Domingo, 23 de Agosto de 2015

Universo de Tarsila do Amaral | Exposição inédita

 

SHOPPING PÁTIO HIGIENÓPOLIS APRESENTA UNIVERSO DE TARSILA,

EXPOSIÇÃO INÉDITA SOBRE A OBRA, A PINTORA, A MULHER TARSILA DO AMARAL

 

 

  •  

    A curadoria é de Tarsilinha do Amaral, sobrinha-neta da pintora. 
  • O Universo de Tarsila reproduz as telas mais conhecidas de Tarsila do Amaral e mostra um pouco de seu estilo exótico, com joias e roupas exuberantes.
  • Pátio Higienópolis antecipa as comemorações do 130o. Aniversário de nascimento de Tarsila do Amaral, a ser completado em 2016

 

De 27 de agosto a 27 de setembro de 2015, o público poderá conhecer de perto a obra e o universo da pintora Tarsila do Amaral, por meio de cerca de 30 itens entre réplicas de obras e objetos especiais especialmente cedidos pela família da artista.  Com curadoria de Tarsilinha do Amaral, a exposição será constituída por nove estações, seis delas sensoriais, possibilitando a interação do público com obras da artista, e três estações cenográficas, que apresentarão o universo  pessoal de Tarsila.   “Universo de Tarsila” terá ainda uma parede sensorial inclusiva, com obras em pranchas táteis, textos em braile e vídeo com legenda em Libras (língua brasileira de sinais).

 

Durante este período, o seu Atelier da rua Barão de Piracicaba da então São Paulo dos anos 1920 se transfere para o Vão Central do Pátio Higienópolis, em cenário que reproduz a atmosfera da época e abriga objetos pessoais originais, como sua cadeira para pintura, seus pincéis, uma réplica de “As Margaridas de Mário de Andrade”, pintura de 1922, ano que acabara de retornar ao Brasil depois de uma longa temporada pela Europa. No cavalete, réplica de Abaporu ainda inacabado, quadro que Tarsila criou  em 1928 para presentear seu marido, Oswald de Andrade, e que se transformou na mais importante obra de arte do país, símbolo do modernismo brasileiro e do movimento antropofágico.

 

Na área chamada de Intimista estão seus objetos de uso pessoal, como o binóculo, as suas joias, incluindo réplicas de seu solitário de brilhante estilo francês e os enormes brincos eternizados em suas pinturas. No ar, é possível sentir ainda o aroma do seu perfume favorito Moment Supreme, de Jean Patou. Todas as peças e objetos pessoais fazem parte do acervo da família de Tarsila e foram cedidos especialmente para a exposição.

 

No setor Interativo,  reproduções cenográficas de algumas de suas obras mais conhecidas permitem que os visitantes da exposição entrem e participem  dos quadros.   Aqui, o público poderá repetir a pose de Abaporu; mergulhar nas centenas de formas ovoides cor-de-rosa do quadro A Floresta, ou ainda sentir a suavidade das pétalas coloridas do Manacá. As fotografias serão não só permitidas, como bem-vindas em todas as estações.

 

 Sobre Tarsila do Amaral -  Tarsila nasceu em Capivari, no interior do Estado de São Paulo, em 1o de setembro de 1886.  Filha e neta de ricos fazendeiros do café, Tarsila do Amaral cresceu unindo o que havia de melhor no Brasil e na Europa, centro cultural do mundo à época.  Na capital paulista, estudou no Colégio Sion, tendo completado seus estudos no Sacre Coeur, de Barcelona, Espanha.  Já adulta, resolveu se dedicar à pintura. Foi casada com Oswald de Andrade, para quem criou o seu célebre quadro Abaporu, como presente de aniversário.  Faleceu em janeiro de 1973, em São Paulo.

 

Serviço:

UNIVERSO DE TARSILA DO AMARAL

Curadoria de Tarsilinha do Amaral

Shopping Pátio Higienópolis, Piso Veiga Filho (Vão Central)

 

26 de agosto, 19h30 – Vernissage

27 de agosto a 27 de setembro – Aberta à visitação de 10h às 22h, de segunda a sábado.  Domingos e feriados, de 14h às 20h

Exposição de itens originais (cerca de 30) e cenografia com réplicas de obras e de objetos de época de Tarsila do Amaral.

Para visitas monitoradas de escolas e grupos, contatar o SAC do Shopping Pátio Higienópolis, 11.38232308

 

publicado por o editor às 14:01
link | comentar | favorito

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.subscrever feeds