”, pano de fundo da pesquisa; “um casal diferente”, a base sociocultural da arte literária; tudo se aprofunda e aperfeiçoa com a proposta de educação social real, a indispensável educação literária. É a leitura integral da arte da palavra, a mesma palavra que usamos para expressar sentidos, emoções, ideias, pensamentos, reflexões, agressões, ironias, agregações e desagregações. Trata-se, assim, da soma profunda e articulada de educação, literatura e homossexualidade. Como se orientam a leitura, a análise e a compreensão da arte da palavra na escola? Algumas páginas do livro deveriam ser distribuídas aos passantes, nos mais diversos espaços públicos. Haveria grandes mudanças em nossa sociedade, posso garantir”, afirma a escritora Cyana M. Leahy-Dios, tradutora e doutora em Educação Literária pela Universidade de Londres, que escreve na quarta capa do livro.

Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro




A AUTORA
Lúcia Facco

É graduada em Letras (protuguês-Francês), especialista e mestre em Literatura Brasileira, doutora em Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de janeiro (Uerj), crítica literária e escritora. Tem Várias publicações técnico-científicas, além de livros de ficção.

É autora dos livros As heroínas saem do armário (GLS, 2004), Lado B (GLS, 2006) e Era uma vez um casal diferente (Summus, 2009).

A preocupação com a violência que permeia as relações entre “diferentes”está presente em seus textos acadêmicos e em sua literatura, mas de uma maneira calma, que tranqüiliza os seus leitores e lhes transmite a confiança em um mundo mais pacífico.

Mora com sua família “diferente” e seus bichos no Rio de Janeiro, no charmoso bairro de Santa Teresa, onde tece histórias e reflexões.

LANÇAMENTO

AUTORA DE “ERA UMA VEZ UM CASAL DIFERENTE” AUTOGRAFA NA LIVRARIA SARAIVA (RJ), DIA 4 DE ABRIL

A Summus Editorial e a Livraria Saraiva (Shopping Rio Sul-RJ) promovem no dia 4 de abril (sábado), das 19h às 22h, a noite de autógrafos do livro Era uma vez um casal diferente, de Lúcia Facco. A obra discute até que ponto a educação literária de crianças e adolescentes pode diminuir o preconceito e a discriminação. A autora mostra como determinados títulos trabalham a temática de forma adequada. A Saraiva MegaStore Shopping Rio Sul fica Rua Lauro Müller, 116 – 3ª piso, Botafogo – Rio de Janeiro.

UM LANÇAMENTO








 

 
publicado por o editor às 14:04
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

O Poder da voz e da fala no telemarketing



O Poder da voz e da fala no telemarketing
Treinamento vocal para teleoperadores
de Eudosia Acuña Quinteiro


Edição 5 / 2009
104 pág.
 

Atualmente, é fundamental que os operadores de telemarketing sejam capacitados, especialmente no que diz respeito ao treinamento fonoaudiológico. Este livro mostra que, se bem orientados, os teleoperadores serão mais produtivos e não terão problemas de saúde associados ao uso excessivo/incorreto da voz, além de sofrerem menos com o estresse diário. Obra dedicada a fonoaudiólogos, profissionais de RH, ergonomistas e médicos do trabalho.

Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro

UM LANÇAMENTO

publicado por o editor às 11:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2008

José Messias

Sob a Luz das Estrelas - Somos uma soma de pessoas

de José Messias

Páginas: 360

Toquei a vida por música...
Ela, a música, é trilha sonora de meu ser.
Primeiro, procurei e achei meus tons e os meus semitons, todos ao alcance de minha voz. Depois, harmonizei-me com o meio (ambiente) e naveguei no espaço livre (horizontal) de minha pauta musical, no tempo certo e compatível com a espécie humana... Obedeci a todos os compassos convenientes ao passo da existência. Sou operário de salário (em sete notas); moedas sonantes.
Fiz uma sinfônica de amigos. Sou um arranjador de harmonias.
Muitas vezes meu ritmo foi quebrado e os meus instrumentos foram desafinados, por adversidades adversárias, mas minha banda nunca parou de tocar. Reagi, improvisei, acordei muitos acordes. Quando errei, retornei (da capo) ao meu concerto vital. Só não erra quem não tenta. Tentei...
Valeu! No máximo não sou o mínimo!
- Deus é o meu Maestro!
(José Messias)

Um dos maiores ícones da música brasileira, Rádio e Televisão. Na presente obra, o autor José Messias relata toda sua trajetória de vida, incluindo carreira e suas mais de 200 composições gravadas por diversas celebridades da música popular brasileira.

O livro, além de ser uma biografia do autor, é também uma obra completa no que diz respeito à História do Rádio, da Televisão e da Música Brasileira, trazendo fatos inusitados e um farto material histórico.

José Messias criou o quadro Pra quem você tira o chapéu?, em 1974, para o Rádio e Televisão, e ficou imortalizado como jurado do Programa Raul Gil.
Pra quem você tira o chapéu? É até os dias de hoje um dos quadros que mais faz sucesso, e que está há mais tempo no ar ocupando os melhores lugares de audiência.
José Messias é considerado pela crítica como o Melhor Jurado do Brasil; ele é também jornalista, membro da Academia Nacional de Letras e Artes, na cadeira de Gabriela Mistral, e sócio remido da Ordem dos Músicos.
Em 2002, passou a integrar o corpo de jurados do Programa Raul Gil, no qual atua com fabuloso brilhantismo.

O livro traz os melhores momentos da MPB e da Jovem Guarda da qual José Messias foi um dos principais mentores levando vários cantores ao estrelato, entre eles: Jerry Adriani, Wanderley Cardoso e Clara Nunes.

A obra apresenta também a história de seu convívio com artistas, personalidades e políticos, como Grande Otelo, Flávio Cavalcanti, Ayrton, Lolita Rodrigues e Tancredo Neves.

Muitos acontecimentos importantes e que marcaram época na vida do autor fazem parte deste verdadeiro acervo de comunicação.

O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.
Fernando Pessoa

Fernando nunca fingiu que ele foi muitas pessoas somadas a milhões de outras!...
José Messias

José Messias no Mosaico - Parte 1






UM LANÇAMENTO






publicado por o editor às 06:29
link do post | comentar | favorito
Domingo, 30 de Novembro de 2008

Comunicação Verbal - Oratória - A Arte da Persuasão

Comunicação Verbal
- Oratória
- A Arte da Persuasão


de Sérgio Brassi

Sabemos que o seu sucesso pessoal, emocional e financeiro depende de seu Poder de Comunicação. Nesta obra, você terá acesso a revolucionárias técnicas de desenvolvimento humano que aumentarão sua capacidade de comunicação em busca da excelência.


Com exercícios práticos, você conhecerá os segredos dos mestres da persuasão e aprenderá a elaborar discursos, a conduzir reuniões e a falar de improviso sobre qualquer assunto, tudo de maneira clara e objetiva.

Por meio de técnicas modernas de memorização, você irá expor suas ideias de forma mais empolgante e prenderá a atenção de seu interlocutor. Conhecerá ainda técnicas que eliminarão de uma vez por todas seu medo de falar em público.

Todas essas ferramentas lhe possibilitarão atuar de modo decisivo em seu universo, fazendo, assim, a diferença!

UM LANÇAMENTO




 
publicado por o editor às 12:25
link do post | comentar | favorito
Sábado, 8 de Novembro de 2008

Ciência e jornalismo

Ciência e jornalismo
Da herança positivista ao diálogo dos afetos

de Cremilda Medina

Coleção: Comunicação
120 pág.
 

As marcas do paradigma positivista estão presentes no trabalho do cientista e do jornalista. Mas as competências técnicas de ambos passaram por crises nos respectivos paradigmas, provocadas por mudanças de visão de mundo que eclodiram no século XX. As certezas e princípios que determinavam relações verticais e unidirecionais sofreram abalos profundos nos contextos democráticos e no crescente acesso aos meios de comunicação social.

Para melhor perceber a impregnação da herança do século XIX, Cremilda Medina recorre a algumas das principais fontes – Auguste Comte, por exemplo – e mostra, com base nelas, que as práticas profissionais e as metodologias científicas ainda enfrentam os impasses desse legado. A linguagem dialógica que a autora pesquisa há mais de quatro décadas articula, em seu 13º livro, reflexão teórica com prática narrativa.

O pensamento da autora invoca, na essência, outra maneira de estar no mundo em oposição à técnica tradicional da entrevista ou da observação dos fenômenos contemporâneos. O leitor, por sua vez, é convidado a partilhar a construção do texto: a todo momento temas envolventes vêm à tona, salientando o laço democrático entre ciência, sociedade e comunicação social.

Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro


um lançamento
 

publicado por o editor às 11:50
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds