Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Lançamento





 

publicado por o editor às 00:46
link | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Abril de 2010

“MULHERES SEM HOMENS”, DA IRANIANA SHAHRNUSH PARSIPUR, DISCUTE ABERTAMENTE A VIRGINDADE


Depois de ter sido banido do Irã e ter causado a prisão da escritora Shahrnush Parsipur, o livro “Mulheres sem Homens” chega ao Brasil em 2010, pela editora Martins Martins Fontes.

Com previsão de lançamento para o segundo semestre deste ano, a obra causou polêmica no Irã por falar abertamente sobre a questão da virgindade. O livro conta a história de cinco mulheres iranianas: uma prostituta, duas solteiras, uma dona de casa e uma professora. Todas enfrentam opressões por conta da discriminação sexual, tradições culturais e ideias sobre virgindade e a sexualidade da mulher. As vidas destas cinco personagens acabam se cruzando em um jardim de Karaj, um lugar próximo ao Teerã.

Em 2009, o livro ganhou uma versão cinematográfica, com direção de Shirin Neshat, que levou o Leão de Prata, segundo prêmio mais importante do Festival de Veneza.


Sobre a autora:


A escritora Shahrnush Parsipur nasceu no Teerã, no dia 17 de fevereiro de 1946. Ela começou sua carreira literária aos 16 anos, escrevendo histórias curtas e alguns artigos. Shahrnush é formada em sociologia pela Universidade do Teerã. Todas as suas publicações foram banidas do Irã e atualmente ela mora nos Estados Unidos.

 

publicado por o editor às 21:18
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Abril de 2010

101 LIÇÕES QUE APRENDI NA ESCOLA DE ARQUITETURA



101 LIÇÕES QUE APRENDI NA ESCOLA DE ARQUITETURA
de Matthew Frederick


Páginas : 216

Uma das várias gratificações de ser bem-sucedido na profissão é poder compartilhar as lições aprendidas ao longo da carreira. Em 101 lições que aprendi na escola de arquitetura, Matthew Frederick fornece diretrizes valiosas capazes de desmistifcar o aspecto nebuloso e complexo dos projetos arquitetônicos, tornando-os mais concretos e acessíveis. Os problemas mais recorrentes do universo da arquitetura são apresentados aqui de forma descontraída e simplifcada - algo distante das explicações por vezes obtusas dos professores de arquitetura e próximo da realidade dos estudantes e profissionais recém-formados.Como administrar elementos não harmoniosos em uma estrutura já existente? Como desenvolver ideias para ter um projeto bem-sucedido? Essas são algumas das questões que Frederick procura elucidar com este manual. Por meio de lições concisas - do básico "Como desenhar uma linha" até a complexa teoria das cores -, não só os jovens estudantes, como também profissionais experientes poderão usufruir deste guia feito por um arquiteto que gostaria de ter possuído um exemplar como este em sua época de faculdade.

O autor
Arquiteto e designer, Matthew Frederick é especialista em projetos de casas para famílias pequenas. Ele também é professor na Massachusetts College of Art. Matthew começou sua carreira de escritor como crítico no jornal The Harrisburg Patriot-News, na Pensilvânia.

Saiba mais em http://www.frederickdesignstudio.com/

um lançamento




 

publicado por o editor às 14:36
link | comentar | favorito
Domingo, 21 de Março de 2010

Entrevista com Evandro Martins Fontes



clique para ampliar


publicado por o editor às 22:32
link | comentar | favorito
Sábado, 13 de Junho de 2009

O Pequeno Dicionario De Moda



O Pequeno Dicionario De Moda
de Christian Dior


138 páginas


 

O ano é 1954. Christian Dior revela os segredos da moda em seu charmoso livro que toda mulher deveria carregar na bolsa. Um guia indispensável que abrange tudo o que você precisa saber para estar bem vestida, desde o que usar em um casamento até como dar um laço em uma echarpe para caminhar com elegância. Da década de 1950, O pequeno dicionário de moda continua rico em dicas valiosas para mulheres de qualquer época. De vestidos para a tarde, assim como acessórios, a viagens e tweed, as habilidades de Dior garantem que toda mulher conheça os três fundamentos da moda: simplicidade, elegância e bom gosto.






um lançamento


 

publicado por o editor às 14:02
link | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008

J R R TOLKIEN (edição bilíngüe)

 


publicado por o editor às 08:37
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2008

Andrei Rublióv – Roteiro literário

Andrei Rublióv – Roteiro literário

de Andrei Tarkovski



páginas- 312

Roteiro literário do russo Andrei Tarkovski, “Andrei Rublióv, é o mais recente lançamento da Martins


 

Produzido em 1966, este roteiro literário, publicado pela primeira vez no Brasil, é o segundo longa-metragem de Tarkovski, que permaneceu censurado na União Soviética até 1971. Apesar disso, ganhou o prêmio da crítica internacional de Cannes em 1969



Existem poucos documentos sobre a vida e obra de Andrei Rublióv. Nasce entre 1360 e 1370, trabalha em Moscou e toma parte em 1405 com Teófano, o Grego, na decoração da Catedral da Anunciação no Kremlim. Em 1410 pinta o famoso "A Trindade" que lhe havia encomendado o pároco Níkon, sucessor de São Serguei de Radoniéj.



Neste roteiro, que tem episódios não incluídos no filme, mostra o conflito entre a espiritualidade e o mundo material vividos por Rublióv, quando sai do mosteiro para trabalhar em outras cidades e percebe a degradação da humanidade. Tarkovski nos mostra a transformação de um jovem pintor idealista num monge que faz voto de silêncio em resposta ao sofrimento que o cerca. Ao final, o livro revela-se um manifesto a favor da esperança que traz a experiência espiritual pela arte.



Vejo abaixo, um dos trechos da obra:

[...] “Junto à metade que restou da iconóstase queimada, em meio aos cadáveres, está Andrei, de joelhos. É difícil reconhecê-lo. O olhar vazio de seus olhos encovados desliza pelo espaço, sem fixar-se em nada e sem nada notar... Parece que ele estava prestes a rezar, mas súbito esqueceu-se não somente da oração, como também de todas e quaisquer palavras. Ele está de joelhos, imobilizado e alheio a tudo, como um surdo-mudo de nascença que, de uma hora para outra, perde a visão – o único sentido que lhe restara.” [...]

O AUTOR

Andrei Tarkovski (Rússia, 1932; França, 1986). Filho do poeta russo Arseni Tarkovski, autor de muitos dos poemas recitados em seus filmes. Tarkovski ganhou proeminência internacional com seu primeiro longa-metragem, A infância de Ivan, premiado com o Leão de Ouro no Festival de Veneza de 1962, e, desde então, a expressão poética e a originalidade de seus filmes conquistaram um público cativo por todo o mundo. De 1962 a 1986, fez sete filmes aclamados pela crítica, entre eles Solaris, O espelho e O sacrifício. Escreveu sobre sua concepção da sétima arte em Esculpir o tempo.

um lançamento


publicado por o editor às 11:21
link | comentar | favorito
Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

SIMON BOLIVAR POR KARL MARX




BIOGRAFIAS
por KARL MARX
Um livro mais que oportuno nestes tempos de Evos e Chaves ( não o do sem querer querendo) onde poucos sabem se estão contando a nossa história certo.
 

"Libertador" ou ditador obscurantista? É com uma descrição de "personagem medíocre e grotesco" a representar papel de herói que Marx compõe este seu ensaio sobre Simón Bolívar. Os fatos arrolados por Marx e narrados de forma dinâmica e conseqüente são históricos, mas terá Bolívar servido à democracia e ao antiimperialismo? Cabe seu retrato entre os estudantes e os operários de Caracas hoje? Este texto de Marx, descoberto em 1935, é publicado pela primeira vez no Brasil.

UM LANÇAMENTO DA
 
publicado por o editor às 14:09
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds