Terça-feira, 16 de Junho de 2009

A Inconsciência coletiva



A Inconsciência coletiva
de
José Ângelo Gaiarsa


 

Ao contrário da tradição psicanalítica, que privilegia quase exclusivamente o que se ouve, Reich observava aguda e persistentemente as pessoas, gerando assim os primórdios da leitura do corpo. Porém, ainda preso à tradição, ele não conseguiu exprimir livremente a psicologia do olhar, que enfatiza a importância do que se vê para a saúde mental. É isto que Gaiarsa faz nesta obra: uma releitura do pensamento reichiano aplicado à prática clínica.



Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro


UM LANÇAMENTO DA





publicado por o editor às 11:34
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

IMAGENS QUE CURAM


IMAGENS QUE CURAM

Práticas de visualização para a saúde física e mental

de Dr. Gerald Epstein


Páginas: 232

Pioneiro na área da medicina alternativa, o dr. Gerald Epstein apresenta técnicas simples e eficazes para combater dezenas de doenças. Neste livro, considerado um best-seller em todo o mundo e traduzido em onze idiomas ele fala sobre o poder da visualização na cura, esclarece o processo que liga mente e corpo e apresenta exercícios específicos para cada tipo de moléstia. O livro também oferece práticas de visualização para o bem-estar geral, proporcionando ao leitor aquilo que todos buscamos: o equilíbrio entre mente e corpo. Ilustrações claras e didáticas ajudam o leitor a visualizar os órgãos afetados, potencializando ao máximo o poder das imagens mentais.

O AUTOR

Gerald Epstein é médico e especialista em psiquiatria. Estudou com Colette Aboulker-Muscat, psicóloga e professora franco-argelina que o iniciou no processo de visualização mental. Em 1978, fundou o Instituto Americano de Visualização Mental, entidade reconhecida pelo Conselho de Educação do Estado de Nova York, para treinar profissionais da saúde e fornecer orientação ao público. Autor de inúmeros artigos, dá aulas e palestras em vários países.


Para ler as primeiras páginas do livro, acesse

UM LANÇAMENTO DA

publicado por o editor às 22:58
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Diário de Bollywood




Diário de Bollywood
Curiosidades e segredos da maior indústria de cinema do mundo

de Franthiesco Ballerin
i

128 pág.


Misto de diário de campo e grande reportagem, a obra aborda as principais características do cinema indiano, conhecido mundialmente como Bollywood. Reflete com olhar crítico os pontos fortes desta indústria, suas dificuldades e o momento de transição inédito por que passa a indústria cinematográfica indiana. Por fim, faz um paralelo com o cinema de Hollywood e da América Latina.


O AUTOR
Franthiesco Ballerini
Jornalista, trabalhou como crítico de cinema do Jornal da Tarde por sete anos e foi colaborador de O Estado de S. Paulo com reportagens especiais e entrevistas de grandes estreias de Hollywood em Los Angeles. Mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista, é pós-graduado em história do cinema mundial, colaborou para revistas como Bravo!, Contigo!, Quem e Sci-fi News, e foi colunista cultural da Rádio Eldorado. Atualmente, é crítico de cinema do jornal Valeparaibano e professor da Academia Internacional de Cinema de São Paulo. Participa de palestras e debates em diversas cidades do país por conta da repercussão da reportagem especial na Índia.

Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro

 

UM LANÇAMENTO


publicado por o editor às 01:42
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

Entre mulheres


Entre mulheres
Depoimentos homoafetivos


de Edith Modesto

168 pág.
 

Este livro traz depoimentos de mulheres lésbicas e bissexuais de várias idades, profissões e classes sociais. Os temas são variados: relações familiares, juventude, religião, trabalho e preconceito. Trata-se do relato vivo da experiência de cada uma dessas mulheres, que deixaram todo o conforto emocional do mundo convencional para viver a dura vida de homossexual em um país tipicamente machista.


A AUTORA
Edith Modesto

É mestre e doutora em Semiótica Francesa pela Universidade de São Paulo (USP) e lecionou durante mais de 25 anos em faculdades de Jornalismo. Pesquisadora da diversidade sexual, já publicou três livros sobre o assunto: Diversidade sexual na escola – Uma metodologia de trabalho com adolescentes e jovens, Vidas em arco-íris – Depoimentos sobre a homossexualidade e Mãe sempre sabe? Mitos e verdades sobre pais e seus filhos homossexuais e Entre Mulheres (Edições GLS, 2009).

Além de fundadora e presidente da ONG GPH – Associação Brasileira de Pais e Mães de Homossexuais, é idealizadora do Purpurina – projeto sociocultural para adolescentes e jovens LGBTS de 13 a 24 anos – e colabora com diversos projetos de educação para a diversidade, oferecendo também palestras para psicólogos, profissionais da saúde e militantes.


Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas

deste livro



UM LANÇAMENTO


 

publicado por o editor às 21:51
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

Laços e nós


Laços e nós
Amor e intimidade nas relações humanas

de Beatriz Helena Paranhos Cardella


192 pág.
 

Utilizando uma linguagem coloquial, a autora discute o amor e a intimidade à luz de suas experiências pessoais e profissionais. Em um momento em que as pessoas buscam compreensão e envolvimento, ela mostra que é impossível falar de amor sem falar também em respeito às diferenças individuais. Leitura rica para todos os que se interessam pelas relações humanas.


A AUTORA
Beatriz Helena Paranhos Cardella
É psicóloga, psicoterapeuta e supervisora clínica há 23 anos. Mestre em Educação pela Universidade Paulista (Unip), pós-graduada em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo e professora de pós-graduação em Gestalt-terapia

no Instituto Sedes Sapientiae, em São Paulo, foi também professora convidada nos cursos de pós-graduação em Arteterapia da mesma instituição e da Associação Brasileira de Eutonia. É autora dos livros O amor na relação terapêutica e A construção do psicoterapeuta, editados pela Summus e Laços e nós (Ágora, 2009), além de ter inúmeros artigos publicados em revistas científicas de psicologia.

Coordena o Grupo de Estudos de Temas Clínicos, rabalho de formação continuada para psicoterapeutas e psicólogos clínicos que enfatiza a relação terapeuta-paciente, o sofrimento e o adoecimento humano na contemporaneidade.

Pesquisa e estuda a questão dos relacionamentos amorosos e do sagrado na condição humana na poesia de Adélia Prado e Fernando Pessoa, bem como na obra de Guimarães Rosa e Rubem Alves.



Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro


UM LANÇAMENTO


publicado por o editor às 09:38
link do post | comentar | favorito
Domingo, 3 de Maio de 2009

DIÁRIO DE BOLLYWOOD


DIÁRIO DE BOLLYWOOD

Curiosidades e segredos da maior indústria de cinema do mundo

de Franthie
sco Ballerini

Páginas: 128
 

Há alguns anos, uma nova estética cinematográfica tem chamado a atenção do público: tramas românticas, roupas coloridas, cenários opulentos e muita música marcam o atual cinema indiano, cuja indústria é conhecida mundialmente como Bollywood.

Fruto de uma reportagem especial de vinte dias com visitas a estúdios, sets de filmagem, escolas e casas de atores e diretores em Mumbai, este livro desvenda o funcionamento de Bollywood, mostrando por que ela é a maior produtora de filmes do mundo. Recheada de fatos curiosos, entrevistas exclusivas e fotografias, a obra traça também um paralelo do cinema indiano com o de Hollywood e o da América Latina.

O AUTOR

Franthiesco Ballerini, jornalista, trabalhou como crítico de cinema do Jornal da Tarde por sete anos e foi colaborador de O Estado de S. Paulo com reportagens especiais e entrevistas de grandes estreias de Hollywood em Los Angeles. Mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista, é pós-graduado em história do cinema mundial, colaborou para revistas como Bravo!, Contigo!, Quem e Sci-fi News, e foi colunista cultural da Rádio Eldorado. Atualmente, é crítico de cinema do jornal Valeparaibano e professor da Academia Internacional de Cinema de São Paulo. Participa de palestras e debates em diversas cidades do país por conta da repercussão da reportagem especial na Índia.


Para ler as primeiras páginas do livro, clique aqui

um lançamento

publicado por o editor às 12:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

Era uma vez um casal diferente

Era uma vez um casal diferente
A temática homossexual na educação literária infanto-juvenil

de Lúcia Facco

Esta obra discute até que ponto a educação literária de crianças e adolescentes pode diminuir o preconceito e a discriminação, mostrando como determinados títulos trabalham a temática de forma adequada. Com caderno de atividades especialmente direcionadas a professores.


O livro mostra como a literatura infanto-juvenil pode ajudar os educadores a trabalhar temas delicados como a discriminação por diferença de classe social, de etnia, de orientação sexual, de gênero etc. A autora mistura depoimentos pessoais em um texto com forte embasamento teórico. A obra traz ainda um encarte com sugestões de trabalhos a serem desenvolvidos com estudantes de diversas faixas etárias, com pais e professores, tudo a partir da literatura.

“O título já define com irretocável precisão seu conteúdo: “Era uma vez”, pano de fundo da pesquisa; “um casal diferente”, a base sociocultural da arte literária; tudo se aprofunda e aperfeiçoa com a proposta de educação social real, a indispensável educação literária. É a leitura integral da arte da palavra, a mesma palavra que usamos para expressar sentidos, emoções, ideias, pensamentos, reflexões, agressões, ironias, agregações e desagregações. Trata-se, assim, da soma profunda e articulada de educação, literatura e homossexualidade. Como se orientam a leitura, a análise e a compreensão da arte da palavra na escola? Algumas páginas do livro deveriam ser distribuídas aos passantes, nos mais diversos espaços públicos. Haveria grandes mudanças em nossa sociedade, posso garantir”, afirma a escritora Cyana M. Leahy-Dios, tradutora e doutora em Educação Literária pela Universidade de Londres, que escreve na quarta capa do livro.

Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro




A AUTORA
Lúcia Facco

É graduada em Letras (protuguês-Francês), especialista e mestre em Literatura Brasileira, doutora em Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de janeiro (Uerj), crítica literária e escritora. Tem Várias publicações técnico-científicas, além de livros de ficção.

É autora dos livros As heroínas saem do armário (GLS, 2004), Lado B (GLS, 2006) e Era uma vez um casal diferente (Summus, 2009).

A preocupação com a violência que permeia as relações entre “diferentes”está presente em seus textos acadêmicos e em sua literatura, mas de uma maneira calma, que tranqüiliza os seus leitores e lhes transmite a confiança em um mundo mais pacífico.

Mora com sua família “diferente” e seus bichos no Rio de Janeiro, no charmoso bairro de Santa Teresa, onde tece histórias e reflexões.

LANÇAMENTO

AUTORA DE “ERA UMA VEZ UM CASAL DIFERENTE” AUTOGRAFA NA LIVRARIA SARAIVA (RJ), DIA 4 DE ABRIL

A Summus Editorial e a Livraria Saraiva (Shopping Rio Sul-RJ) promovem no dia 4 de abril (sábado), das 19h às 22h, a noite de autógrafos do livro Era uma vez um casal diferente, de Lúcia Facco. A obra discute até que ponto a educação literária de crianças e adolescentes pode diminuir o preconceito e a discriminação. A autora mostra como determinados títulos trabalham a temática de forma adequada. A Saraiva MegaStore Shopping Rio Sul fica Rua Lauro Müller, 116 – 3ª piso, Botafogo – Rio de Janeiro.

UM LANÇAMENTO








 

 
publicado por o editor às 14:04
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Relicário

Relicário
de Felipe Greco


104 pág.


Um livro de contos escrito com maestria e criatividade. São contos curtos, fluidos e escritos por um autor já tinha se revelado competente e não alegórico em Caçadores noturnos. O acabamento gráfico também é feito com sutileza e criatividade. Muito acima da média dos recentes lançamentos de literatura GLS. (E.C.)

Relicário reúne contos que mergulham no universo do desejo homoerótico. O livro é, na verdade, uma coletânea de confissões de alcova. Os textos apresentam o universo homoerótico masculino, mas não se restringem a isso: mostram que a libido, no fundo, também é atrair a atenção do outro (do mesmo sexo ou não), ser desejado por ele, compartilhar fantasias, desejos e projetos de vida.

O AUTOR
Felipe Greco

 

Felipe Greco nasceu em junho de 1967, é gaúcho de Uruguaiana (RS), porém desde 1985 reside em São Paulo. Tem dois roteiros filmados: "Atração Satânica" (1987) e "The ritual of death" (1990). Em outubro de 1991, venceu o concurso literário promovido pela Fiat do Brasil, com o conto "Anjo provisório".

Em agosto de 2001, publicou o livro de contos "Caçadores Noturnos" (Desatino, SP); em maio de 2003, "O coveiro, uma fábula marginal" (Desatino, SP); em julho de 2004, um artigo em obra coletiva, "Getúlio Vargas, um político camaleônico", in "Política e conflitos internacionais" (Revan, RJ). Em dezembro/05, inspirado em uma história real, escreveu "Lilica" (infantil;Editora Via Lettera).

Em outubro de 2006 teve um texto juvenil inédito, "Memórias do asfalto", premiado pelo Programa de Ação Cultural (PAC 26) da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo .

Convidado pelo editor-chefe da revista G Magazine (Fractal, SP), escreveu os contos "O Banho", jul/04, "Encontro na chuva", dez/04, "As Máscaras", fev/05, "O Machão", abr/05, "A Espera", jun/05, "Notas de alcova", ago/05, "Tabu", set/05, "Olé", nov/05, "Almodóvar", dez/05, "Despedida de solteiro", fev/06, "Chuva rala", abr/06, "De repente...", jun/06 (este conto, por uma falha de comunicação entre autor e editor, foi publicado na revista com o título de "No escurinho do dark room"), "O voyeur", set/06, "Para um dia qualquer, depois de hoje", jan/07, "Madrugada sem Lua", set/07, e "Relicário" .

Ficcionista e editor, Felipe Greco publicou que lançou-se Caçadores noturnos (Desatino, 2001) escreveu ainda para o público jovem e adaptou para HQ o clássico Dom Casmurro, de Machado de Assis (Via Lettera).
No cinema, assinou o argumento e o roteiro do curta-metragem Caçadores noturno, inspirado no universo underground de suas duas obras de estréia na prosa.

Um lançamento da






 

publicado por o editor às 12:25
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

O OLHAR


O Olhar
de José Ângelo Gaiarsa

152 pág.

Coleção: Psicologia/Psicodrama
 

Subestimamos o olhar, supervalorizamos a palavra. A frustração, a tristeza e o amor estão na cara de quem sente, nos gestos. Ainda assim, optamos por fingir que não estamos vendo. Partindo dessa constatação, J. A. Gaiarsa mostra quanta hipocrisia se gera com essa falta de olhar – tanto para o outro quanto para nós mesmos. Além disso, ressalta a importância pedagógica do olhar e a importância da visão múltipla do mesmo fato para acabar com todo tipo de repressão – na escola, na família, na sociedade.





Clique aqui para ler o
sumário e as primeiras páginas
deste livro


UM LANÇAMENTO


publicado por o editor às 10:57
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

COMO FALAR NO RÁDIO


COMO FALAR NO RÁDIO
Prática de locução AM e FM

de Cyro César


Páginas: 296

Partindo de décadas de experiência, Cyro César oferece nesta obra os princípios básicos para quem quer conhecer todas as etapas do processo radiofônico, desde a preparação pessoal do locutor até o papel da ética nas transmissões. Entre os tópicos abordados na obra:

o A história do rádio
o Características da linguagem radiofônica
o Exercícios e técnicas de locução
o Desenvolvimento, criação e apresentação de noticiários
o O rádio e as novas tecnologias

O livro conta ainda com comentários de Fernando Henrique Cardoso, Osmar Santos, Paulo Machado de Carvalho e Paulinho Leite, entre outros.

O AUTOR

Cyro César é jornalista e radialista, especialista em qualificação profissional para rádio. Atuou como locutor, produtor e coordenador em inúmeras emissoras paulistas. É presidente da Associação Brasileira de Qualificação e Ensino Pró-Rádio, que ajudou a fundar. Publicou, entre outros livros, Rádio – A mídia da emoção (Summus, 2005).


Para ler as primeiras páginas do livro, acesse


UM LANÇAMENTO
o






 


publicado por o editor às 13:33
link do post | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds