Sexta-feira, 23 de Setembro de 2016

Ni Salles interpreta Elis Regina no TUC

 

 
 
A cantora curitibana Ni Salles apresenta o seu novo projeto, o show “Ni Salles interpreta Elis”, com o repertório das canções mais marcantes de Elis Regina. O show será apresentado na próxima sexta-feira (23), às 19h30, no TUC – Teatro Universitário de Curitiba.
Segundo a artista, a intenção do projeto é passar ao público toda a técnica, paixão, posicionamento político, personalidade forte, criatividade, suingue, maternidade, entre outras características de Elis Regina. A cantora estará acompanhada da banda formada por Gegê Félix, Luis Panteleoni, Rafael Mello e Fernando Wadouski.
 
Show “Ni Salles interpreta Elis Regina”
Local: TUC – Teatro Universitário de Curitiba – Galeria Júlio Moreira – Largo da Ordem
Data e horário: 23 de setembro de 2016 (sexta-feira), às 19h30
Ingressos: R$ 30
 

 

publicado por o editor às 14:18
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 31 de Agosto de 2016

Show no TUC reúne dois novos talentos da música curitibana

 

 


 
            Duas jovens cantoras e compositoras, representantes da novíssima geração da música curitibana, estarão no palco do TUC – Teatro Universitário de Curitiba na próxima quinta-feira, 1º de setembro, às 19h, para mostrar porque têm sido os maiores destaques dos últimos festivais de música da cidade. Carlinha PK e Gi Luersen desenvolvem suas carreiras demonstrando muito talento e maturidade musical. 
O show foi proposto para dar ao público uma oportunidade de conhecer a qualidade do trabalho autoral das duas intérpretes. Carlinha PK é compositora e intérprete autodidata. Participou de festivais independentes e integrou bandas de Curitiba como compositora, baixista, baterista e vocalista. Carlinha desenvolve o projeto solo “Voz e Violão” desde 2007, mostrando suas músicas autorais do gênero MPB com algumas influências de reggae e hip-hop.
Gi Luersen faz de suas canções verdadeiras crônicas da cidade, com temas que tratam de assuntos ligados à cultura local e personagens que passeiam pelo imaginário de quem vive em Curitiba. Tais personagens surgem no discurso da artista, tanto em fatos de importância histórica – como a imigração haitiana presente no país, tema da canção “CWBTI” –, quanto no cidadão sem rosto que habita bairros como a Cidade Industrial de Curitiba – caso de Renato Otto, personagem, mas também morador da CIC que ganha uma espécie de biografia na música “Classic”.
A artista circula pelo cenário musical desde 2011, quando ingressou na Faculdade de Artes do Paraná. Logo lançou seus dois primeiros álbuns, “Manifestos de carinho estão queimando no meu quintal” e “Toda a explosão sincera”. Gi Luersen passeia por uma sonoridade que combina o timbre do violão de cordas de aço e a suavidade dos harmônicos presentes nas melodias.
Na bagagem, a compositora traz apresentações em importantes espaços culturais da cidade como o Teatro do Paiol e o Teatro Londrina (Memorial de Curitiba). Mais recentemente teve a canção CWBTI selecionada para integrar a primeira edição do Festival de Cultura Popular, iniciativa da Fundação Cultural de Curitiba. 
 
Serviço:
Apresentações das cantoras e compositoras Carlinha PK e Gi Luersen
Local: TUC – Teatro Universitário de Curitiba
Data e horário: 1º de setembro de 2016 (quinta-feira), às 19h
Entrada franca

 

publicado por o editor às 15:27
link | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Setembro de 2015

Companhia Overthinkers apresenta dois espetáculos no TUC  

 

 

 
A companhia teatral Overthinkers apresenta duas de suas produções em sessões vespertinas, nesta semana, no TUC – Teatro Universitário de Curitiba. Na terça-feira (29), às 15h30, o grupo encena a peça “Overthinking”, e na quarta, às 15h, o espetáculo “Autoacusação”. As apresentações integram a programação da Semana Cultural da Educação, promovida desde 2013 como parte do projeto Educultura.
A companhia foi formada em 2014, dentro da Universidade Católica da Paraná, buscando através da arte questionar paradigmas contemporâneos. Sua pesquisa tem como foco o convívio e as atitudes humanas, os questionamentos existencialistas e pensamentos de comodismo e insatisfação. O grupo trabalha com textos inéditos e dialéticos, seguindo a vertente do teatro contemporâneo.
            “Overthinking” teve sua estreia no Festival de Teatro de Curitiba 2015. O espetáculo mostra a dificuldade do excesso de pensamento e como isso afeta o ser humano. Três jovens – Beatriz, Eduardo e Patrícia – sofrem uma overdose de pensamentos em relação a sua existência. Suas personalidades se fundem com as dramatizações.  Com texto inédito, dirigido por Gabriel Olimpio, a montagem consiste na pesquisa de linguagem do teatro contemporâneo com influências e características do teatro do absurdo e da tragicomédia.
            “Autoacusação” trata de forma profunda e provocadora diversos assuntos cotidianos, aparentemente aleatórios, mas que configuram questionamentos próprios do ser humano. Encenada por três atores, a peça visa o questionamento sobre os condicionamentos sociais, as regras e opiniões impostas a todos nós. A direção é de Jéssica Nascimento e Annelise Mileo.
 
            Serviço:
            Apresentações da Cia Overthinkers
            Local: TUC – Teatro Universitário de Curitiba (Galeria Júlio Moreira, Largo da Ordem)
            “Overthinking” – 29 de setembro (terça-feira), às 15h30
            “Autoacusação” – 30 de setembro (quarta-feira), às 15h
            Classificação: 16 anos
            Entrada franca
 
 
 
publicado por o editor às 13:33
link | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Julho de 2013

Leo Fressato invade o palco do TUC com solo cênico

 


O inquieto e talentoso artista Leo Fressato, que trabalha como diretor teatral, ator, cantor, compositor e humorista, leva ao TUC – Teatro Universitário de Curitiba a performance Solstício – um espetáculo sobre corações congelados, resultado de uma pesquisa que une dança e teatro, tendo o figurino como germinador da ação. A estreia acontece nesta quinta-feira (1º), às 20h, e as apresentações prosseguem até o dia 10 de agosto, de quinta-feira a sábado, sempre às 20h.
Nascido em Brasília, em 14 de outubro de 1986, Leo Fressato veio para Curitiba no ano seguinte e é compositor desde os 14 anos de idade. Formado em Direção Teatral pela Faculdade de Artes do Paraná (FAP), com especialização em Comunicação Audiovisual pela PUC–PR, já atuou em hospitais com o projeto Trupe da Saúde, em 2007, além de dirigir e escrever o espetáculo A Menina e o Outono.
Entre suas realizações constam vários materiais audiovisuais, a autoria da trilha original para o espetáculo As ruas de Bagdá ou Aranha Marrom não Usa Roberto Carlos, da ACRUEL Companhia, paralelamente a participações nas montagens Solução Para Todos os Problemas do Mundo e Sobre Amores e Partidas. O nome de Leo Fressato ganhou projeção nacional em 2011, como compositor de Oração, música que se tornou sucesso com A Banda Mais Bonita da Cidade.
O solo Solstício – um espetáculo sobre corações congelados, criado e apresentado por Leo Fressato, tem o apoio da Cia. Senhas de Teatro e a colaboração criativa de Daniel Valenzuela, Mataveri Cultural Vídeos, Samira Chami e Fábia Regina, que também responde pela iluminação. 
Serviço:
Peformance Solstício – um espetáculo sobre corações congelados, solo criado e apresentado por Leo Fressato.
Datas e horário: de 1º a 10 de agosto de 2013, de quinta-feira a sábado, sempre às 20h.
Local: TUC – Teatro Universitário de Curitiba (Galeria Júlio Moreira – Largo da Ordem).
Ingressos: R$ 16 e R$ 8 (meia-entrada).
Classificação etária: 16 anos
publicado por o editor às 18:21
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Julho de 2013

Nesta sexta-feira, o TUC é palco para poetas da cidade

 




 Nesta sexta-feira, o TUC é palco para poetas da cidade 



O TUC – Teatro Universitário de Curitiba (Galeria Júlio Moreira – Setor Histórico), uma das unidades da Fundação Cultural de Curitiba, abriga mais uma edição do evento Cutucando a Inspiração, a partir das 19h desta sexta-feira (26). O encontro contará com performances e intervenções poéticas de nomes conhecidos na área da literatura local, entre eles o “Urbenauta” Eduardo Fenianos, Joel Moreira, Marcos Barreto, Jeferson Bandeira, Luiz Carlos Brizola e Geraldo Magela. A entrada é franca.
publicado por o editor às 16:22
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds